Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

14
Set 14

“CME impact from X1.6 solar flare generated strong G3 geomagnetic storm and bright auroras”

(The Watchers)

 

Mapa de absorção das radiações

 

Strong (G3) geomagnetic storm can trigger false alarms on some protection devices, sometimes voltage corrections may be required, surface charging may occur on satellite components at spacecraft operations, drag may increase on low-Earth-orbit satellites, and corrections may be needed for orientation problems. Intermittent satellite navigation and low-frequency radio navigation problems may occur, HF radio may be intermittent. Loss-of-lock and increased range error may occur at GPS systems. Radio blackouts reaching the R1 level are expected. (The Watchers)

 

Actividade geomagnética

 

“Quem se lixa são os pólos mas lá não vive ninguém – é só gelo e pinguins”

 

Como já se esperava o campo magnético terrestre acusou a chegada das intensas radiações provocadas pela erupção solar do último dia 10 de Setembro – da classe X1,6 – originando de imediato uma forte tempestade geomagnética e como consequências visíveis brilhantes auroras. Uma erupção solar de classe X (a mais elevada da escala) como a ocorrida no último dia dez (de valor 1,6 numa escala inicial de 9) poderá não ter grandes consequências visíveis para a vida na Terra mas convém estar sempre atento. A maior erupção registada até hoje estaria anexada à classe SX, podendo ter atingido um valor na ordem dos 30: felizmente não seria dirigida à Terra. E se fosse?

 

(imagens – The Watchers)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:28

Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11

15
16
17

21



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO