mais sobre mim

subscrever feeds

Terça-feira, 30 DE Setembro DE 2014

Zbigniew Brezinski

Mais um apologista duma política externa mais intrusiva e agressiva por parte dos Estados Unidos da América, de modo a assim apresentarem ao mundo (Rússia, China e outros estados emergentes) a sua poderosa e ambiciosa política externa.

 

Zbigniew Brezinski

O Último Alienígena Adoptado e Ainda Agradecido (c/ excepção dos judeus)

                             

“The major world powers, new and old, also face a novel reality: while the lethality of their military might is greater than ever, their capacity to impose control over the politically awakened masses of the world is at a historic low. To put it bluntly: in earlier times, it was easier to control one million people than to physically kill one million people; today, it is infinitely easier to kill one million people than to control one million people.”

(Zbigniew Brzezinski – Barack Obama advisor on Foreign Politics)

 

George Bush e Laura Bush

 Momentos antes de iniciarem a sua merecida (e colorida) viagem intergaláctica

 

Os Donos do Mundo souberam aproveitar as Teorias Marxistas em seu favor. Se os regimes comunistas tentaram o controlo da sua população controlando todos os meios produtivos e as suas estruturas desde a base até ao topo e concentrando-as na figura do Estado – incluindo aí a educação, a cultura, a justiça e a organização social (os alicerces fundamentais da sua sustentação) – os regimes democráticos (ou capitalistas) viram a sua missão muito mais simplificada: faltando ao prometido à sua geração (maioritariamente já morta ou com validade expirada) e a todas as gerações seguintes (maioritariamente já descartadas ao tornarem-se demograficamente excedentárias) – mas em contrapartida (do negócio) aproveitando-se em privado de todos os novos e revolucionários processos científicos e tecnológicos (por eles estrategicamente coordenados) – estes regimes democráticos limitaram-se apenas a valorizar o objecto esquecendo o sujeito (o aspecto fundamental para o crescimento de mais-valia).

 

Multidões em que a paciência nunca se esgota

(porque já optaram pela subserviência)

 

O homem que justifica o fim do comunismo com o planeamento social utópico levado a cabo por parte do Estado (tão característico desse poder totalitário). E que acredita que a democracia ocidental (ou seja o capitalismo) só se expandirá e desenvolverá com o fim do Estado e do poder tirânico a ele associado: então daremos uma verdadeira liberdade à criatividade e daremos primazia à condição humana. Só que este homem parece ignorar um pequeno pormenor: com a globalização entramos num novo caminho muito semelhante ao que nos transportava ao capitalismo de estado tão característico dos regimes comunistas, consequência lógica da evolução do capitalismo privado (e à sua necessária concentração para assim poder sobreviver e dominar) em torno das grandes corporações multinacionais. Actualmente sobrepondo o seu brutal poder económico – total e cada vez mais concentrado em poucos grupos financeiros – ao exercício final (estertor) do poder do estado: e quem paga é a condição humana (com o despoletar dos deveres – em nome do lucro – e o desaparecimento dos direitos – em nome de Deus).

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:06
Segunda-feira, 29 DE Setembro DE 2014

MoM – Mars Orbiter Mission

Imagem da Lua obtida no passado dia 28 de Setembro a partir da sonda indiana Mangalyaan, lançada a partir da Índia no fim do ano de 2013 e orbitando na altura o satélite natural da Terra a uma altitude de 74.500Km. Numa missão de baixo custo se comparada com os custos da sonda norte-americana Maven (chegada a Marte poucos dias antes).

 

Tempestades de poeiras no norte de Marte

 

Trata-se da primeira missão entre planetas (Terra/Marte) levada a cabo pela Organização de Pesquisa Espacial Indiana (ISRO) – e a quarta organização a atingir o planeta Marte (depois dos Estados Unidos, da Rússia e da Europa). Tendo como objectivo o desenvolvimento de tecnologias para futuras missões interplanetárias e o estudo da superfície de Marte.

 

(imagem – isro.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:05
Segunda-feira, 29 DE Setembro DE 2014

WAR WITH RUSSIA

"Deus me disse, George, vai e luta contra os terroristas no Afeganistão. E eu o fiz. E Deus me disse: George acabe com a tirania no Iraque. E eu o fiz. E agora, sinto ainda a palavra de Deus que me diz: dá um Estado aos palestinos e aos israelitas a sua segurança e consiga a paz no Oriente Médio. E, por Deus, eu o farei". (George W. Bush)

 

Com países constituintes do Eixo do Mal (como o Irão e a Coreia do Norte) a serem enviados temporariamente para o Purgatório (para possível tratamento), eis que o prémio Nobel da Paz (o homem que agora controla as portas do Céu) elege como seus objectivos prioritários e regeneradores, a luta contra três entidades poderosas e diabólicas (que segundo ele deviam estar domiciliadas no Inferno): o mortal vírus EBOLA, o poder tirânico da RÚSSIA e a selvajaria terrorista do grupo ISIS.

 

 

President Barack Obama

Addressing the U.N. General Assembly

 

"As we gather here, an outbreak of Ebola overwhelms public health systems in West Africa and threatens to move rapidly across borders. Russian aggression in Europe recalls the days when large nations trampled small ones in pursuit of territorial ambition. The brutality of terrorists in Syria and Iraq forces us to look into the heart of darkness."

 

Esta declaração de guerra a um vírus extremamente perigoso como o EBOLA, a um estado independente e soberano como a RÚSSIA e a um grupo terrorista e selvático como o ISIS, coloca as três entidades em causa ao mesmo nível de brutalidade e de resposta, transformando os objectivos da acção num único objectivo final: a sua obliteração e o envio dos restos para o Inferno. Só que se em relação aos objectivos laterais (EBOLA e ISIS) os mesmos que os criaram os poderão também eliminar, em relação à RÚSSIA a conversa já é outra: é que atrás dela tem a todo-poderosa China (cada vez mais perto dos 1.500.000.000 de diabinhos) – que talvez já seja a maior potência económica mundial.

 

 (texto inicial: noticias.terra.com.br – imagem: Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:17
Domingo, 28 DE Setembro DE 2014

Erupção no Vulcão Ontake

“Ontake is a major sacred mountain, and following older shamanistic practices actors and artists have gone to the mountain to put themselves into trances in order to get divine inspiration for their creative activities.”

(wikipedia.org)

 

 

 

A erupção do segundo maior vulcão japonês localizado no Monte Ontake e iniciada sem qualquer tipo de aviso prévio no último sábado, já provocou até ao momento mais de trinta mortos e mais de meia centena de desaparecidos (que poderão estar vivos ou mortos): aqueles que não conseguiram escapar à avalanche súbita de pedras e de cinzas expelidas subitamente pelo vulcão (e que os engoliu literalmente), devido à velocidade e toxicidade desta espessa nuvem vulcânica. E a nuvem que os engoliu era tão densa e pesada e as cinzas tão intensas e penetrantes, que nem ver ou respirar se conseguia.

 

 

Cerca de 250 pessoas foram apanhadas de surpresa durante a sua visita à zona em redor do cume do vulcão – um passeio turístico usual nesta altura do ano para observar (além do vulcão) a queda das folhas do Outono – não tendo existido nenhum aviso prévio ou outro tipo de alerta: os responsáveis apenas tinham registado pequenos sismos na região, mas nada de preocupante ou que pudesse sugerir o que depois se iria passar. E enquanto todos passeavam tranquilamente aproveitando o que de belo a Natureza lhes oferecia Ontake entrou em erupção.

 

 

A queda de cinzas foi de tal forma rápida e intensa que em muito pouco tempo cobriu com um espesso manto de pó toda a zona envolvendo o Monte Ontake: cinzas vulcânicas extremamente tóxicas e atingindo quase 20cm de espessura. Num local considerado um interessante roteiro turístico, excelente para a realização de grandes caminhadas entre a natureza, bem fornecido de refúgios de montanha e outros locais de descanso e abrigo e atravessado por caminhos bem assinalados e construídos. Mas o problema é que a Natureza é sempre imprevisível e jamais o Homem a conseguira dominar: só mesmo destruindo-se!

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:27
Sábado, 27 DE Setembro DE 2014

Japão – O Vulcão do Monte Ontake

Quando cheguei ao Algarve ouvi logo falar do vulcão de Monchique: mas nunca o vi, só provei das suas águas termais. O que não quer dizer que nunca tivesse existido ou que até pudesse ser um familiar (afastado) dele. Geologicamente falando, claro!

 

Erupção no vulcão do Monte de Santa Helena

(USA – 1980)

 

Em 20 de Março de 1980 uma sucessão de sismos registados no estado norte-americano de Washington (mais precisamente na região envolvendo o monte de Santa Helena) despoletou a actividade sísmica e eruptiva no vulcão aí existente (despertando-o). Dois meses depois o vulcão de Santa Helena explodiu (a 18 de Maio de 1980) provocando a destruição e o deslizamento de todo o flanco norte da montanha: o seu cume desapareceu deixando no seu lugar apenas um enorme buraco. Apesar de tudo apenas se registaram cerca de seis dezenas de vítimas mortais – originadas pelos efeitos devastadores da poderosa nuvem piroclástica criada após a explosão (com velocidades que poderão ter atingido os 1.000Km/h e um raio de acção de vários quilómetros).

 

As cinco crateras do vulcão Ontake

(Japão – 2014)

 

Mais um vulcão na Ásia a entrar de novo em erupção, neste caso o vulcão mais alto do Japão com uma altitude de mais de 3.000 metros (que até 1979 se pensava inactivo, entrando nesse ano em plena actividade). Situado na ilha japonesa de Honshu (a maior do conjunto de ilhas do arquipélago japonês) e a cerca de uma centena de quilómetros da cidade de Nagoya (e a 200Km da capital Tóquio). Na imagem anterior podemos ver as suas cinco crateras em acção – desde o dia 27 de Setembro deste ano – as quais apanharam muitos dos locais de surpresa (entre curiosos e habitantes locais) provocando uma dezena de feridos e obrigando quase três centenas de pessoas a procurarem protecção em refúgios na montanha. Até ao momento não existindo notícias sobre o aparecimento de lava, registando-se apenas a queda de cinzas e de pequenas pedras.

 

Montanhistas apanhados de surpresa

(Japão – 2014)

 

Com uma grande presença de locais e ocasionais nas imediações do monte Ontake – devido ao atractivo que o vulcão aí existente representa para todos os japoneses (e para a sua cultura) e sabendo-se que as montanhas cobrem quase 70% do seu território – a repentina erupção registada a 27 deste mês apanhou muitos deles de surpresa. Como se pode verificar na imagem anterior, com os elementos presentes nas imediações das encostas do vulcão a fugirem apressadamente, perante a rápida aproximação de uma densa e cinzenta nuvem de cinzas (tal e qual uma nuvem piroclástica). Tanto os Estados Unidos como o Japão têm assim (como em muitos outros campos) estreitas ligações entre si: neste caso tendo os vulcões (existentes nos seus territórios) como elemento comum.

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:48
Sexta-feira, 26 DE Setembro DE 2014

EBOLA: Serra Leoa em Estado de Sítio

Sierra Leone announces indefinite citizen lockdown: two million people forced into endless quarantine as food prices skyrocket.

(naturalnews.com)

 

 

High-density population areas of Sierra Leone have just been locked down in the largest pandemic quarantine in history, and it's already causing a collapse of the food delivery infrastructure. The local government says forced isolation orders will remain in effect until Ebola is eradicated. This essentially means that millions of people are now under a state of military quarantine until they either become immune to Ebola or die from it.

                                                      
"President Ernest Bai Koroma put Port Loko, Bombali, and Moyamba districts under isolation with immediate effect, allowing only people delivering essential services to enter and circulate within these areas," reports Associated Press. "The restrictions will remain in place until the chain of transmission is broken, officials said."


AP goes on to report:


Sierra Leone on Thursday took the dramatic step of sealing off districts where more than 1 million people live as it and other West African countries struggle to control the Ebola outbreak that has claimed thousands of lives.

 

[continua]

 

(Mike Adams – Natural News – 28.09.2014)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:45
Quinta-feira, 25 DE Setembro DE 2014

USA & ÍNDIA vs. MARTE

“Até parece que estão todos numa correria louca de modo a poderem assistir ao vivo e em directo à chegada do cometa (o cometa Siding Spring que em meados de Outubro e na sua trajectória em direcção ao Sol fará uma tangente ao planeta Marte).”

 

No passado dia 22 de Setembro chegou a Marte mais uma sonda de origem terrestre: a sonda MAVEN enviada pela NASA a Marte com o objectivo de estudar a atmosfera envolvendo o planeta vermelho. A imagem seguinte apresenta-nos quatro registos do planeta Marte (obtidos através de um espectrógrafo de ultravioletas) quando a sonda se encontrava ainda a 36.500Km de distância:

 

Imagem da sonda Maven

 

No primeiro registo a cor azulada é provocada pela presença de hidrogénio acima da superfície marciana, com a sua atmosfera a adquirir essa tonalidade particular ao ser atingida pela luz oriunda do Sol; no segundo registo a cor esverdeada – induzida agora por outras radiações de diferentes frequências de ultravioletas e de menores dimensões – indica a presença de oxigénio; no terceiro registo a cor avermelhada é provocada pela reflexão desses mesmos raios solares pela superfície do planeta; finalmente no quarto registo (uma imagem composta) o brilho observado refere-se à presença de nuvens ou de gelo polar.

 

Imagem da sonda Mangalyaan

 

E enquanto a NASA celebrava o êxito de mais uma das suas sondas enviadas em direcção ao planeta Marte, eis que dois dias depois chegava ao mesmo destino uma outra sonda alienígena também oriunda do planeta Terra (após percorrer mais de 670.000.000Km): a sonda indiana MANGALYAAN lançada do Centro Espacial de Satish Dhawan (localizado na ilha indiana de Sriharikota) no mês de Novembro do ano passado. Contando já com uma forte presença de outras sondas espaciais (orbitais e de superfície) provenientes dos Estados Unidos e da Europa, eis que agora chegou a vez da Índia se juntar à grande festa (contando no mês que aí vem com a presença dum cometa).

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:09
Quarta-feira, 24 DE Setembro DE 2014

O Novo Surto de Ebola

“Se contraído, o Ebola é uma das doenças mais mortais que existem. É um vírus altamente infeccioso que pode matar mais de 90% das pessoas que o contraem, causando pânico nas populações infectadas.” (Médicos Sem Fronteiras)

 

As Teorias Conspirativas

 

 

Num mundo andando ao reboque da consolidação da Teoria das Mentiras, as Teorias Conspirativas poderão em alternativa conter a solução ou ser apenas mais uma dessas mentiras. Vejamos algumas hipóteses:

  • O vírus Ebola é uma arma biológica obtida a partir de manipulação genética (GMO) tendo sido a sua introdução em África: um acidente (não propositado) ou então da responsabilidade do Departamento de Defesa norte-americano.
  • O vírus Ebola foi libertado de propósito pelos adeptos da globalização de modo a darem sequência à sua agenda de redução da população mundial (a metade).
  • O vírus Ebola já foi patenteado nos Estados Unidos da América (em 2010) sendo o detentor desta patente o CDC (Centro de Controlo e Prevenção de Doenças) – uma entidade governamental norte-americana que pelos vistos se tenta aproveitar da situação para aumentar os seus lucros com a produção de vacinas; alguns afirmam mesmo que não existe nenhum novo surto do Ebola estando a situação a ser propositadamente empolada.
  • O vírus Ebola é um organismo que terá estado adormecido durante um longo período de tempo, acabando por ser libertado acidentalmente; em alternativa poderá ter origem extra-terrestre.

E para finalizar, a apresentação do registo da patente do vírus Ebola – efectuada pelo governo dos Estados Unidos da América há quatro anos atrás (o que lhe dá todos os direitos/proveitos sobre algo de novo que se descubra ou se relacione com a doença):

 

Human ebola virus species and compositions and methods thereof
CA 2741523 A1

(google.com)

 

Publication number

CA2741523 A1

Publication type

Application

Application number

CA 2741523

PCT number

PCT/US2009/062079

Publication date

Apr 29, 2010

Filing date

Oct 26, 2009

Priority date

Oct 24, 2008

Also published as

EP2350270A2, 4 More »

Inventors

Jonathan S. Towner, Stuart T. Nichol, James A. Comer, Thomas G. Ksiazek, Pierre E. Rollin

Applicant

Jonathan S. Towner, 5 More »

Export Citation

BiBTeX, EndNote, RefMan

Classifications (21), Legal Events (1)

External Links: CIPO, Espacenet

Registo da patente do vírus Ebola

 

A Realidade

 

 

Segundo dados fornecidos pela Organização Mundial de Saúde e continuando o vírus Ebola a propagar-se sem grandes medidas de prevenção ou de controlo da doença (como até hoje se tem verificado), estima-se que no início do mês de Novembro já se poderá ter ultrapassado a barreira dos 20.000 contaminados.

 

O que significa que a crise provocada por esta emergência no campo da saúde pública está longe de estar terminada (iniciada em Dezembro de 2013 com os primeiros casos detectados na Guiné) até pelos últimos registos publicados pela OMS relacionados com a propagação da doença: 4.000 casos confirmados com uma taxa de mortalidade superior a 50% (valores considerados pela própria organização subestimados), duplicando o número de novos casos num período entre 15 e 30 dias (com os países mais afectados a serem a Serra Leoa, a Libéria e a Guiné).

 

Se esta propagação do vírus Ebola não for travada nos próximos tempos o Mundo e o Continente Africano arriscam-se a ver surgir nesta zona da África Ocidental uma perigosíssima doença endémica, com o vírus a poder alastrar por outras regiões mesmo que remotas, espalhando-se rápida e progressivamente por todo o mundo.

 

Actualmente sabe-se que o vírus Ebola pode ser facilmente transmissível apenas por simples contacto (ex: com suor, lágrimas e outros fluidos corporais), mas com as mutações a que o vírus tem estado sujeito ao longo do tempo muitos especialistas já falam da forte possibilidade de futuramente o vírus se poder tornar transmissível por via aérea: o que seria um desastre a nível global.

 

Nesse sentido e tomando finalmente consciência do perigo para a saúde mundial que este surto poderia provocar se nada se continuasse a fazer, os Estados Unidos da América, a França e a Grã-Bretanha lá resolveram actuar.

 

Mas não poderia ter sido mais cedo – a OMS teve conhecimento do surto em Março deste ano – evitando os mais de 1.000 mortos e a não declaração sequer do estado de emergência?

 

Na Libéria de hoje é já o próprio governo do país que alerta todo o mundo de que está perto do seu colapso total devido ao novo surto de Ebola!

 

(imagens – conspiracyanalyst.org e time.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:43
Terça-feira, 23 DE Setembro DE 2014

Fukushima in the USA

Passados três anos sobre a explosão na central nuclear de Fukushima é agora cada vez mais evidente a chegada “pelo ar e pelo mar” dos primeiros efeitos dos brutais níveis da radioactividade aí libertada.

 

Cada dia que passa é mais forte a certeza de que os efeitos provocados pela explosão na central nuclear japonesa de Fukushima – aquando do tsunami de 2011 – já chegaram aos Estados Unidos da América.

 

São Diego – 15.09.2014 – 588CPM – RADCON-4

(RadNet)

 

Como o confirmam os valores registados na costa ocidental dos Estados Unidos da América, numa estação localizada em São Diego (Califórnia): 588CPM. Relembre-se que para valores superiores a 300CPM (contagem/minuto) começam os procedimentos de evacuação.

 

No entanto as entidades governamentais norte-americanas ainda tentam manter (pelo menos até hoje) a sua postura de tranquilidade e de ignorância (assumida) sobre este assunto bastante delicado, tentando com esta atitude passiva manter a calma entre a sua população: especialmente aquela que já está a ser atingida, a da costa ocidental virada para o Japão.

 

(imagem – facebook.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:11
Terça-feira, 23 DE Setembro DE 2014

EBOLA: a Genetically Modified Organism (GMO)

Scientists allege deadly diseases such as Ebola and AIDS are bio weapons being tested on Africans. Other reports have linked the Ebola virus outbreak to an attempt to reduce Africa’s population. Liberia happens to be the continents’s fastest growing population.

 

Ebola, AIDS Manufactured by Western Pharmaceuticals, US DoD?

 

About the human devastation caused by the Ebola virus:

  1. Ebola is a genetically modified organism (GMO).
  2. Ebola has a terrible history, and testing has been secretly taking place in Africa.
  3. Sites around Africa, and in West Africa, have over the years been set up for testing emerging diseases, especially Ebola.
  4. The need for legal action to obtain redress for damages incurred due to the perpetuation of injustice in the death, injury and trauma imposed on liberians and other africans by the Ebola and other disease agents.
  5. African leaders and african countries need to take the lead in defending babies, children, african woman, african man, and the elderly. These citizens do not deserve to be used as Guinea Pigs!

The world must be alarmed. All Africans, Americans, Europeans, Middle Easterners, Asians, and people from every conclave on Earth should be astonished. African people, notably citizens more particularly of Liberia, Guinea and Sierra Leone are victimized and are dying every day. Listen to the people who distrust the hospitals, who cannot shake hands, hug their relatives and friends. Innocent people are dying, and they need our help. The countries are poor and cannot afford the whole lot of personal protection equipment (PPE) that the situation requires. The threat is real, and it is larger than a few African countries. The challenge is global, and we request assistance from everywhere, including China, Japan, Australia, India, Germany, Italy, and even kind-hearted people in the U.S., France, the U.K., Russia, Korea, Saudi Arabia, and anywhere else whose desire is to help. The situation is bleaker than we on the outside can imagine, and we must provide assistance however we can. To ensure a future that has less of this kind of drama, it is important that we now demand that our leaders and governments be honest, transparent, fair, and productively engaged. They must answer to the people. Please stand up to stop Ebola testing and the spread of this dastardly disease.

 

(texto parcial e imagem: liberianobserver.com/Dr. Cyril Broderick)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:24

pesquisar

 

Setembro 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
15
16
17
21

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro