Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Ago 15

“The third bailout is the result of more than six months of turbulent negotiations, which pushed Greece back into recession, left its banks subject to stringent capital controls, while delaying any action to reduce Athens’s huge debt burden until the fall.”

(economonitor.com)

 

img0.jpg

Berlim – Parlamento Alemão

 

Qual será a estratégia da Alemanha face à crise económica grega, agora que o seu interlocutor privilegiado apresentou o seu pedido de demissão? Apesar de ter capitulado contrariado (oferecendo a Grécia à Alemanha) e de estar em rota de colisão com o seu eleitorado (pedindo-lhe um NÃO e oferecendo-lhe um SIM), TSIPRAS sempre era o rosto da Grécia e um representante credível para o início (imediato) das privatizações. Mas agora que a primeira tranche do empréstimo foi paga e se regularizaram pagamentos (a curto-prazo), eis que o interlocutor se afasta e a Alemanha fica sozinha (para a concretização dos seus negócios). Um risco que a Alemanha não se pode dar ao luxo correr, sendo como é uma das partes mais interessadas na rápida resolução do problema económico e financeiro grego (já que a Alemanha é de longe um dos maiores credores da Grécia) e apressada como está no início da privatização (aquisição e controlo) de todos os sectores produtivos e fundamentais deste Estado anteriormente soberano. Pelo menos até 20 de Setembro (mais um mês de interregno) tudo ficará pelo menos parcialmente em suspenso, o que certamente poderá dar origem ao aparecimento de novas convulsões internas e exteriores à Grécia e como consequência mergulhar de novo a EUROPA na crise em que já vive há tantos e tantos anos. Entretanto ficamos a aguardar por novos desenvolvimentos sobre todo este impenetrável e comprovadamente irresolúvel processo (diminuição do défice de um estado falido), com a certeza absoluta de que a oriente nada de novo surgirá (seja por parte da Alemanha, seja por parte da Grécia), que todos os outros países fazendo parte da EU se calarão por receio de contágio argumentativo (como a Espanha e Portugal) e que Wolfgang Schäuble lá estará para nos lembrar daquilo que pretendemos e de como teremos que lhe retribuir para o conseguir. Caso contrário a solução (provavelmente já encomendada) será a da porta de saída, da sempre presente e solidária Comunidade Económica Europeia.

 

“Greece crisis: Syriza rebels form new party.”
(bbc.com)

 

E agora com o problema da Grécia de novo à nossa perna (e de toda a EU), ainda mais se irão animar as outras duas eleições a realizar este ano noutros dois países pobres e do sul do continente, tal como a Grécia com a corda cada vez mais apertada ao seu pescoço: Portugal e Espanha.

 

(imagem – fosterandpartners.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:57

Enquanto no planeta Terra os seres vivos aí habitando parecem mais predispostos a utilizarem pretextos inúteis e absurdos para se entreterem da melhor forma possível com o seu quotidiano monótono e não criativo (como é o caso da guerra), noutros pontos muito mais distantes do mesmo sistema planetário os mesmos seres vivos demostram toda a sua curiosidade e necessidade de aventura, como forma a de um modo ou de outro conhecerem outros mundos e darem sentido à sua vida (e assim libertarem-se das amarras deste mundo limitado). E se na Terra não se exploram interessada e devidamente as suas ainda misteriosas profundezas (rochosas e oceânicas), já no caso do seu espaço exterior o entusiasmo pelo seu estudo e conhecimento é muito mais profundo e dedicado: com um único corpo celeste como o é o caso do nosso vizinho planeta Marte, a ter só para si a visita de sondas espaciais oriundas de três dos nossos continentes.

 

1074MH0003250050400733E01_DXXX.jpg

MARTE – CURIOSITY ROVER – SOL 1074
(presença de dois objetos não identificados)

 

O que nos leva rapidamente a concluir que se existisse vida inteligente e organizada no planeta Marte, com o aumento significativo do trânsito orbital e mesmo à sua superfície, certamente que mais cedo ou mais tarde os seus habitantes se começariam a preocupar e até num caso mais extremo podendo-os levar a intervir. Neste aspeto os norte-americanos têm neste momento em plena atividade sobre a superfície de Marte dois veículos motorizados (além de sondas orbitando o planeta): o ROVER OPPORTUNITY e o ROVER CURIOSITY. E se por um lado a viagem destes dois veículos terrestres (sobre um mundo alienígena) tem ao longo destes últimos anos de recolha e de investigação fornecido imensas informações sobre o misterioso Planeta Vermelho, por outro lado e de uma forma talvez para muita gente inesperada, muitos têm sido os episódios no mínimo estranhos até agora registados: como o demonstra esta imagem registada pelas câmaras de um desses veículos motorizados circulando em Marte (no passado dia 14 de Agosto), em que é bem visível sobre o fundo mais claro representando céu marciano, a presença de dois objetos voadores não identificados. Uma imagem que já é recorrente noutros registos enviados a partir da superfície do planeta, sempre muito semelhantes na sua forma e na sua cor e evoluindo na quase inexistente atmosfera marciana como se estivessem simplesmente a observar. O que apenas poderá significar (para nós) algo de artificial (e que pela sua constante ocorrência nunca poderá ser classificada como natural e/ou um erro induzido por um órgão dos sentidos): a existência de vida extraterrestre, organizada, inteligente e certamente muito mais evoluída do que a nossa, para além das fronteiras do nosso planeta (em princípio original) a Terra.

 

(imagem/ampliação parcial – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:56

A lua DIONE

 

Enquanto a sonda CASSINI prossegue a sua missão conjunta NASA/ESA/ISA tendo como objetivo o estudo do planeta SATURNO (situado a mais de 1,2 biliões de quilómetros da Terra), dos seus anéis e das suas mais de 60 luas, por vezes somos presenteados com imagens de mundos distantes como este (os raios luminosos emitidos pelo Sol demoram mais de uma hora a lá chegar), enviadas a partir dos confins do nosso sistema por uma nave de origem e tecnologia terrestre (atingindo as vizinhanças de um mundo desconhecido e alienígena).

 

PIA17201.jpg

As crateras da lua Dione e os anéis do planeta Saturno

 

Neste caso o convidado é a lua DIONE numa imagem captada no passado dia 17 de Agosto quando a sonda Cassini se encontrava a pouco mais de 150.000km desta lua de Saturno. Imagem onde para além de estar bem visível (em primeiro plano) a existência de um número elevado de crateras espalhadas por toda a superfície da lua Dione, ainda é possível observar sob um fundo negro (do espaço) os fantásticos anéis que circundam o planeta Saturno. Sendo este satélite natural de Saturno mais um dos mundos gelados do nosso SISTEMA SOLAR.

 

O que nos leva a Recordar

 

Entretanto continuamos a pensar como é que foi possível que passados 54 anos sobre o discurso ao Congresso dos EUA do recém-eleito presidente norte-americano JOHN F. KENNEDY (“Acredito que esta nação se deve comprometer em atingir o objetivo, antes do final desta década, de colocar um homem na Lua, e traze-lo de volta a salvo”) e após o espetacular evento proporcionado pela chegada dos astronautas da NASA ao nosso satélite natural oito anos depois (terminando toda esta aventura da humanidade no fim inexplicável do programa APOLLO catorze anos depois), a exploração espacial se resuma atualmente a umas quantas sondas telecomandadas a partir da Terra (e espalhadas pelo nosso Sistema Solar), focando-se ultimamente num planeta (Marte), em dois planetas anões (Plutão e Ceres) e até num já visitado cometa (67P/C-G).

 

E que nos transporta à Última Questão

 

Ou a Conquista do Espaço se encontra num período regressivo do seu desenvolvimento (o que na esmagadora maioria dos casos indica o fim inevitável de qualquer tipo de projeto, neste caso o da NASA), ou então terá que existir uma outra estrada alternativa e paralela mas que todos nós ainda desconhecemos (talvez uma outra NASA, menos civil e mais militar).

 

(imagem – NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 10:29

Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13

16
19

28
29

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO