Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

08
Jun 14

ZÉZÉ CAMARINHA

 

 

"Quando era miúdo a minha mãe, que era cozinheira num restaurante aqui da praia de Portimão, dava-me óleo de fritar o peixe, depois bronzeava-me com ele e punha uma toalha aqui e outra lá ao fundo onde vê aquele chapéu de sol da Sprite...Tudo o que fosse camone e invadisse este espaço, marchava logo!"

 

 

"Eu na outra reencarnação devo ter sido penso isofrenico, daquelas da Evax ou da Insónia, pois adoro andar entre as pernas das mulheres!"

 

 

"Tou farto de portuguesas! Um gajo para lhes saltar em cima tem de mostrar o B.I e nem isso chega! As camones olham para ti, e tu sabes logo que elas querem-te comer ate ao último ossinho, e acreditem que eu tenho muito para ser comido!"

 

 

"Quando morrer quero que o meu pénis seja embalsamado e cremado, e que as cinzas sejam espalhadas por estas praias do Algarve desde Lagos a Faro que e o meu território de caça! Deste modos as praias serão purificadas...Claro que haverá cinza suficiente!!"

 

[Estudo/Análise/Publicidade/SEXO – 2.8]

 

(texto retirado de: daliedaqui.blogspot.pt/livro de zézé camarinha – imagens: Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:21
tags:

Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
20

27

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO