Este Verão e Kate Perry

Dois anos depois!

 

Num dos espetáculos de KATE PERRY (cantora norte-americana) levado a cabo já no distante ano de 2015 (uma primeira estranheza por só se salientar isso agora), por qualquer razão natural ou então artificial (saúde, drogas ou controlo mental), esta sentiu-se mal (1), anunciou-o em palco (2), acabando por colapsar (3) ‒ sendo de imediato retirada do palco ainda do outro lado e completamente grogue (4).

 

snapshot 1.jpgsnapshot 2.jpg

 

Imagem 1 e 2

 

Até Agosto deste ano e cerca de dois anos depois (uma segunda estranheza dada a Estação Idiota) esquecida nas prateleiras e nunca sendo sublinhada (um caso comum na vida destes artistas), apenas ressuscitada na comunicação por simples factos de associação (e de estratégia informativa num tempo irrelevante) de modo a ser reintroduzida e até mesmo reciclada (noutro tempo e espetáculo).

 

snapshot 3.jpg snapshot 4.jpg

 

Imagem 3 e 4

 

Aproveitando-se este período em que o povo se divide entre o trabalho e a preguiça (Verão), para criar neste espaço-tempo talvez característico de um qualquer buraco negro, um novo terreno de manipulação e de condicionamento, mais fácil de aplicar quando o povo se divide (entre extremos) o mais possível distantes (e de preferência simétricos) criando no interior o vazio (e ao mesmo tempo com todos anulando-se e colocando-se à disposição).

 

[Obrigando-nos a engolir uma das Realidades (a certificada) ou a engolirmos as suas Teorias da Conspiração (a única Imaginação derivada e disponibilizada): uma outra estranheza mas de nível superior, às duas anteriores estranhezas (já que somos nós, aqueles postos em causa).]

 

(imagens: youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:54