Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Jan 15

Mais um cometa na sua trajectória de aproximação ao Sol, estando o seu periélio marcado para o dia 30 de Janeiro. O cometa atinge hoje o seu ponto mais próximo da Terra (dia 7 de Janeiro) e só voltará a ser visto daqui a 8.000 anos.

 

Comet_Lovejoy_Orion_6Jan_Dyer.jpg

Lovejoy C/2014 Q2
06.01.2015
(Alan Dyer – amazingsky.com)

 

Terry Lovejoy discovered C/2014 Q2 in August of 2014 from his observatory in Brisbane, Australia.
This long-period comet became visible in the Northern Hemisphere (through typical backyard telescopes) in late December.
As it continues to move northwards this month, it will continue to increase in brihtness up until 10th January. However, it should remain visible with the aid of binoculars and small telescopes throughout January.
Comet Lovejoy (C/2014 Q2) will reach perihelion on January 30th, 2015.

 

Real Time Information:

 

SPEED 36,45 KM/S
SUN DISTANCE 199.588.166 KM
EARTH DISTANCE 70.166.728 KM

 (registado pelas 15:10 de Portugal já o cometa tinha ultrapassado o seu ponto mais próximo da Terra)

 

Lovejoy10012015.png

Trajectória do cometa C/2014 Q2

 

O cometa C/2014 Q2 Lovejoy cruzará o equador celeste no próximo dia 10 (sábado) tornando-se mais visível no Hemisfério Norte. Tendo entrado (segundo os astrónomos) no nosso espaço planetário apresentando um período de 11.000 anos, o cometa acabará por o abandonar agora com um período (menor) de 8.000 anos. Aqui ficaremos (mortos ou vivos) à sua espera!

 

(texto em inglês: livecometdata.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:29

Da Inexistente Atmosfera de Marte!
(às dúvidas de que algo não bate certo)

 

207492main_image_990_946-710.jpg

Marte – Rover Curiosity

 

Quem olhasse para estas duas imagens até poderia pensar que estava a ver duas paisagens terrestres: com a Terra acastanhada apresentando tonalidades de verde à sua superfície e o tradicional e nosso bem conhecido céu azul mais acima, rodeando-nos com a sua preciosa atmosfera rica em oxigénio (e outros gases). Para o confirmar bastaria ver-se um ou outro terrestre por ali a passar.

 

Mas por acaso não estamos perante o nosso planeta. Apesar da cor da terra e da cor do céu! Estas duas imagens referem-se a duas paisagens localizadas no planeta Marte, obtidas a partir dos ROVER CURIOSITY e SPIRIT da NASA: se não o soubesse era bem possível que eu me visse por ali a passear sob os raios luminosos do Sol, por exemplo numa das zonas mais desérticas do estado do Arizona.

 

0550ML0022250240204197E01_DXXX-br2.jpg

Marte – Rover Spirit

 

Quando olhamos (só) um pouquinho para trás e recuamos para o fim da II Guerra Mundial, perguntamo-nos como foi possível (a partir da destruição de grande parte do mundo de então) surgir o Grande Salto da Humanidade: que acabou por a catapultar para a descoberta e consolidação de inovações (quase que espontâneas) importantíssimas e que mais tarde vieram revolucionar o mundo, escancarando-lhe as portas para a concretização das promessas futuras.

 

E que teve como seu símbolo máximo o início das viagens no exterior do nosso planeta (no espaço que envolvia a Terra) e a chegada do primeiro homem ao corpo celeste mais perto de nós: a Lua. Apesar do Muro de Berlim o mundo progrediu quase que exponencialmente, até que este caiu e pelos vistos as prioridades passaram a ser outras.

 

viking.jpg

Marte – Viking Lander

 

O que terá então acontecido durante todo este trajecto (de quase setenta anos)?

 

Pelos vistos e aparentemente as autoridades oficiais mundiais nunca se importaram muito com o assunto, mesmo quando hoje (início de 2015) a maior potência mundial (não contando com a emergente China) se dá ao luxo de finalmente parecer querer desprezar a importância até agora absoluta duma matéria-prima central como o petróleo, criando esta convulsão mundial generalizada no mercado e no preço do ouro negro: afinal de contas tudo aquilo que nos disseram desde o século passado sobre a importância fulcral do petróleo para o desenvolvimento da economia (e do bem estar) global era falso, não importando nada o preço pelo qual ele é comercializado, nem sequer a importância da inexistência de reservas para um futuro próximo. E assim vemos o preço do petróleo a descer vertiginosamente em todos os mercados mundiais, numa guerra declarada e sem quartel assumida como não poderia deixar de ser pelos Estados Unidos da América: país produtor de petróleo, dispondo das maiores reservas mundiais, tendo já criado formas alternativas de obtenção de matéria-prima combustível (como o gás de xisto origem do conflito actual e associado ao método de extracção conhecido como fracking) e ainda por cima (e pelo que se tem comentado ao longo das últimas décadas) talvez já capaz de produzir energia através de outros métodos inovadores e revolucionários (e que talvez estejam desde há muito tempo disponíveis e prontos a ser introduzidos no momento próprio). Mas nunca se esqueçam que o FRACKING apesar de ser bastante lucrativo na produção de gás (o gás de xisto aproxima-se já de metade da produção de gás natural nos EUA, colocando o preço a 1/3 do preço estabelecido na Europa, continente ainda em maior risco com o conflito actual em torno da Ucrânia/Rússia/Gazprom – até parece que existem coincidências) terá consequências brutais no futuro: tal como os pesticidas envenenam e matam o solo por difusão à sua superfície, o fracking viola e fractura brutalmente o solo em profundidade infiltrando nas suas camadas sobrepostas produtos químicos extremamente tóxicos, como se faz a um condenado à morte por injecção letal.

 

c77c9d1797972768d4df8707d82a06b5.jpgET – A apresentação do Bom Bébé Extraterrestre
(versão norte-americana)

 

Neste momento e como vemos a agenda mundial ainda é marcada pelos EUA. Com a ajuda de cérebros comprados e importados de todo o mundo, contando ou não com a colaboração de outras Entidades Exteriores que lhes vão fornecendo tecnologia revolucionária, tendo ou não em conjunto com essas mesmas Entidades possíveis e inimagináveis bases na Lua ou em Marte (também devemos dar ouvido às teorias alternativas por mais incompreensíveis que nos pareçam e mesmo que envolvam extraterrestres), algo de diferente e não muito comum se está a passar neste grande país do nosso planeta: o que falta saber é se na sua futura estratégia de intervenção nós (a Europa) ainda representaremos algo para eles ou se já teremos passado à história.

 

Como assim talvez sejam os extraterrestres que nos venham aqui salvar, deste novo Fim do Mundo. Ou não será esta crise no preço do petróleo o primeiro sinal de que o mundo vai mesmo mudar?

 

(imagens – NASA e Web)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:21

Onze morts dans l'attaque armée, dont deux policiers
(Les Echos.FR)

 

L'attaque à l'arme lourde du siège de Charlie Hebdo a fait onze morts, dont deux policiers, selon l'AFP. Les auteurs des tirs auraient réussi à prendre la fuite. L'Elysée a annoncé que François Hollande se rendait sur place.

 

12H34

L'attaque armée a fait 11 morts dont deux policiers, selon l'AFP. On évoque également 10 blessés, dont 5 gravement.

 

12H22

Policiers parlent d'une "boucherie", "carnage".

 

B6vjNwUIgAAw-OB.jpg

Devant Charlie Hebdo

 

12H11

Selon une source proche de l'AFP, "Vers 11h30, deux hommes armés d'une kalachnikov et d'un lance-roquette, ont fait irruption au siège de Charlie Hebdo dans le XIe arrondissement de Paris. Un échange de feu a eu lieu avec les forces de l'ordre". Ils auraient ensuite braqué un automobiliste porte de Pantin et percuté un piéton.

 

12H05

Cette fusillade aurait fait 10 morts et 5 blessés très graves selon iTele. Les deux hommes auraient réussi à prendre la fuite.

 

B6vdKSgIUAE7jeT.jpg

Toit de Charlie Hebdo

 

12H02

Certains salariés de Charlie Hebdo sont réfugiés sur le toit.

 

12H01

Selon sur France Info, un témoin rapporte la présence de "deux hommes qui aurait lancé: "on va venger le prophète".

 

(lesechos.fr)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:07

Strange fireball filmed breaking away from meteorite-like object in California
(by Richard Gray – Daily Mail UK – 06.01.2015)

 

A mysterious glowing orb has been filmed breaking away from an unidentified meteorite-like object as it streaked across the sky above California. The unusual object can be seen moving through the sky leaving a long tail behind that is characteristic of space debris or a meteorite burning up in the atmosphere. But after a few seconds a second round object separates from the main fireball and moves off in the opposite direction.

 

UFO_and_Pod_665x385.jpg

UFO – California

 

'I was driving home after work when this UFO or whatever you call it caught my eye. 'I pulled over in front of somebody's house to film it. I would have got a better shot but I didn't want to jump these people's fence. 'Anyway I don't know what the hell to make of it. Couldn't have been a plane cause there was no noise. And I never heard a crash after either.
'The Orb thing flew straight up into the sky and disappeared.' (Ken Roberts – California – USA)

 

(sott.net)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:39

Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO