mais sobre mim

subscrever feeds

Quinta-feira, 07 DE Dezembro DE 2017

De como uma Comemoração (Futebolística) se transforma num Escândalo (Real)

Outrage after footie star shoves privates into Norwegian FA Cup after stripping down during celebrations (Norwegian defender Aleksander Melgalvis, 28, helped Lillestrom lift the King's Cup, but then shocked the nation)

 

nintchdbpict0003711548171.jpg

 

Num dos muitos CM que proliferam em Inglaterra ‒ neste caso o THE SUN ‒ o jornal diário londrino conhecido pelas suas notícias sensacionalistas (o que não significa que não sejam verdadeiras, mas neste caso sendo interessadamente ampliadas, de forma a serem obviamente divulgadas) especialmente envolvendo acontecimentos de índole sexual (ou sugerindo algo relacionado com SEXO), vem agora publicar fotos consideradas ULTRAJOSAS (pelo menos no momento, não certamente para os seus autores) implicando um jogador de futebol norueguês (Aleksander Melgalvis) da equipa do LILLESTROM:

 

Após a final da Taça da Noruega (que o Lillestrom conquistou derrotando o Sarpsborg 08 por 3-2) e nas cerimónias que se lhe seguiram (na presença de toda a restante equipa), com o defesa norueguês a despir-se (em palco) colocando-se em cuecas, posteriormente retirando-as e completamente nu enfiando o seu PÉNIS na referida Taça.

   

image A.jpgimage B.jpg

 

Um acontecimento eventualmente tendo passado despercebido (logicamente para o exterior) no próprio dia (domingo, 3 de Dezembro) nas cerimónias de consagração da equipa pela vitória alcançada (na Taça da Noruega), mas que extravasando as paredes do recinto rapidamente se espalhou por todos os órgãos de informação noruegueses e internacionais: sabendo-se que a Taça da Noruega ou TAÇA do REI (sendo o país uma Monarquia Constitucional atualmente com o seu rei Haroldo V) seria um troféu de presença e homenagem à Monarquia da Noruega (contando com o apoio da Família Real), com o ato do futebolista a transformar-se num escândalo ao violar o Troféu ‒ REAL.

 

De imediato com o futebolista a começar a ser atacado e ameaçado e com a sua atitude a ser considerada como um insulto à Família Real e ao seu Rei HAROLDO: tendo de um lado alguém tentando acalmar os ânimos ‒ “Winning the cup is something big and of course it should be celebrated/But surely it is possible to do so without showing such little respect to the King's Cup and all it represents” (porta-voz federativo) ‒ e do outro lado o renitente (por não completamente arrependido) futebolista “I don't regret what I did/It was done on the spur of the moment/I've received a lot of positive feedback about it and it was fun” (Aleksander Melgalvis).

 

1181988.jpg

 

Em Portugal e face ao cenário (por alguém) montado para esta época (eventualmente com intenções/repercussões negativas para o seu adversário) ‒ com intervenções inqualificáveis de alguns dirigentes (acabando mesmo que indiretamente por incitar à violência) e um número crescente de agressões a árbitros (físicas e morais) ‒ sendo este caso (o norueguês) um fait-divers (não fosse envolver o tema sexo uma especialidade dos latinos) face às consequências (desportivas e financeiras) de tais atitudes:

 

Como já se vai já verificar desportivamente para o próximo ano com a diminuição de equipas na Liga dos Campeões (de 3 para 2) e como se repercutirá futuramente este clima (interior de guerra) na qualidade, credibilidade e viabilidade financeira deste desporto ‒ em que somos (curiosamente) por nações os atuais Campeões Europeus.

 

Em resumo e voltando ao que interessa com o jogador da bola Melgalvis (um norueguês) a extravasar inconvenientemente as suas emoções (ultrapassando os limites do decoro) e tal como um macho (simbolicamente) penetrando a fêmea (a Taça): só que a fêmea era o Rei e a Família Real. Em Portugal só com insultos, agressões (para já) e de preferência alguns tiros (se nada se fizer dentro em breve).

 

(texto/inglês:thesun.co.uk ‒ imagens: thesun.co.uk/PA e publico.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:17
Quinta-feira, 29 DE Junho DE 2017

O Estado do Futebol Português

(Desgraçadamente a Nível de Dirigentes)

Só faltando mesmo (mesmo) um caso de Bruxaria

 

Num período antecedendo o início do próximo Campeonato Nacional de Futebol da 1ª Divisão Época 2017/18, findo o qual apenas 2 equipas (apenas 1diretamente) terão acesso à Liga dos Campeões (anteriormente 3 com 2 diretamente). Percebem?

 

correio-da-manha-2017-06-29-6b86b2.jpg

1ª Página - CM - 29/06

(com o FCP numa estratégia suicidária)

 

Parecendo querer confirmar que o título de Campeão Europeu foi mesmo uma obra do acaso (quase como o sucedido com a Grécia em 2004), os dirigentes dos principais clubes portugueses que ainda protagonizam na nossa Seleção (como Benfica, Porto e Sporting), parecem querer rivalizar (ao extremo) no Reino da Estupidez (levando o negócio à ruína): eliminando o elenco do espetáculo (treinadores e jogadores), substituindo-os imediatamente em palco (por dirigentes) e levando juntamente com eles, todos os outros atrás de si e em direção ao abismo.

 

Ainda se lembram?

Portugal Campeão Europeu de Futebol 2016/20

Vitória na Final em Paris

França - 0 Portugal - 1

Golo de Éder

 

[Para já com a nossa Seleção a dar conta do recado, apesar da eliminação nas meias-finais da Taça das Confederações (nos penaltis): num trajeto com 4 jogos invictos, sendo destes 2 empates (2-2 e 0-0) e ainda 2 vitórias (1-0 e 4-0). Fazendo ainda um jogo para o 3º/4º lugar com o vencido da outra meia-final entre a Alemanha e o México (com Cristiano Ronaldo ausente por ter ido ver os seus gémeos).]

 

(imagem: CM)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:40
Sábado, 13 DE Maio DE 2017

TV Com Futebol, Fátima e pouco Fado

“Hoje o dia estava meio-mortiço como se todos se estivessem a preparar para umas longas horas frente à TV.”

 

guia-tv.jpg

TV

 

Regressando por momentos ao tempo do Antigo Regime (tomando como referência o 25 de Abril de 1974 para data do início do Novo Regime) mas teletransportados para o Presente para o ano 43 DA (Depois de Abril), vemo-nos mais uma vez confrontados (como nosso destino) com a base dos nossos desígnios (pelo menos assim parecendo, lembrando que as aparências iludem): com Fado (só para completar os 3 F), Futebol e Fátima.

 

E se no Portal do Fado apenas se referem 3 pequenos eventos (um em Aveiro, outro em Lisboa e um terceiro em Espanha/Gijón), já no que toca ao Futebol temos o jogo do título (para o Benfica, o maior clube de Portugal) e no caso de Fátima a presença do Papa (referindo-se aqui ao da Igreja de Roma): no dia 13 de Maio de 2017 com mais de 60.000 no interior do estádio da Luz e cerca de 1.000.000 no santuário de Fátima.

 

[Com o Fado marcado para as 19:30/21:30, com o Futebol já iniciado e com Fátima já sem a presença do Papa.]

 

(imagem: tudonumclick.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:18
Quarta-feira, 15 DE Fevereiro DE 2017

E agora Futebol

[SLB e FCP]

 

2441491_w1.jpg

O grego Mitroglou festejando o golo

(2ªparte – 48’)

Fazendo o 1-0

 

Com as duas únicas equipas portuguesas ainda em prova nas competições europeias de futebol – S. L. Benfica e F. C. Porto – iniciou-se ontem a 1ªeliminatória da Liga dos Campeões realizada (UEFA Champions League) após a fase de grupos: realizando-se as partidas PSG-Barcelona e SLB-Borussia Dortmund. E com o FCP a jogar no próximo dia 22 (4ªfeira) quando receber no estádio do Dragão os italianos da Juventus. No início da temporada e no que diz respeito às competições europeias, com 6 equipas portuguesas presentes (e com 4 entretanto eliminadas – SCP, Braga, Arouca e Rio Ave).

 

Aproveitando a ocasião para acrescentar que estes dois mesmos clubes se encontram igualmente apurados para a 1ªeliminatória após a fase de grupos, mas agora da Liga Europeia para os mais novos (UEFA Youth League): com o SLB a viajar até à Holanda para defrontar o PSV e com o FCP a receber no Dragão os romenos do Viitorul (numa eliminatória a uma só mão dando vantagem a quem joga em casa). Com o outro participante português também qualificado para esta competição europeia, a ter sido eliminado logo na fase de grupos – o SCP.

 

2441485_w1.jpg

A defesa do penalty pelo brasileiro Ederson

(2ªparte 58’)

Mantendo o 1-0

 

Concluídos os dois primeiros jogos dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões e mencionando desde logo a inesperada goleada do PSG ao Barcelona (4-0), destacando-se como não poderia deixar de ser a vitória mesmo que sofrida do SLB sobre a poderosa equipa do Borussia de Dortmund (1-0) – vice-campeã no país Campeão do Mundo. Com a 2ªmão a disputar-se daqui a três semanas (8 de Março) na Alemanha e com a eliminatória ainda em aberto – um golo do SLB obriga logo o Dortmund a marcar 3). E com o FCP a estrear-se já na próxima semana (terça-feira, 22) e a decidir tudo (assim se espera) a 14 de Março (na 2ªmão em Turin).

 

No final do dia 14 de Março esperando-se que as duas equipas portuguesas (SLB e FCP) ainda na Liga dos Campeões (e não consideradas as favoritas à passagem) ultrapassem os seus adversários (Dortmund e Juventus) e atinjam os quartos-de-final. O mesmo se desejando para os mais novos na Liga Europeia (para os mais jovens) – com os seus jogos marcados para 21 de Fevereiro. E desta forma justificando-se mais uma vez a afirmação de que não é por mero acaso que Portugal é atualmente o Campeão da Europa de Futebol, num título que ninguém jamais lhe tirará – pelo menos até ao dia da final do EURO 2020 a disputar no estádio de Wembley (Inglaterra).

 

(imagens: uefa.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:14
Domingo, 25 DE Dezembro DE 2016

Futebol 16/17-PT

Se tudo continuar na mesma S. L. Benfica e F. C. Porto irão disputar o título de Campeão Nacional de Futebol Profissional de 2016/17. E o Portimonense subirá à primeira (o que já deveria ter acontecido o ano passado mas com cenas estranhas a acontecer que até atiraram o Farense para a 3ª divisão).

 

eder-para-gq-portugal-setembro-2016.gif

O Pai Natal

A Preto-e-Branco

Do Extraordinário

Futebol Português

 

Decorridas mais de 44% das jornadas da Primeira Liga de Futebol Profissional de 2016/2017 o Tricampeão Nacional S. L. Benfica lidera a tabela classificativa ao fim da 14ª jornada com 4 pontos de avanço sobre o ex-Tricampeão Nacional F. C. Porto. Quanto ao outro aparente candidato ao título Campeão Nacional nos distantes anos de 1999/2000 e de 2001/2002 (entalando o Boavista Campeão Nacional em 2000/2001) – o Sporting C. P. – encontra-se de momento no 4º lugar da tabela classificativa a 8 pontos do líder, igualado no 4º lugar pelo V. Guimarães e ultrapassado pelo Braga agora em 3º lugar (e a 6 pontos do líder).

 

Com o S. L. Benfica e o F. C. Porto a apresentarem-se respetivamente como o melhor ataque (32) e a melhor defesa (7) da prova até ao momento, não deixando o 2º lugar por mãos alheias: sendo o S. L. Benfica a 2ª melhor defesa (8) e o F, C. Porto o 2º melhor ataque (28). No S. L. Benfica destacando-se um trio de jogadores como o responsável pela marcação de 16 dos seus golos (50%) e no F. C. Porto com o maior contributo a vir de dois dos seus jogadores (50%) – curiosamente na mesma percentagem e com os jogadores a serem na tabela de goleadores André Silva/FCP (10 golos), Pizzi/SLB (6 golos), Jimenez/SLB (5 golos), Mitroglou/SLB (5 golos) e Diogo Jota/FCP (4 golos).

 

Podendo-se ainda introduzir como dados relevantes as boa provas desenvolvidas pelo Braga (3º) e pelo V. Guimarães (4º com o SCP) e a desilusão provocada pela posição do Sporting C. P. (apenas 4º se comparado com SLB e FCP). Ficando-se de momento o V. Guimarães com o líder dos melhores marcadores: Marega com 10 golos (mas com André Silva já a par). E com a outra revelação ao fim da 14ª jornada e no final de 2016 a ser até pela posição ocupada após a Passagem do Ano (e sabendo-se ainda ter vindo na época anterior da 2ª Liga) a equipa do Chaves (7º logo atrás do Rio Ave).

 

Quanto ao Sporting C. P. possuindo o 5º melhor ataque (25 golos) e a 3ª melhor defesa (13 golos como o Braga, o Chaves e o Marítimo) e apesar da presença do jogador holandês Bas Dost na lista de melhores marcadores já com 9 golos marcados (3º), encontra-se já a 8 pontos da liderança quando o seu principal objetivo era (provavelmente o único que lhe restará se secundarizar a Taça da Liga) o de ganhar a 1ª Liga de Futebol. E em seis jogos europeus (da Liga dos Campeões) nem se quer se apurando para a Liga Europa.

 

  (imagem: gqportugal.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:43
Domingo, 24 DE Julho DE 2016

Campeão da Europa

“Com a vitória no EURO 2016 Portugal conquistou definitivamente o seu lugar na história no futebol mundial. Recordando com este Evento o glorioso passado dos seus antecessores.”

 

1911965_w2.jpg

Eusébio

 

Em 2 de Maio de 1962 no Estádio Olímpico de Amesterdão o S. L. Benfica conquistava a sua 2ª Taça dos Clubes Campeões Europeus com uma vitória por 5-3 sobre o Real Madrid: Eusébio aos 64’ (de penalty) e 69’ desempatava a partida (3-3) e dava o título aos portugueses.

 

Um feito só igualado 32 anos depois pelo F. C. Porto ao bater na final disputada em Gelsenkirchen a equipa francesa do Mónaco por 3-0 – com a primeira Taça dos Campeões a ser conquistada em 1987 na final disputada em Viena, com os portistas a vencer a equipa alemã do Bayern de Munique por 2-1, com o célebre golo com o calcanhar do argelino Madger.

 

Equipas que juntamente com o Sporting C. P. se podem orgulhar de já terem ganho competições de clubes organizadas pela UEFA (com o Sporting a ter conquistado a Taça das Taças em 1964 ao bater o MTK de Budapeste em Antuérpia por 1-0), agora que a seleção de Portugal se estreou com a sua presença numa final e logo com uma vitória em França sobre a poderosa equipa local por 1-0 – sagrando-se Campeão da Europa 2016/2020.

 

Mas nunca esquecendo o Mundial de 1966 disputado em Inglaterra (por coincidência o único título conquistado pelos ingleses), onde pela primeira vez a seleção de Portugal se mostrou ao mundo conquistando um espetacular 3ºlugar. Só sendo afastado da final devido a uma arbitragem polémica na sua meia-final contra a Inglaterra (derrota por 2-1) e com Eusébio a mostrar-se mais uma vez e a ganhar o título de melhor marcador.

 

(imagem: uefa.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:19
Sábado, 16 DE Julho DE 2016

Portugal – Campeão da Europa de Futebol há 139 horas!

E assim se manterá durante mais quatro anos!

 

PARIS

10 Julho 2016

PORTUGAL – 1 FRANÇA – 0

(Éder 109’)

 

607136815_MH_6874_594210721E22924C0D1A71320B7F6A17

O Golo de ÉDER que deu o título a PORTUGAL

Campeão Europeu de Futebol 2016/2020

 

“Agora que analiso retrospetivamente o pensamento do treinador FERNANDO SANTOS

Tenho que concluir que com esta equipa técnica PORTUGAL só poderia ser mesmo

CAMPEÃO da EUROPA”

 

Cento e trinta e nove horas após a conclusão do EURO 2016 (competição realizada em França entre 10 de Junho e 10 de Julho e contando com a participação das melhores seleções do Continente Europeu) conquistada na final de Paris por PORTUGAL (vitória por 1-0 sobre a França conseguida na 2ªparte do prolongamento com um golo do avançado ÉDER), podemos finalmente respirar fundo e usufruir pela primeira vez de um período de 4 anos como Campeão Europeu.

 

Uma verdadeira equipa de futebol que subalternizando o valor individual de cada um dos seus jogadores, a nível estritamente individual e sem nenhuma exceção conhecida, abdicou do seu protagonismo deixando-se diluir no coletivo – tendo como resultado final (e Extraordinário) uma eficácia total (100%). Concluindo o seu trajeto de novo Campeão Europeu (2016/2020) com um total de sete jogos (3 vitórias e 4 empates), sem uma única derrota e com uma diferença de golos de 9-5.

 

607758647_JF_0497_1CA9673F6DDCE3D4B7B707706BDAEBD5607136151_MH_8312_7CCFAA58FA35790B5DE57B8FD55FC190

 

1ªJornada: Portugal – 1 Islândia – 1 (1ºGolo de Portugal e de NANI aos 31’)

2ªJornada: Portugal – 0 Áustria – 0 (Penalty falhado de RONALDO aos 79’)

 

Contando nas suas fileiras com 4 elementos integrando a seleção com os 11 melhores jogadores que participaram no Europeu (em cada uma das posições) – PATRÍCIO, PEPE, RAPHAEL e RONALDO – um outro elemento considerado a revelação jovem da competição – SANCHES – e outros 2 elementos entre os 7 melhores marcadores deste Europeu – RONALDO e NANI (cada um deles com 3 golos e apenas suplantados pelo melhor marcador o francês Griezmann com 7 golos).

 

Coletivamente (o fator que levou a seleção de PORTUGAL à conquista do título, a cada passo cumprido contagiando ainda mais toda a equipa e confirmando a posteriori a crença do seu treinador) contando com o 3º melhor ataque a par da Bélgica com 9 golos (só ultrapassado pela França/13 e pelo País de Gales/10), sendo a 6ªequipa com melhor precisão de passe (86%) e o 8º na posse de bola (52%). Além de apresentar uma das melhores defesas do Europeu e de ser a larga distância a equipa que mais faltas fizeram, mas também a que como resposta mais levou (93/94): mais próximas só a equipa da Itália (81/70) e a equipa da França (73/70).

 

607758875_JF_1039_0C6F7E4A77DE9A74E2F982341E38BFCD607466793_CM_2287_7C295A860EB3A5E44FFD6110C6740224

 

3ªJornada: Hungria – 3 Portugal – 3 (Cabeçada de RONALDO garantindo o empate final)

Oitavos-de-final: Croácia -0 Portugal – 1 (Golo de QUARESMA aos 117’ do prolongamento)

 

Uma seleção composta por 23 jogadores e que nos seus 7 jogos realizados utilizou mais de 90% dos convocados (com as exceções a serem os dois guarda-redes suplentes ou não tivesse PATRÍCIO sido eleito o melhor guarda-redes do Europeu), com todos os seus jogadores em grande destaque na sua participação no coletivo montado pelo seu treinador FERNANDO SANTOS e que por associação e destino nos fez desde cedo recordar a Grécia e a sua vitória na final do EURO 2004 (vencendo Portugal na final disputada em Lisboa). Lamentando no entanto a grande ausência de RAFA.

 

Mas pelos vistos já estava escrito que 50 anos após a proeza de PORTUGAL no Mundial de 1966 disputado na Inglaterra (3ºlugar na competição e melhor marcador do Mundial – EUSÉBIO) o nosso país se sagraria pela 1ªvez CAMPEÃO DA EUROPA DE FUTEBOL, com isso homenageando todos os grandes jogadores do passado e todo o povo português. Ou não fosse o FUTEBOL um grande exemplo de como somos mesmo bons, não evitando no entanto que para se ver reconhecido, só mesmo com muito esforço e de preferência na terra dos outros – ou não fossem estes e outros trabalhadores emigrantes.

 

607129979_AL_4792_C34D97E92CB4810D34573B26B171B892607137771_MH_7541_CBEFF8F394F93422A16B477B200C25B3

Quartos-de-Final: Polónia – 1 Portugal – 1 (PATRÍCIO defende o 4º e decisivo penalty)

Meia-Final: Portugal – 2 País de Gales – 0 (Golo inaugural de RONALDO aos 50’)

 

1831603_w3.jpg

FERNANDO SANTOS – O Engenheiro do EURO 2016

[Já agora qual é a sua Santa?]

 

E para terminar mais quatro detalhes interessantes:

 

Os cinco jogadores mais utilizados neste Europeu (nas sete partidas) foram PATRÍCIO, NANI, RONALDO, MÁRIO e QUARESMA (PEPE só não o foi por estar ausente num dos jogos por lesão) – num total de 13 jogadores totalistas (entre todas as seleções);

 

O jogador menos utilizado por Portugal neste Europeu (colocando de lado os guarda-redes) foi RAFA, o 5ºjogador a contar do fim a pôr os pés sobre o relvado (uns minutinhos);

 

Finalmente com dois jogadores portugueses a serem os autores de 3 dos melhores 10 golos deste Europeu – RONALDO (c/2) e ÉDER (c/1):

 

E claro está FERNANDO SANTOS (só para não se esquecerem rapidamente do verdadeiro responsável – para além dos jogadores e restante equipa técnica – pela vitória neste EUROPEU).

 

(imagens: uefa.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:20
Quarta-feira, 06 DE Julho DE 2016

Euro 2016 – Meia-Final

Estádio de Lyon

06/07/2016 – 20:00

Meias-finais

Portugal – País de Gales

 

1060551.jpg

Fernando Santos e os Sete Degraus

(1ªJ – 2ªJ – 3ªJ – OF – QF – MF – F)

 

Numa imagem muito bem conseguida pelo jornal diário Público (no dia de ontem), vemos o treinador de Portugal Fernando Santos demonstrando-nos duma forma pratica e eficaz o trajeto necessário a cumprir pela nossa seleção, até se atingir o último e glorioso patamar da competição: a final do EURO 2016 e porque não o título de Campeão Europeu.

 

Para tal a seleção de Portugal terá apenas de confirmar o seu passado futebolístico recente e o seu atual ranking da UEFA (anterior ao início do EURO 2016) – 5º com 53082 pontos – face a uma seleção do País de Gales com uma história futebolisticamente crescente mas ainda recente e 51º do ranking da UEFA com 3500 pontos.

 

Pelo que é obrigação de todos os jogadores e técnicos da seleção de Portugal deixar tudo em campo e como reflexo da qualidade do nosso conjunto comparativamente com a dos seus adversários, vencer ao fim do tempo que for necessário por mais problemático que este jogo se apresente. Caso contrário será de toda a justiça a presença do País de Gales na final.

 

(imagem: publico.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:12
Sexta-feira, 01 DE Julho DE 2016

Nas Meias-Finais do Euro 2016

EURO 2016 – Meias-Finais

Lyon – Quarta-Feira, 6 de Julho de 2016 – 20:00

Portugal – País de Gales

 

renato-sanches-marca-para-portugal-contra-polonia-

Golo de Renato Sanches contra a Polónia

(durante a 1ªparte)

 

Após a realização de 5 dos 6 jogos necessários para atingir a final do EURO 2016 (a realizar em Paris no próximo dia 10 de Julho), a seleção de Portugal prepara-se agora para o 6º, penúltimo e decisivo jogo, para a concretização do sonho de Fernando Santos: estar na final e ganhar o Europeu. Com uma diferença de golos entre marcados e sofridos (todos por Patrício) de 5-4.

 

Sem nenhuma vitória ou derrota no tempo regulamentar (90 minutos) de cada uma das cinco partidas até agora disputados (cinco empates – 1-1, 0-0, 3-3, 0-0/com Portugal a ser apurado no prolongamento vencendo por 1-0 e 1-1/com Portugal a ser apurado nos penaltis por 5-3) e com os seus seis golos a serem marcados por Ronaldo (2), Nani (2), Quaresma (1) e Renato (1).

 

Numa realidade futebolística em que uma seleção ultimamente enquadrada entre as 10 melhores do mundo e que já no último torneio europeu tinha atingido as meias-finais (perdendo nos penaltis com a Espanha que viria a ser campeã goleando na final a Itália), não tem jogado bem sendo no entanto eficaz: fazendo-nos logo recordar o campeão de 2004 (a Grécia) ou mesmo a grande Itália (defensiva e organizada) de há alguns anos atrás.

 

portugal-bate-polonia.jpg

Defesa decisiva de Patrício contra a Polónia

(no desempate por penalties)

 

Um Europeu de Futebol onde de momento a média de golos por jogo anda nos 2,0golos/partida – com Portugal tendo de média 1,2golos/partida – e no qual a nossa seleção tem como principais atributos/parâmetros (alguns deles inacreditáveis segundo as versões oficiais e comparativas):

 

Ser a 5ªequipa com mais passes completos;

Ser a 1ªequipa no número total de remates;

Ser a 3ªequipa exe quo com mais golos marcados;

Ter 2 jogadores com 2 golos em 4ºlugar exe quo na lista dos melhores marcadores (Ronaldo e Nani);

Ter 2 jogadores entre os 6 mais rematadores da prova (Ronaldo e Nani);

Ter 2 jogadores entre os 10 com mais passes efetuados (Pepe e William).

 

(estes valores poderão vir a ser alterados dado já ter terminado o segundo jogo das meias-finais País de Gales – 3 Bélgica – 1)

 

Numa fase da prova em que se vai entrar nas meias-finais, na qual Portugal já tem a sua presença garantida, num confronto tendo como adversário o País de Gales. E em que os jogadores portugueses em destaque terão sido (até ao 5ºjogo) Pepe, Renato e Nani. Mas nunca esquecendo os dois golos de Ronaldo (decisivos no jogo contra a Hungria), o golo de Quaresma (que eliminou a Croácia) e as grandes defesas de Patrício (como a do penalty defendido que eliminou a Polónia). E já agora (pondo de lado os outros dois guarda-redes) para quando Éder (o outro avançado) mas sobretudo Rafa (o outro avançado)?

 

(imagens: esporte.uol.com.br/paraibaurgente.com.br)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:52
Terça-feira, 28 DE Junho DE 2016

Euro 2016 – Quartos-de-Final

A caminho dum

PORTUGAL-ALEMANHA

(contando com o apoio indireto dos deuses gregos de 2004)

 

Com os próximos jogos – seleção da Polónia nos QF e País de Gales ou Bélgica se passar às MF – se verá se as opções de FS foram ou não as mais corretas. Para se equiparar à campanha do EURO 2012 com Paulo Bento no comando da seleção, Fernando Santos terá no mínimo que chegar às meias-finais; para a superar, a final de Paris deverá ser o nosso destino – o mais certo contra a Alemanha.

 

62337.jpg

Marselha – Estádio do Velódromo

(onde decorrerá o jogo dos QF POL-POR)

 

Já nos quartos-de-final do Europeu e ainda invicto, Portugal prepara-se agora para disputar com a Polónia um lugar nas meias-finais do torneio – utilizando de início serviços mínimos (três empates por 1-1, 0-0 e 3-3) e mesmo assim eliminando a Croácia (de seguida, à tangente e apenas por 1-0). Com o seguinte calendário a desenvolver-se entre a próxima quinta-feira, 30 e a final de Domingo, 10:

 

JOGO DIA Local Equipa Equipa
QF - - - -

A

(20:00 - RTP1)

30.06

(Quinta-feira)
Marselha Polónia Portugal

B

(20:00 - RTP1)

01.07

(Sexta-feira)
Lille País de Gales Bélgica

C

(20:00 - RTP1)

02.07

(Sábado)
Bordéus Alemanha Itália

D

(20:00 - RTP1)

03.07

(Domingo)

Paris França Islândia
MF - - - -

E

(20:00 - RTP1)

06.07

(Quarta-feira)
Lyon A B

F

(20:00 - RTP1)

07.07

(Quinta-feira)
Marselha C D
F - - - -

G

(20:00 - RTP1)

10.07

(Domingo)

Paris E F

 

Sendo neste momento e concluído os oitavos-de-final:

 

Uma das 5 equipas em prova ainda sem derrotas (a sexta seria Suíça já eliminada);

A 7ª equipa mais concretizadora ainda em prova a par da Itália (já com a Espanha e Croácia eliminadas);

A 3ª equipa em número de remates à baliza (só ultrapassada por Bélgica e Alemanha);

A 4ª equipa em número de passes e em número de cantos (ataque);

A 2ª equipa com mais faltas cometidas (só ultrapassada pela Itália) e a 3ª com mais faltas sofridas (só superada por Itália e Polónia) – 3 cartões amarelos;

Contando na lista dos 14 melhores marcadores com Ronaldo e Nani com dois golos cada (o outro golo de Portugal é de Quaresma);

E ainda com Ronaldo como o 3º jogador mais rematador (só ultrapassado por Bale e De Bruyne) e com Pepe a ser o 15º jogador com mais passes tentados.

 

maxresdefault.jpg

Ricardo Quaresma – POR-CRO

(festejando o seu golo que qualificava Portugal para os QF)

 

Para rematar e como conclusão sendo evidente que a escolha do treinador Fernando Santos de ficar em 3º lugar do seu grupo foi de todas a mais correta e a de maior alcance, sendo apenas concretizada já para lá da hora (quando a Islândia marcou o golo da vitória e ultrapassou Portugal) e atirando a seleção de Portugal para o lado mais acessível do quadro eliminatório (evitando Itália, Alemanha e França) – e assim contando, como as únicas equipas a interporem-se entre Portugal e a final do dia 10 em Paris, a Polónia (QF) e a Bélgica ou País de Gales (MF).

 

Assim no próximo dia 30 de Junho se verá se a 1ªparte da profecia do (ainda) Deus Grego Fernando Santos se concretizará (eliminando a Polónia), abrindo as portas para a concretização da 2ªparte dessa sua profecia (eliminando o País de gales ou a Bélgica) e assim comparecendo na final em Paris no próximo dia 10 e regressando finalmente a Portugal no dia seguinte a 11 – como Campeão ou Vice-Campeão Europeu.

 

[Mas se tudo correr mal o regresso será logo a 1 – e não apenas a 11! Nesse caso estaremos perante um simples problema de visão dupla, na projeção pelos vistos distorcida da profecia de FS]

 

(dados e imagens: uefa.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:43

pesquisar

 

Janeiro 2018

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
17
18
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro