mais sobre mim

subscrever feeds

Sábado, 28 DE Fevereiro DE 2015

As Tentações do Diabo

4 Tiros Certeiros nas proximidades do KREMLIN
(mas nem sempre o que parece é...apesar de o ser na maioria das vezes)

 

152013108_770x433_acf_cropped-770x433.jpg

Boris Nemtsov

 

Segundo notícias acabadinhas de chegar de Moscovo via agência noticiosa Reuters, um dos líderes da oposição russa que participaria no próximo fim-de-semana no grande protesto a realizar na capital (1 de Março), acaba de ser assassinado no centro de Moscovo com quatro tiros nas costas.

 

protest.jpg.size.xxlarge.letterbox.B.jpg

Protestos em Moscovo

 

A notícia foi divulgada pelo próprio Ministério do Interior, que identificou a vítima como sendo Boris Nemtsov. Um político importante na Rússia nos finais dos anos noventa, chegando a Vice-Primeiro-Ministro no tempo do presidente Boris Ieltsin. Com a chegada de Vladimir Putin ao poder passando então à oposição.

 

248579-vladimir-putin.jpg

Vladimir Putin

 

Simultaneamente a conhecida agência noticiosa com sede em Londres aproveitou a ocasião para nos informar, que o líder da oposição russa agora assassinado era mais um dos grandes críticos de Vladimir Putin. Com todos estes dados aqui apresentados em bruto (e como tal ainda não manipulados) a conclusão é por demais evidente.

 

20140222_LDP001.jpg

O Inferno da Ucrânia

 

Cada dia que passa que estou mais tentado em acreditar no poder da religiosidade profunda da extrema-direita norte-americana, a qual afirma cada vez com maior convicção que na nossa próxima vida só existirá o Céu (quanto muito e como adaptação para os não crentes, a estação intermédia conhecida como Purgatório). Para eles o Inferno já o temos na Terra e um dos seus novos enviados é Vladimir Putin.

 

Já agora e para melhor compor tecnologicamente o cenário, só faltam mesmo os extraterrestres e alguns efeitos especiais!

 

(imagens – AFP/AP/AP/Reuters)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:03
Sexta-feira, 27 DE Fevereiro DE 2015

Terroristas

Depois da difusão nos noticiários da última terça-feira da notícia de que dois LAMAS tinham sido avistados a vaguear nos subúrbios de uma cidade do estado do ARIZONA, muitos dos norte-americanos que acompanhavam o decorrer dos noticiários começaram a demonstrar alguma preocupação sobre o que verdadeiramente estaria por atrás deste estranho episódio. Os dois Lamas acabaram por ser capturados pelas autoridades locais e colocados sobre custódia das mesmas.

 

B-y90MFUEAAegfw.B.jpg

 

A preocupação por parte da população ainda se agravou mais quando a mesma teve posteriormente conhecimento de um outro episódio de características muito semelhantes, envolvendo agora dois outros Lamas encontrados a vaguear ao lado da estrada numa cidade do estado de WASHINGTON. Face a todos os expedientes utilizados nos dias de hoje para se tentar chamar a atenção das populações, um acontecimento deste género tanto poderia ter origens benéficas como objectivos maléficos.

 

Jn4g7e3u.jpeg

 

Por este motivo e face às questões que de uma forma pertinente (pelo menos para eles) os cidadãos começavam de uma forma crescente a colocar, as autoridades viram-se obrigadas a intervir decisivamente de forma a tranquilizar definitivamente a população:

 

NORAD & USNORTHCOM
Llama had no known connections to ISIS
Appears to have self-radicalized
26.02.2015

 

Como assim depois dos carros, dos homens e até das crianças bombas, só mesmo os Lamas Suicidas. Num mundo onde todos os indícios já pronunciam o eclodir da Era dos Zombies (como em The Walking Dead): e onde para nossa desgraça, os zombies somos mesmo nós (como os da FOX).

 

(imagens – Web)

tags: , ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:25
Sexta-feira, 27 DE Fevereiro DE 2015

Viva a Morte

Depois de provocar o Genocídio de uma Civilização Milenar o Homem entretém-se agora a destruir os restos que ainda se mantiveram de pé da sua Cultura e Memória: e nunca descansará enquanto não nos esmagar. Só aí não terá mais nada para fazer. Estará extinto.

 

map-iraq.jpg

Iraque – cercado em terra pelo Kuwait, Arábia Saudita, Síria, Turquia, Irão
(e tendo Bassorá e o porto de Umm Qasr no Golfo Pérsico como seu único acesso ao mar)

 

Depois de já terem feito explodir a BIBLIOTECA PÚBLICA de MOSSUL queimando mais de 10.000 preciosos livros antigos juntamente com outras centenas de insubstituíveis velhos manuscritos contando a sua história, a nossa e a de toda a HUMANIDADE, eis que estes valorosos militantes do ESTADO ISLÂMICO se viraram de novo contra os objectos que segundo eles os seus inimigos servem (ou não será ao contrário?); para de seguida e sem qualquer tipo de clemência o seu objecto de concretização de desejo (ou mais correctamente de poder) se virar contra as estátuas em pedra do MUSEU de MOSSUL, tentando estes na sua fúria incontida desfazê-las em mil bocadinhos tornando-as assim (e eles através delas) totalmente irreconhecíveis – para desse modo e posteriormente não verem a sua imagem animalesca, nas cenas APOCALÍPTICAS da nossa HISTÓRIA.

 

Destroy-Elite-Daily.jpg

Norte do Iraque – Museu de Mossul
(destruição levada a cabo por elementos do proclamado Estado Islâmico)

 

Quando recuamos doze anos na História voltamos a recordar os acontecimentos que na sequência dos atentados de 11 de Setembro de 2001 em Nova Iorque, serviram de pretexto para a invasão, destruição e terraplanagem, de todas as estruturas básicas que sustentavam a sociedade iraquiana: e se o Secretário de Estado da Defesa dos Estados Unidos da América DICK CHENEY se teve que contentar inicialmente com o diminuto e pouco significativo país como o era o Afeganistão, como o vilão designado para o papel de bode expiatório, por outro lado e significativamente o seu trabalho de toupeira nunca se interrompeu, como o demonstra a sua intensa actividade levada a cabo em estreita colaboração com o jornal THE NEW YORK TIMES (deixava escapar informações a que tinha acesso e depois ainda as comentava à sua vontade) e que terminou após diversas peripécias bem típicas das piores séries policiais (em que há sempre um criminoso que se safa) no afastamento do director da CIA GEORGE TENET, o tal que afirmava que não existia nenhuma ligação entre a estrutura de comando da AL-QAEDA e o regime político então vigente no Iraque. Afastada de vez a irrelevante mas impeditiva narrativa oriunda da CIA (que isentava de responsabilidades nos acontecimentos do 9/11 o regime iraquiano), estava aberto o caminho para a implementação definitiva da teoria da existência das tão alegadas armas de destruição maciça (partilhadas pelo EIXO do MAL e do qual faziam parte o Iraque, o Irão e a Coreia do Norte) e invocada a razão fundamental para o ataque e Invasão do Iraque: a defesa dos Estados Unidos da América da acção criminosa de todos aqueles tidos como terroristas.

 

ninewa-museum-e1424971875390.jpg

Norte do Iraque – Museu de Mossul
(destruição levada a cabo por elementos do proclamado Estado Islâmico)

 

E assim o antes Secretário de Estado foi promovido a Vice-Presidente dos EUA, acompanhando a partir daí o seu Presidente BUSH na sua GUERRA do GOLFO: iniciada ilegalmente em 2003 (a ONU foi posta de lado), suportada em bases que nunca se confirmaram (documentos falsos), responsável pela destruição de uma Civilização Milenar (o Iraque divide-se agora em zonas de influência) e concretizada à custa de uma verdadeira carnificina (estimada até hoje em mais de 3.000.000 de MORTOS) que pelos vistos ainda aí está para durar. E como sempre acontece nestes episódios globais que invariavelmente e em compreensão nos ultrapassam a todos (e a qualquer ser racional), o número de vítimas não para de crescer: apesar de todos nós já sabermos quem foram os seus verdadeiros autores e tutores, ainda impunes, todos ricos e poderosos e persistindo em continuar a aplicar as mesmas regras nos seus JOGOS de GUERRA privados, mas TENDO-NOS sempre como seu objectivo principal.

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:23
Sexta-feira, 27 DE Fevereiro DE 2015

A Teoria do Caos

Mais uma prova inequívoca da implementação da nova teoria geoestratégica norte-americana para o Médio Oriente, anteriormente conhecida como teoria da Terra Queimada (os britânicos aparecem aqui no cumprimento do seu papel de pau-mandado):

 

jpg.jpg

Camarão Apanhado

 

“O Exército do Iraque abateu dois aviões de nacionalidade Britânica, que transportavam armas para zonas ocupadas pela organização terrorista ISIS, na província iraquiana de Al-Anbar.”

 

Esta política tem sido levada a cabo nestes últimos anos pelos dirigentes militares norte-americanos em colaboração com as suas agências de defesa (incluindo evidentemente a iniciativa privada), contando sempre para a sua eficácia e prossecução com o beneplácito (por inacção consciente) da actual administração Democrata.

 

A esperança destes teóricos do Caos é que entretanto os Republicanos vençam as próximas presidenciais. E no meio do caos generalizado que então se instalará (interno e externo) a Nova Ordem Mundial surgirá.

 

Com o caos instalado no preço do petróleo, com todas as economias assentes na mesma matéria-prima a estremecerem, com a guerra instalada em torno dos poços donde o mesmo jorra e com o dólar a ser a moeda global infinita e que tudo controla, ao mundo só resta esperar e preparar-se para o que aí vem.

 

No entanto ainda não sabemos até que ponto a China suportará mais a intrusão dos norte-americanos no Novo Eixo de Poder Global. O qual ditará efectivamente o futuro próximo do Mundo: e do seu motor, o imenso e populoso continente asiático (já agora a Europa que não se esqueça de continuar a empurrar a Rússia para as mãos dos nossos queridos amigos chineses).

 

(imagem – Web)

tags:
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:15
Quinta-feira, 26 DE Fevereiro DE 2015

As Luzes de Ceres

As Duas Manchas Brilhantes Observadas sobre a Superfície de Ceres
(planeta anão neste momento localizado a cerca de 500.000.000Km da Terra)

 

“One possible destination for human colonisation given its abundance of ice, water, and minerals.” (space-facts.com)

 

PIA17650_460x270.jpg

A sonda espacial Dawn a caminho do planeta anão Ceres
(ilustração)

 

Cada vez mais próxima do planeta anão CERES a sonda DAWN acaba de nos enviar uma nova imagem deste corpo celeste, fazendo parte da Cintura de Asteróides – e orbitando numa região situada entre as órbitas de Marte e de Júpiter. No dia 6 de Março a sonda enviada pela NASA entrará finalmente em órbita deste mini planeta (após ser capturada pela sua força de gravidade), estando neste preciso momento a cerca de 40.000Km de distância. Além do seu sistema de propulsão habitual a sonda contará assim (e ainda), na prossecução da sua viagem pelas profundezas do espaço, com a ajuda da gravidade de Ceres: tal como já terá feito noutras ocasiões com outros objectos ultrapassados.

 

20150225_Full-approach.jpg

Trajectória de aproximação da sonda Dawn à órbita de Ceres
(a executar entre os dias 1 e 7 de Março)

 

Depois de já ter visitado o outro dos dois maiores corpos celestes pertencentes à Cintura de Asteróides (VESTA com mais de 500Km de diâmetro), a sonda norte-americana Dawn tem agora Ceres como novo objectivo: outro corpo maciço e com o dobro do diâmetro do asteróide gigante. Os dois corpos celestes pertencem a um grupo restrito de objectos a serem estudados e analisados atentamente pelos cientistas e investigadores que acompanham estas missões a regiões distantes do nosso Sistema Solar, não só por serem mundos com grandes probabilidades de aí se encontrar água (gelada e cobrindo partes da sua superfície), como também de aí poderem ser descobertas formas ainda que primitivas de vida.

 

PIA19185_700.jpg

Ceres como visto a partir da sonda Dawn
(em 19 de Fevereiro quando esta se encontrava a 46.000Km de distância do planeta)

 

Na sua fase final de aproximação ao planeta anão Ceres, as imagens que as câmaras da sonda Dawn têm vindo ultimamente a enviar para a Terra, têm intrigado cada vez mais os cientistas responsáveis pela missão: agora são bem visíveis duas manchas bastante brilhantes localizadas na base da mesma cratera, precisamente no mesmo local onde anteriormente apenas uma era visível (a mancha maior à esquerda). A explicação mais lógica para a compreensão deste fenómeno poderá assentar na ocorrência de fenómenos de origem vulcânica de causa desconhecida (a geologia de Ceres é ainda uma incógnita). E com a sonda a entrar definitivamente em órbita de Ceres, as suas condições de observação irão melhorar consideravelmente, atingindo a mesma a sua primeira órbita ao planeta numa trajectória circular (deslocando-se de pólo a pólo): no seu ponto mais privilegiado a 13.500Km da superfície de Ceres. Aí se verá a origem destas manchas brilhantes (e de outras), a possibilidade de existência de água (e até de atmosfera) e porque não, de outra coisa qualquer.

 

(imagens – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:11
Quarta-feira, 25 DE Fevereiro DE 2015

A Não Atmosfera da Lua

Afinal de contas a Lua tem ou não tem atmosfera? Mas o que é isso de atmosfera?
“Atmosfera é o nome dado à camada gasosa que envolve os planetas.” (infoescola.com)

 

mystery_clouds_mars.jpg

E foram os astrónomos amadores
(os primeiros a falarem nas nuvens da Lua)

 

Face a todos os conhecimentos anteriormente adquiridos e certificados (através de informações transmitidas por individualidades cientificas mundialmente reconhecidas), astrónomos amadores um pouco por todo o mundo manifestaram o seu espanto ao verificarem numa observação realizada há já quase três anos, o aparecimento de nuvens a grande altitude sobre a superfície da Lua.

 

O interessante neste fenómeno atmosférico é que ele tinha uma duração limitada em torno das dez horas, entrando em modo de inactividade durante o período da noite e podendo regressar de novo como se fosse repetir um ciclo: que neste caso terá durado mais de uma semana. Com nuvens a estenderem-se por quase 1.000Km de extensão sobre a superfície do nosso único satélite natural e atingindo altitudes na ordem dos 250Km.

 

lunar-temp.jpg

Temperaturas no pólo sul da Lua
(em graus Kelvin)

 

Mas afinal de contas o que sabemos nós sobre a Lua? Por exemplo sobre um dos parâmetros mais importantes para a nossa sobrevivência, como o é o da variável ambiental designada como temperatura? Até pela circulação que poderemos imaginar existir, entre as diferentes camadas da atmosfera da Lua. Que se saiba a amplitude térmica é elevadíssima, calculada entre a mais alta temperatura registada de dia à sua superfície na ordem dos 120°C (positivos) e a mais baixa registada de noite por volta dos 150°C (negativos).

 

Mas também como não apresenta atmosfera, a Lua não guarda nem perde energia (por aí). Por isso se suspeite que nalguns nichos mais escondidos como os das regiões polares, em crateras sombrias e protegidas, se possam encontrar grandes depósitos de água (registando-se aí temperaturas de quase -250°C). Apesar de tardia a informação oficial acabou por chegar via nature.com: “An extremely high-altitude plume seen at Mars’ morning terminator.”

 

nature14162-f4.jpg

Temperatura da atmosfera da Lua
(e de condensação da água e de dióxido de carbono)

 

Apesar de tudo o que foi escrito anteriormente sobre a Lua no fundo ela até que poderá apresentar uma atmosfera própria (assim o desejemos e imaginemos), contrariando assim todas as indicações e constatações que sucessivamente nos chegam do nosso satélite natural, apontando em sentido oposto ao por nós desejado e definitivamente concluindo pela não existência da mesma (atmosfera): na Lua o único mecanismo de transferência de energia far-se-á exclusivamente ao nível do solo, com o material constituindo a sua superfície a receber directamente o efeito dos raios solares e a reflecti-los (devolvê-los) de imediato para o espaço exterior (cerca de 90% deles) – e como não existe atmosfera a melhor forma de medir temperaturas só ao nível do solo. Mas no entanto se imaginarmos que as nuvens observadas sobre a nossa Lua atingindo as proporções que atingiram e a altitude que conseguiram, até nos fazem pensar se essa mesma atmosfera não existirá mesmo, a única dúvida que persistirá será a de saber o que será necessário para esta (atmosfera) assim se considerar, se até estas nuvens (tal como acontece na Terra) são condicionadas na sua formação e movimentação pela acção de campos magnéticos (na Lua curiosamente mais apelidadas de anomalias magnéticas).

 

Uma Lua que pelos vistos também poderá apresentar durante as grandes tempestades e a altitudes elevadas nuvens formadas por cristais de dióxido de carbono e de água gelados (mais leves e podendo atingir os 100Km) e ainda outras nuvens compostas por poeiras oriundas da sua superfície (mais pesadas e podendo atingir os 60Km). E que como na Terra poderão dar origem às conhecidas auroras, neste caso observadas até 130Km de altitude!

 

(consulta e imagens: ufosightingshotspot.blogspot.pt/space.com/nature.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:43
Terça-feira, 24 DE Fevereiro DE 2015

Grécia

Antes de tudo o mais temos que compreender que o que a Grécia pede neste momento (e o seu Governo com um mês de vida) não é propriamente dinheiro, mas mais algum tempo para fazer algo definitivamente com pés e cabeça (o que os outros nunca fizeram durante anos deixando o Grécia ás portas da morte).

 

_81198643_foodline_epa.jpg

A Grécia e a herança do bloco central

 

A Grécia acaba de apresentar à comissão europeia as suas propostas de reformas, como resposta às exigências dessa mesma comissão, ao seu pedido de renegociação dos prazos da dívida grega. Que relembre-se (e que se saiba), não é da responsabilidade da actual coligação no poder na Grécia, mas o resultado de uma herança brutal, dramática e mesmo criminosa de um bloco político e ideológico dito democrático e central, que conjuntamente e em ligação estreita com as directivas vindas da Alemanha (e para isso servem os bancos), minou todas as instituições públicas gregas, descapitalizando-as, descredibilizando-as e finalmente privatizando-as. Essa talvez seja a principal luta (ainda mal compreendida por muitos) levada a cabo pelo actual Ministro das Finanças da Grécia, tentando relevar o poder dos bancos em todo este mecanismo de transferência de dinheiros (ou produtos ditos equivalentes), dispensando o inútil papel de intermediários destes (até porque também são uma das maiores causas desta crise – seja-se isento e compare-se dividas públicas e privadas, causas das mesmas e qual delas empurra a outra, ou seja, a impulsionadora). Nunca que se esqueçam que o bloco central grego (Nova Democracia e PASOK) deixou o país neste estado (repare-se que o partido sobrevivente ao desastre eleitoral de Janeiro de 2015 foi o de direita): 25% de desempregados (50% entre os jovens), decrescimento de ¼ da sua economia, divida atingindo 178% do seu GDP, tudo isto originando os tais 240 biliões que todos os credores desejam (naturalmente) receber. Um desastre.

 

_81184494_5b4fdd7f-b83a-4b52-9dcf-0d3fc917d9cc.jpg

Dívida da Grécia

 

As propostas de reformas apresentadas pelo governo grego assentam essencialmente nos seguintes pontos: criação de um sistema fiscal mais justo para todos (de modo a não ser sempre e por diversas circunstâncias, por exemplo facilitismo de actuação, o trabalhador o mais penalizado), combate à evasão fiscal (que destrói qualquer tipo de economia com o surgimento como cogumelos de mercados paralelos), travagem da corrupção (quase que uma instituição num país como a Grécia, mas que como todos nós sabemos, com instituições semelhantes espalhadas por toda a Europa), luta sem tréguas contra o comércio ilegal de combustível e tabaco (para verem até onde o país chegou, fazendo-nos lembrar os nossos tempos mais duros do fascismo), implementação de novas reformas laborais (na elaboração de contractos colectivos de trabalho e outros benefícios a acordar, o que não significa como em Portugal acabar definitivamente com eles – esperam os gregos...) e finalmente não sendo menos significativo antes pelo contrário, a reafirmação do compromisso por parte do governo grego de superar a crise humanitária que muitas zonas da Grécia (e inacreditavelmente neste século XXI) já há muitos anos atravessam (na mais confrangedora miséria). Agora vamos ficar a aguardar as cenas dos próximos episódios. Em princípio a Comissão Europeia nas suas primeiras reacções mostrou-se receptiva às propostas gregas, mas ainda não se conhece a posição final da Alemanha. Quanto aos gregos têm que estar atentos: aqui ninguém é de confiar. Veremos assim o que dirão nos próximos dias o Banco Central Europeu, o Fundo Monetário Internacional e o Ministro das Finanças Alemão. Uma coisa é certa: a Grécia talvez tenha ganho (ou perdido) mais quatro meses.

 

(imagens: Open Europe/EPA/BBC)

tags:
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:16
Segunda-feira, 23 DE Fevereiro DE 2015

Cometa SOHO

Em qualquer momento algo nos pode surpreender: neste caso tratando-se apenas de mais um pequeno cometa – talvez perdido o que nos deixa na dúvida.

 

O observatório SOHO disponibilizou-nos nestes últimos dias imagens da passagem de mais um cometa na sua trajectória de aproximação ao Sol, tendo o mesmo e após a ultrapassagem do seu periélio ficado mais brilhante e visível, começando então progressivamente a afastar-se.

 

20150219_2000_c2_512.jpg

Cometa SOHO-2875
(parte inferior da imagem)

 

Não se tratando de um cometa da família que mais usualmente visita o nosso Sol (como descendente de um grande cometa que se terá fragmentado há muitos séculos atrás), este cometa que agora surge um pouco que inesperadamente, apareceu inicialmente como um simples ponto muito ténue e pouco perceptível nas câmaras, para depois de contornar o Sol se abrilhantar e até começar a apresentar uma pequena cauda.

 

Em geral os cometas que tenho observado a partir das imagens fornecidas pelo telescópio do observatório SOHO, vão aumentando de brilho e de dimensão à medida que se aproximam do seu periélio; após a ultrapassagem do qual muitas vezes se esvanecem. Com este (aparentemente) sucedeu o contrário.

 

(imagem – SOHO)

tags: ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:56
Segunda-feira, 23 DE Fevereiro DE 2015

Frio & Electricidade

Quando se afirma consecutivamente que o preço da energia em Portugal é claramente excessivo, o que fazem os nossos representantes para nos proteger? Se o surto para eles já passou, pelo menos deixem-nos tratar da saúde no quentinho do nosso lar.

 

contadoredp2012.jpg

 

Enquanto o frio continua a dar cabo da saúde dos portugueses – já de tal maneira desprotegidos por anos sucessivos de falência social e brutal austeridade (generalização da pobreza e miséria) – verifica-se que nos últimos anos o crescimento do consumo de electricidade tem estagnado. Em todos os níveis de consumo: pelos vistos não importa, não se gasta então poupa-se.

 

E é adoptando este tipo de raciocínios que ignorada a prevenção (em todos os sectores de responsabilidade e solidariedade social do Estado para com os seus cidadãos mais necessitados), deixados nos gabinetes possíveis (ou inexistentes) relatórios da saúde em Portugal (ignorando o poder das farmacêuticas e atacando os funcionários da saúde), descuradas as qualidades das novas construções habitacionais (por exemplo no caso dos isolamentos térmicos), eis que os Zombies regressam e encontrando muitos vivos, ainda nos penalizam com mais 3,3% de aumento (da electricidade).

 

Estou constipado, dói-me o corpo mas se ligar o aquecedor, a conta passa logo dos cem.

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:20
Sábado, 21 DE Fevereiro DE 2015

Penso logo Existo

Será que alguém perdeu um PENSO em MARTE?
Talvez o culpado seja o ROVER!

 

Mais uma imagem interessante da superfície do planeta Marte obtida no passado dia 17 de Fevereiro a partir do rover da sonda CURIOSITY. E mais um artefacto (a branco no centro da imagem) que nos aparece de forma inopinada deixando-nos bastante curiosos em saber como ele ali foi parar. A primeira impressão recolhida é de que se poderia tratar de um penso higiénico (dobrado ao meio): o que seria de estranha e duvidosa utilização num ambiente não receptível e mortal (relativamente à presença de humanos).

 

0901ML0039470060402130E01_DXXX.jpg

SOL 901 – MASTCAM_LEFT

 

Mas como não estamos em Portugal e como no Universo para cada acontecimento em desenvolvimento poderão existir uma infinidade de explicações e alternativas a analisar (se não fosse assim como poderia o Mundo alguma vez ter sido possível), o pormenor peculiar inserido na imagem obtida pelo veículo da NASA em trânsito sobre a superfície do (ainda) misterioso planeta vermelho, poderá ter muito naturalmente muitas outras explicações para a sua inegável presença: mais uma vez poderia tratar-se de mais uma ilusão de óptica, não passando o falso artefacto de um simples bocado de material em falta por fractura da pedra inicial (a cor é que não cola muito bem com o resto do cenário). E que até poderia ter sido o rover a provocar pois o mesmo andou ali à volta a ver, furar e partir.

 

(imagem – NASA)

tags:
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:21

pesquisar

 

Fevereiro 2015

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
20
22

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro