Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

16
Dez 14

Problemas com o abastecimento de água, produção e distribuição de alimentos, fornecimento de electricidade e até produção, consumo e tráfico de drogas (além de todos os outros circuitos paralelos incluindo armas e prostituição) esmagam hoje em dia MYANMAR, transformando num verdadeiro desafio a recuperação da soberania deste país e a salvação do seu povo da sua inevitável extinção económica e cultural.

 

Dream of Myanmar by Christopher Michel.jpg

 

Um país perdido no meio do imenso Continente Asiático (antiga Birmânia), destruído nas suas infra-estruturas básicas pelas políticas anti-democráticas de um regime militar ditatorial (assente no poder exercido por uma minoria étnica) e no entanto contemplado com uma actuação complacente por parte da comunidade internacional (não basta a ONU protestar), deixando como resultado da sua intervenção (que deveria ser humanitária) os seus mais de meia centena de milhões de cidadãos, abandonados à sua sorte sob um regime (mais ou menos retocado) de opressão, de miséria e com perspectivas de futuro (esperança) nulas.

 

Não será assim que a Civilização Ocidental sobreviverá (a Europa) aliando-se estrategicamente a um dos lados (EUA) para destruir o outro (China): não será a partir dos cacos dos vizinhos (que ajudamos a escaqueirar) que chegaremos a algum lado. Primeiro teremos que respeitar os outros e só depois discutir a mercadoria. Nem todos gostam de ser tratados como meros objectos (por mais bem pagos e cegos que sejam)!

 

(imagem – Christopher Michel/The Watchers)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:40

Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

18
20

24
27

28
29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO