Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Agente Provocador

Quinta-feira, 09.02.12

CGTP está a preparar "pseudo greve geral" para dividir UGT

 

João Proença – Um Dinossauro do Situacionismo

 

Mais um a chamar-nos de estúpidos – a mesma estratégia de Passos Coelho, ao pedir em português, que não o chateiem e o deixem trabalhar!

 

Mas o que é uma pseudo greve geral?

 

Pelos vistos o que acontece para o dirigente da UGT, é que a CGTP tem à sua disposição armas de destruição maciça, que não hesitará em utilizar sobre todos os trabalhadores portugueses, como o fizeram sobre uma população árabe indefesa e devido à crise petrolífera, os polícias e libertadores do mundo, sem se preocuparem minimamente com os previsíveis danos colaterais e as suas devastadoras consequências económicas e sociais.

 

Mas já ninguém acredita nele, depois do “desculpem lá por assinar, mas foram eles que pressionaram” (a CGTP).

 

Imitar a atitude provocadora e prepotente do Governo – talvez apenas por incompetência – não leva a lado nenhum, apenas à destruição de todas as instituições democráticas europeias e ao fim de uma Europa unida e solidária – o que já está a acontecer. E não deve ser esse o objetivo de uma organização representativa de trabalhadores. Acho eu!

 

O Iraque não tinha armas de destruição maciça, os EUA só estavam interessados no petróleo e os iraquianos não tinham culpa de o ser, para serem tratados invariavelmente como cães. Foram esses libertadores e salvadores ocasionais que incentivaram conscientemente com os seus atos e com as suas ações, o esmagamento de todas as estruturas de suporte de um povo e de uma nação, colocando-os à disposição legal por condições extraordinárias, de todo o cripto criminoso do mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:39


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.