Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

09
Mar 13

Conspirações com Probabilidades

 

(1)

 

Após a sua entrada na atmosfera terrestre a mais de 60.000km/h, o corpo celeste de quase 20m de diâmetro e 10,000 toneladas de massa – em princípio um meteorito natural e “sem intervenção estrangeira” – começou progressivamente a desintegrar-se, devido à fricção provocada pela sua passagem pela nossa atmosfera protectora. O corpo celeste terá acabado por explodir no ar – em dezenas de fragmentos que se espalharam na zona do lago Tchebarkoul – libertando uma energia equivalente a 30 bombas de Hiroshima e que causou cerca de 1.500 feridos, devido aos efeitos provocados pela propagação da sua onda de choque.

 

(2)

 

No entanto existem outras teorias alternativas para explicar o sucedido recentemente com a queda não prevista de um meteorito na região dos Urais – mais precisamente em 15 de Fevereiro de 2013 nas imediações da cidade russa de Chelyabinsk – e que nos levam à aceitação de inovadoras teorias revolucionárias conspiracionistas, sobre a intervenção unilateral em determinados eventos de entidades exteriores ao nosso planeta, necessariamente muito mais avançadas e desenvolvidas a nível tecnológico. Desde as afirmações pouco credíveis do líder da oposição russa Vladimir Zhirinovsky – afirmando tratar-se de testes deliberados de armas norte-americanas realizados provocatoriamente sobre território russo – até às teorias de intervenção extraterrestre, mais aceitáveis do ponto de vista racional e científico.

 

(3)

 

A teoria da intervenção extraterrestre é a que conta até agora com mais adeptos: os alienígenas teriam actuado nesse preciso momento de modo a proteger as populações locais das consequências provavelmente violentas do impacto do meteorito sobre o solo, provocando antecipadamente a sua desintegração na atmosfera. E são as imagens (1), (2) e (3) que comprovam essa teoria. Além do mais não é conhecida à face da Terra tecnologia aeronáutica que permita a qualquer tipo de veículo aéreo conhecido, atingir velocidades idênticas às do meteorito, ao atravessar a atmosfera terrestre – 60.000km/h.

 

Imagens:

 

(1) O UFO aparece repentinamente perto da cauda do meteorito

(2) O meteorito é atingido (raio, míssil?) pelo UFO

(3) O UFO afasta-se do local enquanto o meteorito explode e se desintegra

 

(a partir de notícia – The Siberien Times)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:01

A Nova Escola Portuguesa

 

Mestres e Aprendizes confundem-se na corrida a um lugar no poder, manifestando-nos todos e sem excepção ter um único objectivo de vida – a cumprir a qualquer preço – estritamente pessoal e meramente financeiro. O Estado Novo de Salazar foi apenas substituído por um Estado Novo Renovado, agora comandado por um caudilho retocado e pretensamente melhorado.

 

No Activo ou na Reserva – Todos Descartáveis

 

E mesmo com milhões de cidadãos nas ruas a gritarem contra as condições miseráveis de vida a que os sujeitaram, ainda dizem que a culpa é deles, de seguida desaparecem e na volta ainda gozam com mais cortes, com mais despedimentos e até com a ameaça de descida do ordenado mínimo – que como toda a gente sabe acaba mais cedo ou mais tarde na adopção do trabalho não pago ou seja na escravatura.

 

O Alienígena Avençado

 

Poderá acontecer um Governo não ter na sua constituição um único ministro competente?

Para Portugal bastou uma única geração para se atingir esse desiderato!

Então qual será o verdadeiro motivo deles para a concretização deste paradigma? Sobreviverem no meio da miséria por eles criada, transformando-nos em seres amorfos e indiferentes, verdadeiras criaturas reprodutoras, servis, mas inexistentes. Agora transformadas por reciclagem em mercadoria descartável e produtora de mais-valias.

 

(imagens – google.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:56

This past fall, the Independent‘s Owen Jones wrote that Hugo Chavez’s towering feat was “proving it is possible to lead a popular, progressive government that breaks with neo-liberal dogma”:

 

       

Hugo Chávez Frías – Presidente da Venezuela – 1999/2013

 

Even opponents of Chavez told me that he is the first Venezuelan president to care about the poor. Since his landslide victory in 1998, extreme poverty has dropped from nearly a quarter to 8.6 per cent last year; unemployment has halved; and GDP per capita has more than doubled. Rather than ruining the economy – as his critics allege – oil exports have surged from $14.4bn to $60bn in 2011, providing revenue to spend on Chavez’s ambitious social programs, the so-called “missions”.

 

But when it comes to his relationship with his opposition, Chavez has arguably been pretty lenient. Many of them – including [recent presidential opponent] Capriles – were involved in a US-backed, Pinochet-style military coup in 2002, which failed only after Chavez’s supporters took to the streets. It was incited and supported by much of the private media: I wonder what would happen to Sky News and ITN if they had egged on a coup d’état against a democratically elected government in Britain.

 

Venezuela’s oligarchs froth at the mouth with their hatred of Chavez, but the truth is his government has barely touched them. The top rate of tax is just 34 per cent, and tax evasion is rampant. Why do they despise him? As Chavez’s vice-minister for Europe, Temir Porras, puts it to me, it’s because “the people who clean their houses are now politically more important than them”. Under Chavez, the poor have become a political power that cannot be ignored.

 

(disinfo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:38

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14

23

27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO