Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

19
Mar 13

"A ilha mediterrânica está prestes a entrar numa era de "austeridade severa, de dor inconcebível e sem fim"

(Paul Krugman)

 

Nicósia

 

Até os neofascistas são liberais. Ou será o contrário?

É que nesta Europa é tudo muito confuso!

 

O problema de Chipre reside nos direitos de exploração das reservas de gás natural dum país integrado na Comunidade Económica Europeia, financeiramente dominado pelo governo russo, por empresários russos e pela máfia russa. Até agora os dirigentes europeus nunca se tinham incomodado muito com este paraíso fiscal – apenas mais um entre os diversos offshore por eles utilizados – ignorando sem grandes preocupações a crescente influência russa no sistema financeiro cipriota e a consequente lavagem de dinheiro sujo. Mas com o agravamento da crise que assola toda a Europa – que atingiu o sul, atinge agora o centro e acabará por chegar ao norte – e com o assalto aos mercados por parte dos novos centros mundiais de poder – Rússia/Países Árabes, China/Ásia e com os USA/UK como “observadores e também parte interessada” – os lobbies económicos europeus finalmente falaram mais alto: não porque reconhecessem finalmente a miséria moral e económica em que a Europa estava a cair – sem perspectivas de escapar do abismo e ao seu fim previsível a curto prazo – mas porque os seus direitos adquiridos e interesses estritamente pessoais poderiam estar agora a ser postos em causa, face à possibilidade duma matéria-prima produtora de mais-valia e pertencente à CEE, poder passar para as mãos dos novos usurpadores imperialistas.

 

E que golpada: de uma só vez assaltavam-se os russos – atacando as suas contas – assaltavam-se os cipriotas – atacando as suas poupanças – e assaltava-se o Chipre – atacando as suas reservas de gás natural. E o que é que a CEE oferecia em troca? Retirar a ameaça de lançar o país na bancarrota e o seu povo na miséria total e emprestar em troca – pela garantia da obtenção dos direitos exclusivos de exploração das reservas de gás natural – uma quantia ridícula para o total do orçamento comunitário e que provavelmente até uma grande empresa russa como a GazProm, acabaria por chegar a acordo para emprestar e com juros menos elevados. E claro está (golpada) que também forneceria austeridade, mas sem bancarrota e com uma miséria mais suportável.

 

Na minha terra a estes indivíduos chamamos ladrões e são todos enviados para a cadeia!

Só não vão para lá se estiverem cheias mas se calhar é bem pior para eles!

 

(imagem – google.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:40

E de madrugada o céu ficou verde e vermelho

 

Aurora

 

Uma CME atingiu recentemente a Terra, provocando uma tempestade geomagnética moderada e originando o aparecimento de auroras boreais.

 

Ao entardecer e com o céu iluminado pela Lua

 

Cometa

 

O cometa Pan-Starrs continua a afastar-se do Sol, sendo agora visível no hemisfério norte, com a sua característica cauda constituída por poeiras, gelo e gases.

 

(imagens – spaceweather.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:19

“We choose to go to the moon”

John Kennedy – Universidade Rice – 1961

 

No mês de Dezembro de 1972 o módulo lunar da missão Apollo17 – lançada pela agência espacial norte-americana NASA – aterra sobre a superfície da Lua.

Richard Nixon era então o presidente dos Estados Unidos da América, a guerra do Vietname aproximava-se do seu fim e em Portugal Marcelo Caetano assumia-se como o continuador da obra de Salazar.

 

Dois astronautas da missão Apollo17 – Cernan e Schmitt – passeiam-se na região da cratera Shorty

 

Tudo isto se passou há mais de quarenta anos mas até parece que foi hoje! Então o que é que terá levado os norte-americanos a abandonarem este projecto tão ambicioso? Provavelmente os primeiros sinais evidentes da recessão económica que aí vinha com a aproximação da crise do petróleo de 1973, a qual que iria afectar gravemente os EUA e todo o resto do mundo, levando os norte-americanos a redireccionar a sua estratégia em direcção ao Oriente produtor de petróleo e a apoiar o estado de Israel na guerra do Yom Kippur – contra os seus inimigos dos países árabes que além de controlarem a OPEP e dessa maneira o preço do petróleo, ainda eram amigos dos comunistas da União Soviética.

 

Muitas outras explicações se poderão encontrar para o sucedido: desde os perigos que envolviam os astronautas nesta missão tão complexa a um mundo desconhecido e tão distante do nosso, passando pelos altíssimos custos a suportar para a concretização deste projecto numa altura de pré-recessão económica mundial, até às teorias conspirativas que envolveram o fim do programa Apollo, algumas delas falando da existência na Lua de vestígios de outras civilizações anteriores à nossa ou mesmo da presença por essa altura no satélite natural da Terra, de seres alienígenas provavelmente hostis. O que é certo é que hoje em dia voos tripulados só os efectuados entre as bases terrestres e a Estação Espacial Internacional (ISS). Todos os restantes voos tripulados foram suspensos indefinidamente, apesar do sonho humano das grandes viagens interplanetárias e da descoberta de outros novos mundos habitáveis continuar a invadir a nossa imaginação e dessa forma acabar por contribuir decisivamente para a manutenção da nossa esperança no futuro.

 

A Lua poderá ser a nossa cara-metade ou então o espelho da Bruxa; e a face oculta da Lua, será a outra face do espelho. De qualquer forma o Universo será sempre fantástico e gostaria de o conhecer nem que fosse por interposta pessoa: quem não gostaria de estar – ver, partilhar – no espaço onde os outros estão e continuar a estar sem nunca os perder de vista?

 

(imagem – huffingtonpost.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:14

Os estúpidos? Somos nós! Porquê? Vejam lá:

 

"Ou temos líderes muito estúpidos ou a medida tem de ser explicada na íntegra"

(face à taxação dos depósitos em Chipre e a consequente corrida aos bancos)

 

João Salgueiro

Ministro das Finanças do VIII Governo Constitucional dirigido por Pinto Balsemão

 

O mesmo génio que afirmou ter uma forma para resolver o problema do elevado número de jovens desempregados e licenciados em Portugal: irem limpar as matas ou então seguirem a profissão de trolha. No entanto esta teoria já não é original pelo menos no meio por onde anda esta tão erudita personalidade: já há uns anos atrás um seu ilustre colega de partido dum concelho do sul de Portugal de maioria PSD – falando do excesso de diplomados lançados no mercado, por uma escola superior da qual era parte interessada – afirmou peremptoriamente que mais valia um funcionário da limpeza com um curso superior do que sem ele. Se o segundo indivíduo ganha dinheiro explorando pessoas, o primeiro insulta-nos sarcasticamente – por termos acreditado neles e sido tão estúpidos.

 

Anexo

 

Significado de Cavalgadura: pessoa estúpida, malcriada e revelando falta de inteligência.

 

(imagem – google.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:06

Uma das mais sanguinárias ditaduras militares sul-americana

(30.000 desaparecidos, a maioria jovens operários ou estudantes)

 

From 1976 until 1983, Argentina was governed by a series of U.S.-backed military dictators who ruled with iron fists and crushed the regime’s opponents. As many as 30,000 people were killed or disappeared during this horrific era, and many children and babies were stolen from parents imprisoned in concentration camps or murdered by the regime.

 

During this harrowing period, the Argentine Catholic church was shamefully silent in the face of atrocities. Worse, leading church figures were complicit in the regime’s abuses. One priest, Father Christian von Wernich, was a former police chaplain later sentenced to life in prison for involvement in seven murders, 42 kidnappings and 31 cases of torture during the ‘Dirty War.’

 

So exactly what role did Jorge Bergoglio play in his country’s brutal seven-year military dictatorship?
A 1995 lawsuit filed by a human rights lawyer alleges that Bergoglio, who was leading the local Jesuit community by the time the military junta seized power, was involved in the kidnapping of two of his fellow Jesuit priests, Orlando Yorio and Francisco Jalics, who were tortured by navy personnel before being dumped in a field, drugged and semi-naked, five months later. Yorio accused Bergoglio of “effectively handing [the priests] over to death squads.”

 

But that wasn’t the only time Bergoglio allegedly cooperated with the regime. According to a book by Horacio Verbitsky, one of Argentina’s most respected investigative journalists, he also hid political prisoners from a delegation of visiting international monitors from the Inter-American Human Rights Commission. Bergoglio was also silent in the wake of [activist clergyman] Bishop Enrique Angelelli’s assassination, even as other leading Argentine clergy condemned the murder. “History condemns him,” Fortunato Mallimacci, a former dean at the University of Buenos Aires, once said of Bergoglio. “He was very cozy with the dictatorship.”

 

(imagem – google.com/texto – disinfo.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:00

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14

23

27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO