Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

03
Jul 15

Mais uma confirmação de que o conhecimento científico dos nossos antepassados, era igual ou mesmo superior ao nosso (como também poderia ser inferior). Ou de como uma poção artesanal e com mais de 1.000 anos, poderia destruir uma poderosa super-bactéria como o MRSA. Utilizando apenas ingredientes como o alho, a cebola, o vinho e até bílis do estômago de uma vaca. Taxa de sucesso (em biopsias realizadas em cobaias): 90%. A Ler.

 

A medieval remedy for modern day superbugs?
(30 Mar 2015)

 

AncientBiotics-Cropped-445x124.jpg

 

A one thousand year old Anglo-Saxon remedy for eye infections which originates from a manuscript in the British Library has been found to kill the modern-day superbug MRSA in an unusual research collaboration at The University of Nottingham.

 

Dr Christina Lee, an Anglo-Saxon expert from the School of English has enlisted the help of microbiologists from University’s Centre for Biomolecular Sciences to recreate a 10th century potion for eye infections from Bald’s Leechbook an Old English leatherbound volume in the British Library, to see if it really works as an antibacterial remedy. The Leechbook is widely thought of as one of the earliest known medical textbooks and contains Anglo-Saxon medical advice and recipes for medicines, salves and treatments.

 

Early results on the 'potion', tested in vitro at Nottingham and backed up by mouse model tests at a university in the United States, are, in the words of the US collaborator, “astonishing”. The solution has had remarkable effects on Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) which is one of the most antibiotic-resistant bugs costing modern health services billions.

 

In: AncientBiotics – a medieval remedy for modern day superbugs?

 

[continua]

 

(texto e imagem: Emma Rayner/nottingham.ac.uk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 02:22

ANTES DE TUDO O MAIS:
“ELES não têm culpa de sermos assumidamente umas bestas!”

 

Conhecedora privilegiada da verdadeira situação económica e financeira portuguesa, a nossa Ministra das Finanças comprovando mais uma vez as suas grandes capacidades de previsão de novos acontecimentos e problemas (sempre associados), começa desde já a prevenir e a garantir o seu futuro. Com o seu já extenso currículo como funcionária exemplar da EU, com a fama já granjeada pelos seus antecessores de partido (Durão Barroso, Vítor Gaspar e Carlos Moedas, entre outros) e agora com esta foto explosiva, expressiva e esclarecedora na companhia do Ministro das Finanças alemão, ela já pode estar descansada com a sua próxima função (garantida e com promoção).

 

schauble_marialuis_stephanie_pilick_0.jpg

Schäuble e Albuquerque

 

E para que todos percebam o que é essencial fazer para se progredir na nomenclatura política portuguesa (e europeia), basta recuarmos por exemplo uns quatro meses e interiorizar-mos as posições institucionais/comunicacionais da nossa Ministra das Finanças: neste caso concreto apenas para constatarmos como as suas constantes contradições só vieram reforçar a sua posição (e o seu peso político) na hierarquia tecnocrática desta EUROPA GOURMET.

 

ALBUQUERQUE pediu pessoalmente a SCHÄUBLE para nas negociações do EUROGRUPO sobre a GRÉCIA não ceder.
(segundo o jornal alemão DIE WELT)

 

Não sugeri a alteração de uma única vírgula.
(Albuquerque à TVI)

 

Confirmam-se as pressões dos governos de PORTUGAL e de EESPANHA e a afirmação de VAROUFAKIS de que estes dois países tinham sido mais alemães do que a Alemanha.
(segundo o jornal alemão DIE WELT)

 

O que só vem confirmar que no que toca a Portugal e aos seus infelizes cidadãos (aqui tratados pelos políticos ambiciosos e sem escrúpulos, como meros e substituíveis frangos de aviário), pelo menos até ao dia em que sejam publicados os resultados das próximas eleições, o nosso Governo aproveitará tudo vindo da Grécia para nos manipular e industriar e assim manter o seu reinado de terror por mais quatro anos de perdição. Atacando sistematicamente e sem critério a Grécia (apontando sucessivos cenários apocalípticos dirigidos pelos seus críticos) e não nos dando nem um único dia de sossego (nem nas férias).

 

O Objectivo traçado era muito simples e bastante compreensível: içar o grande calhau até ao cimo da Serra da Estrela (uma impossibilidade para este tipo de deficientes), largá-lo no momento exacto (antes das eleições) e culpar os outros pela catástrofe (como se a montanha não fosse inclinada e não tivessem sido eles a içar o calhau).

 

Já agora finalizo com este cartoon verdadeiramente irresistível, talvez pelo humor, talvez por ser verdade (www.facebook.com via Submarino Amarelo Community):

 

11535792_950570261640660_8640096411341968585_n.jpg

Evolutionary ascendance

 

Double page spread for Visão magazine. The evolutionary ascendance of Marco Costa, Portuguese politician in a rather satirical approach.

 

Client: Visão
Expertise: Editorial illustration

 

(primeira imagem – LUSA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:08

Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO