USA 2016 – Um Mal nunca vem só

“Com o Mundo paralisado à espera do próximo louco – CLINTON ou TRUMP – o português António Guterres lá conseguiu passar na ONU.”

(ainda bem)

 

clinton-trump_060816getty.jpg

13% Dos norte-americanos preferem ser atingidos por um Meteoro

A terem que levar com Clinton ou Trump

 

Com as eleições presidenciais norte-americanas a decorrerem já no próximo dia 6 DE NOVEMBRO (daqui a menos de um mês) e ainda com dois importantes (ou talvez não) debates televisivos por se concretizarem (restrito aos dois únicos candidatos com mais de 15% nas sondagens), parece que (pelo menos de momento) a comunicação social dos EUA conseguiu definitivamente cumprir a sua quota-parte do contrato (de uma forma esmagadora e à moda de Saddam Hussein) calando de vez DONALD TRUMP (ridicularizando-o por simples e provocadora distorção) e obviamente paralisando a sua campanha (que estava em crescendo): numa oferta em bandeja levado a cabo por todos os acionistas com interesse em Wall Street, aparecendo estrategicamente no cardápio dos financiadores de HILLARY CLINTON. Ainda-por-cima com a candidata (internamente) contando com o apoio do FBI (na confusão dos e-mail) – e aproveitando a ocasião para ligar o outro (candidato) a PUTIN.

 

Candidato Partido  

Sondagem

(realclearpolitics.com)

Média

 

Sondagem

(qu.edu)

07.10.2016
Hillary Clinton Democrata 44% 45%
Donald Trump Republicano 41% 40%
Gary Johnson Libertário 7% 6%
Jill Stein Verde 2% 3%

(existem mais candidatos além destes quatro)

 

“Tendo-se que perceber que seja qual for o candidato a ser eleito a 6 de Novembro no seu essencial a política de manutenção da supremacia global dos EUA em todas as regiões do Mundo manter-se-á inalterável e com o poder fora do Governo (não nas mãos da Casa Branca mas nas mãos das Corporações).”

(que o digam a CIA e o Pentágono)

 

Arabtoday-18news6.jpg

António Guterres

9º Secretário-Geral da ONU – 2017/2021

 

Evoluindo de uma situação de empate técnico para a atual e perigosíssima situação de impasse evolutivo (para o candidato que vem atrás), na qual DT se parece fixar muito próximo de HC, mas nunca se aproximando o suficiente para a pôr em causa ou sequer questionar: sempre a uma distância de 3 a 5% insuficiente para os mais indecisos (e inseguros) optarem pelo candidato dito Anti Sistema. Pelo que se tudo se mantiver como até ao dia de hoje (tudo calmo e tudo tranquilo) e se este período se estender monotonamente até ao dia 6 de Novembro (tanto interna como externamente) DT não terá a mínima hipótese e HC será então coroada: com todos os factos a confirmarem de momento esta versão tanto a nível interno – continuando-se a matar pretos calma e impunemente – como a nível externo – deixando-se continuar a matar no Iraque, na Síria, no Iémen e na Líbia. E borrifando-se na ONU (não utilizando o seu veto e não apoiando Merkel) deixando os russos contentes com a eleição de Guterres.

 

(imagens: thehill.com e arabtoday.net)

tags: , ,
publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:15