Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

28
Jun 12

De pequenino se torce o pepino

 

Não te esqueças português desenrascado: para seres ladrão, também tens que ser polícia (para evitar o aparecimento de situações semelhantes, o governo pensa cortar o acesso de seguranças a esta profissão, se verificarem nos seus registos criminais, que estes têm cadastro; o problema aqui é que a solução devia ser para todos)

 

Num Armário pode caber muita gente – o problema é que temos uma grande propensão para a aldrabice e o próprio armário não sendo propriamente de madeira, mas um frágil aglomerado da mesma, pode desintegrar-se subitamente sob a pressão de todos aqueles que nele querem entrar, destruindo mais este edifício decorativo dos iluminados de negro e pondo à mostra todos aqueles que lá se pensam esconder e poder continuar a receber. O problema é que estes armários dos tempos modernos fabricados pelo clã “Bela-Mira” são de curta duração, mais do tipo descartáveis e nada parecidos com os rudes mas fortes móveis dos nossos avós – como o armário referência da nossa juventude, o guarda-vestidos, usado frequentemente e conscientemente nas brincadeiras das escondidinhas.

 

Será ela uma das Imparidades detetadas? Vi-a lá fora atrás do Gaspar e mais parecia um Coiso!

 

Haverá alguma relação entre chefe e subchefe ou foi tudo uma infeliz coincidência? Ou será um caso visível de desdobramento de personalidade, em que um dos componentes em paridade não existe, sendo apenas projetado no espaço por necessidade como um holograma?

 

Neste caso o nobel ser da direita protege o nosso tesouro nacional e para que a sua eficácia profissional seja total, convida alguém da sua confiança, que na parte do seu currículo escondido no armário vem numa lista de eleitos portugueses – a lista pública dos devedores do fisco.

 

É giro e compensador roubar para o futuro do nosso currículo

 

Seremos bipolares (ou duplamente acéfalos)? Num caso ou noutro o nosso nobel da medicina pensou arranjar uma solução pelo menos para Portugal e para quase todos os portugueses – a lobotomia como cura para os casos mais difíceis

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:15

I. História do Cão

 

O meu cão a caminho da praia e da sua paixão – o surf

 

No outro dia estava eu a sair de casa após o almoço para ir trabalhar e não encontrei o meu automóvel Mercedes Cabriolet no local onde o tinha estacionado. Fiquei mais tarde a saber através de um colega meu que o viu a passar a grande velocidade a caminho da praia, que quem o conduzia era o meu cão, acompanhado pela sua prancha de surf e com um barrete vermelho enfiado na cabeça e de focinho bem exposto ao vento. Dizem que ia feliz e aí fiquei descansado.

 

(imagem – discovery.com)

 

II. História dos Pássaros

 

Os pássaros também têm personalidade – e alma?

 

Os pássaros que habitam o meu quintal já me conhecem muito bem de tanto me verem, da mesma maneira que eu começo a conhecer os seus hábitos e a mais facilmente conseguir distinguir uns dos outros. Conhecendo os seus feitios, melhor será a minha relação com eles e mais fácil será a compreensão das suas atitudes e comportamentos. Num destes dias – não sei a propósito de quê – um pássaro meu amigo avisou-me do carater agressivo dos pássaros de cabeça vermelha, em contraponto aos de cabeça preta. Tomei nota desta tendência e das suas personalidades diferentes – é que também aprendi que “quem te avisa teu amigo é”! Será?

 

(imagem – earthsky.org)

 

III. História das Plantas

 

Ao preço a que está o peixe e a carne, resta-nos as saladas

 

Da última vez que fui ao campo dar de comer aos cães fiquei surpreendido com o comportamento de umas plantas carnívoras que por lá apareceram um dia, certamente através de manobras intrusivas e invasoras: não é que estas plantas se recusaram a comer um bom naco de carne que tinha sobrado da minha refeição no restaurante e viraram-se sem provocar ruído e sem eu reparar, para a salada de alface que eu tinha trazido para o meu grilo. Até o rato ficou espantado nesse preciso momento com o acontecido, mas esclareceu-me mais tarde que se lembrara de já ter lido há algum tempo numa certa revista científica, que a poluição poderia transformar carnívoros em vegetarianos. Em minha casa e devido à crise económica estou a tentar aumentar todos os níveis possíveis de poluição, de modo a assim contribuir como o meu governo pretende, para a nossa poupança urgente e fundamental.

 

(imagem – earthsky.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:55

O misterioso planeta vermelho

 

Nesta hipótese de trabalho dirigida para a descoberta de novos companheiros de viagem neste Universo infinito e para nós ainda bastante estranho e incompreensível mas em compensação e como comprovativo da nossa existência, vivido e partilhado, a base da vida está lá, com formas, estados e evoluções, muito parecidas e comuns às do nosso planeta, desde há milhões e milhões de anos em transformação criativa e connosco como tripulantes de um balão real, arrastado ao sabor dos ventos da nossa estrela e sob o comando deste universo que vivemos e pensamos.

 

(imagem – discovery.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:22

Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
15

17
20
22
23

24
26
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO