mais sobre mim

subscrever feeds

Sexta-feira, 22 DE Setembro DE 2017

Snooker ‒ Yushan Word Open (3ºRonda e QF)

YUSHAN WORL OPEN CHINA 18/24 SETEMBRO 2017

 

Li_Hang_PHC_2016-1.jpg

 LI HANG

CHI/46ºRM

Semifinalista ‒ este ano ‒ do Evergrande China Championship

(o seu melhor resultado nos 6 anos de profissional)

 

Concluída a 3ª Ronda do YUSHAN WORLD OPEN entre os 8 jogadores sobreviventes podemos contabilizar 7 deles integrando os 20 melhores da tabela do Ranking Mundial mas por outro lado apenas com 1 deles integrando o TOP TEN ‒ o chinês Ding Junhui 4ºRM. Com o 8º jogador presente nos QF a ser o chinês Li Hang 46ºRM (aquele que pode estragar o plano dos outros 7). No quadro seguinte apresentando-se a prestação de cada um destes 8 jogadores nas 4 rondas anteriores:

 

J

RQ

1ªR (64→32)

2ªR (32→16)

3ªR (16→8)

F perdidos

Ding

Junhui

5-1

5-3

5-0

5-1

5

Mark

Allen

5-1

5-1

5-2

5-4

8

Kyren

Wilson

5-1

VFC

5-3

5-3

7*

Luca

Brecel

5-4

5-1

5-4

5-4

13

Mark

Williams

5-0

5-0

5-0

5-1

1

Anthony McGill

5-4

5-2

5-4

5-0

10

David

Gilbert

5-1

5-4

5-2

5-2

9

Li

Hang

5-3

5-4

5-3

5-3

13

(J: Jogador RQ: Ronda Qualificação R: Ronda F: Frame VFC: vitória por f/comparência)

 

Com os QF (1º sessão) marcados para sexta-feira (dia 21) a decorrerem a partir das 08:00 locais (2ª sessão a partir das 13:30 locais) incluindo 8 jogadores distribuídos por 6 países: Inglaterra e China (2 cada) e Escócia/Gales/Irlanda do Norte/Bélgica (1 cada). Cada um deles garantindo um prémio pecuniário de 18.000£ mesmo sendo eliminados e de 32.000£ se apurados. Definidos os jogadores para os QF da prova com os confrontos a serem os indicados conforme estabelecido pelo quadro seguinte:

 

Ronda

Jogo

J

N

RM

J

N

RM

QF

1

Mark Williams

GAL

17

Kyren Wilson

ING

13

QF

2

Mark

Allen

NIRL

11

David Gilbert

ING

19

QF

3

Anthony McGill

ESC

18

Luca

Brecel

BEL

15

QF

4

Li

Hang

CHI

46

Ding

Junhui

CHI

4

(N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial)

 

No final da realização de 4 provas do Circuito Mundial de Snooker contando para o Ranking Mundial (RM) ‒ realizando-se outras 3 provas por convite (individuais) não contando para o RM e outras 2 por convite/por nações ‒ e tendo já sido incluído o resultado final da derradeira prova contando para o RM (o Open da Índia), com a lista dos jogadores a ser muito recentemente atualizada apresentando-se aqui a lista dos 10 melhores (naturalmente ainda sem a inclusão do Yushan World Open ainda por concluir):

 

RM

J

N

€/P

1

Mark

Selby

ING

1.476.062

2

John

Higgins

ESC

660.507

3

Judd

Trump

ING

603.922

4

Ding

Junhui

CHI

588.221

5

Shaun

Murphy

ING

496.998

6

Marco

Fu

HK

453.956

7

Barry

Hawkins

ING

436.070

8

Neil

Robertson

AUS

412.391

9

Stuart

Bingham

ING

367.874

10

Ronnie O’Sullivan

ING

359.796

(€/P: Euros/Pontos)

 

Entre todos os jogadores presentes nesta fase da prova e respeitando a hierarquia dos sobreviventes (RM) e o emparelhamento dos jogos dos QF (assim como as prestações dos jogadores nas rondas anteriores), sendo o mais provável de acontecer para a Final do Yushan World Open (não significando isso nada, como já confirmado anteriormente), um confronto China-Gales entre Ding Junhui e Mark Williams (por acaso os jogadores que perderam menos frames). Quanto ao RM com o único a poder lucrar (do Top Ten) a ser o chinês Ding Junhui ‒ já tendo passado a 3º e podendo chegar a 2º.

 

(imagem: wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:26
Quinta-feira, 21 DE Setembro DE 2017

Asteroide 2017 SR2

Um asteroide descoberto ontem e com a sua trajetória também definida ontem, passou também ontem a pouco mais de 90.000Km de nós (também ontem sendo o segundo).

 

Asteroid 2017 SR2 to flyby Earth at 0.24 LD on September 20, second of the day

(watchers.news)

 

gettyimages-488635541_custom-603e25a86d931acced784

 

Reportando-nos aos viajantes alienígenas (logicamente não sendo humanos) que por mais vezes nos visitam, temos que reconhecer que localizados num dos imensos braços que constituem a nossa galáxia (Via Láctea), dificilmente alguma entidade por vontade própria ou acidentalmente nos tomará como alvo (Homem) e se dirigirá para cá: habitando uma galáxia pequena, em rota de colisão com outra (Andrómeda), num sistema microscópico (Sistema Solar) e num planeta completamente invisível (Terra).

 

A newly discovered asteroid designated 2017 SR2 will flyby Earth at a very close distance of 0.24 LD (~92 160 km / 57 265 miles) at 20:29 UTC on September 20, 2017. This is the second known near-Earth asteroid to flyby Earth at a distance of 1 LD today, the third within the past 7 days and the 31st since the start of the year.

(watchers.news)

 

E se nesse campo as perspetivas de visitas futuras por parte de entidades alienígenas parecem ser cada vez mais remotas (afastando-se de nós pelo menos temporariamente a possibilidade de contacto direto com vida orgânica), por outro lado a possibilidade de outro tipo de contactos não intervindo diretamente com interligações biológicas mas podendo suscitá-las assim como introduzi-las (um corpo pode ser o corpo de outro), pode revelar outros mundos de base sólida e mineral assim como berço de vida.

 

The closest one (2017 GM) flew past Earth at just 0.04 LD (~15 360 / 9 544 miles) on April 4. Its estimated diameter is between 2.8 and 6.3 m (9 and 20 feet). The largest so far was 2017 QP1 with an estimated diameter of 37 to 83 m (121 to 272 feet). It flew past Earth at 0.16 LD (~61 440 km / 38 177 miles) on August 14.

(watchers.news)

 

A2.jpg

 

Com alguns desses viajantes cumprindo o seu trajeto periódico e justificativo (cumprindo a sua missão específica no interior do Sistema e desse modo efetuando a sua manutenção) e atravessando (e movimentando-se por) todo o Sistema Solar, espalhando por todo esse conjunto (e estrutura) uma mensagem codificada de Vida preservada e transportada (em pequenos módulos no seu interior) e posteriormente e talvez de uma forma aleatória disseminada (talvez por acaso talvez por necessidade) num centro nevrálgico do Sistema Solar (pelo menos no que nos diz respeito e à nossa preservação como espécie inteligente e organizada ou seja dominante, evolutiva e sendo capaz de se estender no Espaço (pelo menos teoricamente) aproveitando um parâmetro para nós um pouco misterioso e abstrato (apesar de decisivo por limitar a nossa existência) a passagem do Tempo.

 

Nesses objetos integrando-se os cometas e de uma forma mais consistente (e interventiva na concretização do desígnio) outros corpos celestes, uns maiores e outros menores, com diferentes formas e texturas, constituição, massa e velocidade, órbita e período solar e podendo ser originários de locais mais ou menos distantes (mas existindo no interior do Sistema) sendo cientificamente conhecidos como meteoros (e meteoritos) e asteroides: com os asteroides a ser particularmente os mais interessantes (até na perspetiva prioritária de preservação da nossa segurança) dada a sua passagem, problemas dessa proximidade e até de um possível impacto.

 

Any asteroid falling from the sky would have a tremendous amount of energy. In 2028, the asteroid 1997XF11 will come extremely close to Earth but will miss the planet. If something were to change and it did hit Earth, what you would have is a mile-wide asteroid striking the planet's surface at about 30,000 mph. An asteroid that big traveling at that speed has the energy roughly equal to a 1 million megaton bomb. It's very likely that an asteroid like this would wipe out most of the life on the planet.

(Marshall Brain/ howstuffworks.com)

 

A1.jpg

 

Preocupando-nos neste último caso quando nem sequer há aviso (prévio) da sua eminente chegada, com estes objetos circulando a grande velocidade na nossa direção e só sendo detetados aquando ou mesmo depois da sua passagem (nas proximidades da Terra) fazendo-lhe uma tangente ou mesmo uma secante: sendo neste último caso exemplos o Evento de Tunguska (1908) e (mais recentemente e com menores consequências) o Evento de Cheliavinsk (2013).

 

Num só dia com dois asteroides a passarem a uma distância da Terra menor que a distância ao corpo celeste localizado mais perto de nós e por sinal (apesar de todas as nossas limitações) já visitado pelo Homem (a Lua situada a pouco mais de 384.000Km), um deles 2017 SM2 passando a 0.8LD (mais de 300.000Km) o seguinte 2017 SR2 a 0.2LD (mais de 75.000Km): dois pequenos objetos (12 e 7 metros respetivamente) deslocando-se a uma velocidade de 8.5 e 10Km/s e descobertos e com as órbitas definidas no dia da sua própria passagem (20 de Setembro) ‒ pouco antes, durante ou mesmo depois dessa mesma passagem.

 

Sendo o asteroide 2017 SR2 o 2º a passar ontem (num dia e depois do 1º o asteroide 2017 SM2), o 3º numa semana e o 31º desde o início de 2017 ‒ a passar a menos de 1LD de distância da Terra (uma ninharia de distância dada a dimensão do Sistema Solar, para já não falar da Galáxia/Via Láctea ou então do Universo): com 31 asteroides registados desde o início de 2017 a uma média bem próxima de 1 asteroide/semana (mais rigorosamente 0.825), sugerindo-se que num ano e nas suas 52 semanas (365/6 dias) cada vez são maiores as hipóteses de um dia (destes) um deles embater ‒ e depois logo se vê (mas esperando ser pequeno). Talvez em cada semana com uma percentagem de 2% de existir um impacto (como assim faltando percorrer 28% do ano).

 

(imagens: Andrzej Wojcicki/Getty Images/Science Photo Library RF e science.howstuffworks.com/youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:41
Quarta-feira, 20 DE Setembro DE 2017

O Vulcão Popocateptl

Só nos últimos três dias (18/19/20) com violentas tempestades sobre a Roménia (8 mortos/140 feridos), com o furacão Maria a atingir Dominica e Porto Rico (com um impacto catastrófico), com grandes inundações no Níger (56 mortos/200.000 sem abrigo/11.000 desalojados) e com o sismo no México (em torno dos 250 mortos), eis que chega o momento de um outro ator entrar em ação (e num lugar já conhecido) tornando-se protagonista: situado perto de Puebla e do epicentro do sismo (de M7.1) o vulcão POPOCATEPETL.

 

articulos36_40771.jpg

 

Despertando da sua monotonia eruptiva desde o sismo de M8.1 sentido no México no passado dia 8 de Setembro, o vulcão POPOCATEPETL reativou-se de novo para mais umas manifestações do tipo vulcânicas com o impulso que lhe foi dado pelo novo sismo de M7.1 sentido no dia de ontem na Cidade do México: como se já não lhes bastasse os furacões e os sismos agora com os mexicanos a terem que se deparar com um vulcão.

 

“El volcán Popocatépetl, situado en los estados de Puebla, Morelos y México, se ha activado tras el terremoto de magnitud 7,1. Ha sido justo en el momento del temblor cuando el volcán ha soltado una fumarola considerable.”

(17.09.2017 ‒ ppn.com.py)

 

DKBQZZ3VYAA6iST.jpgDKBQZZ-UEAAegGR 1.jpg

 Fig. 1/2

 

O Vulcão Popocatepetl Ativo

A sequência explosiva registada a 19 de setembro de 2017

(de 1 a 4 e iniciada por volta das 11:10)

 

DKBQZZ6VAAA4RcM 2.jpgDKBQZa4VwAA1_er 3.jpg

 Fig. 3/4

 

Com o Centro Nacional de Prevenção de Desastre mexicano a detetar uma explosão no vulcão e umas 300 outras manifestações vulcânicas ‒ exalações de baixa intensidade ‒ nas 24 horas seguintes à primeira manifestação: e ainda outras atividades associadas como sismos vulcânico-tectónicos de baixa intensidade ‒ segundo esses responsáveis ao serviço do Cenapred. Mantendo-se como medida de prevenção e de proteção o alerta em toda a região envolvendo o vulcão Popocatepetl devido ao perigo de novas explosões (eruptivas), queda de cinzas e aparecimento de correntes de lava.

 

(imagens: AFP ‒ @Popocatepetl_MX/twitter.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:12
Quarta-feira, 20 DE Setembro DE 2017

Snooker ‒ Yushan World Open (1ª/2ª/3ª Ronda)

Fim da 1ª Ronda (19 Setembro) com 32 jogadores ainda em prova:

 

32355eb2-e9c3-4e5a-a187-5ee98230bdec.jpg

John Higgins

 

Depois da eliminação do inglês Barry Hawkins (7ºRM) na primeira parte da 1ª ronda (eliminado por 5-4 pelo seu compatriota Chris Wakelin/64ºRM), eis que outros 3 jogadores colocados entre os 20 primeiros do Ranking Mundial (RM) são eliminados na conclusão dessa mesma 1ª ronda (apurando 32 para os oitavas-de-final): nada mais nada menos que o chinês Liang Wenbo/14ºRM (eliminado por 5-4 pelo seu compatriota Li Hang/46ºRM), o inglês Shaun Murphy/5ºRM (eliminado por 5-3 pelo galês Daniel Wells/63ºRM) e último mas não menor o também inglês Mark Selby/1ºRM (eliminado por 5-2 pelo galês Lee Walker/69ºRM) ‒ e não esquecendo o inglês Mark King/22ºRM eliminado por 5-3 pelo chinês Chen Zhe/99ºRM.

 

Sendo o caso mais gritante o da eliminação do inglês Mark Selby (tricampeão do Mundo nos últimos 4 anos/2014/2016/2017 e tendo apenas o seu compatriota Stuart Bingham de permeio/2015), logo na 1ª ronda da prova confirmando o seu mau momento desde o início da época (de 2017/18): das 5 provas onde se encontrava inscrito (no fundo em todas contando para o RM) não tendo comparecido em 1 delas, tendo sido logo eliminado na 1ª ronda em 2, na 2ª ronda em 1 e finalmente (a sua melhor prestação) sendo eliminado apenas 1 vez na 7ª ronda das provas (apesar de só ter participado a partir da 4ª) no clássico Paul Hunter (no conjunto um desastre talvez só inicial).

 

E como curiosidade o esmagamento do suiço Alexander Ursenbacher (101ºRM) no seu confronto face ao escocês John Higgins (3ºRM), perdendo logo na 1ª ronda (e não sobrevivendo) por uns mais que esclarecedores 5-0 ‒ não sendo por acaso o escocês Tetra Campeão do Mundo (1998, 2007, 2009 e 2011), atual Vice-Campeão do Mundo (2017) e vindo recentemente de vencer a última prova do circuito mundial de Snooker (época 2017/18) contando para o RM: o Open da Índia.

 

2ª Ronda (20 de Setembro) apurando 16 jogadores para as Oitavas-de-Final (OF):

 

Jimmy_Robertson_at_Snooker_German_Masters_(DerHexe

Jimmy Robertson

 

Disputados os 7 encontros de Qualificação e os 32 encontros da 1ª ronda, com alguns bons jogos em perspetiva (de um total de 16) previstos para a 2ª ronda (e envolvendo jogadores entre os melhores 25 do RM): Anthony McGill (18ºRM) ‒ Stephen Maguire (20ºRM), Joe Perry (23ºRM) ‒ Ryan Day (16ºRM), Michael Holt (25ºRM) ‒ Kyren Wilson (13ºRM) e David Gibert (21ºRM) ‒ Martin Gould (19ºRM).

 

Terminada a 1ª sessão da 2ª ronda (8 das 16 partidas disputadas) com as grandes surpresas até ao momento a serem a eliminação do inglês Stuart Bingham (9ºRM) às mãos do chinês (na negra por 5-4) CAO YUPENG (87ºRM), do chinês de HK Marco Fu (6ºRM) face ao inglês (perdendo por 5-3) PETER EBDON (42ºRM) e da estrondosa derrota do galês Ryan Day (16ºRM) no seu confronto com o inglês JOE PERRY (24ºRM) por uns expressivos 5-0 (para além da vitória do galês LEE WALKER/69ºRM e do difícil apuramento do escocês JOHN HIGGINS/3ºRM).

 

Na 2ª sessão desta ronda sendo apenas relevante a eliminação do inglês Ricky Walden/24ºRM no seu embate com o chinês LI HANG/46ºRM (perdendo por 5-3) e as vitórias esclarecedoras (ambas por 5-0) do chinês DING JUNHUI e do galês MARK WILLIAMS ‒ com o australiano NEIL ROBERTSON/8ºRM a apurar-se apenas na “negra” (5-4) eliminando o inglês Ben Woollaston/31ºRM.

 

3ª Ronda (21 de Setembro) apurando 8 jogadores para os Quartos-de Final (QF):

 

Lee-Walker.jpg

Lee Walker

 

Na 3ª Ronda sendo apurados os 8 jogadores a participarem nos Quartos-de-Final do Open (QF) tendo estes desde logo garantido um prémio pecuniário de 18.000£ (expressos em pontos na tabela do RM de Snooker). E com o quadro dos QF a estar já estabelecido com as seguintes partidas a decorrerem amanhã (quinta-feira, 21):

 

Jogo

 

J

N

RM

J

N

RM

1

Jimmy

Robertson

ING

35

Mark

Williams

GAL

17

2

Kyren

Wilson

ING

13

Thepchaiya

Un-Nooh

TAI

41

3

Neil Robertson

AUS

8

Mark

Allen

ING

11

4

David

Gilbert

ING

19

John

Higgins

ESC

2

5

Lee

Walker

GAL

69

Anthony McGill

ESC

18

6

Cao

Yupeng

CHI

87

Luca

Brecel

BEL

15

7

Peter

Ebdon

ING

42

Li

Hang

CHI

46

8

Joe

Perry

ING

24

Ding

Junhui

CHI

4

Jogos dos Quartos-de-Final do Yushan World Open

Já com o RM atualizado, incluindo a última prova disputada ‒ O Open da Índia

(J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial)

 

Integrando 3 jogadores do Top Ten e 6 incluídos entre os vinte melhores, com o favoritismo em teoria (neste momento e para a vitória na prova) a estar do lado do trio JOHN HIGGINS/DING JUNHUI/NEIL ROBERTSON, mas podendo surgir surpresas até por parte dos menos cotados (como o de RM mais baixo, o chinês CAO YUPENG).

 

(imagens: sportinglife.com/Wikipedia.org/snookercoach.ws)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:57
Quarta-feira, 20 DE Setembro DE 2017

Sismo M7.1 na Cidade do México (Ontem)

México ‒ Cidade do México (e Puebla) ‒ Sismo

 

mexicoquake1909g.jpg

 Colapso de um edifício na Cidade do México

(no decorrer do forte sismo de 19.09.2017)

 

Magnitude

7.1

Região

Puebla/México

Data/Hora

19.09.2017 18:14 UTC

Localização

18.59 N 98.47W

Profundidade

50 Km

Distância

58 Km SW Puebla

 

Com um tremor de terra de M7.1 registado no MÉXICO a 5km a ENE de RABOSO (estado de Puebla) ‒ localidade mexicana a cerca de 100Km SE da Cidade do México (capital do país) ‒ e com epicentro a cerca de 50Km de profundidade (11 dias depois do sismo de M8.1 que assolou o MÉXICO particularmente os estados de OAXACA e de CHIAPAS provocando mais de 100 mortos ‒ e com epicentro no mar a cerca de 70Km de profundidade), este país da América do Norte e já depois de ter sentido nos últimos dias os efeitos de um TSUNAMI, de uma ERUPÇÃO VULCÂNICA (os dois como consequência do sismo de 8.1 ocorrido em Setembro, sendo o 1º um pequeno Tsunami e o 2º tendo o vulcão POPOCATEPETI como protagonista provocando 15 mortos), de um FURACÃO (o furacão KATIA) e de um novo SISMO (ocorrido ontem por volta da hora do almoço) ‒ provocando para já mais de 250 mortos e grandes danos materiais em edifícios e outras importantes infraestruturas (com edifícios a colapsarem).

 

8962554-3x2-940x627.jpg

 Feridos resultantes do sismo M7.1

(registado ontem na capital mexicana)

 

Seguido (até às 06:00 UTC) por outros 3 sismos de magnitude igual ou superior a M4.5 (M4.9/M4.6/M4.6) e assim confirmando (posteriormente) informações proferidas pelas autoridades mexicanas aquando do sismo M8.1 (a 8 de Setembro) de que existiam fortes probabilidades do México (para além de todas as outras fortes réplicas registadas) vir de novo a ser atingido nos próximos dias por um sismo de intensidade semelhante ou até superior: o que se confirmou esta terça-feira (dia 19) no México com um sismo de menor intensidade (M7.1 em vez de M8.1) mas com um epicentro a menor profundidade (50Km em vez de 70Km), causando num ápice mais do dobro de vítimas (2.5X) comparativamente com o anterior.

 

mc.jpg

 Com as ondas sísmicas a repercutirem-se nos barcos de recreio

(em Xochimilco/centro da capital através do movimento das águas)

 

No dia de hoje (quarta-feira, 20) com os sismos mais intensos (de maior magnitude) a registarem-se a nível Global (com M>4.5) a serem (até às 08:39 UTC):

 

Região

Hora (UTC)

Profundidade (Km)

Magnitude

(M)

Leste

Irão

00:08

10

5.0

Ilhas Auckland

NZ

01:43

10

6.1

Estreito de Cook

NZ

02:42

24

5.0

Sul

Perú

05:26

115

5.3

 

Teoricamente podendo-se afirmar (se registado em zonas habitadas) que mesmo que não se tenham notícias provenientes do lugar, pela localização do sismo (em terra ou no mar), pela intensidade do mesmo (maior ou menor magnitude) e pela profundidade do seu epicentro (menores profundidades originando maiores efeitos), o mais grave em consequências (humanas e danos materiais) poderá ter sido o do leste do Irão.

 

Com o sismo mais forte sentido na Europa e nas proximidades de Portugal (este dia 20) a ser o registado a NW de Málaga (sul de Espanha), pelas 02:44, a 4Km de profundidade e de M1.6 (praticamente impercetível).

 

(imagens: AFP/GETTY IMAGES/standard.co.uk ‒ Carlos Jasso/REUTERS/abc.net.au ‒ Storyful News/youtube.com/abc.net.au)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:48
Terça-feira, 19 DE Setembro DE 2017

Furacão Maria

[Segundo as previsões do Centro Nacional de Furacões norte-americano NOAA (nhc.noaa.gov) com o furacão MARIA não impactando os EUA como o foi o caso do IRMA.]

 

“Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros.”

(George Orwell - O Triunfo dos Porcos)

 

hurricane-maria-path.jpg

 

Com um novo furacão de categoria 5 (com ventos máximos na ordem dos 250Km/h) deslocando-se de oeste para noroeste (formado no oceano Atlântico perto de Cabo Verde) a uma velocidade perto dos 15Km/h, as Ilhas Virgens (inicialmente como tempestade tropical) e Porto Rico (e pouco antes da Republica Dominicana) serão territórios certamente atingidos pelo violento furacão MARIA (agora a caminho de outras ilhas das Caraíbas). Num período de 3 dias tendo como início o dia 19 (terça-feira), com o furacão a cair com extrema intensidade sobre estes três territórios, previsivelmente e como no caso do furacão IRMA, causando vítimas humanas e grande destruição (em centenas de locais ainda com um curtíssimo período de recuperação, após a passagem de mais um poderoso furacão): mais uma vez criando um cenário de devastação total agora estendendo-se aos habitantes de Dominica (uma ilha situada a leste de Porto Rico), com populações em fuga (procurando refúgio do vento e das águas), estruturas a voar (devido às fortes rajadas de vento), grandes inundações (devido à fortíssima precipitação), cortes gerais de energia (colocando milhres de pessoas sem eletricidade), interrupção no abastecimento de água e até com a propagação de doenças (com a degradação das condições sanitárias).

 

two_atl_2d0.jpg

 

No seu trajeto para os próximos dias (até domingo do próximo fim-de-semana, dia 24) e apesar de ainda poder oscilar (entre categoria 4 e 5), dirigindo-se para noroeste e podendo afetar as Caraíbas (passando mesmo ao lado das Bahamas). No entanto para o que interessa e em estilo de conclusão, não passando pelos EUA e como tal não sendo notícia ‒ como o foi com o furacão IRMA (nem tanto com o Katia e muito menos com o José ‒ pelo menos e para já com este último a passear-se ao longo da costa do Atlântico de momento de categoria 1 e com rajadas de 120Km/h). Confirmando-se ou não o trajeto previsto para o furacão (Maria) e se este cumprirá a sua rota (delineada pelos especialistas) passando ao largo da costa e não atacando os Estados Unidos (já abalados com a Flórida/Irma e com o estado do Texas/Harvey): mas deslocando-se um pouco para sul podendo (de novo) ameaçar (a região de) Everglades e na costa Miami Beach. E a meio do oceano Atlântico bem a ocidente de Cabo Verde e sendo o que sobra da tempestade tropical LEE (também criada no Atlântico sensivelmente pelas mesmas paragens e no mapa anterior marcado a X), com algumas possibilidades (10%) de nas próximas 24 horas se formar outro furacão (sendo um fenómeno natural na época dos furacões). Mas nem sequer olhando para o outro lado da Terra (continente asiático e Pacífico) também por esta altura cheio deste tipo de Eventos (climáticos).

 

(imagens: National Hurricane Center/nhc.noaa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:46
Terça-feira, 19 DE Setembro DE 2017

Snooker ‒ Yushan World Open

Durante a semana de 18 a 24 de Setembro disputa-se na China o YUSHAN WORLD OPEN contando com a presença do atual Campeão MARK SELBY e do Vice-Campeão do Mundo JOHN HIGGINS e com a ausência do atual detentor do troféu ALLISTER CARTER ‒ este ano com um prémio para o vencedor de 150.000 £ (e para o finalista vencido de 75.000£).

 

G2AktkqTURBXy8yMjkzOTc5Y2E0ZjdhMmZiODlkZGQ3MDg5MWM

Barry Hawkins/ING (7ºRM)

Eliminado logo na 1ª ronda do Yushan World Open

 

Com 71 jogadores ainda em prova (14 deles ainda tendo de se sujeitar a uma pré-eliminatória) iniciou-se hoje dia 18 de Setembro o OPEN MUNDIAL (com a sua 1ª ronda) decorrendo de 18 a 24 do mês na cidade chinesa de YUSHAN (dos 128 jogadores da Qualificação participando apenas 64 na ronda inicial desta prova). Dos 20 melhores jogadores do Ranking Mundial (RM) estando ausente um trio inglês composto por Judd Trump (2ºRM), Ronnie O’Sullivan (10ºRM) e Allister Carter (12ºRM) ‒ e com os outros 17 presentes (dos 20) a formarem o maior contingente (dos 20 melhores do RM, inscritos numa só das 5 prova) desde o início da época. Ainda sem a presença de jogadores brasileiros mas contando na prova com o suíço Alexander Ursenbacher (tendo logo pela frente na 1ª ronda da prova o Vice-Campeão do Mundo o escocês JOHN HIGGINS recente vencedor do OPEN da ÍNDIA).

 

E 17/18

J

N

RM

V

PF

PMF

PQF

J. HIGGINS

ESC

3

1

1

1

1(+1)

L.

BRECEL

BEL

15

1

1

1

1

R.

DAY

GAL

16

1

1

1

1

M.

WHITE

GAL

26

1

1

1

1

S.

MURPHY

ING

5

0

2

2

2

A.

MCGILL

ESC

18

0

1

1(+1)

2(+1)

S. MAGUIRE

ESC

20

0

1

1

1

M. WILLIAMS

GAL

17

0

0

1

2

XU

SI

CHI

118

0

0

1(+1)

1(+1)

10º

A.

CARTER

ING

12

0

0

1

1

Os 10 melhores jogadores nesta época de 2017/18

(E: Época J: Jogador N: Nacionalidade RM: Ranking Mundial V: Vitória PF: Presença Final PMF: Presença em Meia-Final PQF. Presença Quartos-Final (+1): Prova por Convite)

 

A 5ª prova a nível individual contando para o RM (com outras 3 por convite entretanto realizadas mas não contando para o RM) antecipando um mês de Outubro bem ocupado com a disputa de mais 3 provas do Circuito Mundial de Snooker (época 2017/18) todas elas contando para o RM: Masters Europeu (na Bélgica de 2/8), Open de Inglaterra (de 16/22) e Campeonato Internacional (na China de 29 de Outubro a 5 de Novembro). Hoje decorrendo o 1º dia da prova findo o qual se apurarão os 32 jogadores a participar na ronda seguinte (2ª ronda) ‒ com os resultados mais relevantes registados neste dia 18 (fim da qualificação e fim da 1ª ronda da prova) a serem os seguintes:

 

Nos jogos de Qualificação (em atraso) a eliminação de Michael White/GAL (26ºRM) e de Alan McManus/ESC (28ºRM) às mãos de dois jogadores chineses (sem RM) respetivamente Ma Bing (derrota do galês por 5-1) e Hu Hao (derrota do escocês por 5-0);

 

Já na 1ª ronda da prova e com 16 das 32 partidas já disputadas com o facto mais notório a ser a eliminação de Barry Hawkins/ING (7ºRM) perante o seu compatriota Chris Wakelin/ING (64ªRM) perdendo (na negra) por 5-4.

 

E já com dois jogos definidos para a 2ª ronda:

 

Michael Holt (ING) ‒ Kyren Wilson (ING)

Neil Robertson (AUS) ‒ Ben Woollaston (ING)

 

Completando-se esta terça-feira (dia 19) a 1ª ronda ‒ com as outras 16 partidas ‒ e com a 2ª (ronda) a iniciar-se logo no dia seguinte (dia 20): disputando-se Domingo (dia 24) a final.

 

(imagem: onet.pl/AFP)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:03
Domingo, 17 DE Setembro DE 2017

Donald J. Trump no Twitter

Donald J. Trump ‒ 45º Presidente dos EUA

 

Desde que a história do ROCKET MAN não se repita aqui com Donald Trump (com o Presidente a ir para o Espaço por um período de 3 meses e a regressar à Terra por um período de somente 3 dias) durante o seu primeiro mandato (para os leitores de O Homem Ilustrado de Ray Bradbury e do conto nele incluído ‒ o Homem-Foguete ‒ uma necessidade mais do que uma certeza), sendo melhor até pelas consequências que tal acontecimento acarretaria (morrendo o Homem-Foguete Senior, suceder-se-ia o Homem-Foguete Junior, repetindo este os erros do primeiro) que o Presidente tecle no Twitter e não noutros botões. Mesmo promovendo Kim Jong-un (um ditador) ao estatuto de um Rocket Man (num conto de Ray Bradbury, inspirando Elton John e ecoando em David Bowie no seu tema Space Odissey). Uma das (500) maiores canções (de todos os tempos) segundo a revista Rolling Stone (e agora usada por Trump).

 

@realDonald Trump

 

kUuht00m_400x400.jpg

 

"I spoke with President Moon of South Korea last night.

Asked him how Rocket Man is doing.

Long gas lines forming in North Korea.

Too bad!"

(04:53 - 17 set 2017)

 

Já no caso de ao ver-se inesperadamente frente a um espelho (como se sabe uma imagem poderá aparecer distorcida devido à curvatura da lente) não se ver a si próprio mas ao seu inimigo Kim Jong-un (aparente e perigosamente com ambos a partilharem o mesmo foco), podendo significar uma realidade diferente pelo menos do outro lado do espelho (de um lado o objeto pretensamente mais forte, do outro a sua imagem segundo a lógica dependente): com o líder sagrado, hereditário, histórico e único de toda a Coreia do Norte (mais de 25 milhões de habitantes em 1,3 X a área de Portugal, com menos de metade da população) a ameaçar diretamente os EUA e países aliados (como a Coreia do Sul, o Japão e o território de Guam/EUA por serem os mais próximos) com mísseis de longo-alcance e até com armas nucleares ‒ e julgando-se o Homem-Foguete, repetindo e morrendo e levando alguns com ele.

 

(imagem: @realDonaldTrump)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:07
Domingo, 17 DE Setembro DE 2017

Stereo

[Não sendo um planeta nem sendo uma anomalia técnica, podendo ser muito bem apenas mais uma projeção (do Sol, acidental e por defeito técnico, introduzido pelo Homem ou pelo seu Criador).]

 

700755main_ST_equidistant_orbit-orig_full.jpg

 1

Localização de Stereo A e de Stereo B

(dessa forma observando toda a superfície do Sol)

 

“Theoretical physicists and astrophysicists, investigating irregularities in the cosmic microwave background (the 'afterglow' of the Big Bang) have found there is substantial evidence supporting a holographic explanation of the universe.”

(phys.org)

Para quem se entretém a ver as imagens oriundas do Espaço (exterior à Terra) e transportadas até nós por sondas e satélites, uma das imagens mais curiosas recentemente editadas pela NASA (através do seu Centro de Ciência Stereo/SSC) refere-se a um dos seus dois satélites STEREO (Stereo Ahead HI1) e a imagens registadas a 6 de Setembro deste ano (de 2017).

 

Podendo-se observar uma imagem (de uma sequência onde surge um corpo estranho), a anterior e a seguinte (da mesma sequência onde nada de estranho aparece) ‒ como a seguir se pode confirmar:

 

De 2 a 5 com o Sol localizado à esquerda

 

S1.jpgS2.jpg

 2/3

Stereo Ahead HI1 - 06.09.2017 - 15:29:01/20:09:01

 

A major X-class solar flare erupted from geoeffective Active Region 2673 peaking as X9.3 at 12:02 UTC on September 6, 2017. This is the second X-class solar flare of the day. It comes just hours after a long-duration X2.2 at 09:33 UTC. It is also the strongest solar flare of the current solar cycle (Solar Cycle 24). Radio signatures suggest a strong Coronal Mass Ejection (CME) was produced during this event. The location of this region favors Earth-directed CMEs.” (TW/watchers.news/06.09.2017)

 

S3.jpgS4.jpg

 4/5

Stereo Ahead HI1 - 07.09.2017 - 14:49:01/15:29:01

 

Com estas 4 imagens de uma longa sequência (aqui registadas num intervalo de tempo de 24 horas) a proporcionar-nos imagens intermitentes neste já apreciável período de tempo (da mais pura anomalia), umas com a presença do corpo (estranho), outras sem a presença do mesmo (aparecendo/desaparecendo):

 

Em sites como o ufosightingshotspot.blogspot.pt (e outros interessados no tema como Streetcap 1) propondo-nos (estes) a teoria de que estaríamos em presença de uma possível falha na projeção holográfica (libertando uma réplica mas deslocada no tempo e no espaço) em que vivemos e no qual fomos (um dia) inseridos;

 

Já no caso das versões mais credíveis e facilmente aceites pelas autoridades cientificas oficiais (como será certamente o caso da agência governamental NASA e da maioria dos responsáveis eruditos e até leigos autodidatas) não passando o estranho fenómeno de um mau funcionamento do sistema do satélite STEREO (A), talvez devido a uma sobrecarga motivada pelo forte atividade solar registada desde o início do mês (de Setembro) na superfície do Sol (introduzindo uma imagem ‒ claramente que a do sol ‒ de tanto em tanto tempo).

 

(imagens: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:02
Sexta-feira, 15 DE Setembro DE 2017

O Fim Anunciado da Sonda Cassini

“NASA has let one of its most valuable space exploration missions go up in smoke.

On Friday morning, the craft that has been exploring Saturn's system plunged into the planet's atmosphere and almost immediately disintegrated.”

(cnbc.com)

 

104712457-cassini.1910x1000.jpg

  A sonda CASSINI

(explodindo à entrada na atmosfera de Saturno)

 

Hoje dia 15 de Setembro de 2017 pouco antes das 13:00 (em Portugal), a sonda automática CASSINI lançada em 2017 de Cabo Canaveral (estado da Flórida) e inserindo-se na órbita do planeta SATURNO em 1 de Julho de 2004 (atualmente a quase 1,5 biliões de Km da Terra), terminou a derradeira fase da sua missão apontando o seu trajeto na direção de Saturno (e da sua camada superior de nuvens), mergulhando num voo definitivo e perdendo-se na atmosfera do planeta (segundo as primeiras informações a 1.500Km do topo das nuvens).

 

Com a perda definitiva da sonda orbital CASSINI (2017) já depois do mesmo ter acontecido com o módulo de aterragem HUYGENS (em meados de Janeiro de 2005 ao atingir a superfície da lua de Saturno TITÃ), terminando a missão CASSINI-HUYGENS na região do Gigante Saturno: 13 anos orbitando o 2º maior planeta do Sistema Solar (só sendo suplantado por Júpiter) e tomando conhecimento sobre toda esta região envolvendo o planeta (incluindo as suas mais de 60 luas) num projeto agora abandonado isolando ainda mais esta área do Espaço.

 

De todas as sondas automáticas ainda ativas e movimentando-se nas profundezas do Espaço, restando apenas 5 desde o fim da sonda Cassini: e pondo de lado as VOYAGER já no limite do Sistema Solar (com a Voyager 1 fora dele e a Voyager 2 a caminho) ficando-se somente com 3 ‒ a NEW HORIZONS (a uns 5 biliões de Km) e a DAWN e a JUNO (já tendo ultrapassado os 500 milhões de Km): a primeira visitando recentemente o planeta-anão PLUTÃO e dirigindo-se atualmente na direção do CINTURÃO de KUIPER, a segunda tendo como seu principal cartão-de-visita a sua passagem por VESTA e a sua temporada em torno de CERES e finalmente com a terceira recentemente chegada ao seu destino a ter como corpo de estudo nada mais nada menos que o Gigante planeta JÚPITER (o maior do Sistema).

 

Agora com o Homem ainda mais preso à Terra (o nosso local de nascimento mas também o nosso único cemitério) ‒ atualmente apenas sendo autorizado a curtas viagens entre a Terra e a ISS por volta duns 400Km ‒ e com aquela que deveria ser a Nova Aventura da Humanidade partindo À Aventura e à Conquista (tal como o fizeram no passado com a Conquista dos Oceanos), a ser entregue a simples MÁQUINAS comandadas à distância (como se fosse um simples jogo) e assim negando a nossa participação (presencial) e tomada direta do conhecimento (utilizando todos os nossos órgãos dos sentidos).

 

"This is the final chapter of an amazing mission, but it's also a new beginning. Cassini's discovery of ocean worlds at Titan and Enceladus changed everything, shaking our views to the core about surprising places to search for potential life beyond Earth."

(Thomas Zurbuchen/NASA)

 

(imagem: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:40

pesquisar

 

Setembro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
18
23
24
25
26
27
28
29
30

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro