mais sobre mim

Segunda-feira, 16 DE Outubro DE 2017

E se os Democratas voltassem a ser Democratas?

Não seria a melhor Solução?

 

A verdadeira realidade é que no dia 8 de Novembro de 2016 o Sistema entregou a cautela premiada ao Patrão (o MILIONÁRIO), naquele momento pondo em causa a necessidade da existência do Administrador (o POLÍTICO). Pelo que pensei que ainda pudesse (o Milionário) ser assassinado (pelo Político). Já Kennedy tentou assumir o poder e foi morto pelo Complexo.

 

O Coveiro dos Democratas

 

453CB1A500000578-4970742-image-m-30_1507745872709.

Democrats Are Becoming All They Claim to Hate

The Democratic Party's strategic incoherence is a risky gamble

(Noah Rothman / Apr. 4, 2017 / commentarymagazine.com)

 

À medida que se aproximava o fim do 2º mandato do 34º Presidente dos EUA o Democrata BARACK OBAMA (em 20 de Janeiro de 2017) ‒ tendo sempre como seu Vice-Presidente ao longo desses 8 anos o seu colega de partido JOE BIDEN ‒ certamente que o eleitor norte-americano especialmente com mais afinidades aos Democratas e ainda a sectores Independentes, acreditou até ao último instante (momento em que foram oficializadas todas as candidaturas) que o seu representante às próximas eleições Presidenciais seria provavelmente alguém apontado pelo Presidente ainda ocupando a Casa Branca: através de práticas anteriores (de muitos Presidentes e de ambos os lados do espectro político sugerindo o seu Vice para seu sucessor) e até pela aparente concordância em muitos pontos de vista (o que declaradamente não aconteceu com Hillary Clinton, como Secretaria de Estado abandonando o Presidente ‒ com discordâncias ‒ ao fim do seu 1º mandato e posteriormente autoapresentando-se como a melhor candidata para suceder a Obama: e assim retirando-lhe a prorrogativa de nomear o seu sucessor) sendo verdadeiramente surpreendente (senão hipócrita por interessada) a não opção por JOE BIDEN ou por outro candidato Democrata que não a já desgastada (pelo marido/tentativa de Impeachment e por práticas próprias anteriores e negativas/como em Bengasi) HILLARY CLINTON. Demitindo-se mais uma vez das suas capacidades e responsabilidades de como ainda Presidente (consciente e pensando no Futuro do seu Povo) poder influenciar positivamente a campanha e o bom rumo da mesma ‒ e dada a sua grande popularidade traindo ainda mais as expetativas dos seus apoiantes, não podendo votar de novo nele, podendo votar em alguém da sua confiança, mas desde que indicado ‒ nunca mencionando Joe Biden (ou outro qualquer Democrata), mantendo-se em prolongando silêncio (deixando à vontade Hillary Clinton e como que ignorando Bernie Sanders) para no momento oportuno talvez proporcionando uma troca (e a pedido da senhora) apontar HILARY CLINTON como sua sucessora.

 

Obama e o seu Legado

 

trump-obama.jpg

Brick by brick, the demolition job has begun: since taking office less than a year ago, Donald Trump has launched an all-out assault on the legacy of Barack Obama.

(Channels Television / October 15, 2017 / AFP)

 

E com toda a trapalhada política envolvendo a sua inevitável Nomeação ‒ num Sistema de votação bem pior do que o aplicado pelos Republicanos, na sua essência tentando manter os do Costume evitando Intrusões (ou seja Democracia a mais abrindo a porta à expressão/votação dos Independentes) ‒ com o Partido Democrata atropelando as Primárias (pouco se falando de outros possíveis candidatos), desrespeitando os eleitores (a sua opinião expressa pelo voto face à presença conjunta dos Super Poderosos Delegados não eleitos mas escolhidos) e desprezando o outro candidato (não lhe dando a mesma cobertura mediática para não falar financeira com apoios privados de cerca de 1 bilião de dólares para o seu/do Partido candidato) para no fim de todo este enredo talvez nunca antes Imaginado (quem pensaria num duelo HILLARY/TRUMP com o milionário a ganhar) apanhar uma Estrondosa Derrota apesar da maioria de votos: no dia 8 de Novembro de 2016 (data da Eleição Presidencial) e apesar da maioria dos norte-americanos terem votado contra a política Republicana (sem alternativa aos Democratas senão opor-se às suas decisões) ‒ 48% para os Democratas e 46% para os Republicanos numa diferença de quase 3 milhões de votos ‒ ser inesperadamente derrotada no número de delegados eleitos para o Colégio Eleitoral (já o mesmo tendo sucedido em 2000 na derrota de AL GORE) elegendo 227 contra os 394 de DONALD TRUMP (a 20 de Janeiro de 2017 sendo empossado como o 35º Presidente dos EUA, já lá indo quase 9 meses e com a criança prestes a nascer ‒ e com o seu destino a poder ser a Coreia/do Norte e a futura Geração Nuclear/numa extensão Global).

 

E finalmente A Bomba como alternativa ao Tweet

 

01chappatte-master768.jpg

Trump’s Weapons of Mass Destruction

A President Trump considers the options for attacking his foes.

(Patrick Chappatte / JULY 1, 2016 / nytimes.com)

 

Neste contexto Global (incluindo toda a Terra) e tendo como referência o país que se autointitula como o Império Terrestre mais poderoso do Mundo (tanto a nível Militar, como Cientifico-Tecnológico e Económico-Financeiro) ‒ sendo esse facto bem explícito no poderio da moeda/Dólar e do sector industrial/Militar ‒ mesmo não sendo bem assim dada a omnipresença (atual e crescente) dos chineses, não se compreendendo como uma sociedade tão ativa e resiliente como a norte-americana (até pela necessidade de sobreviver à violência crescente do seu quotidiano ‒ agora dupla ‒ no passado maioritariamente externa agora igualmente interna) se deixou arrastar para o interior da luta (não sua) POLÍTICOS/MILIONÁRIOS (tendo-se Trump declarado ainda em campanha como o candidato Antissistema ‒ só se percebendo agora/para alguns o que ele queria dizer e claramente pondo em causa toda a Estrutura) ‒ “Cada um Deles querendo dispensar o Outro” ‒ assumindo para si os Derrotados e com isso abrindo a porta para estes e para a Obliterando dos Vencedores (pondo-se ao lado dos patrões/milionários ou de quem os lhes paga/políticos). Com a sociedade norte-americana a encontrar-se de momento completamente dividida (tendo de um lado os Vencedores e do outro os Derrotados), à falta de outros instrumentos (de expressão) servindo-se cada vez mais de atos de extrema violência (maioritariamente contra os vencedores e continuadamente promovidos pelos órgãos de informação aderentes) ‒ é só ver os atentados e a quem teriam sido dirigidos ‒ e com os culpados a não serem só os Republicanos (e claro o ET Donald Trump) mas sobretudo (até pelo seu dito respeito pela Paz, Diálogo e Tolerância) os DEMOCRATAS: não retirando as conclusões devidas ao Evento ocorrido há já quase 1 ano (11 meses), não refletindo o inevitável fim de linha para os até responsáveis pela estratégia Democrata (com derrotas em todas as frentes, Presidência, Senado e Câmara) e finalmente não querendo interiorizar o fim do reinado CLINTON e a necessidade de (para além de se libertar dessa Família e de alguns dos seus sinistros Padrinhos) criar um novo rumo, suportado por um novo desígnio e talvez por um novo clã. Relembrando Que A Verdade Anda Por Aí e que de momento (que se saiba) os Republicanos controlam tudo ‒ e dessa forma estando criadas todas as condições (necessárias e suficientes) para a qualquer momento e certamente antes do fim do mandato (do 1º podendo suceder-se o 2º) ‒ ainda-por-cima agora com o Presidente e os Militares estão tão próximos ‒ se iniciar uma Nova Guerra (tal como o sucedido com Presidentes anteriores dando a supremacia interna ao Poder Militar).

 

Bastando dar-lhe a pasta e entregar-lhe o botão (Nuclear) para então e finalmente se dar a Implosão (deste já tão velho hotel).

 

(imagens: dailymail.co.uk - channelstv.com - Patrick Chappatte/nytimes.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:40
Terça-feira, 26 DE Abril DE 2016

USA: Burro ou Elefante?

“Já que não são Autorizados outros Animais na maior Democracia do Mundo!”

 

5716a9322200002900253eff.jpg

Os cinco sobreviventes do BIG BROTHER norte-americano

(BS – DT – JK – HC – TC)

 

Disputam-se hoje nos Estados Unidos da América mais cinco primárias referentes às eleições presidenciais a realizar a 6 de Novembro de 2016. No que diz respeito aos dois principais partidos (existem outros), se num dos casos o resultado parece desde há muito decidido (Democratas), no outro caso tudo parece encaminhar-se para a vitória do candidato mais imprevisto (Republicanos). Neste momento a situação dos candidatos à nomeação DEM e REP é a seguinte (em número de delegados conquistados) – antes da realização da penúltima SUPER TERÇA-FEIRA:

 

Candidato DEM Número de delegados
Delegados atribuídos 3132
Hillary Clinton 1941
Bernie Sanders 1191
(Desistentes) (0)
Maioria 2383
Delegados p/atribuir 1632
Candidato REP Número de delegados
Delegados atribuídos 1739
Donald Trump 845
Ted Cruz 559
John Kasich 148
(Desistentes) (187)
Maioria 1237
Delegados p/atribuir 733

 

SUPER TERÇA-FEIRA 26

 

Nestas primárias a serem disputadas nos estados de Maryland, Connecticut, Delaware, Pennsylvania e Rhode Island, os DEM terão mais 462 em disputa e os REP 172. Segundo as últimas sondagens com a candidata Hillary Clinton a poder bater Bernie Sanders em todos os 5 estados (aproximando-se vertiginosamente do número mágico 2383) e com o candidato Donald Trump igualmente à frente de todas as últimas sondagens (e sabendo-se que o vencedor nalguns desses estados poderá levar quase todos os delegados) a poder ultrapassar provisoriamente a fasquia dos 50%+1 de delegados.

 

(imagem: huffingtonpost.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:53
Segunda-feira, 04 DE Abril DE 2016

O Futuro Presidente dos EUA

Próximas Primárias:

Dia 5 de Abril – WISCONSIN – DEM e REP

 

Com as primárias norte-americanas a continuarem amanhã no estado do WISCONSIN, Democratas e Republicanos iniciam a sua caminhada final em direção às respetivas Convenções. Com Hillary Clinton do lado dos DEM e Ted Cruz do lado dos REP a serem os favoritos à vitória neste estado: pelo menos é isso que indicam as últimas sondagens realizadas, com HC e BS do lado dos DEM a obterem 51%/43% (respetivamente) e TC, DT e JK do lado dos REP a obterem 40%/35%/21% (respetivamente).

 

demgraph b.png

Situação em 04.04.2016/sujeita a acertos)

 

Face a estes resultados intercalares de 5 de Abril (já esperados), o que se prevê é que HC reforce um pouco mais a sua liderança sobre BS e que do outro lado TC aproveitando a sua vantagem neste estado (o candidato mais votado ganha todos os delegados) encurte distâncias para DT. Tendo ambos pelo caminho até à próxima SUPER TERÇA-FEIRA (dia 26) por parte dos DEM o pequeno estado (em número de delegados) do WYOMING (dia 9) e finalmente (dia 19) o apetitoso estado de Nova Iorque.

 

repgraph b.png

(Situação em 04.04.2016/sujeita a acertos)

 

Um estado onde os Democratas terão 291 delegados em disputa (247 D + 44 SD) enquanto os Republicanos 95. No caso dos DEM com HC ainda em vantagem sobre BS (53%/43%) e no caso dos REP com DT com uma vantagem esmagadora sobre os outros dois candidatos TC e JK (52%/21%/20%). Num estado REP onde o vencedor leva a grande maioria de delegados. O que significará que na próxima SUPER TERÇA-FEIRA dia 26 HC poderá dar o seu salto definitivo para ser nomeada, enquanto DT (talvez já com mais delegados que todos os outros) poderá colocar a sua Convenção finalmente a arder.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:53
Sexta-feira, 25 DE Março DE 2016

The Show Must Go On

Enquanto Cidadãos de todo o Mundo vão morrendo às mãos do Terrorismo Global, o espetáculo Excecional dos milhões e milhões de dólares da maior potência da Terra, continua ininterruptamente em exibição na campanha presidencial norte-americana. E as eleições são só em Novembro.

 

600xNxUS,P20Map.gif.pagespeed.ic.pP6CILICWI.png

Lotaria Solar Norte-Americana

 

Enquanto HILLARY CLINTON se passeia tranquilamente (graças aos seus miraculosos SUPERDELEGADOS incluindo entre eles o seu marido) na sua corrida à nomeação DEMOCRATA como candidata à Presidência dos EUA…

 

Candidato DEM Delegados % Super Delegados % Total Delegados %
Hillary Clinton 1223 57 467 95 1690 64
Bernie Sanders 920 43 26 5 946 36

(Total Delegados: 4764 – Maioria: 2383)

 

Do outro lado da barricada e apesar do fogo cerrado oriundo da elite Republicana DONALD TRUMP caminha perigosamente para a sua meta absoluta dos “50% + 1”:

 

Candidato REP Total Delegados %
Donald Trump 739 48
Ted Cruz 465 31
John Kasich 143 9
(Desistentes) (181) (12)

(Total Delegados: 2471 – Maioria: 1237)

 

O que poderá ocorrer já no próximo dia 19 de Abril, ocasião em que tenha ganho ou perdido todos os delegados do estado do WISCOSIN para TED CRUZ (estas primárias serão a 5 de Abril), com a sua previsível vitória esmagadora no estado de Nova Iorque, baterá no conjunto todos seus adversários por mais de 50% (mesmo os desistentes com todos os seus delegados eleitos).

 

Estados & Territórios (DEM) Data Delegados
Alaska 26-03 16 (20)
Hawaii 26.03 25 (35)
Washington 26.03 101 (118)
Estados & Territórios (REP) Data Delegados
Wiscosin 05.04 42
New York 19.04 95

 

Do lado dos DEMOCRATAS ainda com três primárias a decorrerem até ao fim deste mês (142 Delegados em disputa com o mais importante a ser disputado em WASHINGTON elegendo 101 – excluindo deste número os famosos SUPERDELEGADOS); do lado REPUBLICANO e encerrado já o seu calendário de Março com duas importantíssimas primárias no horizonte (42+95 Delegados) – ambas do tipo ganhas (mas com uma boa margem) e logo levas tudo.

 

Candidato/Coligação Antes de 05.04 % Depois de 19.04 %
Donald Trump 747 49 842 51
Frente Anti Donald Trump 781 51 823 49

 

E assim enquanto BERNIE SANDERS procura chegar à Convenção DEM com o maior número de Delegados possíveis (não incluindo os SUPER) de modo a pressionar, contestar e tentar alterar a postura da sua adversária (já que é matematicamente impossível vencê-la), do outro lado deste Circo Norte-Americano a FRENTE ANTI DONALD TRUMP vê agora a corda cada vez a apertar-se mais à volta do seu pescoço, com o inimigo a preparar-se para ultrapassar os 50% de Delegados (até agora eleitos) obrigando os REPUBLICANOS a se quiserem salvar-se, fabricar uma Convenção Paralela. Seria como vê-los (aos REP) a dar um tiro na cabeça.

 

(imagem: WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:28
Segunda-feira, 14 DE Março DE 2016

US SUPER 15

Amanhã decorre a 2ª SUPER TERÇA-FEIRA das primárias norte-americanas, com os DEMOCRATAS a terem quase 700 delegados em disputa e os REPUBLICANOS um pouco menos de 400. Nesse dia 15 de Março estará ultrapassada metade da campanha de atribuição de delegados tanto no campo DEM (52%) como no campo REP (58%).

 

694940094001_4799476648001_ccb11c5a-25c8-46c5-a0c7

Donald Trump

 

Segunda-feira 14 a distribuição de delegados é a seguinte:

 

DEM Delegados %
HC 1231 68
BS 576 32
REP Delegados %
DT 460 43
TC 370 35
MR 163 15
JK 63 6
(Desistentes) 15 1

 

Aí se começará a confirmar a vitória de Hillary Clinton na sua mais que previsível nomeação como candidata DEM (mas sempre com Bernie Sanders atrás de si, pelo menos para mostrar a sua força verdadeira não fossem os super delegados);

 

E se verificará se as últimas artimanhas Republicanas contra Donald Trump tiveram resultado ou se mais uma vez saíram furadas (caso não tenham sucesso tornando imparável a corrida de DT em direção à convenção REP – e depois se verá).

 

Então até quarta-feira dia 16 onde provavelmente as siglas maiores serão HC e DT.

 

(imagem: FOX)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:44
Quarta-feira, 09 DE Março DE 2016

Clinton/Trump

Tudo indica que na Convenção DEM Bernie Sanders irá marcar fortemente a sua presença (baseando-se na sua grande percentagem de Delegados Eleitos) de modo a impor algumas exigências a HC (para ter o seu apoio).

 

Na Convenção REP Donald Trump chegará lá como o grande vencedor, mas todos os outros tentarão até ao fim fazer-lhe a cama (substituindo-o por MR, TC ou outro qualquer) – com o perigo de com esse golpe (miserável) entregarem de novo a vitória aos DEM.

 

maxresdefault.jpg

Os candidatos com mais conteúdo
Bernie Sanders (DEM) e John Kasich (REP)

 

Agora que a campanha para a nomeação do candidato DEM e REP às presidenciais norte-americanas atinge 2/5 do seu percurso (até às suas respetivas Convenções), pode-se afirmar que de momento:

 

- HC continua o seu trajeto previsível para a sua nomeação como candidata DEM (ou não fosse a força avassaladora dos Super Delegados);

 

DEM E D SD DT %
HC 13 760 461 1221 68
BS 9 546 25 571 32
Total 22 1306 486 1792 100

(com 38% dos delegados eleitos – de 4764)

 

- DT (apesar da intensa e vergonhosa campanha lançada contra ele pela elite Republicana) persiste na liderança deixando a grande distância os seus três opositores (e logo com o delfim da elite MR bem fundo na tabela).

 

REP E DT %
DT 15 458 44
TC 7 359 35
MR 2 151 15
JK 0 54 5
Desistentes 0 15 1
Total 24 1037 100

(com 42% dos delegados eleitos – de 2472)

 

Com os Democratas e os Republicanos a ficarem agora a aguardar pela segunda SUPER TERÇA-FEIRA (dia 15), onde estarão em jogo 5 Estados/697 Delegados/DEM e 6 Estados/404 Delegados/REP. E antes dessa terça-feira com mais delegados em disputa: 1 Estado/6 Delegados/DEM (dia 12) e 3 Estados/37 Delegados/REP (dia 10 e 12).

 

No dia 16 de Março, mais de metade dos Delegados já terão sido atribuídos – e aí iniciar-se-á a parte final da corrida em direção às Convenções DEM/REP. Prevendo-se nessa altura o surgimento de novas batalhas!

 

(imagem – youtube.com/msnbc.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:19
Segunda-feira, 07 DE Março DE 2016

US 2016 Championship

Campeonato DEM:
HC – 1130 BS – 499
Campeonato REP:
DT – 384 Coligação Anti DT – 503
(Resultados ao fim da 1ªparte de 3)

 

clintonrubio.jpg

Marco Rubio vs. Hillary Clinton
Os Mais Desejados entre os REP e os DEM

 

De momento os candidatos Hillary Clinton (pelos Democratas) e Donald Trump (pelos Republicanos) lideram no número de delegados atribuídos para a nomeação nas suas respetivas Convenções:

 

- HC com 69% dos delegados DEM (1130) e DT com 43% dos delegados REP (384).

 

Convém no entanto recordar:

 

- Que a vantagem de HC sobre BS se deve à adição dos controversos e antidemocráticos SUPER DELEGADOS (458 num total de 1130);

 

- E que no caso dos REP a vantagem de DT pode ser apenas aparente, dado que enquanto DT se fica pelos 43% de delegados, a coligação anti TRUMP consegue alcançar os 57% (TC/34%+MR/17%+JK/4%+Desistentes/2%).

 

Partido Candidato D SD Total
DEM HC 672 458 1130
DEM BS 477 22 499
REP DT 384 - 384
REP TC 300 - 300
REP MR 151 - 151
REP JK 37 - 37

 

Pelo que no dia 7 de Março e tendo sido distribuídos cerca de 1/3 do total de delegados DEM e REP:

 

- Se por um lado HC caminha triunfante para a sua nomeação em Convenção (nem que BS ganhe a maioria das primárias, devido aos SUPERDELEGADOS, a sua derrota é inevitável);

 

- Já no caso de DT (e dado o puro ódio que a ultrapassada elite política republicana lhe tem) e mesmo que este mantenha a mesma intensidade de campanha (em comícios, sondagens e votos), o seu futuro é mais incerto senão mesmo impossível: é que se desenha cada vez mais uma aliança anti TRUMP (DT-43%/AntiDT-57%), com todos os outros três candidatos (já agora incluindo também os desistentes) a tentarem derrubar o milionário que se diz Republicano e que os outros aceitaram na altura, mas que agora dizem não ser.

 

No próximo dia 8 de Março prosseguirá este duelo entre os seis candidatos ainda sobreviventes (2 DEM e 4 REP), com os Democratas a lutarem agora nos estados do Michigan (130 delegados) e do Mississippi (36 delegados) e com os Republicanos a disputarem as suas primárias de Hawaii (19 delegados), Idaho (32 delegados), Michigan (59 delegados) e Mississipi (40 delegados).

 

(imagem: redmillennial.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:31
Quinta-feira, 03 DE Março DE 2016

Suicídio Coletivo no Reino REP

E então pegaram em todos os seus demónios, juntaram-nos e deram-lhe um nome: no ricochete as consequências foram terríveis. Certamente violentas e para quem menos as esperava.

 

Com cerca de 1/3 dos Delegados já eleitos para cada uma das Convenções, Hillary Clinton pelos Democratas (com 71% dos delegados) e Donald Trump pelos Republicanos (com 46% dos delegados) lideram para já as suas respetivas corridas à nomeação como Candidato Presidencial:

 

160222121636-presidential-candidates-0222-exlarge-160222121636-presidential-candidates-0222-exlarge-160222121636-presidential-candidates-0222-exlarge-160222121636-presidential-candidates-0222-exlarge-

Um deles será o 45º Presidente dos EUA
Hillary Clinton (DEM), Donald Trump (REP), Ted Cruz (REP), Marco Rubio (REP)
Com todo este elenco provavelmente mais uma grande desgraça para muitos povos do mundo (incluindo os próprios norte-americanos)

 

- De uma forma avassaladora por parte de HC graças ao importantíssimo contributo dos Super Delegados (de uma forma verdadeiramente esmagadora colocados ao seu lado) – o que desde já a projeta para a vitória final na Convenção DEM;

 

- E de uma forma apenas maioritária por parte de DT o que lhe poderá trazer ainda mais problemas na sua corrida à nomeação por via da formação do fortíssimo bloco anti-Trump – derrotando se necessário em plena Convenção REP.

 

Vejamos então os quadros atuais de distribuição de Delegados DEM e REP (antes das novas primárias de Sábado, 5 de Março):

 

Delegados DEM %
HC 1052 71
BS 427 29

(em 03.03.2016)

 

Delegados REP %
DT 319 46
TC 226 33
MR 110 16
JK 25 4
BC 8 1

 (em 03.03.2016)

 

Com todos os cenários do lado dos Democratas a apontarem para a coroação de Hillary Clinton como candidata DEM à Presidência dos EUA. Deixando para o candidato alternativo e radical Bernie Sanders a indicação suplementar e extremamente importante de como o partido Democrata é tão extenso, compreensivo e livre, no fundo e efetivamente aceitando todos os cidadãos e as suas ideias (desde que integrem os seus limites ideológicos e democráticos) nas suas fileiras.

 

Já do lado Republicano – e apesar de Donald Trump manter a maioria dos Delegados à Convenção REP (319/46%) e da esmagadora maioria das sondagens indicarem estar à frente em muitos estados – estando-se num cenário ainda bastante confuso, com tudo a ser atirado agora para dentro do jogo e colocado sem restrições em cima do novo tabuleiro (vitória, derrota ou desistência). E sem que nenhum dos outros candidatos queira desistir. Talvez para criarem uma frente anti-Trump, derrotando-o em Convenção e trocando-o por um deles.

 

Candidato Total
DT 319
TC+MR+JK+BC+Outros 376

(frente anti-Trump)

 

O problema Republicano torna-se no entanto ainda mais denso e de carater praticamente irresolúvel, quando todos os candidatos à nomeação em Convenção REP (mesmo os mais pequeninos como John Kasich e Ben Carson) parecem querer ir até ao fim da corrida sem nunca desistirem.

 

Péssima notícia para os outros dois candidatos (Ted Cruz e Marco Rubio) em melhor posição para ainda poderem pensar em derrubar Donald Trump: desde logo por não poderem contar com o apoio dos mesmos e dos respetivos apoiante (para as suas próprias campanhas) e ainda-por-cima obrigando-os a combaterem-se intensamente entre si, denegrindo as suas imagens e com isso só favorecendo (ainda mais) DT.

 

Num momento que apesar de tudo poderá ser histórico e de viragem na evolução das primárias REP (a coligação anti-Trump lidera com uma vantagem 376/319 sobre DT), se confiarmos na desistência (o mais rapidamente que for possível) dos dois candidatos sem hipótese (JK e BC) e contarmos com um dos outros (TC ou MR) a curto-prazo a desistir em favor do mais forte (que a elite Republicana diz ser Marco Rubio que bem distante de Donald Trump nem sequer é segundo).

 

Delegados DEM % REP %
Em disputa 4764 100 2472 100
Para ter maioria 2383 ˃ 50 1237 ˃ 50
Já atribuídos 1479 31 688 28
Por atribuir 3285 69 1784 72
Em disputa a 5 Março 109 2 155 6

(Situação atual das Primárias)

 

Com as próximas primárias a decorrerem no Sábado 5 de Março e a distribuírem mais 109 Delegados pelos Democratas e outros 155 pelos Republicanos. Ficando tudo a aguardar se no decorrer das próximas horas e na sequência da estratégia já iniciada por toda a elite política Republicana para liquidar DT, se alguém desiste mesmo abrindo as portas ao Salvador.

 

Mas creio que o candidato TC não aceitará ser apenas mais um Anjo-da-Guarda (do Salvador Marco Rubio).

 

(imagens: www.cnn.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:19
Terça-feira, 01 DE Março DE 2016

A Razão (da Elite) Republicana

Segundo todos os estudos realizados pelas empresas de sondagens norte-americanas às Presidenciais dos EUA, se DT for o candidato nomeado como o representante Republicano a essas eleições, os Democratas ganharão sempre – seja com HC seja com BS. E ainda por cima se HC for a escolhida pelos DEM – o mais certo de acontecer – TC ou MR ganhariam (pelos REP) indo um deles a Presidente.

 

Confronto REP % DEM % Vitória Partido
1 DT 44 HC 55 HC

DemocraticLogo.jpg

2 DT 43 BS 55 BS

DemocraticLogo.jpg

3 TC 49 HC 48 TC

índice.png

4 TC 40 BS 57 BS

DemocraticLogo.jpg

5 MR 50 HC 47 MR

índice.png

6 MR 45 BS 43 BS

DemocraticLogo.jpg

(Sondagem anterior aos resultados das primárias da Super Terça-Feira, 1 de Março)

 

Não se tendo preservado contra o perigo do aparecimento de falsos republicanos infiltrados (como é o caso de Donald Trump que apesar de ser milionário provavelmente destreza a política) a elite política do partido Republicano vê-se agora verdadeiramente num beco sem saída:

 

Ou decide apoiar Donald Trump na sua corrida para a nomeação em Convenção como candidato REP (já que a sua vitória parece cada vez mais um ato consumado) – com isso arriscando-se a perder as eleições presidenciais para os DEM (como o demonstram todas as sondagens);

 

Ou então faz-lhe a cama antes (ou na própria Convenção), excluindo-o e fabricando então um novo candidato (sendo o preferido Marco Rubio) – certamente atirando Donald Trump para uma campanha como candidato Independente e liquidando de vez as já diminutas esperanças Republicanas de terem um candidato seu como o próximo Presidente dos EUA.

 

Depois de um Negro/DEM uma Mulher/DEM como Presidente: insuportável para os REP e tudo por culpa de DT. Já agora e com tantas armas em circulação (uma exigência do partido Republicano para proteção e segurança dos seus cidadãos contra ameaças exteriores) porque não invocarem o direito de legítima defesa e como resposta darem-lhe um tiro? Nem que seja no sentido figurado mas desde que a mesma resulte! Só que não vejo bem como – e até agora só os mataram (ou tentaram e não no sentido figurado) quando já eram presidentes.

 

Assim e mais uma vez o Burro Democrata vai vencer o Elefante Republicano.

 

(imagens: WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:33
Sexta-feira, 26 DE Fevereiro DE 2016

Carolina do Sul (DEM) e depois Super Tuesday (DEM/REP)

SuperTuesday_logo.jpg

 

A quatro dias da SUPER TERÇA-FEIRA os candidatos Democratas e Republicanos preparam-se para a avalanche de primárias do próximo dia 1 de Março, com os DEM a elegerem 878 delegados (em 12 primárias) e os REP a elegerem outros 624 (em 13 primárias). A situação atual é a seguinte (recordando que ainda há a acrescentar os delegados Democratas eleitos nas primárias de amanhã na Carolina do Sul – 53) – e com HC a bater BS nas sondagens por 57% contra 33%:

 

Candidato Convenção Delegados
HC DEM 505
BS DEM 71
Candidato Convenção Delegados
DT REP 82
TC REP 17
MR REP 16
JK REP 6
BC REP 4

 

Como se pode verificar o avanço de Hillary Clinton no campo Democrata é já bastante apreciável (devido aos SUPER-DELEGADOS). E com a maioria de delegados para se conseguir a nomeação em Convenção a estar fixada em 2382, HC já percorreu 21% do seu percurso enquanto BS e de momento se fixa nuns preocupantes 3%.

 

Do lado Republicano e ainda com um número reduzido de delegados eleitos Donald Trump lidera de momento com uma grande vantagem (já percorreu 7% do seu percurso), enquanto Ted Cruz e Marco Rubio (já percorreram 1% do seu percurso) parecem lutar para ver qual deles será o verdadeiro e derradeiro adversário de DT.

 

27 Fevereiro – CAROLINA DO SUL (DEM)
1 Março – SUPER TERÇA-FEIRA (DEM/REP)

 

(imagem: bostonherald.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:45

pesquisar

 

Novembro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
16
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

comentários recentes

blogs SAPO


Universidade de Aveiro