mais sobre mim

subscrever feeds

Domingo, 30 DE Novembro DE 2014

Encontrei a Peça do meu Aspirador (numa imagem da NASA)

“O pior cego é o que não quer ver”
(ditado popular)

 

Pakal the astronaut.jpg

O antigo líder Maia Pakal
(aqui como astronauta e pilotando a sua nave espacial)

 

Estava eu muito entretido a fazer as minhas pesquisas habituais de fim-de-semana na Internet, quando mais uma vez a minha mulher me veio chatear, agora com um problema qualquer que descobrira no aspirador: pelos vistos ainda não descobrira o terminal do tubo de aspiração do electrodoméstico e assim nunca poderia fazer a necessária limpeza de pó à casa. E como já era quase meio-dia de Domingo e pela uma e meia da tarde teríamos que estar em casa dos seus pais para almoçar, a conjugação do seu desespero e o aproximar rápido da hora estipulada para a refeição, lá me levou mais uma vez a abandonar a minha cadeira diante do monitor e a dedicar-me pessoalmente à busca do elemento desaparecido. Deixei então o PC com as páginas da Web que estava a consultar abertas e lá fui cumprir a minha missão. Como também já era habitual logo a minha mulher aproveitou o momento de pausa para limpeza para ir fazer a sua visita à Web, pesquisando assuntos de interesse seu. No fundo éramos um casal normal, o homem mais infantil e mais interessado em política, futebol e tecnologia e a mulher mais responsável, preocupada sobretudo com a sua imagem, família e a profissão.

 

0821MR0036170080500530E01_DXXX c.jpg

NASA – MARTE – CURIOSITY
(SOL 821 – 27.11.2014)

 

Ainda mal tinha começado a minha pesquisa e investigação profunda por todos os cantos da casa (com os cinco gatos a perseguirem-me por todo o lado pensando que lhes ia dar de comer), quando a minha mulher me chamou com gritos que pareciam demonstrar uma emoção um pouco descontrolada, enquanto ia tentando dizer duma forma muito pouco convincente (porque ela própria não acreditava completamente no que via) se não seria aquilo de que andariam à procura: e apontava para a página que eu acabara de abrir antes de deixar o meu anterior posto de trabalho (tempo de lazer também o é). Inicialmente só via mais uma paisagem árida e desértica tão característica da superfície do planeta vermelho (pelo menos nas imagens tratadas que a NASA sempre nos oferecera). Mas ela voltou de novo a apontar o seu dedo, mais especificamente utilizando o seu indicador da mão direita, projectando no monitor uma sombra que logo rodeou o que lhe chamava a atenção: nem queria acreditar no que via!

 

0821MR0036170080500530E01_DXXX-br2.jpg

MARTE – CURIOSITY – SOL 821
(imagem ampliada)

 

No primeiro segundo de observação pessoalmente não descortinei nada de relevante na imagem obtida pelo rover Curiosity. Mas face ao dedo erecto da minha companheira apontando em direcção ao centro do monitor, não pude deixar de verificar a existência de uma pequena anomalia no cenário que a NASA nos proporcionava: e usufruindo dos meus conhecimentos de leigo minimamente informado, verifiquei que algo ali presente não se encaixava no que aparentemente ali deveríamos encontrar, apresentando uma forma, aspecto e textura (artificial) completamente desenquadrada e que na nossa percepção imediata (e pela perfeição de manufacturação e semelhança com outros produtos familiares) se afigurava poder ser (mesmo) terrestre. Peguei então no rato e com a ajuda dos meus programas de software incorporados no processador do meu PC recortei a imagem (da NASA), ampliando a zona onde o artefacto se fazia salientar e expondo aí claramente a sua proveniência: estava perante um terminal de um tubo de aspiração de um electrodoméstico incrivelmente idêntico, ao utilizado em nossa casa! O artefacto encontrado sobre a superfície do distante planeta Marte era em tudo idêntico àquele que procurávamos e que ainda não tínhamos encontrado (talvez tendo perdido um pouco a sua cor original), só que pelo que sabíamos não existia vida em Marte nem os terrestres (em pessoa) por lá tinham passado. Ficamos os dois paralisados e estupefactos face ao que aquelas imagens poderiam significar para nós (tínhamos finalmente encontrado “a ou uma” peça) e para o mundo (afinal os terrestres já por ali poderiam ter passado, deixando inadvertidamente vestígios dessa sua presença).

 

No entanto não contactamos ninguém para lhes relatar o sucedido e por uma questão de prevenção e segurança (nossa) desfizemo-nos de imediato do nosso aspirador, aproveitando desde logo uma promoção temporária da Worten e substituindo-o por outro completamente diferente: “é que estarmos na posse de um forte indício, pode transformar-nos em loucos e criminosos”.

 

(imagem – Web e NASA/JPL)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:15
Domingo, 30 DE Novembro DE 2014

O Advogado e O Soares

ÚLTIMA HORA
Advogado sobre SÓCRATES
(c/ artista como auto-convidado)

 

799378.jpg

Campus da Justiça

 

Q: Quem veio aqui representar?
A: Quem eu represento ou não represento é um assunto de que não posso falar.
S: É um homem digno e nem sequer foi julgado. (ouve-se ao fundo)


Q: Mas então pode-nos dizer o que lá foi fazer dentro?
A: Não posso esclarecer coisa nenhuma do que se passa lá dentro. Isso é arte, é a regra da arte.
S: Afinal o que é que ele fez? (ouve-se ao fundo)

 

Q: Mas se não nos diz o que se passou como poderemos nós informar?
A: Cheguei ao balcão, pousei a minha pasta e vim-me embora. Ainda não consultei o processo.
S: Tem sofrido muito e tem tido uma coragem extraordinária. (ouve-se ao fundo)


Q: Mas qual é afinal a razão por não nos falar do processo?
A: Há coisas que eu digo e há coisas que eu não digo. Há milhares de razões que me levam a dizer: eu não falo.
S: Isto é tudo uma infâmia. (ouve-se ao fundo)

 

Q: E agora o que vai fazer a seguir?
A: Vou-me embora e isso significa apenas isso, que me vou embora.
S: Põem-no a viver como se fosse um cão, aqui, ali, acolá. (ouve-se ao fundo)


Q: Pode explicitar a resposta?
A: Agora vou para sopas e descanso.
S: Isto é uma malandragem. (ouve-se ao fundo)

 

Q: E se for necessária a sua presença urgente?
A: Se o tribunal precisar de mim, telefona-me e eu venho.
S: Toda a gente acredita na inocência. (ouve-se ao fundo)

 

(Q/questão, A/Araújo e S/Soares – imagem: Web)

tags:
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:11
Sábado, 29 DE Novembro DE 2014

Os Cinturões de Van Allen

Um terceiro Cinturão de Van Allen (conjunto de partículas sob a acção do campo magnético terrestre e actuando como barreira protectora dos efeitos nocivos da energia emitida pelo Sol) protegerá em determinados momentos a Terra: constituído por uma nuvem de gás carregado electricamente, ao interagir com as partículas dos outros dois cinturões, este agora descoberto cinturão (integrando a plasmasfera) cria uma verdadeira barreira protectora.

 

plasmaspherev5-01_3.jpg

O 3.º Cinturão
Mais uma barreira de protecção para a Terra
(contra os electrões mais rápidos)

 

Pelos vistos são três e não dois os cinturões que protegem a Terra (a sua atmosfera e os seus seres vivos residentes) da acção das partículas nocivas provenientes do Sol: o primeiro estendendo-se de 1.000 a 10.000Km de distância da Terra, o segundo entre os 13.000 e 65.000Km e finalmente o terceiro situando-se numa região intermédia (12.000Km – valor registado na última observação antes do cinturão voltar a desaparecer e que durou quatro semanas).

 

Se os dois primeiros cinturões já eram conhecidos desde que em 1958 James Van Allen os descobrira através dos dados recolhidos pela sonda Explorer 1 (lançada nesse ano e incorporando um aparelho para detecção de raios cósmicos), já no caso do terceiro cinturão foi mais complicada a sua identificação e confirmação, dado o mesmo aparecer e desaparecer sem qualquer tipo de aviso, pelo menos conhecido e bem compreendido.

 

Segundo James Van Allen com o primeiro cinturão (o mais interno) a ser constituído por uma camada de protões altamente energéticos (protegendo-nos dos raios cósmicos oriundos do exterior) e com o segundo a ser constituído principalmente por iões de hélio (transportados pelos ventos solares) e com os electrões a serem aqui as partículas mais energéticas.

 

Quanto ao terceiro cinturão agora identificado – a que os cientistas têm chamado “disco invisível” – a sua função seria a de eliminar os chamados “electrões assassinos”, responsáveis entre outros, pela destruição de satélites, efeitos nocivos na saúde dos astronautas e até para o próprio ambiente terrestre.

 

Mas ao contrário dos outros dois cinturões, este último tem demonstrado ser temporário: em todas as observações realizadas a este tipo de fenómeno, ele tem sempre apresentado um princípio e um fim. O último evento deste tipo ocorreu em 2013 e durou quase um mês: no final desse período uma grande tempestade solar atingiu este terceiro cinturão, fazendo-o desaparecer completamente.

 

(imagem – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:23
Sexta-feira, 28 DE Novembro DE 2014

O Cometa Shoemaker-Levy 9

Fez no passado mês de Julho vinte anos que o cometa Shoemaker-Levy 9 colidiu com o planeta Júpiter (o maior do Sistema Solar). Nesse ano (1994) a notícia correu mundo, com as imagens recebidas a aguçarem-nos o apetite (pelos mundos desconhecido e pelas perspectivas de aventura).

 

shoemaker-levy-9-fragments-may-1994-e1370374587857

Maio de 2014 – Já com o cometa partido em mais do que vinte fragmentos
(espalhados por mais de 1.000.000 de quilómetros)

 

Depois de ter sido descoberto no ano anterior (1993) por astrónomos do Observatório Palomar (da Califórnia), meses depois o cometa acabou por se fragmentar em vários pedaços (de menores dimensões), por acção das intensas forças gravitacionais exercidas pelo planeta gigante.

 

jupiter-impacts-shoemaker-levy-9-1994-e13703743999

Manchas castanhas indicativas do impacto
(do cometa com a atmosfera de Júpiter)

 

E entre Junho e Julho de 1994 já numa trajectória de colisão com o planeta Júpiter deu-se o inevitável impacto, no hemisfério sul e a uma velocidade de 60Km/s: sendo o primeiro evento astronómico deste tipo, a ser observado (e registado) entre dois corpos do Sistema Solar (um cometa de dimensões incertas e que poderia variar entre 2 e 10Km de diâmetro e um planeta gigante tendo como diâmetro mais de 140.000Km).

 

jupiter-scar-impact-2009-Hubble.jpg

Imagens de mais um impacto ocorrido em 2009
(provavelmente causado por outro cometa)

 

Este Evento (como muitos outros semelhantes e certamente por diversas vezes ocorrido) leva muita gente a pensar se o planeta Júpiter não terá um papel muito mais importante do que parece aparentar (na preservação da Vida no nosso planeta), já que com a sua figura imponente no Sistema Solar (a sua massa e a sua dimensão) se apresenta (no nosso imaginário talvez real) como um verdadeiro e valioso Guardião: ele protege-nos de agressões vindas do exterior, como aquelas perpetradas pelos cometas (muitos deles vindos da escuridão profunda do espaço).

 

(dados: Web – imagens: earthsky.org/NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:42
Sexta-feira, 28 DE Novembro DE 2014

Operação Marquês

ÚLTIMA HORA
O Marquês fala com SÓCRATES

 

marquis_pombal_19316481904e9846cde479e.jpg

Marquês de Pombal

 

M: O que tem a dizer das coisas que dizem?
S: Absurdas, injustas e infundamentadas.

 

M: Mas porque não concorda com a convicção geral?
S: É injustificada e constitui uma humilhação gratuita.

 

M: Chegou a alguma conclusão que queira comunicar?
S: Há cinco dias fora do mundo.

 

M: Alguém a quem queira recorrer?
S: Este processo é comigo e só comigo.

 

M: Quando desejar falar como o fará?
S: Será em legítima defesa.

 

M: O que acha deste caso?
S: Não raro a prepotência atraiçoa o prepotente.

 

M: E sobre quem o acusa?
S: Aqui está o verdadeiro poder – de prender e de libertar.

 

Relembre-se que o Marquês também entrou em desgraça (com Dona Maria), apresentando a sua demissão e desaparecendo de vez do mapa político português (de então).

 

(respostas: Sócrates – imagem: Web)

tags:
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:32
Sexta-feira, 28 DE Novembro DE 2014

A Guerra da Água já começou

A Próxima Guerra Mundial terá como motivo a luta pela posse dos Recursos Mundiais de Água

 

Com o continente Europeu a ser um grande candidato a ser conquistado, mas preocupando-se apenas com o preço da água. Consequência da privatização indevida de um bem público essencial.

 

Matt_Black_11.jpg

Califórnia – Campo seco de trigo

 

Enquanto que na Europa o problema da falta de água parece ainda não ter incomodado os responsáveis pelo funcionamento do sector de fornecimento de água ao público em geral, noutros países ou continentes o problema da seca prolongada começa a ser cada vez mais preocupante.

 

Principalmente porque a água é fundamental para a produção de alimentos e a sua falta poderia provocar o colapso de toda a sociedade.

 

E se a seca é só por si um fenómeno calamitoso para qualquer tipo de ser vivo, animal ou vegetal, o excesso populacional de qualquer espécie que seja (por exemplo o Homem) só agravará ainda mais o problema.

 

E é isso o que já se passa nalguns países de vários continentes, com os casos da Califórnia e da cidade de S. Paulo a serem os mais falados ultimamente (até pelas pessoas residentes nessas mesmas regiões).

 

Conjugação fatal também presente em regiões localizadas em países como a Austrália, a China e a Índia (e afectando bacias ou aquíferos).

 

A própria NASA já vai falando da forte probabilidade de se nada se fizer (por acção do Homem) ou nada acontecer (por acção da Natureza), se poder chegar rapidamente a uma situação extrema de falta de água e de colapso na cadeia de fornecimento de alimentos.

 

E até com alguns especialistas a compararem o que está a suceder no estado norte-americano da Califórnia, com o que se passou há mais de 2.600 anos com o Império Assírio: o seu fim.

 

(imagem: Matt Black – emahomagazine.com)

tags: , ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:57
Quinta-feira, 27 DE Novembro DE 2014

Aviso à População

Mais chuva, neve e vento forte!
(e agitação marítima)

 

201411271900_msg3_msg_ir_piber.jpeg

27.11.2014 – 19h UTC

 

• Período crítico de precipitação: das 21:00 do dia 27 (quinta-feira) às 03:00 do dia 28 (sexta-feira), especialmente nas regiões do litoral sul e centro (e avanço para norte entre as 03:00 e as 09:00 do dia 28).

 

• Vento: soprará com rajadas na ordem dos 80-100Km/h acompanhando o avanço da precipitação.

 

• Neve: possibilidade da ocorrência de neve nas serras do Gerês, Montesinho e Estrela (podendo no decorrer do dia 28 atingir as serras do Montemuro e Marão).

 

• E com a ondulação do mar a poder atingir 4-5 metros na costa ocidental.

 

Como sempre a Protecção Civil alerta-nos para determinadas situações possíveis de ocorrer nestas circunstâncias meteorológicas: como inundações (mau escoamento e efeitos da preia-mar), queda de árvores (acção do vento) e piso escorregadio (lençóis de água).

 

(dados: LUSA/Expresso/ANPC/IPMA – imagem: IPMA)

tags: , ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:51
Quinta-feira, 27 DE Novembro DE 2014

A Culpa é de CS

Mas por que será que as autoridades andam sempre à procura dos traficantes de Ideias Leves, parecendo preocupar-se muito menos com o tráfico de Ideias Duras? Era como se mandassem prender um soldatto ou um capo e mantivessem intocável o seu Padrinho!

 

1024px-Marijuana.jpg

Cannabis Sativa

 

A 19 de Maio de 1985 (quase 68 anos após o Milagre da Cova da Iria) aconteceu um novo Milagre em Portugal: um simples condutor de um veículo ligeiro ainda em rodagem e realizando uma viagem (que se revelaria triunfal) entre a região do Algarve e do Baixo Mondego, viu o seu cartão de sócio ser logo ali sorteado e (inesperadamente) premiado. Felizardo. Sendo imediatamente entronizado e glorificado como o novo Líder de Portugal.

 

Aquele que seria o desejado e há muito esperado D. Sebastião (finalmente presente junto do seu povo amigo e amado) e que nos transportaria nos anos seguintes (do seu longo e próspero reinado) à felicidade total e suprema: com muito betão, auto-estradas e “dinheiro para todos”. Não esquecendo o Declínio e o Fim da Educação (compreender não interessa – perde-se muito tempo) e a Promoção do Sucesso Imediato e a qualquer preço (o que interessa é fazer – depois logo se vê).

 

E isto tudo porquê? Quando Portugal tem 10 milhões de almas e a sua esmagadora maioria foi sistematicamente roubada, ao longo de anos e anos (com a confirmação a ser por nós verificada nestes últimos três anos, com a recuperação feita pelas actuais autoridades políticas das contas e/ou negócios legais e/ou ilegais deles e/ou dos outros). Percebi então – ao passear um dia nos extensos campos do norte de Marrocos – que a culpa não era verdadeiramente nossa, mas daqueles que deliberadamente e sem qualquer tipo de escrúpulos nos tinham vendido um sonho, personificado numa planta herbácea.

 

Hoje somos consumidores inconscientes e viciados deste produto analgésico, narcótico, sedativo e uns quantos mais de sintomas que nos levam à Indiferença e à total subserviência e aceitação, sempre bem acompanhados e direccionados pelos delegados de propaganda do mesmo (em determinadas circunstâncias considerado legal) e tendo como nosso símbolo (a seguir e a adorar) o novo Líder de Portugal. “Num país perdido durante 15 anos (1970/1985) após a morte do seu saudoso Ditador” – diria o felizardo.

 

Sê Patriota. Apoia CS! Dá para relaxar e de seguida sobressaltar. Bem...talvez.

 

(imagem – Web)

tags: , ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:57
Quarta-feira, 26 DE Novembro DE 2014

O Sonho Americano – aprisionado

O que o poder mundial actualmente instalado nos EUA nos está a comunicar, é que o tempo do Poder do Sujeito (o Homem) já acabou e que hoje em dia vivemos (e já há muito tempo) na Era Dourada do Objecto (a Matéria-Prima).

 

Prisons_Billboard_900x324.jpg

Nos EUA a sua poderosa iniciativa privada até chega às prisões

 

O que se pode dizer de um país com 5% da população mundial e simultaneamente com 25% dos estabelecimentos prisionais existentes em todo o mundo? Ainda por cima sabendo-se que o aumento da sua população prisional cresceu desde 1970 em 700%.

 

Atingindo números verdadeiramente inacreditáveis se pensarmos no seu sistema Prisional e de Justiça – num país onde 1 em cada 99 norte-americanos adultos vivem na prisão e em que 1 em 31 estão sob algum tipo de medida preventiva.

 

(dados: aclu.org – imagem: facethepolitics.com)

tags: ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:15
Quarta-feira, 26 DE Novembro DE 2014

O Tempo nos EUA

A recente Onda de Frio atinge praticamente todos os Estados Norte-Americanos

 

Cada vez mais o tempo que se faz sentir na América do Norte, se faz sentir na evolução do tempo em todo o continente Europeu. E então desde que o centro do Anti-Ciclone dos Açores se começou a deslocar das suas coordenadas habituais, até Portugal começou a sentir na pele as consequências das alterações climáticas: reflectidas nas persistentes incongruências entre as Estações do Ano e o tempo meteorológico real.

 

Já no ano passado os Estados Unidos da América tinham sido assolados por uma vaga de frio bastante prolongada e registando temperaturas baixíssimas – com a responsabilidade a ser atribuída nessa altura à deslocação fora das suas coordenadas normais do famoso Vórtice Polar – provocando aquando da sua passagem enormes prejuízos económicos além de um considerável número de vítimas.

 

T1_conus.jpg

Estados Unidos – Carta de temperaturas (°F)
26.11.2014 – 07:00

 

Este ano o Árctico continua bem activo nas suas promessas veladas de proporcionar ao norte do continente Americano uns bons anos de Inverno, com bastante gelo e temperaturas muito baixas e indirectamente provocando elevados prejuízos para a sua economia. E neste momento os EUA estão debaixo duma camada atmosférica bastante fria, proveniente das deslocações das massas de ar oriundas das regiões do pólo norte.

 

O que resulta em certas zonas onde também se tem registado elevada precipitação (devido à temperatura ambiente relativamente mais elevada durante o dia) na possibilidade muito forte da ocorrência de grandes inundações. Contando ainda com a contribuição de mais água originada pelo derretimento do gelo. Quanto à Europa as consequências são bem visíveis no tempo que cá vai fazendo: incerto, chuvoso e frio.

 

(imagem – NOAA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:41

pesquisar

 

Novembro 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
24

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro