mais sobre mim

subscrever feeds

Terça-feira, 06 DE Junho DE 2017

Ataque Meteorológico de Trump à Rússia

[Depois do de Obama]

 

Mais tardiamente e com menos impacto que Obama em 2013

(3 meses depois de eleito, com um meteoro)

Trump demorou cerca de 6 meses para dar o sinal a Putin

(com 2 tempestades meteorológicas no ano de 2017)

 

Deadly storm kills at least 1, injures 3 in Russia

(rt.com)

 

R1.jpg

 

Para quem ainda se lembra da eleição de Barack Obama para um segundo mandato como Presidente dos EUA (6 Novembro 2012), também se poderá recordar que aproximadamente 3 meses depois (15 Fevereiro 2013) e de novo com Vladimir Putin como Presidente (Maio 2012), a cidade russa de Cheliavinsk foi fortemente abalada pela explosão de um meteoro com cerca de 17 metros de diâmetro, o qual ao atravessar a atmosfera e desintegrar-se provocou uma forte onda de choque originando diversos danos materiais e cerca de 1200 feridos. Libertando uma energia de 500Kt (muito superior à bomba nuclear de Hiroshima).

 

R3.jpg

 

No passado dia 8 Novembro 2016 com o sucessor de Barack Obama a ser eleito como 45º Presidente dos EUA na pessoa do bilionário e Republicano Donald Trump e se tiverem estado com atenção a tudo o que se tem vindo a passar ora no Espaço (com BO) ora no Tempo (com DT), verificando-se rapidamente e sem necessidade de recorrer a grande esforço que no caso de Donald Trump o Evento que o terá precedido, ter-se-á concretizado um pouco mais tarde e sob a forma Meteorológica: com 2 grandes tempestades, uma a 29 de Maio (Moscovo) e outra a 3 de Junho (Ecaterinburgo) ou seja cerca de 6 meses depois.

 

R4.jpg

 

Curiosamente dois Eventos que se relacionam e interligam tanto no remetente (os EUA) como no destinatário (Rússia), apesar do primeiro não ser o mesmo (antes Obama depois Trump) e do segundo se manter (Putin): com cada um dos dois últimos Presidentes norte-americanos partilhando no tempo o mesmo Presidente Russo, a curto ou mais extenso prazo e logo após a declaração de vitória, mostrando supremacia e total controlo do Mundo, atacassem os seus inimigos mas de uma forma Natural. E mostrando-lhes a linha vermelha a nunca tentar transpor (com devida antecipação).

 

(imagens: rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:40
Sábado, 31 DE Dezembro DE 2016

O Alvo ainda mexia no Ano de 2016

A Obsessão Número Um

Da esmagadora maioria dos órgãos de comunicação social norte-americana (pró-Democratas)

Resume-se neste preciso momento a tudo o que possa ser considerado como notícia

Mas que inclua impreterível e simultaneamente duas palavras:

TWITTER e TRUMP.

 

PUPPET PRAISES PUTIN:

‘VERY SMART’

(huffingtonpost.com)

 

5866c04b1500002f00e9dbeb.jpeg

Donald Trump no The Huffington Post

 

Numa versão inconcebível de como vi sempre o diário online norte-americano The Huffington Post (e apesar de conhecer a sua tendência pró-Democrata):

 

Habituado a ler com confiança dos seus variados artigos desde a política até à ciência (passando por Portugal);

 

Sendo muito mais próximo de ideias Democratas de muitos dos seus dirigentes (como Bernie Sanders) do que das dos Republicanos (não acredito em milionários antissistema);

 

E tendo acreditado desde o início das minhas consultas na sua honestidade intelectual (até pela sua criadora Arianna Huffington), custa muito a acreditar que um órgão informativo como este nascido da união de um conjunto de blogues (aparentemente livres e independentes, abertos e alternativos e jamais dogmáticos e intolerantes),

 

Se tenha deixado enredar e afundar de tal modo profundamente na campanha de um mero candidato ainda-por-cima já gasto e ultrapassado (que como se viu também contribuiu para a derrota em toda a linha do parido Democrata tanto na Câmara dos Representantes como no Senado).

 

DJT_Headshot_V2.jpg

Donald J. Trump ‏@realDonaldTrump

Great move on delay (by V. Putin) - I always knew he was very smart!

Donald Trump no Twitter

 

E que mesmo após a derrota deste e da vitória do seu adversário Republicano ainda se pretenda suicidar por uma causa sem causa.

 

Não se percebendo se a estratégia pretensamente utilizada pelos russos com Putin intercedendo por Trump e dando-lhe a Presidência, não terá sido uma medida preventiva (e de como se verá um ensaio) por parte dos Democratas para possível aplicação futura dependendo do que aí vinha e do candidato vencedor: primeiro acusava-se Putin de tentar colocar Trump como Presidente (o seu Boneco) e caso isso falha-se (na altura algo de inacreditável por parte do cognominado Palhaço) acusava-se Trump de em estilo de agradecimento o elogiar.

 

E se tudo falhasse ainda existia a forte e enraizada tradição norte-americana já ensaiada com outros Presidentes – é certo que umas vezes com sucesso (John F. Kennedy) mas também outras vezes não: a sua morte prematura.

 

(imagem: huffingtonpost.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:46
Terça-feira, 11 DE Outubro DE 2016

O Hibrido

“Os EUA irão decidir no próximo dia 6 de Novembro qual destes dois indivíduos representa na sua essência o espirito do verdadeiro norte-americano (ou seja aquele que melhor transmite a ideia do pioneiro e colonizador que deu cabo dos indígenas – flechas contra balas ou a regressão contra o progresso – ficando de seguida e não havendo reclamação por parte dos falecidos com as suas respetivas propriedades): num simples duelo de mais um Homem contra uma simples Mulher.”

 

Bill-and-Hillary-Clinton-Hybrid-Face-Transplant--2

2017 EVENT

O Primeiro Hibrido a ocupar a Casa Branca

(com o apoio esmagador dos media e das grandes corporações norte-americanas)

 

Com as recordações do que se poderá ter passado há mais de uma dezenas de anos em torno da vida pessoal de cada um dos dois candidatos (os únicos apoiados pelos média e pelas Corporações que lhes pagam – 99% pró-CLINTON/CNN e todos os outros e 1% pró-TRUMP/FOX e mais nenhum) a tornarem-se decisivas na decisão dos norte-americanos sobre qual será o seu próximo Presidente, o candidato REPUBLICANO vê-se agora a braços não só com o seu passado repentinamente tornado duvidoso (envolvendo de novo mulheres), como também com a sua pretensa demonstração de hipocrisia e falta de autoridade moral ao atacar de novo uma mulher, a sua rival DEMOCRATA, mulher de outro CLINTON, por sinal ex-Presidente: apenas porque tomando partido pelo prevaricador (ingénua e sexualmente explorado por parte de cidadãs certamente republicanas e deploráveis) justificadamente (segundo ela e a CNN) injuriou, diminui e destruiu profissionalmente pessoas que só por acaso eram mulheres (do seu género).

 

Ainda-por-cima acompanhadas por sondagens estrategicamente colocadas no tempo (cronológico e eleitoral), divulgadas precisamente após a publicação de novas histórias com mulheres envolvendo o candidato-homem TRUMP (e marteladas constantemente por 99% dos média acompanhando fielmente e como subsidiárias das grandes Corporações a campanha da candidata do sistema HILLARY CLINTON e da sua fonte de marketing oficial a CNN) e meticulosa e eficazmente lançada antes do 2º Debate Presidencial: no caso do resultado do debate ser inconclusivo (por exemplo um empate) ou negativo para CLINTON, criando desde logo um cenário virtual mas certificado e credível (desconstruindo todas as afirmações de TRUMP ou dos seus apoiantes da FOX até aí proferidas), projetado em torno dum edifício fictício exclusivamente construído e justificado por sondagens deslocadas no tempo, mas apresentadas como se dele fossem um seu reflexo presente e real. Como se estas fossem o resultado do debate e não da manipulação de uma das partes.

 

Pelo que se as regras do jogo não se alterarem (e tendo TRUMP inimigos, mesmo entre os Republicanos) a vitória de CLINTON será certa (já em Novembro). Num sinal significativa de que o último (e ao mesmo tempo tão curto) Grande Império se aproxima do seu fim (já com a Europa agonizante tendo-lhe saído a fava), com o Eixo do Mundo a deslocar-se para a Ásia e com as novas colónias a situarem-se agora, mais para cá a Ocidente – e com a China (com o seu novo Banco Mundial), a Rússia e o Irão a ficarem com o brinde. E até com o Ocidente a correr e a inscrever-se no clube Chinês.

 

Candidato Partido

Média de Sondagens

(realclearpolitics.com)

%

Última Sondagem

 (rasmussenreports.com)

%

Hillary

Clinton

Democrata 45 44

Donald

Trump

Republicano 40 39

Gary

Johnson

Libertário 7 7

Jill

Stein

Verde 2 2

(sondagens publicadas a 11 mas na realidade realizadas antes do 2ª debate de 10)

 

A menos de um mês das eleições presidenciais norte-americanas de Novembro de 2016 com a representante do partido Democrata HILLARY CLINTON largamente favorita neste confronto DEM/REP (com sondagens como as da NBC/Wall Street Journal a darem 11 pontos de avanço a HC sobre DT, apesar de outras sondagens como as do L A Times/USC Tracking e num confronto a dois darem a DT e em sentido oposto uma vantagem de 2 pontos):

 

Não só como consequência da intensa campanha interna e externa em favor da política dos Democratas e de Barack Obama, agora integralmente personificadas em Hillary Clinton como verdadeira e adequada continuadora deste extraordinário legado de um presidente NEGRO entregando a chama olímpica ao primeiro presidente Mulher;

Como também pela impreparação de toda a máquina eleitoral de DT e pela traição de toda (há muito tempo já instalada) elite Republicana.

 

Poucos sendo os que ainda acreditam na vitória no representante (TRUMP) do Diabo (PUTIN) neste espaço ilusório desta Terra Prometida (EUA).

 

(imagem: freakingnews.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:13
Sexta-feira, 26 DE Agosto DE 2016

A Rússia prepara-se para invadir a Europa

E num certo dia do mês de Agosto de 2016, cumprindo as diretivas extrapoladas das orientações estratégicas para a Europa a aplicar pelos EUA, a Alemanha decidiu mais uma vez (e como se tivesse algum voto na matéria) promover o produto vermelho Putin, equiparando-o a um Evento Trágico e Apocalíptico e avisando a população da eminente chegada do Diabo.

 

article-1104459-02EF4148000005DC-445_468x384.jpg

Invasão Russa da Grã-Bretanha

 

Após o aviso emitido há alguns dias atrás pelas autoridades alemãs aconselhando os seus cidadãos a guardarem comida e bebida para o caso de se verem de uma forma inesperada confrontados com um cenário de desastre apocalítico, eis que mais dois países Europeus talvez preocupados com a iniciativa preventiva e securitária tomada antes pela Alemanha, aconselham agora os seus cidadãos a prevenirem-se e a armazenar: referimo-nos neste caso à Finlândia (fazendo fronteira com a Rússia/inimiga) e à Republica Checa (fazendo fronteira com a Alemanha/amiga).

 

Deixando desde logo todo o mundo num nível máximo de preocupação e de alerta, ainda-por-cima num ano em que muitos teóricos da conspiração nos falam insistentemente da chegada de um novo corpo celeste ao interior do nosso Sistema Solar (talvez um planeta ou até mesmo um mini sistema planetário), provocando à sua passagem alterações drásticas no comportamento de todos os corpos celestes que o compõem: fazendo uma tangente ou uma secante mas podendo sempre provocar um Evento.

 

Não sendo esta a teoria a ser pensada e concretizada de imediato (um pouco difícil de engolir dado a monotonia do nosso quotidiano e a nossa dificuldade de aceitar algo que não nos tenha sido ensinado) – e que em certo aspeto seria a mais compatível com a existência de Vida no Universo para além da nossa (no fundo a nossa próxima Fronteira a derrubar para a reconquista da Esperança) – a outra alternativa seria um absurdo provocatório e um verdadeiro apelo à III Guerra Mundial.

 

E com todo este espetáculo mediático englobado e intrincado num complexo trajeto de ainda mais esperança e desilusão, confluindo todo este cenário num pântano oportunista e ideológico de meras crenças e convicções (sem ética por exclusivamente financeiras e objetivas) e optando por uma orientação sem alternativa e inevitável, já que pondo em causa as diretivas a cumprir para a nossa sobrevivência como espécie (dominante) estaríamos sempre a desafiar e a colocar em causa a hierarquia e o poder da Estrutura.

 

(imagem: dailymail.co.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:20
Segunda-feira, 25 DE Julho DE 2016

A Reencarnação de KGB CHUCKY PUTIN

BREAKING NEWS USA:

 

Segundo o candidato CLINTON o candidato TRUMP trabalha para o KGB PUTIN

 

Para todo o MUNDO (os 7 biliões de indivíduos que ainda vivem no planeta TERRA) compreender o papel atual da Comunicação Social Ocidental (infelizmente a sua esmagadora maioria abandonando definitivamente todos os seus valores éticos, morais e de defesa do SUJEITO) e ainda para quem quiser saber verdadeiramente para quem trabalham os jornalistas (neste momento exclusivamente ao serviço das EMPRESAS e atualmente utilizados para contar histórias de outros mundos que não o nosso), basta olhar para o insuspeito jornal (online) THE HUFFINGTON POST e olhar para a sua grande notícia de 1ªPágina (de 2ªfeira, 25 de Julho):

 

FEAR:

 

PUTIN MEDDLING IN U.S. PREZ ELECTION

 

57958c0f1200002a00a532d0.jpeg

PUTIN, DEM & DESPERADOS

How Putin Weaponized Wikileaks to Influence the Election of an American President

Evidence suggests that a Russian intelligence group was the source of the most recent Wikileaks intel dump, which was aimed to influence the U.S. election

(defenseone.com)

 

Algo a que já estávamos bastante habituados a assistir nesta EUROPA sem RUMO e cada vez mais sem LEI (com dirigentes a decidirem pelo povo deste grande continente, nem sequer tendo sido eleitos pelos mesmos para os representar) e controlada ao pormenor pelos EUA e os seus estrategas GEOPOLÍTICOS – agora que os interesses da maior potência militar à face da Terra se viram para o novo EIXO ECONÓMICO MUNDIAL a ÁSIA e o país que o tem vindo a desafiar no presente e que certamente será o seu grande adversário no FUTURO: a CHINA (nunca esquecendo o seu aliado e parceiro a RÚSSIA).

 

E assim utilizando a mesma estratégia de aproximação (desrespeitosa, humilhante e criminosa) que utilizariam com qualquer tipo de indivíduo considerado atrasado mental (no fundo como o ESTADO nos tem tratado ultimamente, agora mais aprofundado e levado ao pormenor mais mesquinho pelo novo poder que o substituiu as EMPRESAS), os MEDIA GLOBAIS dependurados nas grandes empresas e Conglomerados e lutando pela sua própria sobrevivência (como verdadeiros PROSTITUTOS) criam e persistem num mesmo BODE EXPIATÓRIO num novo e moderno DIABO, culpando-o de todas as desgraças atualmente em curso na TERRA.

 

Como se já não chegassem os títulos dos jornais do país de Sua Majestade (e do seu divertido e ultrapassado Agente 007) constantemente e por tudo e por nada atacando a RÚSSIA através da figura do seu PRESIDENTE (o que é natural na Inglaterra e em qualquer localidade de província em que se saca o dinheiro do tipo que investe enquanto se vilipendia o mesmo e se vai usufruindo do seu dinheiro), eis que agora VLADIMIR PUTIN é subitamente introduzido na corrida presidencial norte-americana e segundo os DEMOCRATAS apoiando diretamente os REPUBLICANOS. Ou seja os norte-americanos só poderão votar em Novembro HILLARY CLINTON (Democratas) pois caso contrário ao votarem DONALD TRUMP (Republicanos) estarão a entregar os EUA de mão beijada à RÚSSIA e ao PERIGOSO E AUTISTA DITADOR E DIABÓLICO camarada PUTIN.

 

Instagram-Awesome-Chucky-art-childsplay-horror-hor

CHUCKY KGB PUTIN

Segundo os responsáveis da candidatura presidencial DEM

O novo agente a leste do candidato REP Donald Trump

(consequência: demissão do líder do partido Democrata a congressista da Florida W. Schultz)

(Produções Anormais)

 

E tudo isto porque HILLARY CLINTON foi apanhada em mais um dos seus esquemas perigosos e talvez mesmo ilegais (desde os seus EMAIL, passando pelas fabulosas dádivas em DINHEIRO, até aos seus preciosos e fundamentais SUPERDELEGADOS como é o caso do seu marido) recorrendo como uma criança mimada, desesperada e sem qualquer tipo de argumento válido ou minimamente credível, culpar o outro atirando para cima dele todas as suas vergonhas e apontando-o como o MAU. Algo de inacreditável num candidato que possivelmente nem deveria ter sido autorizado a concorrer: por muito menos nos EUA um negro leva um tiro (e na maioria dos casos como remédio santo deixa de falar).

 

Quanto a nós portugueses entalados entre a Alemanha de Merkel (via rápida dos desesperados refugiados, como dos seus algozes terroristas) e o imenso oceano Atlântico (impossível de atravessar numa simples barcaça) – e ainda-por-cima com a Rússia a este e os EUA a oeste – o melhor a fazer é continuarmos o nosso caminho e não nos envolvermos em conflitos que claramente não nos dizem respeito. Mas que como sempre e por pressão dos nossos formadores nos tentam condicionar, obrigando-nos a obedecer às suas regras e fazendo-nos engolir muitas das suas próprias frustrações (insistindo em processos mesmo no tempo por eles criado há muito ultrapassados). Com a única dúvida a residir numa única questão: queremos viver ou sobreviver?

 

Para finalizar atribuindo aos orgãos de comunicação social das Ilhas Britânicas (por todo o seu trabalho desenvolvido na demonização de um único indivíduo) a notável e extraordinária classificação quantitativa de 11 (numa escala até 10),  apesar da avaliação qualitativa ser na verdade e praticamente nula (inspirando-se provavelmente na mesma fonte fidedigna criadora das inexistentes armas de destruição maciça).

 

(imagens: huffingtonpost.com e onsizzle.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:20
Sexta-feira, 08 DE Abril DE 2016

Por que Razão Nos Querem Manipulados?

“Talvez porque ainda não foram autorizados a executarem lobotomias.”

 

160403-russia-03.jpg

Mais uma vez contando com a presença de Vladimir Putin

 

Como artista principal em mais uma batalha do Mundo Ocidental (dos excecionais) contra o Mundo Corrupto (dos outros os inimigos) – numa informação apenas revelada mais de um ano depois de ser conhecida e quando o âmbito da mesma não seria propriamente um único sujeito (individual ou coletivo) mas muitos mais – e sem que o seu nome apareça na lista (ao contrário do sucedido com o Rei da Arábia Saudita, com o Presidente da Ucrânia e até com o pai já falecido do 1.ºMinistro Britânico). Numa ação da ICIJ que só vem prejudicar ainda mais a opinião que o público tem em geral da comunicação social, neste caso particular da verdadeira função que deveria ser exercida por aqueles que se dizem jornalistas e que em vez de relatarem fatos ocorridos se atrevem em nosso nome (e segundo eles para nosso bem) a fazerem interpretações pessoais, sejamos claros em troca de benefícios pessoais (nem que seja o da sua sobrevivência – se não o fazem não recebem).

 

ICIJ

The Panama Papers

 

All Putin’s Men: Secret Records Reveal Money Network Tied to Russian Leader

Complex offshore financial deals channel money and power towards a network of people and companies linked to President Vladimir Putin

 

Quando o caso WIKILEAKS se espalhou por todos os órgãos de comunicação social a nível global (especialmente a partir do ano de 2010, com a divulgação de documentos confidenciais associados ao Governo dos EUA), todo o mundo assistiu aparentemente estupefato ao verdadeiro papel desempenhado pela maior potência mundial da atualidade, especialmente quando a mesma se reclama diariamente da sua Excecionalidade e de ser o exemplo económico e social a seguir. E mais uma vez as autoridades norte-americanas em vez de investigarem mais profundamente todas as suspeições levantadas nesses documentos então abertos (temos de assumir sempre que um potencial culpado enquanto não for julgado e condenado é presumivelmente inocente – desde que tenha dinheiro para utilizar esse esquema de contestação e negação), resolveram virar-se para o atrevido e desprotegido Mensageiro, incriminando-o pelo delito de informar e perseguindo-o implacavelmente (mesmo contra as indicações dos representantes da maioria dos países fazendo parte das Nações Unidas). Contando naturalmente com a colaboração dos seus aliados Europeus (e dos países apoiando o Bloco Ocidental como é o caso da Austrália) que pondo de lado a independência e a soberania dos povos que dizem representar e defender (e as suas leis e jurisdição), não se limitaram a ignorar os casos em que eram mencionados como tendo sido espiados e ofendidos, como também perseguiram os seus cidadãos por serem meros transmissores de informação (caso da Austrália na perseguição ao seu cidadão Julian Assange), mantendo-os ilegalmente presos e calados numa verdadeira prisão domiciliária (caso da Suécia e da Grã-Bretanha que em colaboração estratégica e em concordância com as pretensões dos EUA, mantem o dirigente da Wikileaks cercado na embaixada do Equador em Londres, há quase quatro anos). E se alguém ainda tinha dúvidas sobre tudo o que isto poderia significar para o futuro e sobre as consequências que tais divulgações de informações poderiam vir a ter para a estratégica geopolítica global por parte dos EUA, basta verificar como foi tratado o Mensageiro e de como os norte-americanos tem vindo a lidar com dois dos estados que desde logo apoiaram a ação de Julian Assange: o Brasil e a Federação Russa. Nunca esquecendo Edward Snowden, a NSA e os seus “Cinco Olhos”: os quatro países que com os EUA montaram um sistema de espionagem eletrónica mundial, pensando com isso obterem mais contrapartidas e partilha de poder (Canadá, Austrália, Grã-Bretanha e Nova Zelândia). Da parte dos EUA? Inocentes.

 

Entretanto com Julian Assange em prisão domiciliária (embaixada do Equador) e com Edward Snowden exilado (na Federação Russa) e com a cabeça a prémio (nos EUA), eis que os mesmos que desde sempre criticaram os processos e métodos utilizados pela Wikileaks (de tal modo que logo os condenaram, perseguiram e apelidaram de traidores) e sob a capa de uma pretensa organização independente de jornalistas de combate à corrupção (o que não deixa de ser verdade mas vinda obrigatoriamente de todos os lados principalmente dos seus criadores e promotores – aqueles que dispõem de capital) – vêm agora pedir-nos a nossa atenção para um modelo semelhante de atuação: agora com os EUA servindo-se de uma corporação de jornalistas (ICIJ) patrocinada por poderosos e influentes investidores privados (como o insuspeito milionário e testa de ferro George Soros), para criar o seu Wikileaks e assim promover internacionalmente o seu poder e ideologia excecionais (infelizmente reais e baseadas no poder dólar e na eficiência das impressoras norte-americanas) – como é o caso do Papeis do Panamá. Ao contrário do sucedido com o caso Wikileaks (em que todos as informações foram fornecidas, atingissem elas direta ou indiretamente quem quer que fosse – predadores, vítimas ou intermediários das mais diversas proveniências políticas), no caso dos Papeis do Panamá com um objetivo bem claro a atingir e bem expresso logo na primeira página da ICIJ (panamapapers.icij.org/20160403-putin-russia-offshore-network.html): Vladimir Putin e a Federação Russa, não por participação direta do seu presidente mas pela suspeita levantada pela presença na lista (da ICIJ) de amigos e conhecidos seus. E que eu saiba se vamos por aí então ninguém se salva – nem mesmo eu, que na minha insignificância não estou a par de tudo o que fazem todos os meus amigos e conhecidos. E com a China e os seus dirigentes já na calha para novas revelações. Num esquema e numa montagem no mínimo estranha e como tal de difícil digestão (principalmente para aquela esmagadora maioria de cidadãos que vêm sucessivamente os seus rendimentos do trabalho decrescerem e a dos responsáveis pela crise não pararem de crescer), em que mais uma vez os sempre presentes Bancos parecem não ter desempenhado nenhum papel importante em todo este processo degenerativo, apesar de serem o centro fulcral de toda esta estrutura e os seus principais dinamizadores. Como é o caso dos norte-americanos do CITI e dos ingleses do HSBC e das suas estreitas relações com os offshore pelos mesmos considerados legais – estejam eles no exterior ou mesmo no interior dos EUA. Isto porque convém nunca esquecer que estando os Estados Unidos da América na vanguarda e no centro de toda a atividade financeira mundial (legal, ilegal, lucrativa ou especulativa e liderada pelo Banco Mundial) tudo o que se passa nesse Mundo terá sempre e obrigatoriamente a sua assinatura, a sua patente e naturalmente a sua orientação: não sendo pois de admirar (exceto para aqueles que ainda acreditam no Pai Natal) que offshore legal e lucrativo só mesmo nos EUA:

 

“The offshore industry says the U.S. is now becoming one of the world’s largest “offshore” financial destinations. Contrary to popular belief, notorious tax havens such as the Cayman Islands, Jersey and the Bahamas were far less permissive in offering the researchers shell companies than states such as Nevada, Delaware, Montana, South Dakota, Wyoming and New York. Compared with other developed countries, and even traditional offshore destinations such as Switzerland and the British Virgin Islands, the U.S. now appears to be among the most lenient and secure destinations for the fortunes of the global rich.” (Ana Swanson – washingtonpost.com)

 

1111.jpg

EUA – O Maior Paraíso Fiscal do Mundo

 

Num esquema interessante como o confirma a imagem anterior e utilizando uma obra de arte como exemplo (Daron Taylor – washingtonpost.com):

 

  • A valuable painting might be located in Switzerland;
  • But owned by a anonymous company registered in Delaware;
  • Which is in turn owned by a trust in the British Virgin Islands;
  • Whose trustees are actually in the U.K.

 

E claro está com uns tipos mais pequeninos a decorarem e a comporem o ramalhete (até incluindo cidadãos portugueses) e a darem outra graça e credibilidade a mais este grande Manifesto Ocidental – ultimamente e invariavelmente com origem do outro lado do Atlântico.

 

Sabendo todos nós de antemão a situação perigosa, periclitante e sem soluções à vista com que o Mundo hoje se debate, desde o recrudescimento do terrorismo global e do aumento do número de vítimas mortais pelo mesmo provocado (em diferentes cenários de guerra, no Oriente e na Europa e sempre com os mesmos movimentos terroristas como protagonistas – a AL-QAEDA e o Estado Islâmico ambos financiados pela Arábia Saudita), até à crise económica e financeira que todo o mundo atravessa (e obviamente social provocando novos e graves conflitos) ainda recentemente mais agravada pela crise deliberada nos preços do petróleo. E a que pelos vistos só os EUA são imunes, por essa razão auto intitulando-se Excecionais.

 

(imagens: icij.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:31
Quinta-feira, 09 DE Abril DE 2015

Os EUA não largam PUTIN

ÚLTIMA HORA
Piratas informáticos ao serviço da Rússia atacam a Casa Branca

 

Secret-Service-agents-at-White-House-jpg.jpg

Cães farejando os hackers ao serviço de Putin

 

Os serviços secretos norte-americanos acabam de descobrir mais uma manobra diabólica levada a cabo pelo aparentemente ressuscitado e reconhecido autista Vladimir PUTIN: cumprindo ordens emitidas a partir do gabinete blindado instalado no KRENLIM, hackers de todo o mundo invadiram a Casa Branca e procuraram descobrir os mais íntimos segredos do seu famoso inquilino.

 

Como não poderia deixar de ser e para desviar as atenções de mais esta acção criminosa levada a cabo pelo seu presidente, os seus subordinados apressaram-se a vir a terreiro defende-lo (o medo e a cobardia são bons combustíveis), tentando desmontar o cenário e improvisando uma tese (provocadora):

 

"In regard to CNN's sources, I don't know who their sources are. We know that blaming everything on Russia has already turned into some sort of sport." (porta-voz de Putin)

 

Sabendo nós o que se passou nos EUA aquando do eclodir do escândalo sexual envolvendo um anterior Presidente e a sua Secretária, o que seria se alguém do clã OBAMA fosse apanhado num escândalo similar? O Mundo Ocidental estaria perdido e a solução final seria uma Mulher (mais um castigo para os Republicanos).

 

(imagem – Web)

tags: , ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:15
Quinta-feira, 02 DE Abril DE 2015

PUTIN FOREVER

“There exists a shadowy government with its own Air Force, its own Navy, its own fundraising mechanism, and the ability to pursue its own ideas of national interest, free from all checks and balances, and free from the law itself.” (Daniel K. Inouye, US Senator)

 

130327162059-xi-jinping-vladimir-putin-614xa1.jpg

Com uma ajudinha da Alemanha
(também interessada)

 

Enquanto aguardamos com grande ansiedade notícias provenientes de agências de informação ocidentais confirmando o trágico acidente marítimo registado com o navio de pesca russo DALNY VOSTOK, não deixamos de acreditar que atrás de mais este crime horrendo e diabólico poderá estar a mão de PUTIN. Originário da península russa de KAMCHATKA e contando com 132 elementos na sua tripulação (entre eles 78 russos), o navio terá sofrido um inesperado e misterioso acidente na sua viagem de regresso a casa, contando-se neste momento mais de 50 mortos.

 

As versões para o sucedido são as mais diversas: desde um impacto do navio com um icebergue (não visto de imediato e que terá apanhado o navio desprevenido), até ao transporte de carga excessiva (nas suas câmaras frigoríficas). De qualquer dos modos o barco ter-se-á afundado em cerca de quinze minutos, não dando sequer hipótese ao lançamento imediato e pelo próprio comandante de um pedido urgente de socorro. Tudo isto não deixa de ser muito estranho depois dos anteriores e até agora ainda não esclarecidos episódios registados na Ucrânia (anexação da CRIMEIA e abate do voo MH 17), na Rússia (assassinato confirmado de BORIS NEMTSOV e não confirmada morte de PUTIN), em França (queda do avião da LUFTHANSA) e agora em águas do Pacífico mesmo ao lado da Sibéria.

 

Mas tudo isto confluiu no que deveria ser já uma grande preocupação especialmente para os europeus, tantas vezes avisados pelos seus aliados norte-americanos para os programados cenários de guerra previstos há muito para esta zona do globo e pela grande potência estrategicamente levadas a cabo unicamente na defesa dos seus interesses económicos e financeiras – o que não deixa de ser natural e que só quem não quer é que não vê!

 

Neste momento a Europa e os países Árabes tem o seu destino bem definido:
Enquanto na Europa os EUA aproveitam a desunião entre os múltiplos interesses financeiros e especulativos espalhados (e desorientados) entre lobbies e corruptos (o povo já não interessa para os políticos europeus e o que os norte-americanos tem que fazer é levar lenta e progressivamente o continente ao seu apodrecimento económico) para assim se intrometer e mais tarde controlar toda a EUROPA (com a Alemanha a trabalhar tão bem de um lado e com o Reino Unido aparentemente a puxar para o lado contrário – mas ainda com elevadíssimos investimentos chineses e russos);
Nos países Árabes a opção pela Teoria do Caos com os EUA a trabalharem intensamente nos dois lados do tabuleiro (aguardando a auto-destruição dos dois lados) levará inevitavelmente ao controlo de toda aquela zona do continente asiático (rico em PETRÓLEO) e quem sabe (o grande Sonho Americano) ao domínio de toda a ÁSIA.

 

Cenário pouco credível face à criação de uma nova moeda mundial (CHINESA) com o único objectivo de substituir a anterior moeda mundial (NORTE-AMERICANA). E com o que se vê – russos, alemães, ingleses a correrem a aderir ao NOVO BANCO/AIIB (banco bom que substituirá o banco mau/Banco Mundial) – o futuro dos norte-americanos e dos seus apoiantes parece ser cada vez mais preocupante face à fuga dos investidores. Quanto tempo durará mais a teoria das rotativas e da impressão ilimitada? O Japão que não se ponha a pau!

 

E mesmo assim voltemos a PUTIN. A acreditar nos Republicanos e nos seus experimentados teóricos da FOX, um verdadeiro exemplo de um modelo extremo de ditador psicopata e sofrendo de um caso grave de autismo, capaz de invadir e anexar países mesmo tendo que recorrer como aviso a mísseis para abater aviões civis, não se coibindo em matar opositores seus mesmo junto às muralhas do Kremlin, safando-se sempre de constantes atentados à sua vida ou doenças mortais, desde dores nas costas, colapsos cardíacos, dores por ter sido pai e até golpes de estado, para no fim como um Anjo Diabólico e Vingativo virar as costas à Europa, abrindo os seus braços à Ásia e desviando-se do caos europeu. A interrogação que se coloca agora – com as negociações EUA/Irão com boas perspectivas de acordo e concretização, enquanto por outro lado no Iémen a Arábia Saudita ataca violentamente a oposição apoiada pelos iranianos – é de como reagirá a Arábia Saudita e seus aliados, Israel um país certamente interessado (e afirmando desde já estar pronto a entrar em acção no Irão se os norte-americanos não o fizerem) e os outros norte-americanos. Fundamentalmente os Republicanos, mas também franjas Democratas (no Congresso e no Senado).

 

Enquanto isso PUTIN vai desfrutando da paisagem e do seu grandioso elenco: pensando no passo seguinte aos próximos já projectados (e em execução).

 

“Behind the ostensible government sits enthroned an invisible government, owing no allegiance and acknowledging no responsibility to the people. To destroy this invisible government, to dissolve the unholy alliance between corrupt business and corrupt politics is the first task of the statesmanship of the day.” (President Theodore Roosevelt)

 

(texto/itálico e imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:36
Quinta-feira, 19 DE Março DE 2015

Walking Dead Putin

PUTIN ESTÁ MORTO E O QUE VÊM É UM DUPLO

Putin 7.jpg

Um dos duplos de PUTIN

 

Tal e qual como um ROLO COMPRESSOR que tudo o que apanha no seu caminho lhe dá uma NOVA FORMA, os condutores dessa grande máquina de manipulação mental que é a comunicação social e como verdadeiros profissionais que são, sempre que solicitados e remunerados nunca param e jamais desistem. Como consequência e tratando desde já do caso que aqui nos traz, se por qualquer motivo imprevisto eles ainda não conseguiram matar o presidente que segundo eles mantém a RÚSSIA encarcerada – O DIABÓLICO PUTIN – em sua substituição e muito rapidamente arranjarão um sucedâneo equivalente senão mesmo superior. E foi mesmo assim que a história se desenvolveu: já que o suposto MORTO resolveu aparecer dez dias depois apresentando-se ao público como se estivesse VIVO (como seria tal possível de engolir depois de ter sido amplamente noticiado ter sido pai, ter andado a cavalo, ter ficado mal das costas, ter sofrido um golpe de estado, ter sido vítima de um ataque cardíaco e finalmente ter sido assassinado) então é porque se tratava de um DUPLO. Desse modo garantindo por mais algum tempo a manutenção do seu trabalho de qualidade profissional e a respectiva remuneração merecida e condizente (os únicos objectivos de qualquer mercenário que se preze nada lhe interessando os direitos dos outros) e simultaneamente conseguindo manter por um tempo extra e provavelmente indefinido a dita personagem no LIMBO. Se o DITADOR PUTIN não estiver MORTO então VIVO é que não ficará: para já não se safará de ser considerado um perigoso MORTO-VIVO!

 

(imagem – Web)

tags: ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:14
Segunda-feira, 16 DE Março DE 2015

O Morto está Vivo!

“Mais uma prova de que as informações que temos vindo a receber, só pode ter origem no Diabo.”

BN-HK642_putinc_M_20150316080002.jpg

Atambaev e Putin

 

Afinal de contas e contra todas as previsões o presidente da Rússia VLADIMIR PUTIN ainda ESTÁ VIVO! Apareceu HOJE em São Petersburgo acompanhado pelo presidente do Quirguistão Almasbek Atambaev.

 

Depois de ter estado gravemente doente, ter sofrido um golpe de estado e finalmente acabar assassinado (tudo isto enquanto dizem ter sido pai e ter andado a cavalo), o presidente da Rússia (desaparecido desde o dia 5 de Março) reapareceu com bom aspecto, de pé e a andar.

 

Sinalizando previamente o seu eminente regresso do mundo dos mortos onde muitos já o tinham enterrado, ao emitir poucas horas antes uma ordem ao seu exército colocando 40.000 tropas em estado de alerta (num exercício já previsto).

 

E tendo ainda tempo para ironizar com o tema da sua morte, afirmando que “as coisas seriam aborrecidas se não fossem as fofocas”. Sendo acompanhado pelo seu colega Presidente (do Quirguistão) que acrescentou que o presidente da Rússia “não só andava, como também o fazia depressa, enquanto passeava os convidados”.

 

Não desistindo de acreditar na PROPAGANDA BULLHORN (de autoria norte-americana e replicada até à exaustão por toda a Europa) e não obstante todos os cenários apontarem na direcção não desejada, ficamos impacientemente à espera de novos e emocionantes episódios.

 

(imagem: Agence France-Presse/Getty Images)

tags: , ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:14

pesquisar

 

Outubro 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
19
22
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

blogs SAPO


Universidade de Aveiro