Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

25
Ago 19

Uma ave-de-rapina de porte médio, de atividade diurna e especializada em voo de velocidade, e preferindo movimentar-se (até para caçar) em espaços abertos (em zonas montanhosas e costeiras).

 

maxresdefault.jpg

Falcão-Peregrino

(Falco Peregrinus)

Atingindo os 320Km/h

 

Atualmente sendo considerado “o Animal mais Rápido do Mundo” podendo atingir a velocidade de 320Km/h (ou superior), pelas suas características, tipo de voo e rapidez – e semelhança – sendo comparado a um Bombardeiro-de-Voo-Picado.

 

Devido ao uso intensivo de pesticidas (como o DDT) – dizimando populações inteiras de Falcões-Peregrinos − tendo estado há cerca de 50 anos em risco de extinção (em 1970 estando talvez reduzidos a um par de ninhos), recuperando (com o DDT banido em 1972) apenas em 1999 e saindo da lista vermelha das espécies em risco.

 

Graças à contribuição de organizações como THE PEREGRIN FUND (norte-americana, sem fins lucrativos, fundada em 1970 e dedicando-se a Aves em risco, um pouco por todo o Mundo). E segundo estudos recentes com a população destas AVES apresentando no presente números excelentes com os números da Califórnia a apontarem para os 300/350 ninhos na Califórnia e mais de 2400 no resto dos EUA.

 

[E em linha reta e à velocidade máxima de 320Km/h, fazendo (o Falcão-Peregrino) a viagem Albufeira-Lisboa (196Km) em 37 minutos (0,6h) e a viagem Albufeira-Porto (453Km) em 85 minutos (1,4h). Com a velocidade de um voo comercial (em voo de cruzeiro) a andar apenas pelo triplo (uns 900Km/h ou mais).]

 

(imagem: Deep Look/youtube.com/boingboing.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:38

24
Ago 19

[Envolvendo o Continente Americano e o Futuro do Mundo.]

 

Teoria da Conspiração baseada numa Premonição

(Eleitoral/Primária/Presidencial)

Candidato Presidencial derrotado nas Primárias Republicanas de 2016

(nos EUA)

Nelas saindo vitorioso o seu rival Donald Trump.

ted-cruz-trump.jpg

Ted Cruz

Mais tarde com TRUMP enfrentando e vencendo nas Presidenciais (surpreendentemente)

A candidata Democrata Hillary Clinton.

Confirmando-se a PREMONIÇÃO de TED CRUZ

E cumprido o 1º Segredo,

(do “Botão Incinerador”)

Depois dos primeiros sinais,

(abandono do TNP)

Seguindo-se a Revelação do 2º Segredo

(do “Botão Nuclear”)

– De acordo com o autor da premonição,

Só mesmo com o dedo de Trump,

Por acaso estando lá.

(sobre o botão)

Faltando apenas confirmar o Alvo.

(para nervosismo da Rainha da Dinamarca)

 

“Face ao cenário do “PULMÃO DO NOSSO PLANETA A ARDER (a AMAZÓNIA), sendo HIPÓCRITA que a maior parte das críticas venham de quem já destruiu o “OUTRO PULMÃO (nesse caso, estando os países integrando o G7) − face aos seus negócios aí instalados/a instalar, pouco se importando até hoje com o estado de saúde do (pulmão) SOBREVIVENTE.”

 

ECmM_hbXsAEq21w.jpg

Bolsonaro e o seu Botão Incinerador

 

Com o TRUMP SUL-AMERICANO (JAIR BOLSONARO) a carregar no BOTÃO INCINERADOR e a deitar FOGO à AMAZÓNIA − e em SÃO PAULO certamente por feitiçaria, transformando o DIA em NOITE – poder-se-á confirmar o cenário há dois anos previsto por TED CRUZ do TRUMP NORTE-AMERICANO (DONALD TRUMP) carregar no BOTÃO NUCLEAR – confirmando-se a premonição, tendo como alvo não só a RAINHA mas também a DINAMARCA (mas poupando o investimento, a Gronelândia):

 

“I don’t know anyone who would be comfortable

with someone who behaves this way

having his finger on the [nuclear] button.

We’re liable to wake up one morning and Donald,

if he were president,

would’ve nuked Denmark.”

(Ted Cruz − New Hampshire − February 2016)

 

5d5dd160fc7e93f37d8b45b6.JPG

Trump e o seu Botão Nuclear

 

Revelando-nos como é tão fácil destruir a TERRA (recorrendo a um Evento Apocalíptico Artificial), bastando para tal colocar na mão de indivíduos – ou seja do HOMEM − os privilégios próprios de um Deus, sendo o seu utilizador (e usufrutuário dessas prerrogativas) apenas uma das suas Criações (uma réplica do molde original, mas não o original). Nem sequer ainda tendo percebido a presa (já depois de duas Guerras Mundiais, milhões de morte e campos de concentração) os processos de encantamento inicial (sob diversas máscaras) do predador.

 

(imagens:  Shutterstock/Mark Wilson/Getty/people.com − Emmanuel Macron/@Emmanuel Macron/twitter.com/rt.com − Reuters/Stringer/rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:53

Não se notando (em Albufeira) nenhuma evolução turística relevante relativamente ao ano passado, mas ainda se esperando que até ao final do mês de agosto o “contingente português” componha decisivamente o cenário (“tendo-se já iniciado o assalto”) – E se o tempo ajudar complementando melhor o desenho, prolongando-se as cores, talvez para lá de setembro.

 

Britânicos estão a salvar o ano turístico

(JA/21.08.2019)

 

Só podem estar a brincar

(PA/24.08.2019)

 

cropped-TURISMO-ALGARVE-2.jpg

Albufeira − Praia dos Pescadores

(ainda com praia, mas já sem pescadores)

 

Se como primeiro comentário diria “só podem estar a brincar”, ao ler o pequeno escrito publicado e ao verificar a fonte consultada pelo seu autor, as imagens projetadas tornaram-se menos enevoadas, confirmando as minhas anteriores suspeitas: descodificando e compreendendo que, “uma resposta antes do início da época, poderá ser diferente da resposta dada depois do fim da mesma”, tratando-se de uma estratégia como outra qualquer, para estar sempre disponível a receber ajudas e subsídios, “esteja-se bem, esteja-se mal”, desde que convenientemente integrado e certificado (oficializado institucionalmente, de acordo com as leis do Estado).

 

“Como era de esperar, os ingleses dominam o panorama.

O que ninguém esperava é que nem o calendarizado Brexit

lhes metesse travões.”

(JA)

 

No caso da Região do Algarve sendo nítida uma queda global na presença e ocupação turística, com o mercado do Reino Unido aparentemente a estagnar (com um reduzido crescimento podendo mesmo ser nulo) e apesar de algum aumento dos fluxos turísticos como os oriundos (entre outros) da Alemanha, Holanda, França e até Espanha (este último por períodos mais curtos), com o Verão a poder unicamente salvar-se com a presença maciça de portugueses na região sobretudo na última quinzena de Agosto (e estendendo-se ainda um pouco por Setembro, mais ou menos, dependendo do estado do tempo). Talvez com a única verdade a ser a (reconhecida) queda global registada em julho de 3%, confirmada através do parágrafo iniciando-se com a frase A queda acentuada desses dois mercados …”.

 

“Da forma como aquele país (Reino Unido) sair da União Europeia,

“vai depender em grande parte a evolução do Turismo algarvio””.

(Elidérico Viegas/JA)

 

E com a explicação das explicações (para tudo o que se passa e se tem passado nos últimos anos no Algarve, senão mesmo nos derradeiros 30/40 anos) introduzindo agora o BREXIT, a ser no mínimo incompreensível senão mesmo escandalosa (revelando incompetência por exemplo de perspetivar o futuro), seja no caso dos “travões− como se os britânicos fossem deixar de vir, antes da saída da UE ser oficializada (“há que aproveitar, enquanto durar”) − ou no outro caso: neste último e desde há muitos e muitos anos optando pela mesma receita (pelos vistos apetitosa, mas só para alguns) da MONOCULTURA TURÍSTICA − como garantia de ocupação e da manutenção de proveitos no mínimo aceitáveis (os mínimos ainda para os outros) – vindo agora justificar o que aí poderá vir de MAU (a nível do fluxo turístico) não pelo seu antigo ERRO cometido (assumido e persistindo), mas com o problema suscitado pelo BREXIT (“o único Culpado”).

 

[JA: Jornal do Algarve]

 

(imagem: JA/JA.PT/facebook.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:09

[Numa Ideia de JB.]

 

Já que Prevenir (sendo de Velhos) está DÉMODÉ e para além do mais,

manter a Natureza (ainda com alguma carne, pele e osso) saindo caro (para os Novos).

 

Evoluindo [Árvores → Vacas]

e transformando um Sujeito numa Coisa,

ou seja, [Amazónia → Estaleiro].

 

Como felizmente pelo exercício repetido da experimentação – ao longo de tempo e do espaço, que nos é atribuído – acabamos por adquirir conhecimentos (não só sobre o objeto da mesma, como sobre as suas interações com o meio exterior), teorizando-os, aplicando-os e no processo corrigindo-os (a isso se chamando evolução) – e nessa prática sendo bem-sucedidos − mesmo que alguns persistentemente (e pelas mais diversas razões) não o queiram ver, nesses sempre integrando (pelo menos inicialmente) as Entidades Oficiais – sejam eles (autodidatas ou não) mais ou menos leigos ou eruditos e tendo mais ou menos conhecimentos práticos e/ou teóricos, nunca os mesmos poderão desmentir o que percecionaram, sentiram e compreenderam, e integrando-se no seu Ecossistema (respeitando-o) usufruíram:

 

Com dor ou com prazer, não só físico como mental e a partir dessa análise (da sua forma, conteúdo e local de inserção) retirando conclusões, arquivando-as e sempre que necessário, tornando-as relevantes e aplicando-as.

 

21cb5141ff0e28eec0ce1e069ba0422a.jpg

Brasil

(remediando)

 

E se certos Fenómenos podem ainda ser justificados (mesmo que recorrendo, de ambos os Lados, aos lobbies e aos políticos) pela ação da Natureza ou sendo artificial pela ação do Homem (a Espécie Dominante Inteligente/Organizada/Racional e a única capaz de o fazer) − sendo decididos maioritariamente, conforme o interesse de alguns (como sempre, do Topo da Hierarquia Social) – nalguns desses casos até que poderemos “engolir” (apesar de azia certa) a explicação apresentada (pelas Autoridades Certificadas e ditas Competentes), enquanto que noutras (não se encontrando justificação, para nuns casos ser sim e noutros ser não, talvez aleatoriamente) definitivamente que não:

 

Podendo-se apresentar como exemplo de um e do outro caso, o Incêndio em curso na “Floresta da Amazónia” – com o presidente do Brasil JAIR BOLSONARO a ignorar o problema do aumento dos Fogos na Selva Amazónica (secundarizando-o e reclamando nada poder fazer, quando a Bolívia o faz), virando-se antes para os fazendeiros e criadores de gado (o seu sector prioritário) e invocando para sua defesa o progresso do seu país, segundo ele no futuro baseando-se na grande riqueza de matérias-primas (a explorar) de que a Amazónia é portadora −  e o Alerta da chegada de um raro Fenómeno Meteorológico (mais comum de ocorrer no Hemisfério Norte) ao Hemisfério Sul (afetando as temperaturas na Estratosfera e podendo afetar a meteorologia atmosférica e o estado do tempo) podendo afetar regiões do Globo Terrestre localizadas agora a sul (atravessando ainda o Inverno e a caminho da Primavera) como por exemplo (e entre outras, já tendo vivido períodos semelhantes e consequências desse fenómeno meteorológico) a Nova Zelândia − aqui sem necessidade de ignorar (Politicamente e por Lobby, contrapondo falsamente e de uma forma mentalmente enviesada, a nossa única possibilidade de Salvação, à utilização e destruição da Natureza) mas (como exercício dos nossos direitos e deveres) unicamente de conhecer, prevenir e proteger (simplesmente as pessoas, o lugar onde vivem e a partir daí surgindo tudo o resto).

 

E assim enquanto no Brasil e no presente nada se faz deixando andar, na Nova Zelândia tentando preservar o seu futuro e o dos seus cidadãos, dá-se importância aos CIENTISTAS em vez de os DEMITIR (como aconteceu ao Diretor da NASA no Brasil, demitido não por não dizer a Verdade, mas por contrariar o Presidente − dizendo mentiras − e tentando arranjar desde logo, Bodes Expiatórios, que não ele):

 

No nosso país irmão com o novo líder das massas (amplamente promovido pelos Média, estando contra ele ou a favor) Jair  Bolsonaro queixando-se dos ataques a ele lançados − tentando-o associar (negativamente) aos Fogos lançados sobre a Amazónia – quando o que ele pretende é simplesmente Reflorestar a Amazónia substituindo numa 1ª fase “Árvores por Vacas” (Arrancar a Pele à Amazónia), correndo simultaneamente uma 2ªfase, agora com esta dirigida ao subsolo (Arrancando a Carne da Amazónia).

 

E sugado bem o tutano (dos Ossos da Amazónia) ficando o resto para os Sobreviventes (se ainda existirem lá indígenas), caso contrário seguindo para farinha.

 

ssw-ss-f.jpg

Nova Zelândia

(prevenindo)

 

Não sendo assim noutros lados (felizmente).

 

Com um Fenómeno Atmosférico raro podendo à sua passagem ter efeitos anormais (e até com possíveis consequências perigosas, para estruturas e pessoas) na meteorologia de uma determinada região (podendo afetar zonas terrestres habitadas) neste caso do Hemisfério Sul (potencialmente a Nova Zelândia, mas podendo atingir igualmente a Austrália e outras ilhas nas suas proximidades, a menor latitude) – com as autoridades responsáveis prevenindo-se em vez de se remediar, escutando os Cientistas e (como é tão simples e eficaz) seguindo os seis conselhos (em vez da dos políticos), num Governo Trabalhista (Centro-esquerda) – tal como certamente o seria em qualquer país desenvolvido de Direita-Democrática.

 

E a nível do raro fenómeno atmosférico podendo cair sobre parte do Hemisfério Sul e atingir (instalada na 1ª linha terrestre) a Nova Zelândia − provocando uma súbita subida das temperaturas na Estratosfera (20/50Km de altitude), a camada sobrepondo-se à Troposfera (0/20Km de altitude) e por reflexo alterando aí as condições meteorológicas previstas (e habituais por esta época do ano) ao nível da superfície terrestre (e oceânica) – com as consequências a poderem ser CLIMATICAMENTE EXTREMAS e com o mau tempo a poder afetar partes do Hemisfério Sul (e por mais próximos territórios de maior latitude como a Nova Zelândia), transportando consigo um maior e bem notório arrefecimento (com o solo a congelar) e até em certas zonas mesmo com o Sol a brilhar precipitação elevadas (extremas e tal como na descida de temperaturas batendo recordes).

 

E com esse pico máximo de atividade a estar previsto para o período entre o final deste mês e o início do seguinte (29.08 a 02.09):

 

Com todo este fenómeno meteorológico raro – SUDDEN STRATOSPHERIC WARMING (SSW) − a estar relacionado com uma súbita e elevada subida da temperatura na estratosfera na ordem dos 25°C, o que está a ocorrer na data presente e daí o aviso (a seguir, a finalizar).

 

For up to about a month after the SSW, polar air masses, known as streamers, can break off from the weakened vortex and move towards New Zealand. It doesn’t guarantee unusual or extreme weather, but it can happen.

(Ben Noll/Meteorologista em Teo Blašković/watchers.news)

 

[Com o nosso PRIMEIRO COSTA posto perante o problema de estarem a matar o “PULMÃO da TERRA” e nem se quer se preocupando com a situação do outro (nem mesmo estando curioso em saber se o mesmo ainda existe), aparentemente demonstrando alguma preocupação (com a sua cara de sempre, não se sabendo se com ele ou com os outros) e afirmando ir fazer queixa, acabando por se demitir da sua intervenção, obrigação e responsabilidade, pois afinal o “PULMÃO da TERRA” era uma das coisas de JAIR BOLSONARO − e já que nos vinha visitar, sendo inconveniente não o incomodar (veja-se o que TRUMP fez − um exemplo para BOLSONARO − com a Rainha da Dinamarca).]

 

(imagens: watchers.news − yahoo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:06

22
Ago 19

[Minimalistas para Uns, Maximalistas para Outros, ou seja, Intolerantes, Extremistas.]

 

Numa Verdadeira Saga Minimalista

(naturalmente aplicada aos mais fortes)

Governo decreta serviços mínimos para a greve da RYANAIR

(e sem se dignar responder podendo escorregar na Banana,

secretamente e mesmo parecendo “aérea” a companhia inglesa agradece)

 

Robbing_the_poor_800_666.jpg

 

E depois de há cerca de um ano a Assembleia da República ter votado (e Aprovado) com o apoio do PS uma resolução pedindo ao Governo que fizesse todos os esforços para que a RYANAIR respeitasse a legislação portuguesa do trabalho (e desse modo os trabalhadores e PORTUGAL), eis que o Governo mesmo “tendo recebido uma mão cheia de nada” da companhia aérea (e Privada) inglesa − e aí se vendo o respeito tido pela RYANAUR para com o GOVERNO de PORTUGAL – se antecipa de uma forma aparentemente feroz (“querendo comê-los” como pretendia fazer com os MOTORISTAS) e infelizmente nada surpreendente (“ou não viessem aí as eleições e cada tomada de posição autoritária não desse votos”) na tomada de posição contra os TRABALHADORES PORTUGUESES − aqueles mesmos cidadãos que os políticos dizem sempre desejar representar e defender (como serviço público e patrioticamente) e não apenas como se constata fazendo-o com os Patrões (e até com outros periféricos associados, muitos deles ainda-por-cima subsídio-dependentes do Estado): mesmo com a RYANAIR a não cumprir (e que se saiba para poder usufruir de algo mais, nem sequer prestando Serviço Público) gozando o país e os seus trabalhadores, por um lado deixando “ir em Paz a Ryanair” e pelo outro “punindo”, impondo serviços mínimos aos trabalhadores (grevistas). Pensando António Costa e o seu partido o PS (agora o partido do Governo e com postura Estatal) que mantendo o procedimento tido nas Eleições Europeias − insistindo na mesma estratégia (antes com Professores, agora com Motoristas) e sendo nós umas bestas (uns verdadeiros Animais-de-Carga) − certamente que vencendo antes, agora arriscando-se ao mesmo: e talvez mesmo com o Bônus (tão típico das Ditaduras) da Maioria Absoluta (tendo no Antigo Regime a experiência SALAZAR e no Novo Regime a experiência CAVACO − para já não falar dos Monstros, dos Monstrinhos e dos Monstrengos).

 

(imagem: Matt Mahurin/reuters.com [blog]/canadiandimension.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:13

“Alien life-forms could glow

in spectacular reds, blues and greens

to shield themselves

from stellar bursts of ultraviolet (UV) radiation.

And that glowing light

could be how we find them.”

(Yasemin Saplakoglu/livescience.com)

 

Deixando para trás os leigos

Neighbors-green-aliens.jpg

Autodidatas com conhecimentos, quanto muito empíricos,

mas esmagadoramente marginais e ignorantes.

 

E não é que depois de séculos e séculos a falar-se de “UFO’S” (OVNI’S) e dos seus possíveis tripulantes os “ALIENS FROM SPACE” (Alienígenas do Espaço) – isto para não se confundirem com os outros ALIENS (agora na moda e invadindo os Média) os “ALIENS FROM MEXICO” – sendo muitos dos divulgadores dessas informações (apenas baseados em factos registados e merecendo ser estudados, aprofundados) oficialmente gozados, desacreditados e finalmente marginalizados (presos ou não, sendo esquecidos), eis que nesta segunda metade do ano de 2019 (já no século XXI mais precisamente a 13.08) um ESTUDO CIENTÍFICO da responsabilidade de um investigador do INSTITUTO UNIVERSITÁRIO (de CORNELL) CARL SAGAN, vêm-nos agora sugerir (sendo credível, propor, de modo a ser aceite de seguida) − indiretamente e por associação − até pela “palete−de-cores” apresentada (no seu estudo), a possível existência dos muito falados mas nunca vistos (por esse motivo já Lendários) HOMENZINHOS VERMELHOS, AZUIS e VERDES (pelo menos dessas três cores, apesar de também se falar dos mais para o Branco e dos mais para o Preto/como os HOMENZINHOS CINZENTOS, os extremos da palete).

m_stz1842fig1.jpeg

Coral Fluorescence

Coral fluorescent proteins absorb near-UV and blue light

And re-emit it at longer wavelengths

(O'Malley, Lisa/academic.oup.com)

 

E dadas as características dos mesmos – os EXTRATERRESTRES – podendo literalmente “BRILHAR-NO-ESCURO”, propondo que a partir dessa (sua particular) propriedade a mesma fosse utilizada (como se fosse para detetar Estrelas no Céu), para mais facilmente se detetar VIDA e até (porque não) a poucos ou a muitos anos-luz, “Outra Terra, Outro Refúgio (p/ o HOMEM)” – de preferência habitável (pelo menos por alienígenas aí residentes), mesmo que lá bem longe no Espaço e entre outros Sistemas e Galáxias. E para fúria dos outros (entre eles os Teóricos da Conspiração, atirados para o seu gueto) com a entrada dos eruditos em ação (antes postos-de-lado e agora esmagados, os leigos) – da equipa liderada por JACK T O’ MALLEY-JAMES e por LISA KALTENEGGER (do Instituto CARL SAGAN) − coincidindo com o pré-aparecimento (oficial) dos HUMANOIDES-VERDES, inconscientemente (e sem intenção, mas podendo ser punidos) pelos mesmos promovida. Extraterrestres provavelmente oriundos de Sistemas Planetários rodeando uma estrela Anã-Vermelha (onde numa determinada zona desse Sistema, se situarão a maioria, dos “Mundos Habitáveis”) − de tipo espectral K ou M, o maior contingente de estrelas no nosso Universo, com uma massa metade da do Sol, menor temperatura e menor energia gerada (e cor-de-laranja, sendo o Sol do tipo espectral GV2, de cor convencional amarela, com maior massa, tamanho e luminosidade) – como poderá ser o caso das Anãs-Vermelhas localizadas nas proximidades de PROXIMA CEUTAURI e do sistema recentemente descoberto de TRAPPIST-1.

 

E introduzindo os eruditos

KeQWgd3RDufQPJsQWCiSs8-650-80.jpg

Oficializados por integrados e como tal, por conhecimentos adquiridos,

sendo cientificamente certificados

 

Segundo o estudo com os eventuais seres vivos podendo ou não habitar estes Sistemas, a terem obrigatoriamente de ter resolvido um problema − básico e fundamental − envolvendo a sua sobrevivência e a sua resistência aos efeitos dos nossos conhecidos (na Terra, mas aqui com a mesma estando equipada com vários filtros protetores) RAIOS ULTRAVIOLETAS (radioativos, penetrantes e por extremamente “tóxicos e incisivos” sendo mortais): protegendo-se dos mesmos nesses locais (carregados de radiações UV), podendo a partir daí usufruir livremente deles (sem condicionamentos de saúde), para por exemplo (e como EVOLUÇÃO) e com o seu Corpo progressivamente adaptando-se (aos raios UV), ficando Verde, neutralizando e absorvendo (algumas doses), refletindo (outras doses) e mantendo na sua plenitude o seu equilíbrio Funcional. E aí existindo aí sendo considerados, Únicos. Nós estando protegidos sendo a Preto & Branco (terrestres), eles estando desprotegidos sendo a CORES (extraterrestres) − e podendo ser vistos ao longe (com telescópios apropriados de última geração) dado serem florescentes, brilhantes. Na Terra como alguns Corais (e muita outra Fauna & Flora terrestre).

 

(imagens: Neighbors-Green Aliens/rafu.com − Creative Commons/academic.oup.com − Shutterstock/livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:39

Com a Amazónia continuando a arder (para alegria dos fazendeiros) e com os fogos (e as suas consequências) a serem vistos do Espaço e de São Paulo (a cerca de 3.000Km de distância). E com o Presidente a ver, a pensar (uma árvore por uma vaca), deixando arder.

 

Reflorestação da Amazónia:

(segundo Jair Bolsonaro)

"Por cada Árvore ardida,

Colocando no seu lugar uma Vaca."

 

snapshot 2.jpg

E depois de ardida a Amazónia feita a reflorestação

substituindo cada árvore por uma vaca

 

Vivendo com o único objetivo da Sobrevivência e não tendo muito mais tempo do que para isso, nem nos poucos instantes que por vezes sobram, somos capazes de parar um pouco para pensar: e mesmo se o incidente for logo ali, antes de aqui chegar passará por aí.

 

E nesta nossa extrema indiferença (mental) em que o nosso corpo (físico) é que paga (reduzindo drasticamente o nosso tempo média de Vida), não nos preocupando com a nossa extinção (do Homem), pouco significado daremos ao restante (Ecossistema Terrestre).

 

Aceitando a Doença e a Guerra (a Morte) como algo de banal (individualizando-o à espécie), simultaneamente autorizando e declarando a destruição (inevitável e) natural (alargando-o ao planeta e além): seja do Mundo Animal ou do Mundo Vegetal (exemplo Amazónia).

 

snapshot 4.jpg

Certamente parecendo, mas não o sendo

São Paulo durante a tarde

 

Ainda-por-cima e como sinal evidente da doença (de que há muito padecemos) negando-se a Realidade e recusando-se intervir (de modo a não criar sobressaltos, no normal funcionamento da Máquina), deixando que o Tempo passe e o Espaço se Transforme.

 

Na floresta da Amazónia com a mesma desde há três semanas (desde o início do mês) a continuar a arder (sem parar), deixando o Mundo perplexo face a toda a passividade dada a destruição do “PULMÃO”: fornecendo mais de 20% do oxigénio que respiramos.

 

Uma imagem do planeta Terra bem visível a partir do Espaço, mostrando-nos a progressão (incontrolável) de um grande incêndio no seio da selva amazónica, lançando grandes nuvens cinzentas de fumo (para a atmosfera), observadas lá de cima (exemplo ISS) e chegando a São Paulo.

 

"The smoke did not come from fires from the state of São Paulo, but from very dense and wide fires that have been going on for several days in Rondônia and Bolivia. The cold front changed the direction of the winds and transported this smoke to São Paulo."

(Josélia Pegorim/meteorologista/Globo/humansarefree.com)

 

snapshot 1.jpg

Com as nuvens de cinza dos incêndios

espalhando-se por milhares de quilómetros

 

Numa herança claramente associada (por fortificada) à eleição (presidencial) de Bolsonaro – desprezando o Mundo Rural (subdesenvolvido e antiquado) e associando-o ao flagelo da pobreza (ao desemprego e à violência) e sobrevalorizando o Mundo Urbano (desenvolvido e progressista) e associando-o ao sonho dos Ricos – apoiando fazendeiros (dando-lhes autorização de autoridade) e atacando trabalhadores (pondo-os na ordem e no seu lugar) e assim promovendo as cidades.

 

Hoje e sendo impossível de o negar com os incêndios a continuarem a grassar com intensidade e sem se ver fim â vista na Amazónia, desde o início do ano já tendo sido registados mais de 72.000 fogos num aumento de mais de 80% para o mesmo período do ano passado (de 2018): com Jair Bolsonaro (aqui o leigo) mais uma vez a negar a Realidade (a Verdade) despedindo (“por manipulação deliberada de dados”) mesmo o Diretor da Agência Espacial brasileira (aqui o erudito), por sem respeito pelo Presidente e de uma forma alarmante, o contrariar.

 

Mantendo-se o rumo traçado pelo Presidente do Brasil para com a Amazónia, não só se mantendo o eclipse parcial de luz causada pela densa nuvem de fumo escuro e espesso cobrindo atualmente São Paulo, como mais cedo do que se pensa e olhando do ar para terra, julgando-se divisar árvores cobrindo a superfície da Amazónia, estando-se na realidade a divisar uma (substituta) cabeça de gado: e por cada árvore abatida, colocando-se lá uma vaca.

 

(imagens: euronews.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:34

21
Ago 19

[Num relatório do início de 2017 a constatação de que as 8 pessoas Mais Ricas do Mundo possuem uma fortuna ultrapassando os 50 biliões de dólares/cada (426 biliões no total) − metade do “Bolo” − ficando para os Mais Pobres desse mesmo Mundo (e não de um outro Mundo Paralelo) uma “fortuna” de menos de 120 dólares/cada – a outra metade do “Bolo”.]

 

Mais uma (pequena e estreita) contribuição (no sentido de ajuda) para o esclarecimento do motivo (tóxico e subliminar) pelo qual, desenvolvendo-se (Evoluindo) o Mundo (como se fosse um Todo), o mesmo não acontece com o Homem (como se fosse Nada):

 

Forbes-2018-Billionaires-List.jpg

Já em 2018 com Jeff Bezos, Bernard Arnault e Mark Zuckerberg

(e com Bill Gates e Warren Buffet sempre lá, à espreita, ou na liderança)

a estarem incluídos no Top 10 dos Maiores Bilionários Globais

 

Bilionários do Mundo

(maiores ganhos em 2019)

 

Nome

Natural

Empresas

Perdas

2019

(biliões de dólares)

Fortuna

(biliões de dólares)

RM

(2018)

Jeff

Bezos

Albuquerque

EUA

(55 anos)

Amazon, Blue Origin, The Washington Post

- 13,2

112,0

(1º)

Bernard

Arnault

Roubaix

França

(70 anos)

LVMH (Moët et Chandon, Hennessy e Louis Vuitton)

+ 25,9

94,4

(4º)

Mark Zuckerberg

Nova Iorque

EUA

(35 anos)

Facebook

+19,7

71,1

(8º)

(RM: Ranking Mundial – E não esquecendo entre outros bilionários de Bill Gates/Microsoft/2º e de Warren Buffet/Berkshire Hathaway/3º)

 

E duma informação inserida num artigo [eco.sapo.pt] – “Quem são os multimilionários que mais ganham e perdem em 2019”? – podendo tirar-se para além de algumas (cronometradas, direcionadas), muitas mais conclusões (inesperadas, espontâneas).

 

Notre_Dame_Cross_Reuters-e1555441594280.jpg

2 Bilionários franceses (um deles Arnault, fortuna 90 biliões de dólares)

contribuindo com 300.000€ (uma ninharia)

para a reconstrução da Catedral de Notre-Dame

 

Como por exemplo de que a Inteligência no Mundo (e pelo que se vê, no Balanço Financeiro) estará muito mal distribuída, sendo impossível que o impulso de 3 (“Iluminados”) se sobreponha ao impulso de biliões (mesmo que ainda esteja à espera, da chegada da Eletricidade).

 

Acrescentando, até pela categoria hierárquica dos visados (os Milionários), que cada um deles só é relevante, porque integra um dos mais importantes sectores desta Sociedade (do Espetáculo s/sentido, apenas o sendo por projetado, numa tela e como um holograma): Distribuição (c/prestação de Serviços), Moda (p/indicação de Regras e Comportamentos) e Comunicação (eliminando problemas na manipulação do cliente).

 

[LLM: Levantando-me Logo de Manhã]

 

(imagens: Forbes/fossbytes.com − Christophe Petit Tesson/REUTERS/dailycaller.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:20

“Russia Is About to Send a Humanoid AI Robot

to the International Space Station”

(newsweek.com)

 

A dias do lançamento HISTÓRICO do primeiro HUMANOIDE – o SKYBOT F-850 mais conhecido por FEDOR − para o Espaço (enviado pela Agência Espacial Russa ROSCOSMOS), dirigindo-se para a ISS e aí devendo passar uma dezena de dias − antes de regressar de novo à Terra. A bordo da nova nave SOYUZ-MS e transportado pelo também novo foguetão SOYUZ-2.

 

Fedor2.jpg

FEDOR

1º Humanoide no Espaço

 

No próximo dia 22 de agosto de 2019 (quinta-feira) dando-se um novo e decisivo passo na Exploração Espacial (e indo mais além na Descoberta do Universo), depois do primeiro ser vivo a ser colocado em órbita da Terra – a cadela LAIKA em 3 de Novembro de 1957 – e do primeiro Homem a repetir a proeza – IURI GAGARIN em 12 de Abril de 1961 – seguindo-se agora a vez do primeiro Humanoide o fazer – um ROBOT com cabeça, tronco e membros, dotado de inteligência (artificial) e fazendo mesmo lembrar um Humano (fixem para a História a 22). Para os outros (e suas proezas) − e como se vê − ficando a LUA (abandonada há 50 anos).

 

"This [launch] will be the first stage of work with anthropomorphic systems, enabling us to proceed further into the far space," Rogozin said about the mission to the ISS.

[Fedor will be] very important for operations aimed at replacing humans in performing the riskiest tasks, including future manipulations outside space stations."

(Dmitry Rogozin/Director general of Roscosmos/newsweek.com)

 

Curiosamente, mas certamente que não por acaso ou por coincidência (ou não integrássemos um mesmo Holograma), com todos estes intervenientes a terem o mesmo remetente e destinatário (comum a todos eles), sendo o mesmo designado como URSS (sob a liderança de Nikita Khrushchev) ou Confederação Russa (sob a liderança de Vladimir Putin): podendo-se assim assumir (faltando a confirmação) que o primeiro ser biológico ou mecânico a sair da TERRA e a lançar-se no ESPAÇO, não era (em princípio, pois nunca se sabe) Norte-Americano, mas sendo-o (pelo feito) excecional. Com os olhos (para uma missão a curto-prazo) já na Lua.

 

1076318072.jpg

A 1º vez que um Robot

Se sentará na cadeira de um comandante

 

E tendo-se iniciado com o nome de AVATAR − em missões de recuperação e de salvamento (civis como militares) em terra (na TERRA) − sendo posteriormente reconvertido e passado a FEDOR − agora destinado para o exercício de funções no ESPAÇO – antes de retornar (a casa) preparando-se para a sua Grande Viagem: natural ou artificial (a dita inteligência) depois do Homem (o Rival-Inteligente Norte-Americano) tornando-se o 1º Humanoide (Robot-Inteligente Russo) a pisar a superfície da Lua.

 

(imagens: room.eu.com/Donat Sorokin/TASS − sputniknews.com/Alexandre Ovcharov/Sputnik)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:15

“Apesar dos avisos da Força Aérea dos EUA,

Com uma multidão de fanáticos

− Dos OVNI’S e dos ALIENS

Estimada em mais de 1 milhão de pessoas.

(no mínimo)

A caminho da ÁREA 51.”

 

5d31cc90dda4c854588b456e.jpg

 

Cada vez mais próximos do Evento Norte-Americano de encerramento do Verão (deste ano de 2019), a realizar-se a 20 de Setembro (faltam 30 dias) – “STORM AREA 51, THEY CAN’T STOP ALL OF US” – e esperando-se a presença de uma multidão estimada entre 1 e 2 milhões de pessoas (nesta zona rural do estado do Nevada), aumenta cada vez mais a preocupação das autoridades locais não com a improvável comparência dos ALIENÍGENAS DO ESPAÇO (nem com a possível chegada de outro tipo de Alienígenas, os Mexicanos oriundos do sul), mas com a chegada maciça de um enorme contingente de loucos e de fanáticos (acompanhados por todos os seus fetiches e barraquinhas) não Extraterrestres, mas Terrestres.

 

5d5c47dbfc7e93f7068b45a4.jpg

 

Sendo desde já noticiado − e preparando-se para o pior (“mais vale prevenir do que remediar”) − a pré-assinatura para o caso de ser necessário de uma declaração do estado de emergência no Condado de County (um dos 16 do estado do Nevada), justificando-se os responsáveis (oficiais) por tal medida tomada não saberem na realidade o que dali esperar. Afirmando:

 

“We have no pickin' idea what we're going to face – if anything.”

 

maxresdefault.jpg

 

E confirmando-se a comparência − prevista e desejada pelos organizadores do Evento – de nada mais nada menos que 2 milhões de pessoas (4X mais o estimado – aproximadamente 500.000 − para os 4 dias do Festival de Woodstock), acrescida ainda da ameaça nada velada (aliás bem difundida) assumida pelos militares (na defesa dessa instalação da Força Aérea dos EUA, mais conhecida como ÁREA 51) – relembrando a Proibição de entrada na base e fazendo-o, arriscando-se a ser preso, ferido e até morto – podendo vir a ser preocupante (para os residentes e os de passagem) o cenário em construção. Como se constata pelos militares:

 

“The US Air Force always stands ready to protect America and its assets.”

(Laura McAndrews/US Air Force/10.07.2019/The Washington Post)

 

(imagens: RJA1988/Pixabay, Global Look Press/Dawn Fletcher-Park e RT America/youtube.com em rt.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:06

Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
14

23

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO