Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

22
Jul 12

O assédio sexual é uma coisa natural – o problema está na artificial organização social

 

A faca como símbolo fálico definitivo

 

1

Estava completamente alcoolizado. Tinha sido um dia intenso de calor, só na sombra e debaixo do ar condicionado é que se aguentava este ar morno e asfixiante e a necessidade de ingerir imediatamente algo de fresco e de revigorante, era maia forte que qualquer indicação médica que anteriormente nos tivessem fornecido – e assim bebia-mos álcool sem parar e suávamos por todos os nossos poros, ininterruptamente e na mesma proporção.

 

2

Subi as escadas do prédio que estavam diante de mim. No seu interior a elevação dos tetos de cada andar, facilitavam alguma da pouca circulação de ar aí existente, melhorando um pouco o ambiente que nos rodeava e tornando-os mesmo que aparentemente, mais frescos e mais fáceis de suportar. O elevador já não funcionava provavelmente desde há muito tempo, sendo visível a sujidade aí acumulada e mesmo alguns vestígios de se tratar de um local ideal para se pernoitar, devido a certos casos imprevistos e não desejados, ocorridos durante um dos lapsos da vida de qualquer um de nós e analisados imparcialmente e sem objetivos pré-determinados, de qualquer um dos ângulos possíveis e imagináveis.

 

3

No cimo destas escadas, no último andar deste prédio antigo e degradado, descobri duas velhas portas fechadas e uma outra aberta, que devia dar acesso ao terraço comum do condomínio e que pela sua elevação, devia proporcionar uma bela vista da cidade, mesmo de noite e sob a luz da iluminação exterior. Não subi ao citado terraço e meio sonolento por ação conjunta do calor e da bebida, encostei-me ao corrimão das escadas e fixei o meu olhar numa das portas fechadas e no som que daí podia emanar. Não me apercebi de nada e adormeci.

 

4

No outro dia de manhã, debaixo de uma ressaca tremenda provocada pelo álcool e com todos os ossos do meu corpo a gritarem de dor – parecia ter levado uma tareia estilo “caixão à cova” – encontrei-me sem qualquer tipo de explicação numa cama da prisão, fechado numa cela escura e subterrânea e acusado de homicídio de alguém, que julgava nem sequer conhecer. Fora encontrado na cama de uma mulher assassinada à facada, completamente desfigurada e brutalmente mutilada, completamente nu, com o meu pénis ainda ereto e enfiado na vagina artificialmente mantida húmida, do ser do sexo feminino comigo encontrado e oficialmente há muito, declarado morto e desativado.

 

5

Fui declarado culpado e condenado à morte por opção. Mais tarde e por interesse de entidades relacionadas com o acaso e com as necessidades – mas nunca declaradas, de modo a não obstruírem o normal decorrer e aplicação da justiça – veio a saber-se que o esperma encontrado na vítima não coincidia com o meu ADN. Levado o caso ao Tribunal Constitucional, este confirmou a minha inocência e a injustiça sobre mim praticada e para alegria dos meus amigos e familiares, limpou-me o registo criminal mesmo depois de morto. No entanto decretou a amnistia sobre o verdadeiro criminoso, porque este provavelmente se quereria vingar sobre o vizinho da frente e do mesmo andar – à frente do qual eu adormecera e por isso o engano na porta – devido a adultério continuado e não declarado, ainda-por-cima praticado pelo seu chefe sobre a sua mulher, num verdadeiro assédio inadmissível “de e na empresa”. Foi-lhe concedida a equivalência depois de exaustiva análise das condições a que se tinha sujeitado o arguido – a sua encenação para me atribuir o crime foi considerado pelo psicólogo uma ação desculpável, devido aos maus tratos sofridos pelo arguido em criança e que ele associava à figura do pai, que neste situação era eu – sendo de imediato libertado e licenciado para a vida. Eu continuei bem morto e enterrado.

 

6

Esclarecimento final: completamente desnorteado e no meio da sua vingança assassina, o homem nem reparou que a sua suposta vítima-homem era uma mulher, isto porque o seu chefe – e como ele já sabia há muito tempo – era hermafrodita, dado este ter feito com ele tentativas de assédio e quase ter concretizado o ato, num dia para esquecer e em que o apanhara psicologicamente desprevenido. Afugentado o chefe e sentindo-se este humilhado com o sucedido, tinha prometido a quente e como retaliação à humilhação sofrida, que tal não ficaria sem retorno – até ao dia em que conheceu a mulher deste e a seduziu com o seu duplo impacto sexual.

 

(imagem – menspulpmags.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:52

21
Jul 12

Comissão provisória unitária para a futura constituição do MT.PT

(referência 1/120721)

 

   

 

A sua candidatura à Vice-Presidência dos Estados Unidos da América assinalou o momento em que os extraterrestres estiveram mais perto da presidência desta grande potência mundial ou pelo menos da Casa Branca.

 

   

Sarah Palin

 

   

 

No entanto os seus fiéis apoiantes extraterrestres ainda não desistiram dela politicamente, nem da sua capacidade em lidar fisicamente com multidões e ganhar concursos de beleza – desde que sem conteúdo intelectual – sugerindo eu a sua candidatura à presidência da Republica Portuguesa e a sua permanência no Palácio de Belém, como forma de contrabalançar a presença contínua e talvez monótona dos funcionários da Troika em Portugal.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:45

“Cada sector deve ter uma formação adequada e rigorosa, de modo a que se estabeleça uma relação de forte lealdade e de hierarquia, entre formador e formandos”

 

Depois de serem torturadas, de se sujeitarem a uma lavagem cerebral e de serem finalmente escravizadas, as candidatas estavam prontas para finalizarem com sucesso total o seu ano zero.

 

Futuras profissionais da saúde, dispostas a fazer tudo por Eles: até a matar!

 

Face a expetativas de manutenção do aumento da taxa de crescimento de indivíduos de sexo feminino a frequentar no próximo ano letivo o ensino superior em todas as áreas de formação e especificamente na área da saúde, o Ministério da Saúde em colaboração com o Ministério da Educação e com a supervisão do Ministério das Finanças, decidiu criar de imediato um curso prévio e de componente curricular obrigatória, cujo objetivo prático será o de preparar psicologicamente as futuras candidatas – inicialmente nas áreas de medicina e de enfermagem e como experiência piloto – para a dura vida que as espera, para os salários miseráveis que lhes irão pagar e para a contínua falta de privacidade das suas vidas face aos sucessivos turnos de trabalho, consequência direta da violação constante de regras contratualizadas e em vigor e de seguida, e sem aviso prévio e legal, anuladas.

 

(imagem – menspulpmags.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:35

Dois Temas de Vida muito interessantes e necessitando urgentemente de rápidos desenvolvimentos – um tema ainda não completamento despido de preconceitos e o outro ainda muito escondido, em controvérsias inexistentes apenas para disfarçar.

 

Sexualidade

 

Tema: A Sexualidade Humana – Ilustração: Masami Teraoka 

 

Manipulação

 

Tema: Manipulação do Ambiente pelo Homem – Ilustração: Dianne McDormet

 

(imagem – 50watts.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:39

Ten Years of Legalization Has Cut Portugal’s Drug Abuse Rate in Half

 

 

 

Time to trade swords for plowshares in the War on Drugs?

 

Drug warriors often contend that drug use would skyrocket if we were to legalize or decriminalize drugs in the United States. Fortunately, we have a real-world example of the actual effects of ending the violent, expensive War on Drugs and replacing it with a system of treatment for problem users and addicts.

 

Ten years ago, Portugal decriminalized all drugs. One decade after this unprecedented experiment, drug abuse is down by half.

 

“There is no doubt that the phenomenon of addiction is in decline in Portugal,” said João Goulão, President of the Institute of Drugs and Drugs Addiction, a press conference to mark the 10th anniversary of the law.

 

The number of addicts considered “problematic” — those who repeatedly use “hard” drugs and intravenous users — had fallen by half since the early 1990s, when the figure was estimated at around 100,000 people, João Goulão said.

 

(disinfo.com – forbes.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:23

Só temos que dar cor à vida!

 

A conjugação das cores é que monta todo o cenário

 

Há muitos e muitos anos atrás disseram-me que quando eu atingisse a bela idade da reforma, já com todas as sociedades a alcançarem a felicidade suprema e eterna de todos os seus cidadãos sem uma única exceção e ainda com a companhia de todas as fantásticas novidades tecnológicas a rodearem-nos e a facilitarem-nos todos os aspetos da nossa vida, eu nunca teria verdadeiramente essa idade e seria sempre aquilo que desde sempre quisera ser. Assim fui para o paraíso e ainda me encontro por lá, como o confirma esta imagem tão parecida com o sonho, com que eu sempre sonhei.

 

(ilustração – Masami Teraoka – 50watts.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:05

Imagem obtida a partir da Estação Espacial internacional (ISS) a mais de 600Km da Terra

 

Enquanto a Terra se expõe a acontecimentos vindos do exterior e luta pela sua estabilização e sobrevivência socorrendo-se de ferramentas próprias de alerta e de prevenção que ainda tem disponíveis – veja-se a luta feroz da camada protetora da Terra contra os efeitos das radiações solares sobre a nossa atmosfera, aqui bem retratadas nos efeitos provocados e que originam estas fantásticas auroras – no seu interior o Homem empurra todas as suas sociedades organizadas para modelos de exploração imediata e selvagem e com o único intuito de maximização do lucro, opção esta que têm levado o planeta a uma exaustão acelerada dos seus recursos a curto prazo, com o fim da sua matéria-prima, a desativação dos seus cidadãos ativos e a banalização da globalização da poluição, como se fosse algo de natural e de consequências previsíveis.

 

(imagem – spaceweather.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:52

18
Jul 12

Os E.T.E. e as nossas necessidades de sobrevivência

 

A GNR de Albufeira vai investigar a presença de Velhos e de Gaivotas no mercado municipal

 

1

As profundas alterações climáticas registadas em muitas partes do mundo têm vindo a afetar progressivamente o tempo, incluindo a meteorologia do nosso país. No sul de Portugal os sinais de perigo que vão aparecendo são cada vez mais preocupantes, com o avanço da desertificação vinda do norte de África, associada ao crescente problema da falta de água, caso ainda mais agravado pela destruição maciça da fauna e flora algarvia em anos passados, debaixo da força devastadora dos incêndios aí ocorridos e da malfadada mão do Homem.

 

2

É já muito comum, vermos as gaivotas a afastarem-se da costa à procura de alimentos ou os charnecos em grandes bando vindos da serra interior, a visitar as nossas casas e a fixarem-se nos nossos campos mais ricos em alimentos e bicharada e estrategicamente localizados mais perto do litoral e das praias; locais turísticos onde se vai acumulando todo o lixo e animais mortos de que estas aves se alimentam e com que se banqueteiam e consequentemente, se instalam e se reproduzem.

 

3

Numa visita ao Mercado Municipal da cidade registamos a opinião de algumas pessoas sobre as consequências das constantes alterações climáticas e da profunda e prejudicial ação do Homem sobre a natureza, tendo a maioria das pessoas entrevistadas idades superiores a 45 anos e realizando visitas cada vez mais assíduas a este local de compra, venda e convívio de qualidade, face à degradação crescente das grandes áreas comerciais, cada vez mais impessoais e fortemente atingidas pela crescente falta de qualidade dos seus produtos expostos.

 

4

O povo presente queixou-se maioritariamente e sobretudo da falta de ação da autarquia para promover e desenvolver ainda mais esta zona – situada tão perto do centro antigo e do centro mais moderno da terra e com os jovens e as suas escolas tão à mão de semear – enquanto por outro lado deixa a GNR e a ASAE espalhar o pânico entre comerciantes inocentes, cumpridores, taxados e alguns mesmo já membros do grupo da terceira idade. Veja se por exemplo o caso da falta de alguns chapéus-de-sol para proteção de vendedores e clientes, muitos deles com idades já avançadas e da falta de respeito demonstrada sobre um comerciante de calçado legal – apesar da sua defesa feita no local pelo fiscal da câmara – por nós todos conhecido e respeitado e integrado com a sua família na sociedade albufeirense há cerca de 40 anos.

 

5

E aqui surge o Estranho. A sua vida é um pouco da história desta terra chamada Albufeira. Filho de gente honrada e honesta, de agricultores e pescadores abandonados à sua sorte, este teve que fazer o seu percurso de vida sem poder recorrer a nenhuma ajuda ou solidariedade, sob a pena de por abandono e desconhecimento da sua existência, poder aparecer morto numa valeta como o cão atropelado na 125 pelo potente carro do artista, que por acidente se viu desviado da Via do Infante – a via conhecida como não tendo custos para o utilizador, desde que se tenha dinheiro para a pagar.

 

(imagem - Passeio dos Tristes)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:28

17
Jul 12

"Este Governo é profundamente corrupto"

 

 

Bispo das Forças Armadas diz que os membros do governo de Sócrates eram uns "anjinhos" em comparação com estes "diabinhos negros".

 

D. Januário Torgal Ferreira não poupou nas palavras e acusou diretamente o Governo de Passos Coelho de "corrupto". O bispo das Forças Armadas disse mesmo, ontem à noite na TVI 24, que os membros do governo de Sócrates eram uns "anjinhos" por comparação estes "diabinhos negros".

 

"Há jogos atrás da cortina, habilidades e corrupção. Este Governo é profundamente corrupto nestas atitudes a que estamos a assistir", frisou, acrescentando: "Nós estamos numa peregrinação em direção a Bruxelas e quando tudo estiver pago daqui de Portugal sai uma procissão de mascarados a dizer: vamos para um asilo, salvem-nos".

 

"O problema é civilizacional, porque é ético. Eu não acredito nestes tipos, em alguns destes tipos, porque são equívocos, porque lutam pelos seus interesses, porque têm o seu gangue, porque têm o seu clube, porque pressionam a comunicação social, o que significa que os anteriores, que foram tão atacados, eram uns anjos ao pé destes diabinhos negros que acabam de aparecer", frisou.

 

(Diário Económico)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:18

O Protocolo

 

“Enquanto o nosso cérebro se derrete debaixo de um calor infernal e de litros e litros de cerveja, o mundo continua a rodar dentro da normalidade previamente estabelecida, sem que ninguém se aperceba que tudo está a mudar e que nós fazemos parte dele. Pelo menos enquanto não formos todos invadidos, desativados, absorvidos e eliminados, como seres vivos avançados e racionais que diziam antes que nós todos eramos, sem qualquer tipo de hesitação e sem uma única exceção – apesar de todos os crimes desde sempre e sobre nós todos, por eles praticados”.

 

Segurança apertada contra a eventualidade de ataques terroristas de verão

 

Com a proliferação de relatos muito estranhos e preocupantes sobre factos ocorridos na nossa cidade, relatos esses que têm vindo a despoletar o surgimento de atitudes e situações obsessivas, delirantes e sem explicação plausível e que se estendem a uma velocidade alucinante por toda a urbe e arredores, o Presidente da autarquia resolveu a partir desta altura, andar rodeado permanentemente por dois seguranças de confiança. Tudo parece ter sido despoletado pelo recrudescer da crise financeira que a Europa atravessa, conjuntamente com o ressurgimento de mais um conflito entre a elite política de Albufeira, os Chineses e os seus aliados Extraterrestres.

 

Qual seria a reação dos representantes da Igreja Católica, se as notícias se confirmassem?

 

Com a chegada da época alta do turismo algarvio e com o aumento previsível da população aqui residente, as preocupações com a segurança das pessoas, com o seu bem-estar e com a manutenção das opiniões positivas sobre a região – apesar da crise financeira e moral que atravessamos – terá levado a que as verdadeiras autoridades locais, em colaboração com sociedades secretas associadas às forças vivas da terra, tivessem estabelecido um protocolo não divulgado e confidencial com os seus aliados exteriores, de modo a que um elemento desta embaixada estrangeira pudesse concorrer em “listas fechadas”, a um lugar de destaque para a administração do novo posto de turismo da cidade. A escolha desse candidato teria recaído sobre um dos mais conceituados representantes das comunidades católicas intergalácticas, para políticas de desenvolvimento em sistemas de vida de categoria 2.

 

Um canal chinês colaborou nesta ação às claras e sem qualquer tipo de preconceito

 

Enquanto decorria o Euro 2012 de futebol – com a curiosa coincidência da participação da seleção de Portugal nesse evento – foi lançada uma campanha com fortes mensagens subliminares, com o intuito de estabelecer e consolidar fortes relações comerciais e de amizade entre a China e alguns representantes preferenciais europeus – como foi o caso do sucedido com o nosso país e no que nos diz mais respeito, com a nossa região Algarvia. Aqui aparecendo neste processo e como seria previsível e elementar a cidade de Albufeira, com uma forte presença da comunidade chinesa em muitos setores da vida socioeconómica local.

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:24

Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13

19
20

23
24
25
28



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO