mais sobre mim

subscrever feeds

Segunda-feira, 30 DE Março DE 2015

Poderosos & Psicopatas

Será que ao olharem para a imagem não se revêem nela?

 

Uma criança mostra conscientemente ao nosso mundo (de adultos) o reconhecimento da sua colocação como potencial presa deliberadamente desprotegida (e como tal insignificante) na base da cadeia alimentar dos novos predadores globais.

 

Para aqueles que ainda acham que a generalidade dos humanos é atrasada mental. E que como tal não compreendem o que lhes pretendem fazer.

 

syrianchild-thumb.jpg

Criança síria de 4 anos ao ser fotografada pela câmara de um repórter
(rendendo-se instintivamente ao pensar estar perante um indivíduo perigoso apontando-lhe uma arma)

 

Como se pode concluir uma tomada de conhecimento extremamente rápida do meio que a rodeia, resultado de uma aprendizagem instintiva e quase que automática.

 

A única questão que nos resta colocar (e na realidade a única) é como ainda consentimos que alguém por mais poderoso que seja (ou pretenda fazer parecer) ainda tenha o nosso consentimento (tácito por indiferença face aos factos) de matar inimigos, amigos e até crianças.

 

(imagem: Nadia AbuShaban/@NadiaAbuShaban/fotojornalista da cidade de Gaza na Palestina)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:31
Sábado, 28 DE Março DE 2015

A Teoria do Bode

Neste mundo já estamos mortos mesmo antes de o sabermos!

 

Mais 150 pessoas morreram ao utilizarem um dos mais banais e seguros meios de transporte actualmente ao serviço dos cidadãos de todo o mundo (para percorrerem distâncias de centenas de quilómetros), ainda por cima num século em que os objectivos da Humanidade se deslocam cada vez mais rapidamente para a Conquista do Espaço (percorrendo distâncias de milhões de quilómetros).

 

germanwings-plane-crash-alps.jpg

 

E como sempre tudo se justifica (para não se ir à raiz do problema).

 

Andreas Lubitz split up with girlfriend one day before tragedy
(mirror.co.uk)

 

Killer co-pilot was passionate and obsessed with the Alps
(dailymail.com)

 

Andreas Lubitz wanted to make everyone remember him
(theguardian.com)

 

Andreas Lubitz sought treatment for vision problems before Germanwings crash
(nytimes.com)

 

The co-pilot of the Germanwings Airbus was a convert to Islam
(speisa.com)

 

His favourite pizza order was ham broccoli paprika and onion
(telegraph.co.uk)

 

E como sempre tudo se esquece (para justificadamente não se afectar a raiz).

 

enviado-por-gisele-bassani3.jpg

 

Mas será que ninguém se incomoda (pelo menos os que frequentemente utilizam os aviões como meio de transporte preferencial) com os sucessivos acidentes aéreos recentemente ocorridos no mundo, como o sucedido na Malásia (esfumou-se) e o último na Ucrânia (abateu-se)? Será que continuaremos a aceitar não respostas com sendo válidas, desde que proferidas por responsáveis? Mas responsáveis de quê e trabalhando para quem? Moralmente e em nome do povo (e até por solidariedade para com todos os familiares e amigos das 150 vítimas) deveríamos ser os primeiros a exigir o nome de todos os responsáveis participando (activa ou passivamente) neste hediondo crime e assassinato colectivo, em vez de como uns perfeitos acéfalos nos contentarmos com a nova fotografia do Diabo agora proposta e revelada!

 

(imagens – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:01
Sexta-feira, 27 DE Março DE 2015

A Lista de Compras

“A julgar pela lista, eu não sou VIP”
(Ministra das Finanças)

 

detay-ps-exige-consequencias-politicas-no-caso-da-

Cada um deles deveria ir para seu lado
(o pior é que nenhum deles quer sair do nosso)

 

Mas como é que a Ministra das Finanças tem conhecimento (directo ou indirecto) da existência da famosa Lista VIP (nunca reconhecida pela mesma), se o seu Secretário de Estado a negou repetida e heroicamente (ao jurar a sua inocência de dedos esticados e a pés juntos – uma fonte fidedigna afirma que viu) em todos os média a ele disponibilizados?

 

Ao dar credibilidade de uma forma temporária e simplesmente oportunista (para sua defesa ou sustentação argumentativa) à aparente existência da Lista VIP, com essa acção ela apenas está a contribuir com mais um poderoso (e pessoal) alicerce, para uma melhor aceitação e confirmação dessa teoria conspirativa (e com autor e patente).

 

Dividindo o Governo ao qual ainda pertence entre um conjunto de individualidades VIP (incluindo Cavaco Silva, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas – mas nunca esquecendo o judas pessoal desta, o negando três vezes Paulo Núncio) e um outro conjunto constituído por um único elemento e não conotado como VIP (sendo a própria esse elemento), ela apenas nos sinaliza (mesmo que de longe e de uma forma inconsciente) que neste cenário inventado é tudo a mesma porcaria.

 

Ainda aprenderemos todos a viver apenas do lixo.
E ainda vamos ter de pagar.
(já pagamos resíduos líquidos e sólidos – só faltam mesmo os gasosos e outros estados da matéria)

 

(imagem – Web)

tags: ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:58
Quinta-feira, 26 DE Março DE 2015

O Voo Fatal 9525

Na passada terça-feira um Airbus A320 de uma subsidiária do grupo alemão Lufthansa, colidiu a cerca de 2.000 metros de altitude e a cerca de 700km/h com uma das montanhas da cordilheira dos Alpes, provocando com o violentíssimo impacto que se seguiu a completa desintegração da aeronave e 150 vítimas mortais (entre passageiros e tripulação).

 

destrocos-de-aviao-airbus-a320-da-germanwings-nos-

Destroços resultantes do choque brutal do A320
(contra uma das montanhas da cordilheira dos Alpes)

 

“A young German co-pilot locked himself alone in the cockpit of a Germanwings airliner and flew it into a mountain with what appears to have been the intent to destroy it, a French prosecutor said on Thursday.” (reuters.com)

 

“We must confirm to our deepest regret that Germanwings Flight 4U 9525 from Barcelona to Düsseldorf has suffered an accident over the French Alps. The flight was being operated with an Airbus A320 aircraft, and was carrying 144 passengers and six crew members.” (germanwings.com)

 

BN-HP395_0326lu_P_20150326103252.jpg

O co-piloto do Airbus A320
(pertencente à companhia alemã Germanwings/Lufthansa)

 

Depois dos dois últimos grandes acidentes ocorridos no decorrer do ano passado (no espaço de quatro meses e envolvendo a mesma linha aérea), certamente que os frequentadores deste meio de transporte começam a ter algumas dúvidas sobre esta opção de veículo e sobretudo sobre as suas condições de segurança: só nestes dois acidentes aéreos registaram-se um total de 537 mortos (MH370/Malásia e MH17/Ucrânia).

 

E se decidirem lembrar-se de acidentes aéreos anteriormente ocorridos em circunstâncias e consequências muito semelhantes, facilmente descobrirão mais uns quantos casos que de tão idênticos e familiares, nos dirão que esta última tragédia não é uma situação tão virgem e irrepetível como pensamos.

 

Já no ano de 1997 um avião indonésio da companhia Silk Air conduzido pelo seu comandante suicida se tinha despenhado sobre um rio provocando mais de 100 mortos, para dois anos depois um avião da Egypt Air acabado de levantar voo de Nova Iorque em direcção ao Cairo e trinta minutos depois da descolagem (e com o seu comandante suicida a gritar “I rely on God”) se despenhou no mar e provocou mais de 200 mortos.

 

Agora surge esta tragédia não só envolvendo (de novo) a Europa, uma companhia alemã bem creditada no mercado como a Lufthansa, obliteração total do aparelho e de todos os passageiros que transportava e novamente contando com a participação de mais um piloto suicida. Que apesar de ser o aprendiz e sem grande dificuldade tomou nas suas mãos o destino de outras pessoas.

 

Como é possível?

Tem que haver responsabilidade criminal e não será só do co-piloto. Pelo menos em respeito e homenagem a todos aqueles que não o sabendo, foram involuntárias vítimas mortais (como parece ter sido o piloto).

 

(imagem – wsj.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:47
Quinta-feira, 26 DE Março DE 2015

Asteróide 2014 YB35

AVISO:
Asteróide de quase 1KM faz tangente (ou secante?) à Terra esta sexta-feira 27!
(a uma distância de menos de 4.500.000KM)

 

Mais um asteróide em órbita de aproximação à Terra, atingindo o seu ponto de menor distância relativamente ao nosso planeta, sexta-feira dia 27 de Março. O asteróide terá uma dimensão entre os 500/1000 metros deslocando-se a uma velocidade superior a 10m/s.

 

0.jpg

 

Como era de esperar os Paparazzi do Espaço já começaram a congeminar nas suas cabecinhas normais mas bastante imaginativas, a possibilidade da existência de impacto, o poder destrutivo do mesmo (aproximadamente 15000 mega toneladas de TNT) e as consequências brutais de tal evento.

 

Num cenário apocalíptico o impacto directo com a Terra de um corpo celeste destas dimensões, sujeitaria o nosso planeta a uma sucessão de eventos consecutivos e de tal forma violentos (como terramotos e tsunamis devastadores), que essa data marcaria certamente um dos momentos de transição da evolução da vida (incluindo a nossa) neste planeta.

 

O que irá acontecer no próximo dia 27 resumir-se-á à passagem de mais um (grande) calhau nas imediações do nosso planeta, no seu ponto mais perto de nós a mais de 10X a distância entre a Terra e a Lua e continuando sem nenhum tipo de incidente a registar a sua viagem fantástica pelo interior do Sistema Solar.

 

O que sentiríamos nós a bordo duma nave destas dimensões percorrendo espaços desconhecidos e atravessando zonas de perigos e de mistérios, sabendo por outro lado por virtudes oriundas da cultura e por trilhos decalcados da memória (o conhecimento), como outrora os navegadores dos grandes mares (desta Terra) superando-se a si próprios e aos seus mais profundos medos (de ignorância), partiram à conquista do mundo e acabaram por descobrir outro mundo.

 

(imagem – article.wn.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:26
Quarta-feira, 25 DE Março DE 2015

A Salamandra de Octávio Mateus

“A new species of Metoposaurus from the Late Triassic of Portugal and comments on the systematics and biogeography of metoposaurid temnospondyls.”
(Journal of Vertebrate Paleontology)

 

img_472x263$2015_03_23_20_18_58_114152.jpg

Salamandra gigante de Salir
(há 200 milhões de anos um dos mais ferozes predadores)

 

Metoposaurids are a group of temnospondyl amphibians that filled crocodile-like predatory niches in fluvial and lacustrine environments during the Late Triassic. Metoposaurids are common in the Upper Triassic sediments of North Africa, Europe, India, and North America, but many questions about their systematics and phylogeny remain unresolved. We here erect Metoposaurus algarvensis, sp. nov., the first Metoposaurus species from the Iberian Peninsula, based on several new specimens from a Late Triassic bonebed in Algarve, southern Portugal. We describe the cranial and pectoral anatomy of M. algarvensis and compare it with other metoposaurids (particularly other specimens of Metoposaurus from Germany and Poland). We provide a revised diagnosis and species-level taxonomy for the genus Metoposaurus, which is currently represented with certainty by three European species (M. diagnosticus, M. krasiejowensis, M. algarvensis). We also identify cranial characters that differentiate these three species, and may have phylogenetic significance. These include features of the braincase and mandible, which indicate that metoposaurid skulls are more variable than previously thought. The new Portuguese bonebed provides further evidence that metoposaurids congregated in fluvial and lacustrine settings across their geographic range and often succumbed to mass death events. We provide an updated paleogeographic map depicting all known metoposaurid occurrences, which shows that these temnospondyls were globally distributed in low latitudes during the Late Triassic and had a similar, but not identical, paleogeographic range as phytosaurs.

 

(texto: tandfonline.com/doi/abs/10.1080/02724634.2014.912988#.VRK8ro5tPh7)

 

“Foi descoberta em Portugal o fóssil de uma salamandra que viveu na época dos dinossauros e que era um dos maiores predadores da Terra há cerca de 200 milhões de anos. As escavações decorreram na zona de Loulé, no Algarve.”
(FCT – Universidade Nova de Lisboa)

 

img_472x263$2015_03_23_20_21_01_114157.jpg

Octávio Mateus
(um dos investigadores envolvidos na descoberta da grande Salamandra de Salir)

 

A equipa de paleontólogos identificou esta espécie de anfíbio desconhecida até agora, dando-lhe um nome que serve de homenagem à região onde se encontrava: Metoposaurus algarvensis (ver imagem das escavações).

 

"Esta descoberta é o exemplo de um achado de uma época da qual conhecemos muito pouco em Portugal, o Triásico, há cerca de 200 milhões de anos, altura em que viveram alguns dos primeiros dinossauros", explica Octávio Mateus, um dos paleontólogos envolvidos na descoberta. O trabalho envolveu investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, do Museu da Lourinhã, das Universidades de Edimburgo e Birmingham, no Reino Unido e ainda do Museu de História Natural de Paris.

 

Estes anfíbios primitivos são parentes distantes das verdadeiras salamandras actuais. Os metopossauros faziam parte do grupo ancestral do qual os anfíbios modernos - tais como sapos e salamandras - evoluíram. "A riqueza do local era impressionante. A jazida tinha uma densidade de vários crânios por metro quadrado", diz Octávio Mateus. Esta espécie agora investigada chegava a atingir 2 metros de comprimento, vivia em lagos e rios, de forma semelhante aos crocodilos actuais. O habitat seria semelhante à ilustração seguinte.

 

A descoberta revela que a distribuição geográfica deste grupo de animais era maior do que se pensava. Restos fósseis deste tipo de animais foram encontrados em África, Europa e América do Norte mas as diferenças na estrutura do crânio e mandíbula dos fósseis encontrados em Portugal revelaram que estes pertenciam a uma nova espécie.

 

Apenas uma fracção do local - cerca de 4 metros quadrados - foi escavado até agora, e a equipa irá prosseguir o trabalho para descobrir novos fósseis. O estudo foi publicado no Journal of Vertebrate Paleontology. Steve Brusatte, cientista da Universidade de Edimburgo, e um dos autores do estudo, sublinha: "Este novo anfíbio parece saído de um filme de monstros. Era tão comprido como um pequeno carro e tinha centenas de dentes afiados e uma grande cabeça chata, que se parece com uma tampa de sanita. Este era o tipo de predador feroz que os primeiros dinossauros tinham que enfrentar, muito antes dos dias de glória doTiranossaurus Rex e do Brachiosaurus."

 

(texto: fct.unl.pt/noticias/2015/03/foi-descoberta-em-portugal-o-fossil-de-uma-salamandra-que-viveu-na-epoca-dos-dinossauros)

 

[O artigo publicado pela Universidade de Edimburgo “Amphibian was top predator, fossils show” pode ser consultado em: www.ed.ac.uk/news/2015/supersalamander-240315]

 

(imagens – fct.unl.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:13
Terça-feira, 24 DE Março DE 2015

O Americano John McCain

“John McCain disrespects Obama by telling the President to get over his Temper Tantrum
(como se estivesse a dizer ao seu Presidente para acabar com a sua birra de vez – tudo motivado pela cambalhota eleitoral do Primeiro-Ministro de Israel, apoiante da solução apontando para a existência lado a lado de dois estados independentes, mas agora opondo-se à mesma)

 

John-McCain-in-the-Hanoi-Hilton-e1351558850597.jpg

John McCain – aqui como prisioneiro de guerra no Vietname
(num hospital de Hanói depois do seu avião ter sido abatido)

 

Um norte-americano que passados mais de seis anos sobre a sua candidatura pelo partido republicano à presidência dos EUA, ainda não conseguiu perceber como é que terá perdido as eleições para um democrata ainda por cima colorido. Mesmo depois de já se terem realizado outras eleições presidenciais e nesse caso ter sido o seu colega Mitt Romney a perder contra o colorido. Para os republicanos só lhes falta mesmo perder (para se redimirem dos seus pecados), contra um democrata e do sexo feminino.

 

Tendo no seu currículo como parte fundamental da sua biografia pessoal (e que mais tarde o lançou na sua carreira política e até na corrida presidencial) ter sido um almirante de quatro estrelas da marinha dos EUA (retirou-se em 1981), um prisioneiro de guerra durante o conflito do Vietname (durante seis anos e após ser abatido – como aviador ao serviço da marinha – durante um bombardeamento a Hanói) e finalmente após a sua candidatura e eleição, ter sido nomeado representante republicano na Câmara e no Senado norte-americano.

 

O mesmo político norte-americano e republicano que hoje ataca o seu Presidente democrata pela sua estratégia política escolhida para o Médio Oriente (com a aparente aproximação do presidente ao Irão), assim como se mostra cada vez mais impaciente pelos EUA e os seus aliados na Europa não tomarem uma posição mais decisiva e agressiva para com a Rússia, no violento conflito em curso na Ucrânia (neste momento vivendo um tempo precário de aparente cessar-fogo). Não se coibindo de elogiar um político estrangeiro (ainda por cima extremamente dependente e dispendioso para os EUA), para desse modo provocar, diminuir e insultar o seu Presidente – tal como ele, um cidadão norte-americano.

 

Mas o problema principal para este tipo de políticos que acham que têm sempre razão e que nunca se enganam é que eles sabem que tudo neles não passa de uma mera montagem e encenação: e como daí sempre resulta um cardápio de soluções com imensas variações e critérios de aferição (que até podem ser no espaço e no tempo contraditórias), eles também sabem que a melhor de convencer é contar de novo a (sua) História, retocá-la aqui e ali (com alguns medos e perigos) e lançá-la aos quatro ventos. E com a ajuda da falta de memória (cada vez usamos menos o cérebro até para arquivar) e da educação e cultura fornecida (uma verdadeira miséria) é só dar um empurrão (aí aparecendo as estações de TV).

 

John McCain foi feito prisioneiro de guerra no decorrer do conflito que os norte-americanos levaram a cabo durante vinte anos no Vietname do Norte (1955/1975), tendo o seu avião sido abatido durante um bombardeamento à capital Hanói, McCain ficado gravemente ferido e como consequência sendo hospitalizado e logo ali detido. Esteve preso durante seis anos (tendo sido torturado), recusando ainda uma oferta de libertação antecipada por parte das autoridades comunistas do Vietname do Norte (provavelmente porque quereriam algo em troca). Foi libertado dois anos antes do fim (definitivo) da guerra, sendo considerado por muitos norte-americanos um verdadeiro Herói. No entanto e após a sua entrada na política pelo partido republicano a sua carreira esteve muito perto do fim, ao ser apanhado com outros seus quatro colegas senadores (por sinal democratas) no escândalo financeiro conhecido como Kitten Five (como sempre envolvendo bancos, depósitos e empréstimos). Três foram de uma forma ou de outra castigados; dos outros dois um safou-se (John McCain que até tentou ser presidente)...e um outro chamado John Glenn (um dos sete astronautas norte-americanos que fizeram parte do projecto Mercúrio).

 

(título/negrito: politicususa.com – imagem: dailycaller.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:22
Segunda-feira, 23 DE Março DE 2015

Instrumentos de Pacificação

Para se entender melhor as repercussões que uma intervenção graciosa e humanitária levada a cabo pela única potência militar global existente à face da Terra (actualmente os EUA) pode provocar. Em qualquer tipo de sector ou de actividade.

 

Ukraine world's 4th largest arms exporter in 2012
(According to SIPRI/Stockholm International Peace Research Institute)

 

images.png

Armamento

 

Basta informar-se e querer tomar conhecimento do caso recente da evolução política e militar registada na Ucrânia, que de quarto maior exportador mundial de armas em 2012 desapareceu instantaneamente e como se de um acto de bruxaria se tratasse desta poderosa lista VIP, nem sequer dispondo do armamento mínimo necessário para se defender duma rebelião interna, ainda por cima prévia e conscientemente importada (tendo por um lado o Ocidente/Kiev, pelo outro lado a Rússia/Rebeldes e com o povo inocente pelo meio).

 

The Top 10 Arms Exporters – 2009/2013
(According to SIPRI)

 

01. EUA
02. Rússia
03. Alemanha
04. China
05. França
06. Reino Unido
07. Espanha
08. Ucrânia
09. Itália
10. Israel

 

Como se pode constatar qualquer tipo de intervenção vinda de territórios exteriores terá sempre repercussões e um determinado custo para os territórios interiores intervencionados. Com as repercussões e custos a poderem ser extremamente agravados, a ponto do intervencionado ser obrigado a ceder o que de mais importante tem: a sua independência, a sua soberania e finalmente o seu povo – escravizando-o sem condições às mãos dos interesses estrangeiros. E enquanto o mundo se vai entretendo entre conflitos e guerras, mais ou menos gravosos, mais ou menos mortais e até porventura criminosos (ainda há-de chegar o dia em que serão levados a tribunal), a vida lá continua (banalizada) e o burro somos nós (os crentes).

 

Global Arms Sales Climbing
(The Wall Street Journal – 16.03.2015 – wsj.com)

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:18
Segunda-feira, 23 DE Março DE 2015

O Perigo das Máquinas

Apesar de todas as tentativas feitas para matar a nossa Cultura e a nossa Memória ou seja as bases da nossa Soberania – como o foi o caso da extinção imediata do Ministério da Cultura (para nem sequer termos tempo de dizer UI!) e mais recentemente a tentativa de demolição controlada da escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa (deixando-nos para ali prostrados a dizer AI!) – felizmente que em Portugal nem todos os portugueses foram ensinados a meter o rabo entre as pernas e (por covardia, conivência ou até mesmo indiferença) a calar-se.

 

ng1235085.jpg

Compositor, maestro, pianista e escritor português
(wikipedia.org)

 

“Uma coisa que está a envenenar de certo modo a sociedade actual é as pessoas transformarem a máquina em Deus.”

 

“Uma máquina é um conjunto de parafusos, de porcas, de coisas, de fusíveis, mas não é vida. Estamos muito mais irmanados com uma formiga do que com um computador.”

 

“As máquinas não sentem nada, servem para as utilizarmos. Um bicho por mais pequeno que seja tem vida.”

 

(António Vitorino d’ Almeida – Escola Portuguesa de Macau)

 

(imagem: Bruno Castanheira/JN – texto: António Vitorino d’ Almeida/SAPO)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:28
Segunda-feira, 23 DE Março DE 2015

O Eixo da Terra Mudou

“Existem aqueles que exercem a força e os outros que obedecem. Só não existe quem decreta o exercício dessa força, nada se podendo fazer em contrário. E é essa a razão pela qual a esmagadora maioria dos Homens prefere antes ser uma Besta”.

 

night_time_sky-nasa.jpg

O Mundo mais ao Centro-Direita
(com a Arábia Saudita a ser o maior comprador de armas e os EUA o seu maior vendedor)

 

Quando se olha para a lista dos dez países que mais importam e gastam no mercado global de equipamento militar e se compara com a outra lista dos dez países que mais exportam e ganham na concretização desses negócios, facilmente se compreende porquê, como e em quantas partes, este mundo está dividido. No primeiro caso temos o continente asiático em peso: Arábia Saudita, Índia, China, UAE, Taiwan, Austrália (no meio disto tudo de alguma forma se tinha de proteger), Coreia do Sul, Indonésia, Turquia e Paquistão; no segundo caso temos o mundo ocidental: EUA, Rússia, França, Reino Unido, Alemanha, Itália, Israel (grande aliado da coligação EUA/Reino Unido), China (como sempre jogando nos dois baralhos), Espanha e Canadá. Podendo existir ainda uma terceira parte: extremamente volátil e podendo envolver elementos dos dois lados interagindo e até actuando paralelamente em mercados aparentemente exteriores mas estrategicamente interligados, como o poderia ser o caso da interacção entre a Arábia Saudita, os EUA e porventura e influência (de Israel) o Irão. No entanto não nos podemos deixar logo iludir com a primeira impressão que nos chega da desconhecida e distante Ásia, pois se pensamos que estas armas serão ali utilizadas apenas para os mesmos se matarem e destruírem, um dia e sem que o pressintamos teremos uma enorme surpresa. O Eixo do Mundo (tal como o da Terra) está a deslocar-se: os últimos indícios assentam na grande depressão que a Europa atravessa (pedrada pelo lixo tóxico vindo da América) e no mau presságio que a situação na Ucrânia (com a Alemanha a manter as portas abertas à possibilidade de uma guerra) e na Grécia (aproveitando a situação para provocar a Alemanha) parecem indicar. O único problema está em que esse deslocamento já se iniciou há muitos anos, entretanto a China tornou-se na maior potência económica global, ameaça agora e em colaboração com russos e outras grandes economias substituir o dólar e até tem dois sistemas de exploração do mercado – e assim naturalmente como reacção e provavelmente justificação (para o momento zero de sua autoria, em qualquer cenário de guerra nunca justificado) os EUA mudaram-se imediatamente com armas e bagagens para a sua nova e prometedora zona de intervenção, lembrando mais uma vez a todos que a nota simbolizando o poder ainda era o dólar e o seu país a mais poderosa potência militar e sem rival conhecido (mesmo somando os restantes) em toda a Terra. A Europa?

 

(imagem – NASA)

tags: , ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:51

pesquisar

 

Março 2015

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
29
31

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro