Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

08
Ago 14

"Séria Ameaça ao Sistema Financeiro"

“Risco Sistémico”

"Estivemos no Fio da Navalha"

 

Pelos vistos no fim-de-semana passado estivemos prestes a dar a última pirueta: uma onda gigante provocada pelo terramoto BES ameaçou levar diante de si toda a banca portuguesa. A nossa sorte e salvação esteve na resistência oferecida pelo nosso Super Banco de Portugal, conseguindo dividir a poderosa onda em duas e assim diminuir os efeitos terríveis das mesmas sobre todos nós: recordando Moisés, assim fez o Governador.

 

Imagem do Banco de Portugal

(após o incidente BES)

 

E no final só ficamos com a bonança, após tão horrível (e certo) cenário de tempestade: a parte má ficou com o Espírito Santo e a parta boa com as pessoas. Tal como Moisés o nosso Governador esqueceu-se do passado, concentrou-se no futuro e tal como o Profeta o fez – mas neste caso e espectacularmente num curtíssimo fim-de-semana – escreveu os Mandamentos e mandou-os publicar (e executar).

 

Poderemos assim – ainda por cima agora que é tempo de descanso e de férias de Verão – continuar a confiar nos bancos e presumir que ainda teremos algum dinheiro na carteira: poderíamos ter falido, mas pelos vistos tal não sucedeu.

 

Entretanto o Santo que agora lidera o Banco Bom/Novo Banco já esclareceu a opinião pública portuguesa que antes estava muito melhor e que só foi para o banco por solicitação e patriotismo, ao mesmo tempo que ia desde já informando os seus súbditos que alguns deles poderiam ser dispensados, se os serviços verificassem que tinham batido com a cabeça no tecto.

 

(títulos iniciais: RR – imagem: Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 20:21

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
15


30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO