Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

17
Jan 15

NASA's New Horizons spacecraft recently began its long-awaited, historic encounter with Pluto. The spacecraft is entering the first of several approach phases that culminate July 14 with the first close-up flyby of the dwarf planet, 4.67 billion miles (7.5 billion kilometers) from Earth.

 

15-011a.jpg

 New Horizons spacecraft as it passes Pluto and Pluto’s largest moon Charon

 

“NASA first mission to distant Pluto will also be humankind’s first close up view of this cold, unexplored world in our solar system,” said Jim Green, director of NASA’s Planetary Science Division at the agency’s Headquarters in Washington. “The New Horizons team worked very hard to prepare for this first phase, and they did it flawlessly.”

 

The fastest spacecraft when it was launched, New Horizons lifted off in January 2006. It awoke from its final hibernation period last month after a voyage of more than 3 billion miles, and will soon pass close to Pluto, inside the orbits of its five known moons. In preparation for the close encounter, the mission’s science, engineering and spacecraft operations teams configured the piano-sized probe for distant observations of the Pluto system that start Sunday, Jan. 25 with a long-range photo shoot.

 

The images captured by New Horizons’ telescopic Long-Range Reconnaissance Imager (LORRI) will give mission scientists a continually improving look at the dynamics of Pluto’s moons. The images also will play a critical role in navigating the spacecraft as it covers the remaining 135 million miles (220 million kilometers) to Pluto.

 

“We’ve completed the longest journey any spacecraft has flown from Earth to reach its primary target, and we are ready to begin exploring,” said Alan Stern, New Horizons principal investigator from Southwest Research Institute in Boulder, Colorado.

 

(NASA – 15.01.2015)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:06

Aquilo que mais nos indigna e revolta além de nos revolver as nossas mais profundas entranhas, é a brutalidade bestial do argumento Administrativo:

 

Sem hesitação e pelo doente Administração demitida!

 

É que chefes e filhos da puta são o que não falta por aí.

 

Garcia da Horta vs. Vítima Mortal

 

TRIAGEM MAL FEITA B.jpg

 

O doente padecia de uma doença grave...
Com vários dias de evolução...
Esta sexta-feira...
O seu agravamento súbito...
Pelo carácter fulminante...
Tornou impossível qualquer procedimento...
Em tempo útil que evitasse a morte.

O tempo de espera não influenciou o desfecho final.
(administração do Hospital Garcia de Orta)

 

Um homem com cerca de 60 anos...
Recebeu uma pulseira amarela na triagem...
Morreu no dia 11 de Janeiro...
No serviço de urgência do Garcia de Orta...
Depois de ter estado três horas à espera de atendimento médico...
Mas a administração do hospital assegurou logo...
Que foram prestados todos os cuidados...

Que numa situação deste tipo são considerados adequados.
(administração da Família da Vítima)

 

Lembram-se?
Já na altura a guerra pela triagem estava instalada entre médicos e enfermeiros
Com o Ministro e como sempre irresponsavelmente a assistir

TRIAGEM MAL FEITA.jpg

Este caso aconteceu no Verão de 2013
E no entanto tudo se mantém

 

De quantas vítimas divulgadas pelos órgãos de comunicação social estão as autoridades responsáveis pela nossa Saúde à espera, para responsabilizarem de vez e se necessário FOR criminalmente, todos aqueles que com conhecimento de causa e por omissão deliberada têm pactuado com esta situação?

 

Para finalizar não interessa aqui considerar a consulta da ficha clínica do doente (atitude oficializada por ausência de resposta), já que se por um lado os leigos (a família) não a mencionaram, por outro lado os eruditos (o Hospital) limitaram-se a ignorá-la.

 

Pelos vistos somos todos Charlie!

 

(texto em negrito/itálico retirado de: RR – imagem retirada de: JN)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:15

Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO