Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

15
Jul 12

(com consulta do ficheiro secreto: FSA/XXI/EUR.PT/ALB7)

 

1

Os extraterrestres ofereceram títulos eternos para os seus informadores e colaboradores no planeta Terra, inventando num jantar de confraternização o diploma relativo à licenciatura em “Esparguete à Bolonhesa” e ainda para os mais carenciados e necessitados de ideias, cursos suplementares intensivos, para o exercício de elevados cargos de estado, como diretores, secretários, ministros e até familiares (legítimos e bastardos).

 

2

A Invasão teve origem em tempos remotos da nossa história, mas só no século vinte é que começou timidamente a ser divulgada no cinema, através da proliferação de séries de ficção científica como a “Guerra das Estrelas”, mas que na realidade tinham como objetivo prioritário começarem a preparar o povo da Terra para os seus novos ocupantes.

 

      

3

Estes retratos recentes foram tirados no decorrer da cerimónia de apresentação do Representante Português dos Interesses Alienígenas de outras Galáxias em Portugal e no Algarve; e do Provedor Superior Agregado, Nomeado Responsável pela Ética e pela Moral Universal e Irmão da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira.

 

4

Depois de muito trabalho de pesquisa e de trocas de informações, especialistas na área da espionagem algarvia ligada aos transportes aéreos, descobriram numa base não identificada provavelmente situada no Alentejo, estes aviões adquiridos pelo Governo Português numa feira de usados, realizada nos E.U.A. – em cooperação com a empresa Original ET – de modo a poderem solucionar temporariamente o problema originado pela cobrança de taxas na Via do Infante, afetando tanto os poucos indígenas algarvios ainda vivos e residentes, como os invasores sazonais, mais conhecidos como camones ou extraterrestres.

 

      

5

Enquanto festejam inocentemente a chegada do Verão às suas terras, com a realização das tradicionais festas e convívios populares com música, febras e sardinha assada – contando até com a presença de um grande número de emigrantes tipo “coelho à caçadora” – os cidadãos do meu país tem-se confrontados constantemente, com o surgimento de estranhos eventos, como o do aparecimento de estranhos objetos sobrevoando impunemente e sem cobrança de impostos o nosso território.

 

6

Esta imagem foi obtida nas proximidades da fronteira entre a China e a Coreia do Norte, por aviões espiões americanos operando em território asiático, retratando a existência de bases extraterrestres neste continente, em conluio com as autoridades expansionistas e imperialistas chinesas, na sua ânsia de controlo de todos os mercados mundiais.

 

(imagens – Retronaut)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:37

COMETA

 

Nesta imagem SOHO obtida pela LASCO 3 apercebe-se no canto inferior direito a aproximação de um cometa ao Sol.

 

Cometa 96P/Maccholz

 

Descoberto no ano de 1986, este cometa passará muito perto do Sol, a uma distância aproximada de 0,13 U.A. (perto de 20 milhões de quilómetros).

 

(imagem – spaceweather.com)

 

UFO

 

Um antigo agente da CIA com 25 anos de experiência ao serviço desta agência de espionagem norte-americana, divulgou recentemente uma informação muito interessante sobre a existência de um documento secreto relacionado com a queda de um UFO na localidade americana de Roswell, no já distante ano de 1947.

 

UFO – Roswell

 

Este agente afirmou que segundo o mencionado nesse documento supostamente confidencial, o incidente relativo à queda de um UFO aconteceu mesmo. Não se tratava nada de um balão meteorológico – como na altura se tentara explicar oficialmente esse acontecimento – mas sim de uma nave espacial que nunca poderia ter tido como origem o planeta Terra.

 

(imagem – disinfo.com)

 

VISÕES

 

Tinha eu ainda 13 anos de idade e já me tinha iniciado na leitura dos livros de ficção científica da coleção Argonauta. Juntamente com o meu início na banda desenhada – especialmente após o lançamento em Portugal da revista TINTIN – já apresentava um certo currículo de leitor cheio de vontade de aventuras e de novas descobertas, chama que tinha sido muito bem alimentada pelas aventuras escritas e ilustradas de júlio Verne ou da imperdível coleção Salgari.

 

Japão – Visões do Futuro – 1969

 

Foi nesses finais dos anos sessenta/início da década de setenta, que muitas ilusões se espalharam pelas mentes de uma nova geração em explosão de expetativas e cada vez mais convicta da possibilidade de se atingir a utopia. Ia-se atingir o auge da industrialização, era o tempo do aparecimento da cibernética, da fantástica ida à Lua numa nave tripulada e da chegada do Homem a um outro mundo fisicamente estranho e exterior ao seu. E no entanto surgiu de novo a guerra, a luta entre os blocos inimigos, a queda do muro instituído, o imperialismo sem ética nem moral e finalmente como resposta a todas as desilusões que nos foram aos poucos corroendo, a apatia e o desmoronamento geral de um modelo de sociedade progressivamente desmantelado e reciclado. Tudo se perdeu e apenas as imagens nos deixam traços de um trilho abandonado.

 

(imagem – boingboing.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:50

O primeiro cortador do menino Miguel

 

Apresentamos aqui o primeiro cortador de relvas oferecido ao menino Miguel, ainda vivia ele em Angola. Já na altura sendo um malandreco que não queria trabalhar mas ter em contrapartida um bom emprego, em vez de lhe darem uma simples bicicleta para sua recreação, resolveram adaptar à roda dianteira do velocípede um cortador de relvas, de modo a pô-lo a trabalhar e deste modo pedagógico demonstrar-lhe como custa ganhar a vida. Nunca recuperou totalmente desta duríssima provação física e principalmente psicológica.

 

A opinião de dois conhecidos do menino Miguel

 

No ano de 1974 regressa ao continente acabando por frequentar o Colégio Nun’Álvares em Tomar, considerado durante muitos anos um dos melhores estabelecimentos de ensino particular em Portugal, com métodos pedagógicos muito austeros e que acabou por receber muitos alunos oriundos das ex-colónias em regime de internato, alguns deles como última tábua de salvação. Com o decorrer do seu percurso escolar, acabou por concluir o ensino secundário e inscrever-se na Universidade. Entregou-se então à atividade política, tornou-se membro da maçonaria, casou-se, teve um filho e chegado ao Governo como Ministro, divorciou-se. Dizem que falsificou a sua morada de modo a melhorar o seu vencimento e até para se poder candidatar por terras em que nunca morara, pois o seu domicílio oficial seria Lisboa. No meu pensamento estas duas últimas atitudes até se compreendem, dado o seu passado recente de assumido malandreco. E ainda como resultado do trauma provocado pela oferta em jovem do Miguel-corta-bicicletas.

 

O cortador revolucionário do menino Miguel

 

Finalmente e em primeira mão a apresentação da verdadeira razão porque o menino Miguel ainda se mantem no seu cargo ministerial, apesar de todos os ataques a que tem sido sujeito na comunicação social, muitos deles feitos por fazedores de opinião, provavelmente com formações do mesmo quilate. Suspeita-se que este menino de ouro da máquina partidária atualmente no poder teria em carteira uma promessa já contratualizada por parte da China, comprometendo-se desde logo este país com a montagem em Portugal de uma cadeia de montagem tecnológica vanguardista e pondo assim à nossa disposição e do mercado, uma nova linha revolucionária de cortadores de relvas, equipados ainda-por-cima com uma nova versão do famoso computador Magalhães.

 

Governo sofrendo as consequências da síndroma Miguel

 

Uma última palavra de apoio aos que no Governo andam transtornados com a forte possibilidade de poderem ser trucidados por estes cortadores, que cada dia que passa parecem estar mais descontrolados, sabendo que apenas a ação de um deles, poderá cortar de vez a cabeça a todos eles.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:34

Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13

19
20

23
24
25
28



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO