Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Nov 11

As cidades destruíram a Natureza e o Homem

 

Austrália – o continente mais seco

 

A vida estava difícil na Terra. As pessoas tinham abandonado as superfícies áridas sem fim e partido à procura de novas paisagens. A vastidão de terra seca e quebrada era imensa e a pouca água que resistia ao assalto das temperaturas, não era suficiente para captar qualquer sinal de vida ou movimento. Não se via um ser vivo ou uma habitação e o espaço parecia perdido para a vida. A esperança poderia residir na expectativa do que poderia estar para além desses montes, que o horizonte nos oferecia.

 

O Universo poderá ser o único destino do Homem

 

Marte – o novo mundo

 

Partimos sem hesitar para outro lugar, à procura daquilo que jamais poderíamos voltar a obter, voltando ao mesmo mundo anterior. A nossa capacidade de adaptação teria de ser mais uma vez posta à prova, depois de milhares de anos de evolução e de ligação à nossa terra anterior. A procura de novos territórios de exploração tornou-se assim uma inevitabilidade para a sobrevivência da nossa espécie e uma rampa de lançamento de outras verdades e realidades, não limitadas às fronteiras do nosso planeta e à lógica cega e castradora que algumas luminárias nos foram impondo ao longo da história.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:57

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

16
18

24



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO