Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

28
Nov 11

Os criminosos de guerra apropriam-se de tudo, até da inocência das crianças, para as limitarem a um simples termo e tempo de irresponsabilidade, não reproduzível num mundo de constante violência, exercida maioritariamente pelas próprias instituições que as deviam proteger – para continuarmos uma infância imbecilizada e alienada, foram criados as crianças artificiais, bonitas como a Barbie ou horrorosas como os transformers.

 

Notícias Recentes dos Sem Vergonha:

Crianças pobres e com fome, sem pequeno-almoço!

(resultado de debate orçamental, com vitória PSD-CDS)

 

Grande pequeno e pequeno Grande

 

O que ainda temos e que devemos respeitar e defender até morrer.

Por respeito para com a vida e para com todo o mundo que nos criou e transformou.

Ou já esqueceram que nós somos apenas um fio condutor, mas importante, de todo este processo de vida?

Sem nós não haveria passado nem futuro, somente um presente sem sentido.

Mesmo sem memória e cultura, devemos aos nossos filhos, o direito à vida e ao mundo, que criamos e em que os lançamos.

Um sorriso é a melhor maneira de descrever a vida!

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:50

É pena não termos visto o espectáculo que deve ter sido este concurso humanitário de características imateriais, com diversas culturas a terem de se expor como prostitutas e a revelarem os seus atributos sexuais mais apreciados, de modo a poderem preservar a memória dos seus antepassados e sobreviverem entre os negócios que se poderão perspectivar, neste futuro cada vez mais incerto. Sempre e debaixo dos olhos, dos intermediários ultra-intelectuais.

 

Património da Humanidade

 

O Fado é o destino que nos ofereceram e que aceitamos sem discussão

 

Mas que feira de vaidades dos ricos, utilizando a arte dos pobres!

 

Um manto preto de luto e vergonha, sobre o comércio do fado – escravo

 

E chamam a isto, Património (Imaterial) da Humanidade – os pobres Marceneiros, os pobres mais antigos, face aos maiores protagonistas do fado, os fados que venceram, os fados oxigenados.

 

Marceneiro de profissão e detentor de uma voz inconfundível

 

E sem cortes de subsídios!

 

Ministro inexistente com direito a secretária

 

Um homem conhecido por ser um profissional muito experiente - culto e actualizado - na constituição de comissões humanitárias e liquidatárias, com um único objectivo psicótico, de reestruturar o que ele sabe que já foi.

 

No fundo está tudo bem, enquanto ninguém se queixa demais: a crise dá para tudo e até há que entreter o povo!

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:57

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

16
18

24



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO