Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Jan 15

Far away from Earthlings who look forward to a new year, Dawn looks forward to a new world. On the far side of the sun, the interplanetary explorer is closing in on Ceres, using its advanced ion propulsion system to match solar orbits with the dwarf planet.

 

PIA19166_700.jpgCERES
(imagem obtida a 13 de Janeiro deste ano pela sonda Dawn, a quase 340.000Km de distância do planeta anão Ceres)

 

Since breaking out of orbit around the giant protoplanet Vesta in September 2012, the spaceship has patiently flown in interplanetary cruise. That long mission phase is over, and now Dawn is starting the Ceres chapter of its extraordinary extraterrestrial expedition. Configured for its approach phase, the craft is following a new and carefully designed course described in detail last month. In March it will slip ever so gracefully into orbit for an ambitious and exciting exploration of the alien world ahead.

 

fulltraj.jpg

DAWN
(trajectória simulada e localização da sonda Dawn em 21 de Janeiro)

 

Over the past year, we have provided previews of the major activities during all the phases of Dawn’s mission at Ceres. This month, let’s take a look at Ceres itself, an intriguing and mysterious orb that has beckoned for more than two centuries. Now, finally, after so long, Earth is answering the cosmic invitation, and an ambassador from our planet is about to take up permanent residence there. Over the course of Dawn’s grand adventure, our knowledge will rocket far, far beyond all that has been learned before. (Dawn Journal – December 29 – Marc Rayman – Chief Engineer/Mission Director, JPL)

 

PIA19168_hires.jpg

CERES
(ampliação da imagem do planeta anão Ceres registada a 13 de Janeiro)

 

Depois de ter visitado o asteróide VESTA a sonda DAWN aproxima-se agora do planeta anão CERES. Tendo como principal objectivo da sua missão o estudo da evolução do Sistema Solar durante estes vários milhões de existência, analisando as condições e processos de formação destes dois corpos celestes, os cientistas esperam entender melhor como ele se terá formado, as transformações registadas e até o futuro do nosso Sistema.

 

pia15678_page.jpg

VESTA
(tal como observada entre Julho de 2011 e Setembro de 2012 pela sonda Dawn, com a sua grande elevação a sul e as suas três crateras “snowman” a norte)

 

Neste momento e já depois de ter ultrapassado a Cintura de Asteróides existente entre os planetas Marte e Júpiter, prevê-se que a sonda norte-americana da NASA que se desloca a mais de 700Km/h e se encontra a mais de 180.000.000Km da Terra e a cerca de 100.000Km de CERES, entre em órbita deste proto planeta no próximo mês de Março. Segundo os cientistas responsáveis pela missão DAWN o planeta anão CERES (que segundo estes terá sido formado mais tarde que VESTA) possuindo um núcleo interior mais frio, terá a sua superfície coberta por uma fina camada de gelo e provavelmente debaixo dela um oceano.

 

Dawnsc_head3.jpg

DAWN
(uma sonda dispondo das últimas inovações tecnológicas, alimentada a energia iónica e cuja função é tentar-nos transportar para os anos iniciais do Sistema Solar)

 

Quanto à sua dimensão (quase o dobro de VESTA) o planeta anão CERES andará perto dos 950Km de diâmetro. Como curiosidade a sonda DAWN é propulsionada a energia iónica, o que lhe facilitará as manobras em torno de CERES (ao contrário do que aconteceria caso utilizasse combustível convencional).

 

(texto em itálico, dados e imagens – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:48
tags: , ,

Desde finais de 2014 que a Marinha dos Estados Unidos da América já está equipada com armas LASER: passamos assim e definitivamente de mais um cenário de ficção científica para a nossa realidade actual.

 

laser-weapon-system.JPG

Navio norte-americano equipado com sistema de armas laser

 

As primeiras experiências piloto já foram assim realizadas, especialmente dirigidas para exercícios militares com a intervenção de barcos de pequenas dimensões e drones: como é o caso do navio da marinha norte-americana USS Ponce, curiosamente estacionado em águas separando a Arábia Saudita do Irão e já equipado com um sistema de armas laser.

 

Não nos podemos esquecer que além desta tecnologia laser utilizada para fins militares ser mais barata e segura do que a tradicional, os seus efeitos são quase que instantâneos. Utilizando a electricidade como fornecedor de energia (preferível a explosivos), estas armas tornam-se assim mais seguras e confiáveis, além de serem muito mais económicas e de fácil manuseamento: cada tiro custa menos de um dólar e basta ter um joystick.

 

(dados e imagem – Elizabeth Palermo/livescience.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:33

“Ser Charlie ou não ser Charlie eis a Questão”

 

68448-panneau-facebook.gif

 

Depois de lhes terem permitido afirmar “JE SUIS CHARLIE” por um dia, os responsáveis pela miserável e criminosa Geopolítica Global (os mesmos que encabeçaram a manifestação de 11 de Janeiro de 2015 realizada em Paris) passaram inequivocamente para a segunda fase de implementação do seu tão desejado processo de organização de uma Nova Ordem Mundial: basicamente assente numa moeda de troca a ser utilizada por todo o mundo (para tal bastando deter a propriedade exclusiva das impressoras, legalizando para tal a sua posse – não fossem equipará-los a verdadeiros falsificadores), reforçada no seu poder por uma máquina militar esmagadora imposta a todos os mercados e dirigida por uma elite restrita, que vê no crescimento demográfico registado em todo o planeta (que ele próprio provocou generalizando o caos e transformando-nos em coelhos e tal e qual como o Papa Francisco nos tentou transmitir na sua ultima intervenção informal) a principal ameaça para a sua sobrevivência. Agora a frase de intervenção é outra: “TU N’ EST PAS CHARLIE”!

 

(imagem – panneau-facebook.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 11:45
tags:

Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO