Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

18
Mai 13

Antes os revolucionários (actualmente todos do bloco central) visitavam a reforma agrária, liam os escritos da Mafalda e cantavam a Internacional.

Hoje só visitam bordéis, já perderam a memória da avó Mafalda e culturalmente, só se lembram da Gaivota que voava e voava...entretanto estrategicamente abatida.


Ideia de Educação

 

Irá N.C. divulgar o nome da Instituição de Ensino Superior, do Coordenador e das respectivas Equivalências?

 

Cadeira (semestral): TROIKA 7

Professor (da cadeira): A. C. S.

Assistente (mascote): M. C. S.

Tema (da apresentação): O Milagre Económico e o 13 de Maio na Cova de Iria

Aluno (com NEE): P. P. C.

Revisor (adjunto): P. P.


Um Professor e um Aluno

 

"Eu penso como uma inspiração – como já a minha mulher disse várias vezes – da nossa Senhora de Fátima, do 13 de Maio". (A. C. S.)

 

Alberto Pimenta foi um dos primeiros primatas (como nós) que teve a coragem de assumir a sua posição na hierarquia animal e residencial (na época era habitual a ocorrência de ocupações selvagens), sendo também um dos primeiros macacos lusos a ter a percepção extra-sensorial da chegada do novo e provisório Anti-Cristo português.


Tem cara de parvo, deve ser anormal!

 

No dia 31 de Julho de 1977 Alberto Pimenta cidadão nacional n.º 0727697 esteve exposto entre as 16 e as 18 horas numa jaula do Palácio dos Chimpanzés do Jardim Zoológico de Lisboa.

 

(imagens e uma parte do texto – retiradas da Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:36

Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

15
17

19
20
21
24
25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO