Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

18
Mai 11

UMA

 

No outro dia encontrei um espermatozóide abatido por mais uma vez ter sido recusada a sua entrada no Óvulo, a mais recente e radical discoteca da reconstruída cidade nova. Ainda procurara um talentoso psiquiatra hipnotizador de egos, mas fartara-se, ao concluir que provavelmente este pensaria que dada a sua pequenez, não possuiria mais que um neurónio. Logo, nem era necessário explicar, só dirigir.

 

Fuck You!

 

DUAS

 

O miúdo Pinóquio tem sido severamente punido por uma associação de ideias que não tem nada a ver com ele. Até eu já o fiz, torna-se irresistível. Só que a culpa não é da vítima, mas daquele que em seu nome a manipula, à vista de todos, descaradamente. Um espaço vivido na infância e transportado durante toda a nossa vida, será sempre o reflexo do amor que tivemos por esse instante e que, mesmo que manipulados repetidamente, nunca esqueceremos. E isso é também cultura e memória.

 

Um menino ingénuo ou cruel?

 

TRÊS

 

Há sempre gente que quer ajudar, mas que nunca consegue chegar-se à frente de vez. Emperra sempre algo, falta sempre a pontaria ou então, a força do pontapé não se concentrou bem na biqueira do sapato e ele voltou e pediu mais. A vida torna-se deprimente, se fechados no nomadismo doentio das nossas vidas, ainda desculpamos por negação todo o mal que nos fizeram. Quem será o sorteado e a quem será entregue o sapato da nova Cinderela? Ou será o da Bruxa-Má?

 

Cada um procura a sua sorte

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:34

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

16
19

22
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO