Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

25
Dez 11

Enquanto se afasta do Sol, este corpo celeste vai deixando para trás um rasto visível da sua passagem recente, perto de nós. Muitas e fantásticas imagens de um cometa brilhante, que muitos prognosticaram já extinto.

 

23.12.2011

 

Se estiveres no hemisfério sul e observares com atenção os céus que nos protegem, verás no horizonte que diante ti se abre ao Universo, a marca deste cometa fugitivo, que um dia resolveu visitar-nos, mais uma vez.

 

(imagem – SpaceWeather)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 03:04

INTRODUÇÃO:

 

Ministro deseja que portugueses tenham acesso a um serviço de saúde universal

 

Nos seus momentos lúdicos (ou será lúcidos?), um gosta de ir ao futebol e o outro de ir à missa. Em tempo de trabalho, os dois têm a mania que sabem fazer contas e esse é o nosso fado.

 

A HISTÓRIA (uma):

 

Paulo Macedo esteve hoje com o presidente do grupo Controlinveste Media, Joaquim Oliveira, que ofereceu aos hospitais públicos portugueses a possibilidade de passarem a ver gratuitamente a SportTV.

 

OS INTERVENIENTES (dois):

 

"A partir de agora, todos os hospitais públicos podem oferecer aos seus doentes – se assim o quiserem e se se dotarem dos requisitos técnicos necessários – a programação da SportTV sem qualquer custo para o Estado".

(Joaquim Oliveira)

 

“A oferta vai tornar melhor a estadia dos doentes" nos hospitais, proporcionando-lhes momentos lúdicos ".

(Paulo Macedo)

 

OS UTENTES (milhões):

 

Ao princípio pensei que era uma partida ou brincadeira que nos estavam a pregar – tipo humor negro do 1.º de Abril – mas verifiquei que afinal era a véspera de Natal e que as prendas nem sequer ainda tinham chegado.

(José)

 

 

Hoje de manhã ao acordar, o meu marido já estava vestido e até já me tinha feito o café. Fiquei espantada quando ele satisfeito me disse que a partir do próximo ano me acompanharia sempre às consultas no hospital e que estava disposto a fazer a operação que sempre adiara. Só tinha que compatibilizar as datas, com as do Europeu de futebol.

(Maria)

 

 

Eu era um frequentador assíduo do café nas horas do futebol. A minha mulher ficava muito chateada por estar sempre a sair de casa, mas a realidade é que só lá, é que dava o jogo. Agora vou sempre até à sala de espera do hospital, nos intervalos divirto-me a conversar com alguns compinchas que lá estão e ainda bebo um cafezinho quentinho oferecido pelos voluntários.

(António)

 

Pensei que com as subidas de preços decretadas pelo ministro, as salas de espera ficassem vazias de doentes e acompanhantes; mas não. Com os centros de saúde sem condições, os utentes vêm todos a horas determinadas e acompanhados sempre pelos chefes de família e seus respectivos filhos e sentam-se frente à televisão em filas cerradas, enquanto esperam pelo fim dos jogos. Protestam por não puderem fumar um cigarrito e beber um bagacito para aquecer a alma e o corpo.

(Paula)

 

Hoje, ao saber que ia ser operado, fiz saber à minha equipa médica as minhas exigências, antes de assinar o termo de responsabilidade: ter um quarto individual com cadeiras para visitas e ligação directa à tvcabo. Só existe um problema – sou assinante da Zon e não sei como resolver a situação. Será que me podem ajudar ou terei de mudar de hospital, mesmo que seja para um privado?

(João)

 

Finalmente e após meses de rezas a Nossa Senhora tenho a certeza que a minha vida vai mudar – com missa ao domingo na igreja e futebol toda a semana nos hospitais, o que mais podemos desejar para termos uma vida melhor? Talvez mais umas revistinhas VIP nos consultórios e já agora, canais XXX para entreter os maridos.

(Ana)

 

OS PROTESTOS:

 

Milhares de homens irão convocar uma manifestação à porta dos hospitais das suas terras, reclamando a transmissão de canais pornográficos.

(Homens)

 

Repudiando a falta de democracia vigente e a falta de paridade na programação dos canais de TV, as mulheres exigirão em contrapartida, o reforço das revistas VIP, nas salas de espera dos consultórios.

(Mulheres)

 

As crianças por sua vez – e fartas de ver os tradicionais filmes de natal, que já nem os seus pais suportam – irão exigir a descodificação do canal Panda. 

(Crianças)

 

FINAL:

 

E chega de disparates, porque ainda me exigem direitos de autor.

Bom Natal!

 

APÊNDICE 1:

 

Governo reafirma determinação em cumprir limites do défice

 

O que é que eu posso pensar de uma pessoa que fala com tranquilidade aos meus ouvidos, deixando-me aconchegadinho e quentinho a dormir no meu sofá e que de repente ao acordar, sem perceber como nem porquê, vê a sua caixa de correio cheio de dívidas ao estado?

 

Poucas horas antes do nascimento do menino Jesus, Gaspar confirma antecipadamente que continuará por cá no ano seguinte, reafirmando ao mesmo tempo a sua determinação em cumprir os limites do seu défice. Só não nos diz directamente como solucionar o problema que nós representámos para ele, apesar de subliminarmente nos dar a entender – se traduzirmos o seu português técnico utilizado – que será feito e mais uma vez à nossa custa, que ele sabe ser o elo mais fraco e que ele sabe ser o único, que ele ainda pode quebrar. Este é um exemplo real de um produto manufacturado e comercializado entre nós, com o único objectivo de ter lucro.

 

APÊNDICE 2:

 

Canadá decreta deportação de família portuguesa de dez pessoas

 

A culpa é do Canadá (ou da família)

 

Se por um lado a posição do Canadá face à situação desta família, está a um nível inqualificável de suprema incompetência e ignorância, este facto não deixa de ser indirectamente um forte estalo na cara deste governo, que age como se não existissem pessoas e em vez de surgir rapidamente a defendê-las nestes casos, ainda aparece de vez em quando cá na terra, a convidar-nos à emigração – se cá dentro é assim, o que será dos outros lá fora!

 

Paciência, mas não resisti a mais uma. Perdão, duas! É que eles não param de demonstrar a sua incompetência comunicacional.

 

Bom Natal!

(mais uma vez)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:54

23
Dez 11

As Instituições Intocáveis ou Joana d'Arc na Fogueira

Um Natal a Pão & Água e alguma Lenha na Lareira

 

Mensagem:

É o que desejam com sinceridade, os vossos representantes legais!

 

O Governo “Que Não Se Sabe De Quem”, acabou agora mesmo e mais uma vez de informar, todos os pobres portugueses, que com o seu primeiro “Peido” atribuído em 2012 e com a inexcedível colaboração do “Pai Natal de Olhos em Bico” – um assalariado da coca-cola, agora electricista chinês proprietário da EDP – será lançado no espaço o primeiro voluntário português, como candidato consciente e patriótico, à sua emigração responsável. A evolução da situação será controlada a partir do Canadá, através de uma página disponibilizada pelo Ministro da Economia, fã da única coisa que ele conhece, além da sua obra, da sua casinha e da sua universidade – o seu belo espelho no facebook. Reconheço no entanto que existem Políticos neste país, que não são melhores do que Ele.

 

Olímpio Monteiro, um Português de Gema – apoiante da legalização da escravatura

 

Ao ser observado por três olhos e como português de gema, não resisto à má-língua. Legenda da imagem inicial: na nádega da esquerda a mensagem da nobreza, na nádega da direita a mensagem do clero; no meio e onde sabemos estar a virtude, o que reservaram para o povo. A barba serve para esconder, o que eles já disseram (ou comeram).

 

Os meninos de três olhos – num mítico filme de animação, realizado por adultos problemáticos

 

O menino de três olhos, hoje conhecido como tiozinho dos três olhos, devido a sua idade, tem actualmente 3 filhos, mora com 3 mulheres, tem 3 carros e ganha 3 salário mínimo. Algumas lendas geram em torno do menino de três olhos, uma delas de ele ter nascido também com 3 pénis, que fazia dele, depois de Chuck Norris, o cara com a maior erecção de todos os tempos.

 

(imagem de Olímpio – do Blogue inépcia.com; último texto – retirado da desciclopedia)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:10

A Selva é uma expressão natural da loucura do caos, que ainda hoje e apesar de toda a miséria que artificialmente criamos, nos recusamos a aceitar – e é só deixá-la avançar entre as fendas do betão e esperar que as memórias antigas, ainda nos possam encontrar com vida, no centro da nossa cabeça.

 

A origem do mundo perdeu-se num dia de verão quando adormeci debaixo daquela macieira, depois de um belo jantar no meio do campo e após mais um cansativo dia de trabalho. Acordei já a Lua ia alta e o frio húmido da noite começava a subir pelas minhas costas acima: nunca cheguei a encontrar a origem do mundo e mal me lembro hoje em dia, da razão desta demanda. A única coisa que sei é que a vida se estende em todas as dimensões e que é impossível a sobreposição de dois pontos sem que ambos percam totalmente a identidade para que foram criados e assim anulem o mundo e a sua própria existência.

 

      

 

Os comportamentos sociais foram-se modificando à medida que fomos mudando a nossa relação com a natureza. O desenvolvimento da utilização dos objectos, na simplificação do quotidiano e no reforço das relações sociais, contribuiu para dar origem à criação de grupos com um sentido mais forte de organização e de elaboração de tarefas conjuntas. Com o objectivo de melhorar a sua defesa e garantir a sua preservação.

 

      

 

O espaço foi-se esgotando com a expansão selvagem e sem critério algum, dos solos que se iam disponibilizando ao longo das principais rotas comerciais. Estendidos ao longo deste traçado criado artificialmente pelo homem e de carácter estritamente económico, a sociedade teve que se sujeitar a determinadas regras nunca antes imaginadas, para poder continuar prosperamente o seu desenvolvimento programado. Em camadas sobrepostas e esmagando-se umas às outras sob milhares de toneladas de ferro e betão, sucessivamente dispostas em planos paralelos e de soberba simetria, as habitações parecem querer fugir do inferno da terra em direcção aos céus numa vertigem que se perde na forma daquela monstruosidade – a negação total da utilização do espaço por verticalização do solo e sua reutilização simultânea por sobreposição – como se fosse um time-sharing.

 

      

 

As coisas não precisam de ter significado para existirem. Nem necessitam de pensar para ter o seu próprio lugar no espaço. A sua posição não se define por uma hierarquia, mas pela sua disposição em relação a outros pontos do espaço, mesmo que vazios. O caos é a melhor definição para uma perfeita e harmoniosa disposição de objectos, já que não existem critérios nem valores para o estruturar e definir. O caos por definição tem que ser tudo o que existe muito bem misturado e pronto a evoluir. Por isso acho que a vida é uma experiência que um dia alguém realizou e se tornou incontrolável.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:57

Como se deita fogo a uma bomba de gasolina – e se culpa a gasolina por ser um combustível perfeito.

 

Incendiadas retroescavadoras que removiam escombros do Bairro do Aleixo

 

 

Rio quer ver todas as torres demolidas até 2013

 

Demolição fez explodir ânimos entre moradores

 

“Uma operação tecnicamente perfeita”

 

Vídeo: a implosão da torre 5 do Aleixo

 

Manual do Político Honesto que quer ganhar eleições a qualquer preço, mesmo que não acredite nisso, nem mesmo nele próprio. E que mesmo assim ganhe, sem saber como e mesmo depois de ganhar, continue a não acreditar nisso.

(daí as nobres contradições)

 

1.º

 

Antes das eleições e com convicção, afirma-se o contrário ao eleitor/reflector – já que o eleito sem credibilidade, só luta pela sobrevivência – com a única intenção de obter, a sua passividade temporal.

2.º

 

Depois da publicação dos resultados oficiais e da confirmação dos números da maioria passiva temporal, numa primeira, significativa e simbólica demonstração de poder que o povo há muito suplicava – noutro sentido, entenda-se bem – aplica-se surpreendentemente o seu contrário, deixando-se o povo estupefacto e surpreendido com tal reviravolta, com um alcance que ele próprio não entende, provavelmente por ingenuidade e ignorância.

3.º

 

Mesmo sem um retorno mínimo de aceitação e consideração pelo seu trabalho realizado – pretensamente desenvolvido em favor de toda a comunidade envolvente e especialmente a favor da mais carenciada e desprotegida da população que jurou proteger – optar então sem hesitação e remorsos, por sectores privilegiados da população e com meios significativos de manipulação, de modo a perpetuarem a sua posição e progressiva evolução na hierarquia do poder. Aquilo que um homem honesto, jamais aceitaria. Porque mesmo dentro de toda a legalidade, quem nos representa deve saber, o que significa a palavra vergonha.

 

4.º

 

Se tudo isto der barraca (apesar da proliferação de doutores e engenheiros, anteriormente empenhados em serem analfabetos e agora promovidos por decreto e filiação comportamental, a doutores universitários) e como vai sendo natural acontecer neste país, em que se vendem barracas/contentores a preço de luxo (inflacionando cada metro quadrado de contentor situado ao lado), sair em silêncio pela porta das traseiras, não reconhecer nenhum dos nossos cúmplices e seguidores, deixar passar uns anos sobre a incompetência da nossa imagem de padrinho e na altura própria, por necessidade patriótica do surgimento de um novo salvador, invocá-lo e por motivo de ausência do nevoeiro de D. Sebastião, convidá-lo a apadrinhar mais um baptizado.

 

5.º

 

E como a estupidez não tem limites, pôr as vítimas a discutir qual a melhor forma de serem eliminadas, enquanto os seus filhos guardam o cadafalso dos pais e os intelectuais humanistas que os ensinam na escola, se entretêm com os aperitivos e cocktails postos à mesa, enquanto enfadados, aguardam que os cadáveres resolvam cair. Como fruta madura, de podre!

 

Ponto Final

 

Declaração de Rui Rio, pouco tempo depois da sua inesperada vitória autárquica, para a Câmara Municipal do Porto, em 2001: "Não farei aqui nada contra a vontade da população do bairro. Se a vontade da população é manter as torres, vamos tratar das torres".

 

E está claríssimo para toda a gente, que o único objectivo das entidades competentes, seria o de acabar com o tráfico de droga no bairro do Aleixo: se quiseres curar um doente e acabar com os seus queixumes, o melhor para ti e para ele, é matar o mal pela raiz e ocupar o seu lugar com algo, que torne um outro feliz e se possível, com uma espectacular vista para o Douro.

 

Valente(s) ou o seu contrário?

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:32

20
Dez 11

O futuro está nas baratas

 

      

Planeta sem controlo e misteriosamente tempestuoso

 

A presença constante da barata perto da janela do quarto era profundamente incomodativa, naquelas noites quentes e suadas de Verão. Já não suportava mais vê-la a correr de uma forma desenfreada pelo soalho de cortiça ou deparar-me com ela a fintar os gatos com um voo repentino, que os deixava completamente siderados. Entrava sempre ao fim do dia e sorrateiramente escondia-se entre os móveis e as cadeiras da família, aproveitando-se da distracção e do prazer, que a aragem de fim de tarde ia oferendo ao meu corpo dissolvido e molhado pelo calor que se fazia sentir. Mas os gatos nunca a poupavam nesta guerra sem feridos a reclamar e com a ajuda dos humanos aí presentes e muito provavelmente em histeria, não descansavam enquanto não a desfaziam, tornando-a uma peça irreconhecível de brincadeira e sem interesse de reciclagem. Depois era só embrulhá-la, atirá-la pela janela e ter o cuidado de não acertar em ninguém.

 

(imagens - NG)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:29

Cesária Évora

 

 

A Diva dos Pés Descalços

 

Mindelo – Cabo Verde

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:21

19
Dez 11

A Supernova do Fim-do-Mundo

 

2012 – O ano do fim do mundo?

 

Nenhuma estrela explodirá nas proximidades da nossa galáxia – originando uma catastrófica supernova – nem a nossa espécie será extinta, como consequência deste improvável acontecimento, diz a NASA.

 

A Nuvem e o Buraco-Negro

 

Buraco negro

 

Uma nuvem de gás, com uma massa muitas vezes superior à massa da Terra, encaminha-se aceleradamente em direcção ao maciço buraco negro, existente no centro da nossa galáxia. Em 2013 atingirá a sua maior aproximação à Via Láctea – dizem os astrónomos.

 

Um Destino-Possível

 

Água em Europa

 

A NASA estuda a possibilidade da realização de uma missão à lua de Júpiter Europa, através do lançamento de duas sondas espaciais para uma viagem de aproximadamente seis meses, finda a qual se iniciariam pesquisas que durariam cerca de sete dias, em torno da possibilidade da existência de organismos complexos de vida, no oceano líquido situado debaixo da sua superfície gelada. Pela natureza do seu investimento e comparativamente, seria uma missão de baixo custo. Esperamos nós.

 

(informações e imagens – discovery e earthsky)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:48

As ditaduras actuais têm todas apoiantes ou cúmplices, que apenas se distinguem uns dos outros, pela ocasião e opção de negócio que tomam, em determinado momento especulativo.

 

Coreia do Norte – Kim Jong-Il e o seu filho Kim-Il-Sung

 

A sequência hereditária de um poder familiar e paternalista é uma consequência lógica da evolução das sociedades actuais, concentradas num só pólo de desenvolvimento económico e social e com uma segurança fortemente implantada, de modo a poder estreitar ao máximo o filtro dos canais de comunicação, petrificando-os ilusoriamente com imagens de força e poder: o que no entanto e com a ajuda de muitos, não deixa de funcionar.

 

Estados Unidos da América e Coreia do Norte – Albright e Jong-Il

 

Os Estados Unidos podem ser considerados como cúmplices, de uma situação que apenas lhe interessa manter intermitentemente à superfície. Utilizam para isso discursos agressivos, mas ocos de acção e concretização em objectivos. E não é invocando a velha questão da Declaração dos Direitos Humanos, em que ele é o Rei e o Senhor da implementação definitiva do desprezo e desrespeito pelas condições de vida em diversas situações de guerra, que veremos milagrosamente o mundo mudar de paradigma – é que a vida já não suporta mais hipocrisia.

 

Rússia e Coreia do Norte – Medvedev e Jong-Il

 

A Rússia pode ser considerada como apoiante – mesmo que não assumido – do regime norte-coreano. A deslocação do mundo económico e financeiro mundial para os mercados asiáticos é já uma realidade, da qual a velha Europa dos rendimentos garantidos ainda não se apercebeu, mesmo depois dos sinais de revolta no mundo árabe (colonizados), que antecederam o despertar da crise profunda na própria Europa (colonizadores). A Rússia ainda poderá ter um papel decisivo no futuro da Europa – seja ele qual for – devido à sua posição central entre o oeste e o este, enquanto a Grã-Bretanha procurará em desespero de causa, manter a sua bolsa em plena actividade, estabelecendo eixos de comunicação privilegiados com o sistema financeiro americano e mundial – pelo menos enquanto o dólar existir. Quanto à Alemanha ainda não aprendeu com a sua derrota e com o genocídio que provocou durante a 2.ª Guerra Mundial e mais uma vez com a colaboração da França, pretende conquistar a Europa, não se apercebendo que ela já não é nem nunca mais voltará a ser, aquilo que já tantas vezes desejou, mas que sempre alguém destruiu.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:34

Há 50 Anos

A Preto e Branco

 

1.º Ministro: António de Oliveira Salazar

Como Portugal perdeu a Índia

Um certo Portugal começava a ruir no século XX

 

“Goa tem todo o aspecto de uma colónia. Uma minoria portuguesa ocupa os postos fundamentais, secundados por uns poucos goeses. Existe uma pequena classe média comercial, geralmente hindu ou muçulmana, e o resto da população é simplesmente a típica massa amorfa da Índia, apática, faminta, doente, totalmente indiferente e ignorante de problemas que não sejam os de resolver o milagre diário da alimentação.”

 

(CM)

 

Goa

 

Hoje

A Cores

 

1.ºMinistro: Pedro Passos Coelho

Como Portugal perdeu a sua Independência

Um certo Portugal começava a perder a sua soberania no século XXI

 

A Chanceler alemã Angela Merkel, defendeu o agravamento de sanções a países da zona euro que não cumpram os critérios de estabilidade, incluindo a perda de soberania, em entrevista no domingo à televisão pública ARD: "Quem não cumprir, tem de ser obrigado a cumprir", afirmou a chefe do governo alemão, sugerindo ainda alterações aos tratados europeus para que os países prevaricadores possam ser processados no tribunal europeu de justiça, se necessário. Portugal por exemplo, teve um défice orçamental de 9,1 por cento em 2010, que tenciona baixar para 5,9 por cento este ano, e traçou a meta de voltar a cumprir o limite de três por cento em 2013.

 

(MSN)

 

Berlim

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:17

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14

18
21
22
24

28
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO