mais sobre mim

subscrever feeds

Domingo, 14 DE Maio DE 2017

24 Horas

O 13 de Maio na Cova da Iria, na Luz e em Kiev

 

Depois de 53 troféus em disputa

De 48 participações efetivas

E do 6º lugar no ano de 1996

 

Portugal sagrou-se finalmente (na sua 49ª tentativa) Campeão da Eurovisão:

 

SS.jpg

Eurovisão 2017

 

Com Salvador Sobral e a sua canção Amar pelos Dois (da autoria da sua irmã mais velha) a totalizar 758 pontos e a ficar em 1º lugar.

 

No rescaldo deste dia marcante

13 Maio 2017

Para a História Popular Portuguesa

 

Com a presença do Papa no Santuário de Fátima (mais de 500.000 pessoas na sua homilia);

 

Com o jogo do S. L. Benfica no Estádio da Luz (mais de 60.000 pessoas no jogo decisivo);

 

E finalmente com a atuação de Salvador Sobral no Centro Internacional de Exibições de Kiev (com uma audiência envolvendo mais de 40 países);

 

Completando-se com este último e em jeito de substituição a tradicional Tríade Portuguesa FÁTIMA, FUTEBOL & SALVADOR.

 

[Deixando de qualquer forma, aqui um grande elogio, ao nosso cantor Salvador.]

 

(imagem: kyivpost.com/Eurovision Song Contest)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:58
Sábado, 13 DE Maio DE 2017

Benfica make it four in a row in Portugal

S. L. Benfica ‒ 5 V. Guimarães ‒ 0

(11’ Cervi; 16’ Jimenez; 37’ Pizzi; 44’ Jonas; 67’ Jonas)

 

Benfica have claimed a fourth successive Portuguese title for the first time in their 113-year history, a 5-0 defeat of Guimarães enough to put them beyond reach of the chasing pack.

 

2469664_UltraWide.jpg

Benfica crowned Portuguese champions once again

 

This title triumph was Benfica captain Luisão's 18th honour since signing in 2003, outstripping Eusébio's tally of 17 and matching the haul of another Eagles legend, Mário Coluna. Only former striker Nené, with 19, has lifted more trophies with Benfica, and his record is in Luisão's sights. The Brazilian centre-back also passed the 500-mark for club appearances this term; already Benfica's top European appearance-maker with 123, the 36-year-old (following outing No513 on Saturday) trails only Nené (578), António Veloso (534) and Mário Coluna (528) in theall-time rankings.

 

(texto e imagem: Pedro Gonçalves/uefa.com)

tags:
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:05
Sábado, 13 DE Maio DE 2017

Cannabis reverses ageing processes in the brain

Researchers at the University of Bonn restore the memory performance of Methuselah mice to a juvenile stage

 

cannabisreve.jpg

Prof. Dr. Andreas Zimmer (left) and the North Rhine-Westphalia science minister Svenja Schulze (center) are in the lab of the Institute of Molecular Psychiatry at University of Bonn (Volker Lannert/Uni Bonn ‒ medicalxpress.com)

 

Memory performance decreases with increasing age. Cannabis can reverse these ageing processes in the brain. This was shown in mice by scientists at the University of Bonn with their colleagues at The Hebrew University of Jerusalem (Israel). Old animals were able to regress to the state of two-month-old mice with a prolonged low-dose treatment with a cannabis active ingredient. This opens up new options, for instance, when it comes to treating dementia. The results are now presented in the journal Nature Medicine.

 

Like any other organ, our brain ages. As a result, cognitive ability also decreases with increasing age. This can be noticed, for instance, in that it becomes more difficult to learn new things or devote attention to several things at the same time. This process is normal, but can also promote dementia. Researchers have long been looking for ways to slow down or even reverse this process.

 

Scientists at the University of Bonn and The Hebrew University of Jerusalem (Israel) have now achieved this in mice. These animals have a relatively short life expectancy in nature and display pronounced cognitive deficits even at twelve months of age. The researchers administered a small quantity of THC, the active ingredient in the hemp plant (cannabis), to mice aged two, twelve and 18 months over a period of four weeks.

 

Afterwards, they tested learning capacity and memory performance in the animals – including, for instance, orientation skills and the recognition of other mice. Mice who were only given a placebo displayed natural age-dependent learning and memory losses. In contrast, the cognitive functions of the animals treated with cannabis were just as good as the two-month-old control animals. “The treatment completely reversed the loss of performance in the old animals,” reported Prof. Andreas Zimmer from the Institute of Molecular Psychiatry at the University of Bonn and member of the Cluster of Excellence ImmunoSensation.

 

iStock-503022286-e1482859674311-300x232.jpg

As if marijuana users needed another reason to smoke a joint, a new study reveals that cannabis may actually reverse the aging process in the human brain

(Selena Hill/blackenterprise.com)

 

Years of meticulous research

 

This treatment success is the result of years of meticulous research. First of all, the scientists discovered that the brain ages much faster when mice do not possess any functional receptors for THC. These cannabinoid 1 (CB1) receptors are proteins to which the substances dock and thus trigger a signal chain. CB1 is also the reason for the intoxicating effect of THC in cannabis products, such as hashish or marihuana, which accumulate at the receptor. THC imitates the effect of cannabinoids produced naturally in the body, which fulfil important functions in the brain. “With increasing age, the quantity of the cannabinoids naturally formed in the brain reduces,” says Prof. Zimmer. “When the activity of the cannabinoid system declines, we find rapid ageing in the brain.”

 

To discover precisely what effect the THC treatment has in old mice, the researchers examined the brain tissue and gene activity of the treated mice. The findings were surprising: the molecular signature no longer corresponded to that of old animals, but was instead very similar to that of young animals. The number of links between the nerve cells in the brain also increased again, which is an important prerequisite for learning ability. “It looked as though the THC treatment turned back the molecular clock,” says Zimmer.

 

Next step: clinical trial on humans

 

A low dose of the administered THC was chosen so that there was no intoxicating effect in the mice. Cannabis products are already permitted as medications, for instance as pain relief. As a next step, the researchers want to conduct a clinical trial to investigate whether THC also reverses ageing processes in the brain in humans and can increase cognitive ability.

 

The North Rhine-Westphalia science minister Svenja Schulze appeared thrilled by the study: “The promotion of knowledge-led research is indispensable, as it is the breeding ground for all matters relating to application. Although there is a long path from mice to humans, I feel extremely positive about the prospect that THC could be used to treat dementia, for instance.”

 

(uni-bonn.de)

 

[Publication: A chronic low dose of delta9-tetrahydrocannabinol (THC) restores cognitive function in old mice, Nature Medicine, DOI: 10.1038/nm.4311/Prof. Andreas Zimmer Institute of Molecular Psychiatry University of Bonn]

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:34
Sábado, 13 DE Maio DE 2017

TV Com Futebol, Fátima e pouco Fado

“Hoje o dia estava meio-mortiço como se todos se estivessem a preparar para umas longas horas frente à TV.”

 

guia-tv.jpg

TV

 

Regressando por momentos ao tempo do Antigo Regime (tomando como referência o 25 de Abril de 1974 para data do início do Novo Regime) mas teletransportados para o Presente para o ano 43 DA (Depois de Abril), vemo-nos mais uma vez confrontados (como nosso destino) com a base dos nossos desígnios (pelo menos assim parecendo, lembrando que as aparências iludem): com Fado (só para completar os 3 F), Futebol e Fátima.

 

E se no Portal do Fado apenas se referem 3 pequenos eventos (um em Aveiro, outro em Lisboa e um terceiro em Espanha/Gijón), já no que toca ao Futebol temos o jogo do título (para o Benfica, o maior clube de Portugal) e no caso de Fátima a presença do Papa (referindo-se aqui ao da Igreja de Roma): no dia 13 de Maio de 2017 com mais de 60.000 no interior do estádio da Luz e cerca de 1.000.000 no santuário de Fátima.

 

[Com o Fado marcado para as 19:30/21:30, com o Futebol já iniciado e com Fátima já sem a presença do Papa.]

 

(imagem: tudonumclick.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:18
Quinta-feira, 11 DE Maio DE 2017

A Nebulosa do Caranguejo

Há mais de 3000 anos o Céu era diferente.”

 

Uma bela imagem da Nebulosa do Caranguejo (nem todo o Espaço é negro e vazio), resultado da junção de dados recolhidos por cinco postos diferentes de observação ‒ os telescópios: VLA (frequências de rádio), Spitzer (raios infravermelhos), Hubble (raios visíveis), XMM-Newton (raios ultravioletas) e Chandra-X (raios-x).

 

PIA21474.jpg

Nebulosa do Caranguejo

 

In the summer of the year 1054 AD, Chinese astronomers saw a new "guest star," that appeared six times brighter than Venus.

 

So bright in fact, it could be seen during the daytime for several months.

 

This "guest star" was forgotten about until 700 years later with the advent of telescopes.

 

Astronomers saw a tentacle-like nebula in the place of the vanished star and called it the Crab Nebula.

 

Today we know it as the expanding gaseous remnant from a star that self-detonated as a supernova, briefly shining as brightly as 400 million suns.

 

The explosion took place 6,500 light-years away.

 

If the blast had instead happened 50 light-years away it would have irradiated Earth, wiping out most life forms.

 

In the late 1960s astronomers discovered the crushed heart of the doomed star, an ultra-dense neutron star that is a dynamo of intense magnetic field and radiation energizing the nebula.

 

Astronomers therefore need to study the Crab Nebula across a broad range of electromagnetic radiation, from X-rays to radio waves.

               

(dados/texto em inglês/imagem: photojournal.jpl.nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:39
Quarta-feira, 10 DE Maio DE 2017

O Estado do Tempo em Albufeira

Albufeira

T =20⁰C

H = 75%

Céu Limpo/Poucas Nuvens

 

Quarta-feira a meteorologia em Albufeira registou até por volta das 17h00 tempo por vezes encoberto e com alguns períodos de pouca precipitação. Com as temperaturas a variarem entre uma mínima de 15⁰C e uma máxima de 21⁰C, com o Sol por vezes a aparecer um pouco timidamente e com o vento a soprar de SW (com rajadas entre os 15/26Km/h). E ainda com o mar a poder apresentar ondas entre 1.2m/1.5m e com os índices de raios ultravioleta a aconselharem a cuidados redobrados (UV8).

 

IMG_2992 b.jpg

Rua Henrique Calado

 

Prevendo-se para os próximos dias (quinta e sexta-feira) a continuação do mesmo nível de precipitação, que diminuirá a partir de sábado e eventualmente terminará no decorrer do próximo fim-de-semana ‒ seguindo-se uma semana sem chuva e com as temperaturas a variarem entre os 15⁰C e os 28⁰C (como se vê com as máximas a subirem). E melhorando o estado do tempo e do mar (além dos índices ultravioletas) podendo ser expetável que já na próxima semana se possa regressar à praia.

 

 

IMG_2994b C.jpgIMG_2995 b.jpg

Rua da Bateria e Igreja Nova

 

A meio da semana com o céu de Albufeira a convidar-nos ao retiro e à melancolia, fazendo-nos recordar aqueles momentos de indefinição (e alguma tristeza), em que não temos mesmo a certeza do que havemos de fazer: como se a meteorologia condicionasse o nosso estado físico e mental (como o faz) e nos levasse por caminhos mais solitários mas também silenciosos e tranquilos (de aprofundamento e reflexão na escuridão), onde a dureza do Sol jamais conseguiria entrar fragmentando-nos e decompondo-nos como se fossemos de plástico.

 

(imagens: Produções Anormais)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:36
Terça-feira, 09 DE Maio DE 2017

Atropelado

No Mónaco durante um dia de treino do ciclista inglês da equipa SKY Christopher Froome (e cerca de duas semanas depois do atropelamento mortal também durante num treino do ciclista italiano Michele Scarponi), um condutor decidiu encostar de propósito o ciclista â berma da estrada, acabando por o atirar para fora da mesma ‒ salvando-se o ciclista (felizmente) mas destruindo-se a bicicleta.

 

froome_1.jpg

Christopher Froome

(ING/Team SKY)

 

O Ciclismo hoje em dia não passa de mais um mero Negócio ‒ tal como acontece em todos os Desportos que devendo ser amadores são-no sim Profissionais: com patrões e empregados e consumidores furiosos. Com o Corredor a assumir o papel de empregado (e de assalariado) e obviamente a poder sofrer as consequências ‒  oriundas do patrão e dos consumidores.

 

E como em geral é sempre o elo mais fraco a sofrer no corpo e na mente pelo seu trajeto assumido (sendo muito semelhante o do empregado e do consumidor, chegando mesmo a confundir-se), é natural que em caso de conflito os mesmos se acabem por envolver ‒ e com o patrão e apesar de responsável a nada ter a ver com o assunto (nem sequer estando lá, nem sequer frequentando esses meios).

 

Por esse motivo sendo natural que muitos dos problemas (mais ou menos graves) que atravessam e afetam a Sociedade onde no presente todos vivem e convivem, se reflitam de imediato na base da escala desta Pirâmide devoradora (não só de corpos como de almas), numa geometria do plano onde estaremos sempre desprotegidos e à disposição de qualquer um que por aí caia e sabe-se lá como (nem mesmo ele) apareça e faça (por acaso ou de uma forma deliberada, mas sempre bem consciente):

 

Chris-Froome-bike-933831.jpg

A bicicleta de Froome após o acidente

(salvando-se o ciclista)

 

Atropelando e matando um Ciclista por algum tipo de obsessão (por exemplo para não chegar atrasado ‒ neste caso a obsessão pelo controlo do Tempo, um parâmetro incontrolável por abstrato) e tendo Michele Scarponi como vítima mortal; ou então tentando atropelar e ferir um Ciclista aplicando nele as frustrações de uma integral e pessoal vida de presa (incapaz e constantemente nas mãos do seu predador), deitando fora todas as ligações (familiares, conhecidas, fortuitas, de amizade) e escolhendo como um covarde um igual e descarregando nele a sua fúria (legal ou ilegal) ‒ e tendo Chris Froome como vítima (felizmente não mortal).

 

Confirmando-se com este tipo de incidente (infelizmente tão comum em tantas áreas da nossa sociedade) aqui verificado com um ciclista num simples treino exterior e ao ar livre, que sempre que abandonamos a nossa zona de conforto por questão de sobrevivência e necessidade da obtenção de uma contraproposta financeira, arriscamos a ser topados, a sermos de seguida despidos e (até) mesmo a ser agredidos (consequência de contas desequilibradas).

 

(imagens: FABRICE COFFRINI / AFP/cnewsmatin.fr e TWITTER/dailystar.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:52
Terça-feira, 09 DE Maio DE 2017

Árvore Petrificada em Marte

[A partir de notícia Paranormal Crucible/Ufo Sightings Daily]

 

Perdidos no interior do nosso próprio planeta (Vivo e em constante Evolução) procuramos noutros mundos mesmo que esgotados (como o árido, desértico e inóspito planeta Marte) uma Natureza Morta que possa vir ser um novo testemunho de Vida: noutro Espaço (planeta) e noutro Tempo (há biliões de anos).

 

1647ML0085250370700323C00_DXXX.jpg

Marte ‒ Curiosity Rover ‒ SOL 1647

(à esquerda com a Árvore Petrificada)

 

Na sequência interminável de Encontros de Grau Zero em plena superfície do distante e atual 4º Planeta do Sistema Solar ‒ Marte localizado a mais de 200 milhões de Km do Sol e com um diâmetro cerca de metade do da Terra ‒ aqueles que desesperam pelo aparecimento de algum sinal de Vida num Mundo tão inóspito como este (na sua ânsia delirante da descoberta de algo que ainda nos surpreenda neste cenário de Natureza Morta), continuam a cada remessa de imagens que lhes vão chegando às mãos, a tentar ver algo mais do que (na realidade) as mesmas representam:

 

E extrapolando a situação e inserindo-a num Mundo semelhante (pelo menos no que se refere a Marte e à Terra, pertencendo como iguais a um mesmo Sistema), projetando em certos objetos aqueles que partilhamos na Terra e assim equiparando-os no Espaço como testemunhos de outro Tempo (com Marte a poder ser um irmão mais novo/velho da Terra e em muitos aspetos sendo ambos réplicas de um mesmo molde).

 

Como se diante de um Espelho um fosse o objeto e o outro a imagem (a decomposição do objeto e a sua reconstrução noutro ponto) ‒ pelo menos na cabeça de alguns.

 

Depois de tantas imagens recolhidas ao longo de vários anos e oriundas das câmaras das sondas norte-americanas Opportunity e Curiosity (sendo posteriormente editadas pela NASA e lançadas nos seus Sites na sua forma original/real ou tratada/manipulada) e já com diversos artefactos estranhos a serem detetados à superfície do planeta Marte (alguns por deslocados como os do Post Encontrei a Peça do meu Aspirador/30.11.2014) ‒ como seres humanoides, animais, máquinas, construções, fósseis, etc. ‒ eis que agora e numa imagem recentemente enviada pelas câmaras do Rover Curiosity, se sugere estarmos na presença surpreendente do tronco de uma árvore petrificada, com a sua presença resistindo espetacularmente ao correr do tempo (talvez biliões de anos) e com a sua base ainda fixa e inserida no árido solo marciano.

 

Árvore Petrificada ou Pedra Moldada?

 

E realçando num Elogio dos que Vêm: “Se não fosse a nossa Imaginação (apesar da pala institucional) já não suportaríamos mais (nem no Tempo nem no Espaço) a Realidade que todos os dias nos impõem (como condição necessária para a nossa sobrevivência).”

 

(imagem: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:50
Segunda-feira, 08 DE Maio DE 2017

Peixe-Tatuado

Um ser marinho capturado na localidade filipina de Lopez Jaena, nas proximidades do Misamis Occidental Aquamarine Park (a cerca de 40Km), provavelmente num golpe publicitário de modo a atrair mais turistas.

 

“A fish with strange yet intricate tattoo designs in its body was found by the fishermen in Mindanao.”

(philnews.ph)

 

18221854_10155111408221977_2576728988659276380_n.j

Filipinos

 

Numa prova de que todas as nossas ações podem vir a ser descobertas pela simples demonstração ativa de uma qualquer espécie animal vivendo connosco no interior do nosso ecossistema, eis como um simples peixe vindo do interior da grande extensão oceânica que cobre a maior parte da superfície terrestre (utilizando uma produção nossa mas estranhamente impressa no seu próprio corpo) nos fala das condições do mundo e da nossa futura extinção: certamente com a poluição oceânica a revindicar as suas primeiras vítimas.

 

It may be that the design on the body of the fish had come from the design of the plastics and garbage being thrown in the ocean.

(philnews.ph)

 

18268638_10155111408216977_8320210595551534718_n.j

Filipinos

 

Um peixe apanhado por um pescador filipino (Mindanao) e em tudo normal para o seu captor, mas apresentando uma tatuagem estranha (por deslocada) bem impressa na sua pele. Tornando-se viral na internet e suscetível das mais variadas interpretações: desde o mesmo pertencer a um grupo de gangsters vivendo no oceano, a ser um sinal de que algo de relevante virá aí (um Evento) ou a ser apenas mais uma vítima dos plásticos atirados ao mar (e da tinta neles impressa).

 

20110315_634357784070474129.jpg

Chineses

 

No entanto e como acontece em muitos dos setores associados à produção e comercialização mundial ‒ com os chineses já lá vão mais de seis anos ligados à promoção do peixe-tatuado e à sua difusão ‒ com a moda de tatuar peixes (com um laser) a já ter estrado em alta (na China) com o peixe-papagaio.

 

(imagens: facebook.com/GMA News e Marga Zambrana/EFE/globo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:01
Domingo, 07 DE Maio DE 2017

O Céu de Marte visto pela sonda Opportunity

Se integramos todos o mesmo Mecanismo (o Sistema Solar),

Então é porque haverá mesmo algo de comum (entre planetas).

 

A caminho dos 45Km percorridos desde que aterrou em Marte em 25 de Janeiro de 2004, o veículo motorizado transportado a partir da Terra a bordo da sonda OPPORTUNITY, encontra-se de momento a caminho de uma nova região há muito desejada pelos cientistas, para uma mais detalhada e profunda exploração: o Vale da Perseverança.

 

1P547303491ESFCZ00P2747R8M1.JPG1P547303496ESFCZ00P2747R8M1.JPG

1P547303500ESFCZ00P2747R8M1.JPG1P547303504ESFCZ00P2747R8M1.JPG

1-2-3-4

A partir da superfície de Marte a observação de um fenómeno astronómico

Contando com a participação de vários corpos celestes

 

Viajando desde há longo tempo pelas periferias deste vale de Marte e pelos indícios até aí recolhidos desde as suas primeiras observações, suscitando de imediato grande interesse por parte dos cientistas responsáveis pela missão, não só pelas propriedades geológicas do terreno como pelos indícios que o mesmo poderia transmitir e confirmar.

 

Pelas características do terreno e pelo leito rochoso onde o mesmo assentaria, podendo-se estar perante mais um contributo para a confirmação da teoria de que há biliões de anos atrás o planeta estaria parcialmente coberto por um extenso oceano, com este vale eventualmente a ser mais uma prova, talvez apresentando fraturas ou até evidências de linhas de costa.

 

1P547303507ESFCZ00P2747R8M1.JPG1P547303511ESFCZ00P2747R8M1.JPG

1P547303518ESFCZ00P2747R8M1.JPG1P547303522ESFCZ00P2747R8M1.JPG

5-6-7-8

Um evento celeste no qual um objeto se interpõe entre outros dois

Neste caso com um objeto em trânsito a interpor-se entre outro e Marte

 

Um Mundo que em muitos aspetos nos faz lembrar quase o nosso (a Terra), hoje e na sua base (estrutura) incentivando-nos para a concretização dessa associação (Terra/Marte) ‒ com a mesma forma, rochoso como o nosso planeta e preenchido por extensos cenários muito semelhantes a alguns dos nossos ‒ mas que na sua cobertura se torna no nosso simétrico, aparentemente desprovido de água, atmosfera e vida.

 

Nesta sequência de oito imagens (1 a 8) registadas a partir da superfície do planeta Marte (pelas câmaras do Rover Curiosity), observando-se um fenómeno de interposição (envolvendo dois corpos) que nós poderíamos afirmar ser em tudo parecido (visualmente) ao ocorrido entre a Terra e a Lua: quando a mesma se interpõe entre a Terra e o Sol (o outro elemento).

 

(imagens: câmaras/Opportunity Rover/SOL 4721/nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:52

pesquisar

 

Maio 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
16
18
20
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro