Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

13
Dez 13

 

A “bolha” do mercado de acções norte-americano poderá estar prestes a rebentar, com todas as consequências negativas que tal acontecimento terá não só para os EUA como para todo o mundo financeiro e económico, talvez excluindo o seu principal credor a R. P. China; mesmo assim as acções na bolsa não param surpreendentemente de subir, o que face à grave crise económica e financeira que todo o mundo atravessa – com os EUA à cabeça a assumirem todo o protagonismo – não deixa de ser contraditório e matematicamente incompreensível, para não se dizer já inaceitável: vejam-se os casos brilhantes dos índices Dow Jones, S&P e Nasdaq, que não reflectem minimamente a realidade do mercado;

 

O défice orçamental norte-americano não para de crescer duma forma inconcebível e brutal – ou seja exponencial – atingindo todos os dias um novo recorde, com a administração norte-americana constantemente a atirar a sua resolução para um pretenso e indefinido futuro; o que ajuda a “engordar a bolha” que alastra por todo o mercado, tornando-a gigantesca e desse modo incontrolável, atingindo níveis cada vez mais preocupantes e muito semelhantes ao sucedido há seis anos atrás, mesmo antes do último crash vivido pelos EUA e pelo mundo;



E quanto ao ratio? Mesmo sem lucros sempre a subir! Vejam o caso duma grande companhia parasita e não reprodutiva já com mais de uma meia dúzia de anos, que apesar de registar perdas recentes superiores a 60.000.000 de dólares, ainda vale em bolsa mais de 20.000.000 de dólares – Twitter – para já não falar do Facebook;

 

Mas apesar de toda esta loucura e de todos os prenúncios e evidências de que todo este cenário mal montado e explicado poderá acabar muito mal em muitíssimo menos tempo do que se pensa, nada é feito tudo é adiado; talvez até ao dia em que as novas grandes potências mundiais como a R. P. China venham buscar os seus dólares ao Tesouro Norte-Americano e lhes cedam a um câmbio compensativo (para os chineses) um punhado de yuans;



Vivemos hoje em dia num mundo em que escasseando quase todo para a esmagadora maioria da população mundial – incluindo também aqui os cidadãos norte-americanos nascidos nesta ilusória Terra de Sonhos agora transformada em Terra de Pesadelos e Zombies – tudo o que não está nas suas mãos e que não consegue controlar, é valorizado excessivamente se estiver à venda pelos “únicos que possuem na verdadeira acepção do termo” (o poder, o dinheiro, a lei) e desvalorizado violentamente se estiver à venda pelos “que vão temporariamente pensando possuir”; o síndrome é inevitável e uma consequência lógica da degenerescência do sistema que nos controla e dirige – na agonia em que estamos e soterrados por toda esta pesada e demagógica estrutura aceitamos apaticamente tudo, mesmo os extremos inaceitáveis talvez porque já estejamos mortos ou para lá caminhemos como um autêntico e perfeito morto-vivo;

 

(texto a partir de artigo: Michael Snyder/The Watchers – imagens: retiradas da Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:36

Simple trick unleashes your brain's capacity to handle negativity and bad news


Brain´s capacity to handle negativity

 

If you live in the real world, you're going to encounter bad news and negativity every single day.

 

For many of us, it's a lot to cope with. However, research has revealed a counter-intuitive little trick that puts your brain the best possible position to deal with reality.

 

In fact, your brain has much more capacity to assimilate negativity that you might realize.

 

Most people, upon encountering bad news or a negative person, go into avoidance mode. It turns out that this is the very opposite of what you brain needs you to do. Attempting to shut out negative thoughts and feelings only thwarts the brain's process of digesting these experiences and letting them go.

 

So, you put these thoughts out of your mind, but then have to keep fighting them off all day long (because your brain isn't done with them). Then,

 

• Negative tension festers in your stomach, chest and shoulders.

• It clutters your thoughts and distracts you from the task at hand.

• It causes chronic stress and physical ailments (tense muscles, digestive problems and lethargy).

 

Negative stress is exhausting!

 

Your brain is ready to handle all things bad - and handle them permanently if you allow it to.

 

You just have to know what to do.

 

(texto parcial / The Watchers – imagem / retirada da Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:30

GNR apreende duas otárias no circo Chen

(Expresso)

 

Divulgamos aqui e em exclusivo um dos pontos do acordo Luso-Chinês celebrado entre as partes intervenientes no negócio, por ocasião da aquisição e nacionalização da EDP pela R. P. China:


A PJ foi chamada para verificar se o bicho era um otário ou uma otária

 

A China cobrará aos otários do Circo Portugal e em contrapartida Portugal cobrará às otárias do Circo Chen

 

(imagem – Expresso)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:25

Notícia do avistamento no espaço dum artefacto desconhecido, que poderia representar o desaparecido cometa Ison (não confirmado).


O Fantasma de Ison

 

Qual será a verdadeira justificação para esta obsessão por um cometa que já passou à história? Mesmo neste texto mais uma vez nos referimos ao ainda quente defunto, talvez inconscientemente convencidos que o mesmo ressuscitara um dia destes e nos proporcionará o devido espectáculo do Cometa do Século, tantas vezes afirmado e prometido pela NASA.

 

(imagem – Whitmer/ Gary)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:17

Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

20

23



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO