Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

28
Mai 14

“O dente faz parte duma estrutura existente nos nossos maxilares usada para cortar e triturar alimentos e em certos casos extremos utilizada como instrumento de defesa e de ataque”

 

Lasers can help damaged teeth grow back, researchers say

When you damage a tooth, your dentist usually uses a filling or a crown to patch it up. But eventually, researchers say that your dentist might just point a laser at it, encouraging the tooth to regrow on its own. While it's no surprise that light causes reactions in the human body, some researchers have been trying to determine whether specific wavelengths of light might be able to trigger specific healing properties when focused on a certain area of the body. In this case, the researchers pointed an infrared laser at a hole drilled into a rat's tooth and found that it encouraged dentin — the material that makes up a tooth's core — to grow back more than it otherwise would have.

 

(theverge.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:37

Tinha-me decidido pelas duas REP mal fiquei a saber (pela própria) que não poderia possuir a original. Ainda no hotel pedi-lhe para me acompanhar até ao meu quarto – comprometendo-me a nunca lhe tocar – invocando a sua presença para uma simples experiência visual. Colocada no ponto de referência e tendo accionado o mecanismo, os espelhos abriram-se e as duas belas REP surgiram esbeltas e esguias como nunca antes o tinham feito, mas aqui de costas voltadas. Entrei pela fenda intermédia e desapareci no mundo delas.

 

As Réplicas do Original

 

Do outro lado as duas REP já me esperavam. Tinham-me visto a chegar com o Original e logo ali tinham posto a máquina a funcionar. Era só colocar a miúda no lugar e pronto já estava. E assim foi. Com a mão esquerda peguei numa das REP e com a direita na outra. Saí e fui com elas até à suite presidencial. Tinha reservado duas opções conforme o caso se apresentasse e a situação inicial evoluísse: como eram as duas REP fiquei-me pelo plano B. Tudo decorreu com a mais perfeita normalidade e praticando SEXO seguro.

 

Sedução em Época de Cerejas

 

Apêndice:

 

Ainda me lembro dos longínquos e perdidos tempos da minha juventude (já que hoje a cultura e a memória de nada valem, excepto se apresentados em manuais condensados de selecção e certificação da qualidade profissional do indivíduo), onde as viagens (pela Europa mais próxima e pelo reino de Marrocos), os livros (no início a literatura portuguesa – com Aquilino, Sena, Sá-Carneiro, França... – e a de ficção científica – com Dick, Asimov, Simak, Vogt... – logo seguida por outros escritores alternativos muito diferenciados mas comuns no seu protesto e radicalismo como Dostoievsky, Celine, Rimbaud, Baudelaire, Poe, Lovecraft, Borges e tantos outros), a fotografia (com máquina fotográfica e ampliador), o xadrez (iniciando-me no jogo e em torneios no recentemente criado grupo de xadrez da Associação Académica de Espinho) e os passeios de bicicleta (organizados de dia ou de noite – estes últimos os mais fascinantes – em grupos por vezes com quase duas dezenas de participantes) eram algumas das actividades que mais me aliciavam.

 

A Solução à Distância de um Spray

 

Mas foi aí que também aprendi (e confirmei) através dos meus colegas de geração, que não havia nada de melhor na vida do que o tempo perdido e o prazer obtido nessa actividade denominada e dominada pela palavra SEXO: hoje em dia uma das poucas actividades humanas ainda com a porta aberta e oferecendo-nos um pouco de liberdade. Como se pode ver num simples blogue como este, que ao introduzir a palavra SEXO – num artigo que até pode nem ter pés nem cabeça – multiplica por diversas vezes a sua audiência habitual (por mais interessante que seja).

 

[Estudo/Análise/Publicidade/SEXO – 2.5]

 

(imagem: Valeria Lukyanova – dailymail.co.uk e Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:21
tags:

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

16

23



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO