mais sobre mim

subscrever feeds

Terça-feira, 31 DE Dezembro DE 2013

Passagem de Ano

Uma semana passada sobre a data do nascimento de Jesus Cristo, os pagãos abandonam o seu estado aparente de reclusão obrigatória e aí exteriorizam religiosamente os seus verdadeiros sentimentos.

 

Austrália – Porto de Sidney – Passagem de Ano – 2013/2014

 

A Austrália é um dos primeiros pontos do nosso planeta onde se dá esta redenção global, com todos os seus cidadãos a usufruírem desta insubstituível prioridade, de serem dos primeiros a purificarem-se.

 

(imagem – dailymail.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:58
Terça-feira, 31 DE Dezembro DE 2013

The End

Enquanto todos os outros países europeus intervencionados fogem a toda a velocidade do buraco negro económico e financeiro em que se meteram – Irlanda, Grécia e Espanha – Portugal continua a desafiar a lei da gravitação económica, pensando que diminuindo a despesa também aumenta a receita: só que o Estado Novo o fazia com o Ouro e o Regime Democrático não o pode fazer com as pessoas. Mas de quem faz do oportunismo político e duma pretensa incompetência os seus principais pilares não ideológicos de governação, tudo há a esperar – até adiar para amanhã (mais uma vez) o que se pode fazer hoje.

 

O Fim

 

O Desejo do Predador:

“Desejamos a todos os Portugueses um Bom Natal”

 

A Concretização do Desejo do Predador:

“O Presidente da República promulgou o Orçamento do Estado para 2014”

 

Mas se continuarmos este trajecto apoiados apenas na indiferença total face a um destino afirmado até à exaustão como inevitável, a única coisa que se poderá dizer desta Nova Organização Ideológica e Económica Mundial é que os seus mentores conseguiram o que Hitler e a Alemanha sempre desejaram mas nunca alcançaram. Ainda por cima com velhas senhoras como a Nova Alemanha a viverem agora tranquilamente dos seus rendimentos, enquanto os outros à sua volta vão morrendo de fome – não entendendo a velha e debilitada senhora que um dia os outros deixarão de pagar a renda.

 

O Monstro de Três Cabeças

 

De Portugal? Zero – com esta política do Semáforo!

De cima só vem Luz Verde (durante uns míseros segundos de expectativa e de posterior desânimo), isto apesar da Luz Amarela que tudo vai destruindo (durante dias repetitivos e infindáveis) e da Luz Vermelha que nos asfixiará definitivamente (no nosso próprio sangue e até à extinção).

 

E como de costume só subserviência por parte das nossas elites já há muito em decomposição – e que vão asfixiando um país com os seus actos prepotentes, criminosos e nauseabundos.

 

“E que tenhamos todos um bom fim, no ano que aí vem”

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:21
Segunda-feira, 30 DE Dezembro DE 2013

A Crise Nunca Existiu

“E até agora só dissemos Ámen”

 

 

A Crise Acabou: a Irlanda já saiu, Portugal vai a caminho e a Grécia também já fez o seu anúncio.

 

Mas afinal o que terá acontecido nestes países para de um dia para o outro estarmos em crise e do outro para o seguinte esta ter terminado?

 

Um dia com dinheiro a sair-nos por todos os lados para fora da carteira, no outro dia com o dinheiro todo desaparecido entre os imensos buracos da mesma carteira e no dia seguinte apenas com o contentamento da carteira mesmo que vazia ainda nos pertencer.

 

Mas para mim a nossa desventura ainda não acabou: certamente chegará o dia em que a nossa sociedade se refundará definitivamente e em que revolucionariamente o nosso Governo tornará a decretar a guerra de classes.

 

Mas em primeiro lugar terá que ser efectuada a necessária e imprescindível selecção.

 

Categoria

Característica

%

Portugal

Indivíduos classe 1

Com carteira

01

100.000

Indivíduos classe 2

Com porta-moedas

10

1.000.000

Indivíduos classe 3

Desprovidos de ferramentas

39

3.900.000

Indivíduos sem classe

Inexistentes

50 (1)

5.000.000

 

(1)    A serem progressivamente exportados – no mais curto espaço de tempo possível (limite – Junho de 2014)

 

 

Entretanto o nosso prazo de validade terá acabado e já teremos sido substituídos pelos novos escravos globais – automáticos, substituíveis e como tal sem direito de existência.

 

Ámen.

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:50
Segunda-feira, 30 DE Dezembro DE 2013

Ours Children’s Next Year No Future

“We wished you a merry Christmas”

(Cavaco Silva – 19.12.13)

 

Zombie Kid

 

With all the people constantly dying in silent at home under the aliens orders of our dictatorial government – because they don’t need any more slaves – many children’s have no use today becoming – like in China – a expandable merchandise. But maybe in future days the survivals may enter successfully in the food chain.

 

          

Transformers of the Future

 

With the agreement of the state and the contribution of this economic and mechanical system – that they create for theirs satisfaction and pleasure – no doubt families will be obliged to deliver all the children’s possible, if they want to survive in a limited and controlled society: they don’t need people they want space and money.

 

The Future of the World

 

The leaders of the world don’t think any more on the subject called people, because all the system structure is based in economic theories that make the humans dispensable, because now in our collapsing world many people – don’t knowing the fact – doesn’t exist anymore. Next year will be better.  

 

(imagens – paranormalforyou.blogspot.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:16
Domingo, 29 DE Dezembro DE 2013

Sismologia e Vulcanismo nas proximidades de Portugal

 

El Hierro – Canárias

 

Os especialistas em sismologia e vulcanismo estão muito interessados e talvez também muito preocupados com os tremores de terra, aparecimentos de fendas e queda de pedras que tem assolado El Hierro, após o ultimo abano (M 5.4) sentido nesta ilha do arquipélago espanhol das Canárias – registado no passado dia 27 de Dezembro e com epicentro situado a 11 km de profundidade.

 

Cumbre Vieja – Canárias

 

Mas o que mais me espanta é a despreocupação com que estes especialistas observam este evento a acontecer actualmente no arquipélago das Canárias, quando mesmo ao lado todos sabemos que está localizada uma outra fonte muito mais forte de preocupação e de alarme e que indirectamente poderá ter consequências bem mais graves e nefastas para toda essa zona, bem como para toda a costa africana situada na sua vizinhança e mesmo para o sul da península ibérica: Cumbre Vieja.

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:20
Domingo, 29 DE Dezembro DE 2013

O Teu Cérebro Já Não Te Pertence

Questões e Dúvidas Reais

 

P: Qual a verdadeira razão pela qual determinados sectores da poderosa elite norte-americana – especialmente a extrema-direita republicana:

 

P1: Estão contra os Democratas e o OBAMACARE:

 

Obama

 

P2: Estão contra a Igreja e o Papa FRANCISCO?

 

Francisco

 

Atitudes e Simulações Fictícias

 

R: As respostas – e como é evidente – são muito claras e significativas face ao poder que hoje em dia controla o mundo, alienando-nos da natureza e manipulando incessantemente a nossa mente:

 

Enquanto for Presidente, não vou ceder às exigências de alguns no Partido Republicano para negar uma cobertura de saúde acessível a milhões de trabalhadores norte-americanos

(Presidente Obama)

 

R1: Porque fica muito caro generalizar os cuidados básicos de saúde a todos os cidadãos norte-americanos – para já não falar da possibilidade de se poder estender esta benesse aos cidadãos estrangeiros – sabendo-se antecipadamente que a maioria da população nem sequer tem dinheiro para sobreviver condignamente. Além do mais Barack Obama é considerado o Anti-Cristo que levará os EUA para o seu colapso económico e ideológico final, não fosse este alienígena um tipo de cor negra e provavelmente nascido no continente africano.

 

Penso que um sinal para saber como vai uma família é ver como nela são tratadas as crianças e os idosos

(Papa Francisco)

 

R2: Porque é evidente para quem tem dois dedos na testa e a maioria dos outros dedos nos bolsos, incluindo os dos pés e os da restante família – e lá aparece mais uma vez à frente deste pelotão visionário a extrema-direita norte-americana adepta fervorosa da resolução de problemas a tiro – a opção ideológica desse criptocomunista chamado Francisco, constantemente a fazer a apologia dum dos mais antigos e famosos terroristas britânico após Jesus Cristo – Robin dos Bosques – que “tirava aos ricos para dar aos pobres”. Inegavelmente outro anti-cristo. E como pode esta preocupante situação evoluir e transformar-se em algo de positivo, se esta for irresponsavelmente entregue nas mãos dum povo pobre, inculto, indigente, acéfalo e necessitado de orientação?

 

(imagens – retiradas da Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:06
Sábado, 28 DE Dezembro DE 2013

Em Código se Fala, Em Fontes (inquinadas) se Encontra

“Desde que perguntei ao Leão porque é que ele era o Rei – principalmente a partir do momento em que ele abriu a boca e me comeu – fiquei a saber desde logo que ele não compreendeu a questão: limitava-se a caçar, a comer, a dormir e a fornicar”

 

O Futuro poderá estar na utilização do Código Morsa

(uma mercadoria não reprodutora de mais-valia e como todo o ser vivo em vias de extinção)

 

Porque será que toda a nossa intelectualidade jornalística e comunicacional se candidata sempre candidamente e seja em que altura ou circunstância for, à desejada e premiada distinção oficial de prostituto(a) do regime?

 

Porque passados uns anitos – muito poucos e sempre com boas entradas – poderás recuperar o teu tempo perdido em comissões de serviço obrigatórias em favor do não reprodutivo interesse público, orientando o ultrapassado investimento estatal (e o dinheiro publico a ele associado) para o revolucionário investimento privado (depois de privatizados os lucros e nacionalizados os prejuízos).

 

E com todo este cenário envolvente e asfixiante montado em torno dum espectáculo repetidamente reproduzido e tacitamente autorizado – através da aplicação dum consenso previamente definido e institucionalizado – nada nos resta senão deitar fora o lixo e voltar a comprar, esperando que o outro que nos apoia no nosso processo de divórcio não se aproveite do nosso sofrimento e nos bata ainda mais, como se fossemos irracionais e insensíveis, merecedores de castigo por contestação e masoquistas por opção.

 

De facto somos implacáveis com o outro animal nosso semelhante que partilhou o seu espaço com os outros animais desse mesmo território (desde sempre partilhado) e no entanto se virarmos as costas ás nossas origens e formos castigados por referências intermédias ditas alternativas mesmo que idênticas, anulamo-nos e reconhecemos o mérito dos anteriores líderes primogénitos, aceitando o castigo por interposta pessoa, mas não reconhecendo a vitória do original inicialmente escolhido e desde o início aceite por normalizado.

 

“Soube agora que o Coelho saído da Cartola teve boas audiências televisivas nas suas Conversas Fiadas em Família, após a promessa (mais uma) do fim da presença da Troika no nosso país em meados do próximo ano de 2014 – ainda por cima face à emissão no mesmo horário de programas consagrados e habituais, como o é o caso do êxito Secret Story Zombie 4

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:12
Sábado, 28 DE Dezembro DE 2013

Piranhas

Dozens injured in Christmas piranha attack

(Argentina)

 

 

Those celebrating Christmas with a swim in the cool waters of the Parana River got more than they bargained for this year when more than 60 people, including 7 children, were attacked by a school of deadly piranha fish.

Most of the injuries were to the victims' hands, legs and feet, with one 7-year-old girl suffering a bite to her left hand that proved so severe that she had to have part of a finger amputated.

Sporting a set of extremely sharp teeth and a reputation to match, piranhas are well known for their voracious appetite for meat and have been responsible for multiple deaths over the years.

Authorities believe that the unusually high temperatures Argentina is currently experiencing may be to blame for the increased aggression of the fish.

 

(unexplained-mysteries.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:06
Sexta-feira, 27 DE Dezembro DE 2013

Vida Quadrada

“A transcendência de π estabelece a impossibilidade de se resolver o problema da quadratura do círculo”

(Wikipedia)

 

Mas o que faz um saudosista da social-democracia do século passado (Pacheco Pereira) – que nem sequer aproveitou os ensinamentos básicos desta ideologia, não os promovendo ou aplicando enquanto poder – no meio dum futuro passarão (António Costa) e dum sempre passarinho (Lobo Xavier) deste novo e anti-democrático regime? O moderador (Carlos Andrade) só torna tudo muito pior, martelando o círculo sempre o deixam, para que fique mais quadrado.

 

A Quadratura do Círculo

 

Limito-me a olhar para um cenário de estúdio modelo T3+1 que a SIC me oferece e apresenta no monitor colocado na parede, enquanto mecanicamente levanto o cobertor que cobre a minha cama, esticando-me nela confortavelmente e ao longo de todo o seu comprimento. Debaixo do cobertor aqueço-me o melhor que posso já que o crédito está difícil e o salário não dá para comer. Com os olhos ainda fixos no monitor de forma rectangular, retorno visualmente ao quadrado e adapto a audição a este fenómeno televisivo. Só falta mesmo regular o volume. E é então que ouço a palavra crise e reparo que já vi aquele programa.

 

“Só temos duas hipóteses no cumprimento do nosso trajecto obrigatório em torno do quadrado que representa o nosso percurso de vida: ou nos deixamos levar pelo sonho e nos despistamos logo ao atingirmos o nosso primeiro vértice (e depois o que será será) ou então como única alternativa só nos restará dobrar completamente a espinha, se quisermos que nos deixem passar e que alcancemos a realidade”

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:55
Sexta-feira, 27 DE Dezembro DE 2013

Restos duma Geração

“O Mundo da Ovelha CHONÉ até que podia ser o Meu”

 

Posição demonstrativa de à vontade e de natural responsabilidade

 

A minha geração ainda foi educada por professores escolhidos não sei bem como pelo Ministério da Educação Nacional, tendo desde a minha infância escolar cumprida no Porto a minha instrução primária – ainda com turmas separadas de rapazes e raparigas – e o subsequente ciclo preparatório no liceu Alexandre Herculano (enquanto a minha irmã como rapariga o cumpria no liceu Rainha Santas Isabel). Com dezassete no exame nacional de matemática – perto de começar a ler o Tintim, alguns escritores portugueses e posteriormente a literatura cativante de ficção científica – emigrei para os subúrbios do Porto, indo frequentar o antigo sexto e sétimo ano da alínea f) do liceu no recentemente criado (e improvisado) liceu de Espinho: aí concluí o meu percurso no liceu e fui voluntário no então criado ano propedêutico. Dispensado do exame de aptidão à Universidade vi-me confrontado com a anulação do exame para os restantes alunos/candidatos (meus colegas) e face à verdadeira invasão registada no acesso ao curso de Medicina (médico = dinheiro) e à possibilidade da respectiva universidade não abrir nesse ano lectivo, fugi inconscientemente para Engenharia (engenharia = dinheiro). Mas nesse período relativamente jovem, ignorante e ingénuo da nossa história ainda recente, vacilamos de novo um pouco, comprometendo nesse instante tão abstracto como real a parte melhor da nossa geração: mas alguma coisa ficou no cenário e alguns mestres conseguiram decifrá-lo e ensiná-lo.

 

Isto tudo a propósito de quê?

 

Solidariedade cultural e com memória de grupo

 

A minha geração ainda teve a sorte e o engenho de apanhar certos eruditos da experimentação vindos das margens ignoradas mas férteis do antigo regime e de todos aqueles leigos ou eruditos que procuravam à sua maneira e com o sacrifício da sua própria vida a sua memória e a sua cultura por prazer e sem a tal serem obrigados, com o único objectivo conceptual e desígnio sagrado de vida de reforçar a sua esperança e o futuro da sociedade. No entanto a geração seguinte desperdiçou tudo o que lhe foi oferecido, talvez por facilitismo de acesso ou por incompreensão dos factos históricos verificados no passado. Tudo por culpa dum sistema que face à boa situação económica do sistema parou e estabilizou, em vez de evoluir para uma nova fase que pudesse sustentar no futuro todo o tipo de cenários possíveis até os mais imprevisíveis. A última geração é a Geração do Vazio e da Indiferença: ultrapassada a desculpa da Geração Rasca os jovens vêm-se hoje em dia na necessidade dramática e de sobrevivência de abandonarem o seu Grupo e de partirem para lá das suas fronteiras de dignidade, obrigados a esquecer por necessidade pessoal e salvaguarda financeira dos seus, as suas origens, os seus antepassados e as suas tradições.

 

Hoje em dia o sistema educativo já está completamente destruído, continuando apenas a cumprir o seu processo normal de decomposição e extinção definitivo, sendo entretanto e progressivamente substituído por um outro sistema de orientação psicológica de massas, menos selectivo e mais extensivo e necessariamente de menor qualidade e englobando democraticamente – por obrigatoriedade moral de cumprimento de serviços mínimos – a generalidade da população.

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:12

pesquisar

 

Dezembro 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
20
23

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro