mais sobre mim

Domingo, 06 DE Agosto DE 2017

Domingo 6 em Albufeira

Como é habitual no quotidiano diário de milhões de portugueses e cumprindo uma tradição que vem desde a revolução introduzida pelo desenvolvimento e generalização da indústria automóvel em Portugal (transformando o automóvel num símbolo de poder e de bem-estar), todos os Domingos e Feriados (sobretudo nas férias de Verão) os portugueses-modelo pegam no seu bólide antecipadamente aprimorado e partem como crianças (é certo que num espaço reduzido, num curtíssimo período de tempo e como se estivessem num berçário) á procura da Aventura e à Conquista de Outros Mundos.

F.jpg

Baía de Albufeira

(Verão de 2017)

 

Com o tempo mais fresco da parte da manhã deste Domingo 6 de Agosto (em Albufeira), prevê-se para hoje e pelo menos até quarta-feira (9 de Agosto) um abaixamento das temperaturas máximas (35⁰C para 28⁰C), acompanhadas por uma ligeira brisa vinda de norte e céu parcialmente encoberto (sem chuva) ‒ com a temperatura da água do mar a andar por uns agradáveis 20⁰C convidando-nos a ir à praia (ao início da manhã e ao fim do dia sendo os melhores momentos) e com os índices de raios ultravioletas a continuarem muito elevados (no Algarve UV9 numa escala de 1 a 11) a aconselhar-nos a ir para a praia preferencialmente vestidos (evitando expor as crianças mesmo usando protetor).

 

EUR 1.gifEUR2.gif

 

Temperaturas médias e índice de raios ultravioleta na Europa ‒ Previsão

(Domingo, 6 de Agosto)

 

Pelo que este Domingo com o tempo mais fresco e convidando a andar na estrada (um dos hobbies dos portugueses, mesmo em tempo de férias e suando às estopinhas), se prevê grande circulação (na EN125 porque na outra se paga), alguns engarrafamentos (sobretudo nas incontáveis rotundas) e shoppings superlotados ‒ como o localizado na Guia (a capital do frango de churrasco), tão perto do novo golfinho (da novela e do Zoomarine) e da cidade de Albufeira (a capital turística do Algarve). Sendo o ponto central (lazer e gastronomia) tendo a sul a praia e o mar (ex. praia de S. Rafael), a norte o medronho e o presunto (ex. Monchique), a leste as ostras e o atum (ex. Cacela Velha e Tavira) e a oeste as imperdíveis sardinhas (ex. Portimão) e os gostosos percebes (ex. Sagres): mas nunca esquecendo outros por comporem o cenário e fazerem desde sempre parte da cultura e da memória (do Algarve) ‒ como citrinos e frutos secos e a passagem dos mouros (obrigando-nos a visitar Silves com o seu Castelo no alto e os restaurantes junto ao rio).

 

(imagens: PA e weatheronline.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:33
Sábado, 05 DE Agosto DE 2017

Os Miolos a 5 de Agosto

Albufeira, 18:00

Temperatura: 29⁰C

(Máxima: 35⁰C Mínima: 18⁰C)

 

Este sábado com as temperaturas a sul do país (Alentejo e Algarve sobretudo na região leste) a atingirem valores a caminho e próximos dos 40⁰C ‒ e com o céu limpo e luminoso a proporcionar à superfície da terra e do mar índices elevados de raios ultravioletas (9 numa escala até 10) ‒ criaram-se todas as condições (cada vez mais alargadas e consentâneas com os desejos dos grandes contingentes turísticos) para a opção por uma das três atitudes aceitáveis e certificadas: ficar em casa, ir à praia ou ir até ao centro comercial.

 

getpicture.jpg

 Europa ‒ imagem de satélite a infravermelho

 

De momento com toda a região envolvendo o mar Mediterrânico da sua ponta mais a oeste atá à sua ponte mais a leste (todo o sul da Europa e o norte de África) a estar debaixo de uma massa de ar quente pesada e por vezes verdadeiramente asfixiante e com os parâmetros apresentados (do tempo) reproduzindo condições de sobrevivência ambientais para alguns de nós severas senão mesmo mortais (nalguns locais e para certas camadas etárias). Relembrando que períodos anteriores como este (por exemplo a última e mais recente vaga de calor em Portugal) sempre justificaram a maioria das mortes ocorridas (nesse período) sobretudo entre doentes e entre idosos (ultrapassando um milhar).

 

Hoje em Albufeira com a temperatura por volta das 17:15 a andar pelos 29⁰C (céu limpo e humidade de 57%) e com a previsão a apontar para os dias seguintes uma descida das temperaturas máximas ‒ maioritariamente com o céu a manter-se limpo e luminoso propício para valores elevados de raios ultravioletas (alertando para os cuidados a ter com a exposição solar). Temperaturas altíssimas (em torno dos 40⁰C) podendo levar à desidratação (se descurada a prevenção e a proteção) um dos caminhos mais rápidos para o colapso e uma via bem aberta para a morte (morre-se muito mais depressa se deixarmos de beber face a deixarmos de comer).

 

Face a tudo isto e apesar de ser Verão (no Hemisfério Norte) fazendo-nos mais uma vez pensar nos Efeitos Climáticos provocados pelo Aquecimento Global (cada vez com mais incêndios e crescente escassez de água) ‒ do outro lado do Mundo por contraste com tempestades e furacões a assolarem o sul da Ásia ‒ e através de um simples exercício imaginar o que será Portugal (o Algarve e Albufeira) até ao fim deste século. Com uma subida do nível da água do mar estimada para 2,5 metros até ao ano 2100, com muitas das zonas costeiras de Portugal Continental a entrarem em alerta máxima sobretudo na costa Atlântica (mais exposta) mas também nas zonas baixas como as situadas no litoral do Algarve: como na ria Formosa muralha mas de baixo-relevo (sendo a praia de Faro um desses exemplos), como na zona do Alvor certamente uma das mais afetadas (muitos locais pouco acima do nível do mar) ou então imaginando Albufeira com a sua zona mais antiga fazendo lembrar a inundada Veneza (em miniatura tal como num souvenir).

 

[Numa autêntica noite de Verão, com uma leve brisa e temperaturas na ordem dos 30⁰C.]

 

(imagem: weatheronline.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:33
Sábado, 01 DE Julho DE 2017

Invasion Portugal 2017

Albufeira foi invadida entre 20 e 27 de Junho por um bando de pessoas indisciplinadas e causadoras de tumultos, fazendo-nos lembrar a chegada dos bandidos a uma localidade qualquer do faroeste americano: com os proprietários dos saloons a verem os seus negócios tomados à força e com o xerife da região (da RTA) a falar, mas como sempre a não sacar das pistolas.

 

Saloon-Shoutout.jpg

Tiroteio num saloon do faroeste

(Andy Thomas)

 

Quando todos nós pensávamos em função das traduções oficiais dos nossos comentadores políticos (especializados e certificados sobre tudo o que se passa à nossa volta) que o único perigo de sermos invadidos (Portugal Continental) viria ou da fronteira leste (de Espanha) ou então da fronteira sul (do Mediterrâneo), estúpidos como somos, certificados como tal e convenientemente seriados para evitar a intrusão de auto didatas (e de outros elementos marginais e como tal perigosos), acabamos por ser surpreendidos (como se tal fosse possível estando preparados e rodeados por sexo, drogas & Rock & Roll) por uma horda de invasores mas vindos do norte: a Portugal Invasion oriunda do UK!

 

PI.jpg

Invasão originada nas Ilhas Britânicas

(1 Semana/tudo incluído: Pacote Normal: 684 Euros ‒ Pacote Extra: 912 Euros)

 

E assim em vez de nos depararmos com contingentes de migrantes fugindo da Guerra, escapando da morte, atravessando a Europa, transpondo a fronteira Espanha/Portugal e finalmente Invadindo o nosso território (procurando um refúgio ou a fuga para outro continente); ou então com grupos semelhantes atravessando o extenso continente Africano vindos de todas os locais e direções e tentando tal como os outros escapar à morte e à miséria (mesmo correndo o sério risco de morrerem em viagem em último caso afogados e completamente abandonados) tentando apenas por uma simples questão de sobrevivência atingir o Outro Lado do Mar (o Velho Continente Europeu) ‒ eis que de uma forma incompreensível (já que seriam jovens europeus) e com a colaboração passiva das autoridades locais (pensando apenas na lotação das suas unidades hoteleiras) a Invasão veio do norte e logo das Ilhas Britânicas.

 

(imagens: Petticoats & Pistols e portugalinvasion.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:13
Sábado, 17 DE Junho DE 2017

Calor e Sismos

Temperatura em Albufeira

(às 22:40 e sem ponta de vento):

25⁰C

 

Se em Portugal os incêndios e os raios ultravioleta são já uma preocupação para nós, o relativo aumento de atividade sísmica na região de Yellowstone (debaixo da qual se localiza a Caldeira de um Super Vulcão) poderá sê-lo também mas para os norte-americanos ‒ nós com um facto presente, eles com uma forte probabilidade futura.

 

201706172100_msg3_msg_ir_piber.jpeg

Portugal às 21:00 de 17 de Junho

 

Hoje sábado (dia 17 de Junho) o Verão abateu-se novamente sobre a cidade de Albufeira: com a temperatura máxima do ar a atingir os 38⁰C (temperatura da água do mar 21⁰C), com o céu limpo (tempo praticamente sem vento) e com os níveis de raios ultravioleta a atingirem nível UV10 (considerado muito elevado, mantendo-se amanhã e com certas regiões do país ‒ como Portalegre ‒a atingirem UV11/Extremo). Prevendo-se no entanto a partir de amanhã uma ligeira descida das temperaturas com a máxima a andar pelos 31⁰C/35⁰C e as mínimas pelos 18⁰C/23⁰C. Mas com o tempo de Verão a manter-se, com o céu praticamente limpo e tendo atenção aos UV (raios ultravioleta): com UV10 devendo-se ir vestido para a praia e com UV11 sendo o melhor manter-se por casa.

 

west-yellowstone.jpg

Parque Nacional de Yellowstone

 

E do outro lado do Atlântico localizado no estado do Wyoming mais precisamente no Parque Nacional de Yellowstone, com um sismo de M4.3 a sacudir a região (44.77N e 11.05W) no início do passado dia 16 (00:48:47) a uma profundidade de (apenas) 9Km (o seu epicentro). Numa semana iniciada em 12 de Junho (segunda-feira) e na qual se verificaram até ao dia de hoje (sábado, 17) e considerando magnitudes iguais ou superiores a três a 5 sismos: M3.1 (p=11Km), M3.2 (p=10Km) há 5 dias atrás, M4.4 (p=9Km) há dois dias atrás, M3.1 (p=9Km) e M3.0 (P=8Km) há menos de um dia. Sismos que sendo comuns de ocorrerem todos os dias num clima de completa normalidade nesta região central dos EUA, não o são ao ocorrem mais frequentemente com estes níveis de intensidade (e com mais de dezena e meia de sismos com M2.57M2.9).

 

(imagens: IPMA e WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:40
Sábado, 10 DE Junho DE 2017

Albufeira 10

No aproveitar é que está o ganho

(e enquanto se puder por aqui)

 

201706101200_msg3_msg_ir_piber.jpeg

Península Ibérica - 10 Junho/12h UTC

(imagem de satélite/infravermelho/EUMETSAT/IPMA)

 

Céu limpo, humidade de 40%, visibilidade de 16Km e temperatura de 28⁰C é a descrição do estado tempo por volta do meio-dia de sábado (10 de Junho) na cidade de Albufeira (via sapo.pt): com a previsão a apontar para o dia de hoje temperaturas do ar entre 17⁰C (mínima) e 31⁰C (máxima). E para quem for para a praia com a temperatura da água do mar a andar pelos 20⁰C, sentindo-se uma pequena brisa de norte e pequena ondulação marítima (até aqui excelente) e no entanto com os raios ultravioleta a atingirem o nível UV10 (muito elevado e no fundo aconselhando-nos a irmos vestidos para a praia).

 

knysna-fire-south-africa.jpg

Enquanto aqui nos aproximamos do Verão no Hemisfério Sul é o Inverno que aí vem: como o demonstra o registo oriundo da África do Sul onde após a passagem de uma poderosa tempestade atmosférica acompanhada de ventos fortes, deflagraram vários incêndios (na região da Cidade do Cabo perto da cidade de Knysna) daí resultando destruição de infraestruturas, 10000 evacuados e pelo menos 3 vítimas mortais

 

Num dia (10 de Junho) em que foi registado por volta das 03:32 da madrugada um pequeno sismo a SE de Albufeira, verificado a 30Km de profundidade e de M2.0 (provavelmente nem sequer sentido). E num período de tempo iniciado na passada terça-feira (6 de Junho) em que o protagonista sismologicamente falando se situa bem mais a norte na região de Amarante (sobretudo NE) ‒ com 12 sismos de pequena intensidade registados nos dias:

 

Dia

 

Nº sismos

Magnitude

6

8

3.6/1.3/1.7/1.5/1.1/1.0/0.9/1.5

7

 

3

1.6/1.1/1.4

8

 

0

-

9

 

1

0.6

 

DBuXs0sXsAAxEKc.jpg  DBuXs0sXcAAMrRY.jpg

Our thoughts to Residents evacuated and Fire Crews battling Knynsa Fires

(legenda/imagem: @VulcanWildfire)

 

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas (com o nosso poeta Manuel Alegre a receber este ano o prémio Camões), feriado nacional e dia primeiro (o segundo será domingo), onde passada a noite em festas populares com bailes, muita comida e bebida, o caminho aponta sempre para a água e para o usufruto das benfeitorias da terra e do ar: nem que seja bem sentado frente ao mar (à frente do INATEL), olhando-o a brincar e a ondular e com a baía à direita refletindo a luz solar a convidar, a mais um parafuso, penalty ou outro cálice qualquer (na altura sagrado), talvez mesmo de medronho ou então de amêndoa amarga mas sempre com uns cubos de gelo e algo mais para animar (mas que faça companhia).

 

(outras imagem: Jaco van der Walt e watchers.news)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:50
Quarta-feira, 10 DE Maio DE 2017

O Estado do Tempo em Albufeira

Albufeira

T =20⁰C

H = 75%

Céu Limpo/Poucas Nuvens

 

Quarta-feira a meteorologia em Albufeira registou até por volta das 17h00 tempo por vezes encoberto e com alguns períodos de pouca precipitação. Com as temperaturas a variarem entre uma mínima de 15⁰C e uma máxima de 21⁰C, com o Sol por vezes a aparecer um pouco timidamente e com o vento a soprar de SW (com rajadas entre os 15/26Km/h). E ainda com o mar a poder apresentar ondas entre 1.2m/1.5m e com os índices de raios ultravioleta a aconselharem a cuidados redobrados (UV8).

 

IMG_2992 b.jpg

Rua Henrique Calado

 

Prevendo-se para os próximos dias (quinta e sexta-feira) a continuação do mesmo nível de precipitação, que diminuirá a partir de sábado e eventualmente terminará no decorrer do próximo fim-de-semana ‒ seguindo-se uma semana sem chuva e com as temperaturas a variarem entre os 15⁰C e os 28⁰C (como se vê com as máximas a subirem). E melhorando o estado do tempo e do mar (além dos índices ultravioletas) podendo ser expetável que já na próxima semana se possa regressar à praia.

 

 

IMG_2994b C.jpgIMG_2995 b.jpg

Rua da Bateria e Igreja Nova

 

A meio da semana com o céu de Albufeira a convidar-nos ao retiro e à melancolia, fazendo-nos recordar aqueles momentos de indefinição (e alguma tristeza), em que não temos mesmo a certeza do que havemos de fazer: como se a meteorologia condicionasse o nosso estado físico e mental (como o faz) e nos levasse por caminhos mais solitários mas também silenciosos e tranquilos (de aprofundamento e reflexão na escuridão), onde a dureza do Sol jamais conseguiria entrar fragmentando-nos e decompondo-nos como se fossemos de plástico.

 

(imagens: Produções Anormais)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:36
Segunda-feira, 10 DE Abril DE 2017

Abril, Águas Mil

Enquanto lá por fora os meteorologistas europeus nos previnem da chegada de uma nova frente fria que poderá pôr parte da Europa a tremer (Central/Leste), por cá as previsões do IPMA para a cidade de Albufeira (numa previsão de 10 a 19 de Abril) apontam para pouca ou nenhuma precipitação e temperaturas entre os 12⁰C/14⁰C de mínima e os 25⁰C/28⁰C de máxima (com a presença de ventos c/velocidades máxima de 20Km/h) ‒ no fundo um tempo bem aceitável/agradável confirmando-se as previsões.

 

FrightenedVelvetyFeline 1.jpg

1

10 Abril 2017

 

Entrados no mês de Abril (o tal das águas Mil) já com um tempo convidativo para a praia (pelo menos em Albufeira já se vendo os turistas nos seus caminhos habituais até ao areal, antecedendo as tão desejadas águas tranquilas e amenas do mar), com os raios do Sol a começarem a aquecer-nos o corpo e com os mesmos a sugerirem-nos (de uma forma inconsciente e contra reprodutiva) a uma prolongada estadia pelo areal das praias do nosso litoral (por sinal num momento de maior atividade solar e com os raios ultravioletas a manifestarem mais intensamente a sua presença ‒ UV6 e UV7 numa escala até 10),

 

FrightenedVelvetyFeline 2.jpg

2

14 Abril 2017

 

Ainda-por-cima com todas estas circunstâncias associadas à quadra festiva da Páscoa a convidarem-nos ao usufruto destas delícias a todos nós propostas pela Natureza (as quais devíamos aproveitar respeitando os limites de segurança, já que tudo o que é feito em excesso é prejudicial) é natural que induzidos por todos estes parâmetros positivos (atmosféricos e não só) e entusiasmados com as boas condições climatéricas que o nosso ecossistema (ou microssistema local) nos proporciona, interiorizem que o bom tempo já começou e que o Verão já aí está.

 

FrightenedVelvetyFeline 3.jpg

3

18 Abril 2017

 

E não é que agora e para nos contrariar e estragar a época festiva que parecia estar já aí a rebentar, eis que os meteorologistas nos vêm alertar que segundo os seus modelos de previsão meteorológico (que em geral costumam estar corretos) a Europa irá começar a sofrer nos próximos dez dias de uma acentuada queda nas temperaturas, o que se por um lado significará o regresso do frio e de piores condições climatéricas, para as regiões mais afetadas poderá significar também danos irreversíveis para a agricultura ‒ e segundo os mesmos podendo arrastar estas condições meteorológicas bem para além do mês de Maio.

 

FrightenedVelvetyFeline 4.jpg

4

22 Abril 2017

 

Com as regiões da Europa Central/Leste a serem previsivelmente as mais atingidas, mas com a mudança repentina do tempo a afetar outras zonas (mais limítrofes mas também atingidas pela sua passagem) como o da Península Ibérica (incluindo pois Portugal). E se hoje (dia 10/quadro 1) a temperatura ao longo da Europa se mantem ainda num nível aceitável (apesar de algum frio que ainda incomoda), já lá para o dia 14 (quinta-feira/quadro 2) e com toda a Europa Central/Leste sob a ação do mau tempo (acompanhada de temperaturas abaixo de zero), tudo piorará para toda esta área do continente europeu ‒ evoluindo no mesmo sentido para dias posteriores (dia 18/quadro 3).

 

FrightenedVelvetyFeline 5.jpg

5

25 Abril 2017

 

Com a Península Ibérica segundo as previsões a apanhar com estas condições meteorológicas talvez uns dias mais tarde (de início limitando-se às possíveis influências vindas da periferia ocidental da tempestade), ao ser apanhada por uma nova frente fria por cá fazendo-se sentir mais intensamente depois de passada a quadra religiosa (dia 22/quadro 4) ‒ por essa altura (fim-de-semana seguinte ao da Páscoa) com Portugal de norte a sul podendo estar a tremer com temperaturas baixas ou até negativas. Mas no que nos toca, meteorologicamente falando e relativamente a Portugal, com o tempo a poder melhor na semana seguinte (dia 25/quadro 5 ‒ restando-nos pois esperar para ver o que acontece depois (se o mau tempo passa ou se assim continua durante todo o mês de Maio).

 

(imagens: gfycat.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:48
Segunda-feira, 20 DE Março DE 2017

A Estação da Primavera

20 Março – 20 Junho

 

(e recordando que no próximo domingo dia 26 de Março quando forem 2h da manhã deverão atrasar o relógio 1hora e dormir um pouco mais – num período em que “a duração do dia face à noite” aumentará até ao Solstício de Verão)

 

O IPMA prevê para Albufeira que a partir de amanhã (e até ao próximo dia 29) regresse a chuva (fraca) e se dê uma ligeira queda nas temperaturas (mínima entre 4⁰C e 10⁰C; máxima entre 14⁰C e 20⁰C). Hoje com o céu a apresentar-se limpo e com a temperatura às 9h 30mn da manhã a indicarem 15⁰C.

 

201703200900_msg3_msg_ir_piber.jpeg

Céu limpo em Portugal pelas 09:00 da manhã

Imagem de satélite (infravermelho)

EUMETSAT/IPMA

 

Hoje pelas 10h 30mn da manhã ocorre o Equinócio da Primavera no Hemisfério Norte (Portugal encontra-se localizado entre os 37⁰/42⁰ de latitude norte), num dia que marca o início de uma nova estação do ano: a Primavera.

 

Um país localizado na região mais ocidental do continente europeu (a Península Ibérica), estendendo-se por um território muito aproximado a um retângulo tendo de comprimento cerca de 560Km (norte/sul) e de largura quase 220Km (este/oeste).

 

Uma estação que se inicia hoje dia 20 de Março e que se estenderá até ao dia 21 de Junho, data em que ocorrerá então no mesmo hemisfério o Solstício de Verão e se dará início a uma nova estação (o Verão 92.79 dias depois pelas 5h 24mn da manhã – dados do Observatório astronómico de Lisboa).

 

Com o IPMA (Instituto Português do Mar e da Atmosfera) a aproveitar a deixa lançada pelo OAL (Observatório Astronómico de Lisboa) e a prever para estes primeiros dias de Primavera o regresso da chuva e a descida nas temperaturas. Sentindo-se mais a norte mas posteriormente estendendo-se a todo o país e com a possibilidade de neve acima dos 1600m (podendo afetar a Serra da Estrela nos seus quase 2000m de altitude mas não se sentindo na Serra de Monchique com os seus 900m).

 

Ao mesmo tempo com o IPMA a avisar-nos de que os níveis de pólen no ar atingirão neste período inicial da Primavera valores muito elevados (especialmente até ao início do próximo fim-de-semana), num processo natural nesta época do ano afetando pessoas com problemas respiratórios (como a asma) e provocando alergias.

 

Não especificando especificamente para a região do Algarve mas destacando as espécies responsáveis pelo aparecimento da maioria das alergias, com o IPMA a destacar num total cinco: por ordem alfabética o carvalho, o cipreste, o pinheiro, o plátano e as ervas (urtiga e parietária).

 

(imagem: ipma.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 09:57
Domingo, 26 DE Fevereiro DE 2017

Na Quinta-Feira em Albufeira os Carros estavam todos Castanhos

Explicando o motivo pelo qual quinta-feira de manhã pelas 08:00 horas locais e ao sair de casa encontramos todos os carros cobertos por uma fina camada de poeira (castanha) meio-colada ao mesmo (pela percentagem de humidade ainda presente no ar), ficamos agora a saber que tal acontecimento registado um pouco por todo o sul de Portugal (especialmente no Algarve e neste caso em Albufeira) se deveu ao deslocamento de um significativo conjunto de nuvens constituídas por gases e muita poeira, deslocando-se do norte de África para o sudoeste da Europa – e afetando quase toda a área integrando a Península Ibérica (exceto o litoral a norte).

 

ThoughtfulVigilantGrouse.jpg

Nuvens de Poeira

(por volta das 3 da manhã de quinta-feira)

Viajando do Sahara, atravessando o Mediterrâneo e atingindo o sul da Europa

(22 a 25 de fevereiro de 2017)

 

Na prossecução da sua deslocação iniciada no norte de África (por volta de terça-feira, 21) e tendo como uma das suas origens o Reino de Marrocos, a espessa camada de nuvens carregada de poeiras atingiu fortemente Portugal (e Espanha), dirigindo-se de seguida para leste e atingindo países do sul do continente desde a França até à Turquia. Um fenómeno atmosférico que para muitos nada mais significará do que um monte de sujidade depositado numa determinada superfície, mas que na realidade poderá representar (caso um dia tal aconteça com mais intensidade e frequência) um problema ambiental a encarar e a prevenir: com estas poeiras na sua constituição a serem dos principais componentes dos aerossóis presentes na atmosfera terrestre (poluindo e contribuindo para o aquecimento global.

 

(alguns dados e imagem: TW/watchers.news)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:07
Quinta-feira, 23 DE Fevereiro DE 2017

Albufeira-Hoje: Chuvinha, Poeiras e Céu Encoberto

Albufeira regista hoje pelas 11:00 locais uma temperatura de 17⁰C com o céu apresentando-se encoberto e tendo-se registado alguma (pouca) precipitação: à saída de casa por volta das oito horas da manhã com os carros a apresentarem-se cobertos por uma fina camada de poeira, transportada pelos pingos de chuva e colando-se neles como uma fina película. E dando ao cenário (mais visível nas poeiras acumuladas nos carros e nos vidros) uma tonalidade diferente e ligeiramente acastanhada – com as poeiras a terem sido arrastadas para aqui pelos ventos oriundos do norte de África.

 

201702230400_msg3_msg_ir_piber.jpeg

Com a fina camada de poeira a chegar de madrugada

(Imagem – Infravermelho)

23-02-2017

04:00UTC

 

Hoje quinta-feira dia 23 de Fevereiro de 2017 com todo o norte da Europa, Espanha e norte de África a sofrerem com as condições meteorológicas apresentando céu encoberto e elevada precipitação, afetando particularmente o norte de África (precipitação acompanhada de trovoadas) e especialmente o Reino Unido com a passagem da tempestade Doris: com ventos na ordem dos 150Km/h, elevada precipitação provocando inundações e até especialmente a norte com temperaturas negativas e queda de neve. Umas condições meteorológicas que apenas deixam em paz e com algum Sol à mistura (mais vezes nuns sítios, do que noutros) Portugal e o sul da Europa oriental (desde a Itália à Turquia).

 

201702231100_msg3_msg_ir_piber.jpeg

Mantendo-se o céu encoberto mas com poucas ameaças de chuva

(Imagem satélite – Infravermelho)

23-02-2017

11:00 UTC

 

Com a previsão a apontar hoje para Albufeira temperaturas do ar entre 11⁰C e 20⁰C, céu encoberto e baixa precipitação. Nos próximos 9 dias com as temperaturas a andarem entre os 9/11⁰C (de mínima) e os 17/21⁰C (de máxima), com vento soprando maioritariamente de norte e apenas com alguns vestígios de precipitação. Pelo que nos próximos dias com a evolução das temperaturas a manterem-se e com o céu entre o meio-encoberto e o aberto, se deverão manter as condições climatéricas nos últimos dias verificados. E relativamente ao índice de raios ultravioletas com a sua intensidade a variar entre 3 e 5 – com a intensidade 4 a registar-se amanhã em todo o país e a atingir 5 no sábado principalmente no interior centro e sul de Portugal (mas com o Algarve a manter-se pelos 4); com 3, 4 e 5 sendo valores moderados mas não dispensando o uso de óculos (de sol) e de protetor solar (numa escala em que 11 é o valor extremo).

 

(dados e imagem: ipma.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:55

pesquisar

 

Agosto 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
17
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

blogs SAPO


Universidade de Aveiro