Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

27
Mai 12

O Medronho é mais uma vez uma vítima inocente de causas ditas naturais – mas será que os alienas funcionam a álcool?

 

Da última vez que fui à Foia nunca imaginei que por baixo de mim estava um vulcão prestes a entrar em erupção. Quando cheguei a Albufeira em 2004 uma das primeiras coisas que fiquei a saber foi o da existência no passado remoto do dito vulcão na zona de Monchique. Pelo menos é o que afirmava muita gente da zona e de tal maneira fiquei confuso, que vi-me a pensar se ele ainda existiria nesse local aparentemente inativo, dada a memória tão fresca das pessoas habitando há décadas, nessa zona da serra algarvia.

 

Hoje deu-se a violenta erupção na Foia desintegrando completamente tudo o que ali existia, incluindo os radares e todas as estruturas e habitações em seu redor. O aeroporto de Faro foi temporariamente encerrado e uma gigantesca nuvem de fumo já se estende por todo o território do Algarve, cobrindo o céu de cinzento e acentuando o calor que já se fazia sentir na região. Especialistas de todo o mundo começaram já a chegar a Portugal – e milhares de outros curiosos – para observar e estudar este inusitado acontecimento, esgotando todas as unidades hoteleiras da região.

 

Na imagem acima pode-se ver o Presidente da câmara local a caminho do olho da tempestade, de modo a pôr-se ao corrente e em direto, de todas as potencialidades turísticas deste acontecimento e das potenciais receitas extraordinárias que poderá proporcionar. Antes da sua heroica partida em defesa da causa pública, o dito autarca proibiu temporariamente a confeção de grelhados na hotelaria/restauração, de modo a não contribuir para a fumarada já instalada na região. Mantém-se os guisados, as saladas e as bebidas correntes.

 

Aliena estendendo previamente a estrada da invasão

 

Em notícia de última hora sabe-se agora que as Caldas de Monchique foram evacuadas como medida de precaução pouco depois do início da erupção, sendo ali montada a estrutura de apoio da Proteção Civil – e de outros curiosos. Entre o ativo vulcão interior no presente e as perspetivas de exploração do petróleo costeiro no futuro, as autoridades competentes do Algarve encontram-se neste momento a analisar recentes indícios de uma possível ligação entre este fenómeno vulcânico – o povo fala constantemente da presença de alienígenas na região, disfarçados debaixo de indumentárias caraterísticas de indivíduos normais que procuram as praias do litoral, mas que facilmente expõem as suas loucas contradições, deslocando-se rapidamente para o interior e mentindo a todos descaradamente – e o desaparecimento do lendário e misterioso continente da Atlântida.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:15

O cérebro acabou degolado pela imagem, sangrando abundantemente sobre a realidade

 

Diabo à solta

 

À nossa frente vimos o dedo soltar-se do corpo da entidade marciana e dirigir-se como um foguete maluco e “aos esses”, em direção a lugar nenhum. Do ar era bem visível a unha do dedo do aliena, sulcando a superfície de Marte com um movimento sexy e fazendo-nos lembrar a viagem do primeiro e grande aliena – o nómada e vital espermatozoide.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:07

Imiscuindo-se sem justificação na realização de atividades duma escola do 3.ºciclo de Castro Daire (dizem que têm esse direito, deve ser de usucapião) os políticos mandaram retirar do centro da terra o trabalho de um dos seus alunos integrado numa exposição pública realizada pela escola por o acharem chocante. Como sabemos todos que as criancinhas se não forem superiormente orientadas podem ser mazinhas e violentas, os camareiros deram sumiço ao Boneco, mas com a garantia que já virá curado e já sem a corda no pescoço.

 

O Enforcado

 

Os Covardes (dos políticos) não têm Vergonha!

 

À autarquia que mandou retirar o Boneco que neste preciso momento tão bem nos representa e ao nosso país, a única coisa que podemos afirmar com toda a certeza e convicção, é que os seus incompetentes responsáveis ainda estão a tempo de voltar à escola, para ver se têm mais uma segunda oportunidade de adquirirem finalmente formação adequada para o cargo que ocupam e que nunca os deviam ter deixado ocupar por falta de credibilidade. Eles pensam que o essencial desta mensagem se perde se retirarem a corda ao Boneco – assim este espantalho será mais um daqueles que poderá seguir a sua triste e rica vidinha mesmo depois de ter enterrado este país mais um bocadinho lá para o fundo do nosso buraco negro, enquanto a corda nos será devolvida como contrapartida, para nos continuarmos a suicidar tranquilamente e em segredo, cumprindo ordens terrestres providenciais e divinas – tal como já fazemos hoje em dia por decreto governamental aos nossos pais e avós, abandonando-os com toda a frieza e crueldade num beco escuro e perdido na memória, como se estes desgraçados desprovidos de mais-valia já não existissem, tendo desaparecido no tempo e no espaço, como produtos provisórios e de desgaste rápido.

 

A Escola (sem políticos) é uma casa Linda!

 

De elogiar a escola que expondo-se à sociedade e compartilhando as suas ideias com esta, optou sem hesitação, censura ou paternalismo, pela defesa das crianças, do seu mundo peculiar, do seu desenvolvimento social e afetivo – e do bem-estar das suas famílias, o seu bem mais precioso – não as censurando superiormente dum lugar inatingível e desconhecido, mas ao qual nos possamos dirigir e pedir explicações, sem sermos esmagados, agredidos ou desprezados.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:55

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

16
17

20
22
23
25
26



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO