Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

09
Ago 14

Dirigido por (alguns) Judeus!

 

Na escola o mestre pediu às crianças maior dedicação e concentração (das mesmas), em relação ao ruído produzido pelos mísseis (Justiceiros de Israel) durante a sua aproximação libertadora. Daí poderiam depender as suas vidas e a dos seus amigos (infantis) de brincadeira. Cada dia a mais era uma bênção de Deus, contra o trabalho diário desenvolvido por Satanás!

 

Uma pessoa aprende muito com a experiência dos outros – podendo aplicar eficazmente os conhecimentos com eles adquiridos – desde que nunca tenha pena de ninguém, nem mesmo e sobretudo de quem interessadamente nos ensinou. E como todos os historiadores sabem o sofrimento e o genocídio do povo judeu durante a II Guerra Mundial, contou com a colaboração e silêncio de muitos outros judeus e seus amigos colaterais.

 

Faixa de Gaza

 

A falta de vergonha total é a única característica comum e fundamental que define todos os oportunistas definidos como os políticos modernos e actuais (do nosso tempo e paridos após o assassinato do sonho americano): o seu único objectivo – se ainda não repararam – é justamente coleccionar cromos!

 

Na Faixa de Gaza vivem quase dois milhões de pessoas que por aí terem nascido – como se fossem nortenhos ou alentejanos – não podem ser considerados como marginais ou terroristas: especialmente quando vemos velhos e crianças a fugirem em pânico entre escombros e cadáveres espalhados e desmembrados por todo o lado, face a bombardeamentos mortais vindos do outro lado, cegos e justos como o nosso Humanismo!

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:35

Que eu saiba em Portugal um criminoso só o é se assim se manifestar

(ou seja, se reclamar com o apoio de testemunhas, flagrante delito)

 

“Ricardo Salgado não tem nenhum bem em seu nome”

(SIC Notícias)

 

Carolina Salgado

O português (como um cobarde que é) só diz mal de quem pode ou de quem (apesar de todo o sofrimento às suas mãos) ainda gosta dele

 

Os mesmos democratas liberais que fizeram fortuna com a Revolução – destruindo as antigas empresas onde trabalhavam (por dentro) e não reconhecendo os seus antigos e adorados patrões (por fora) – são os mesmos que hoje em dia renegam o seu antigo Deus (através da figura do Espírito Santo posteriormente socializado), enquanto que ao mesmo tempo nos tentam convencer que nada têm (coitados/injustiçados). É que todos os oportunistas sabem que a história (deles) se repete e que aqueles agora caídos em desgraça amanhã poderão de novo recuperar a consciência e retomar de novo as rédeas do poder: como assim (afinal de contas estamos a falar da nossa elite e dos seus intelectuais à cobrança) têm bastantes conhecimentos e um curriculum deveras apreciável.

 

“Cada vez é mais evidente a enorme injustiça praticada: nem bens imobiliários têm”!

 

E o Circo lá vai continuar montado no seu lugar de sempre, apesar de todos os seus animais já terem morrido ou estarem em vias de facto.

 

(imagem – Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 01:29

Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
15


30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO