Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

03
Fev 14

Na mancha solar AR1967 cabia o planeta Júpiter – e ainda sobrava espaço.

Quanto à Terra, só numa das partes centrais caberia várias vezes.

 

Mancha solar AR1967 de frente para a Terra

 

AR1967 e AR1968 (mancha mais pequena) no dia 2 de Fevereiro

 

O Sol atravessa actualmente uma fase calma e de sentido descendente no seu ciclo solar. Quase sempre acompanhado das suas inseparáveis manchas solares, mais uma vez o nosso astro-rei nos presenteia com os seus raios luminosos e penetrantes, neste caso expondo-nos de frente e como os cornos de um touro, duas extensas e bem definidas regiões: as manchas solares AR1967 e AR1968. Estando as duas regiões já em plena actividade e directamente apontadas para a Terra, prevêem-se emissões dirigidas de CME provocando perturbações electromagnéticas na atmosfera terrestre (como as auroras boreais).

 

Tudo normal.

 

(dados e imagem – spaceweather.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:16
tags: , ,

Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO