Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

21
Out 15

“O gato espetou as orelhas e a cama tremeu”

 

Sentiu-se hoje (dia 21) em Albufeira pouco antes das dez horas da manhã (por volta das 09:49) um pequeno sismo nem por todos percecionado (mais em pisos elevados e no abanar de objetos). Poucas horas antes (cerca de seis horas) o concelho de Albufeira fora o epicentro de outro (magnitude 1,6).

 

intensity.jpg

 

Os últimos oito sismos registados na zona Lagos/Monchique/Silves/Albufeira:

 

Data Epicentro Profundidade (km) Magnitude
16.10 SE Monchique 13 0,3
17.10 NW Silves 20 1,9
19.10 N Monchique 15 0,6
21.10 E Monchique 1 1,5
21.10 SW Albufeira 14 1,6
21.10 N Monchique 15 0,8
21.10 SE Lagos 1 1,5
21.10 NW Silves 20 3,3

 (Algarve – Barlavento – fonte IPMA)

 

O sismo teve o seu epicentro no concelho de Silves atingindo uma magnitude de 3,3 num conjunto de cinco pequenos sismos registados nesse mesmo dia no Barlavento algarvio. O sismo anterior mais intenso (nesse caso magnitude 1,9) também se localizara a NW Silves quatro dias antes (dia 17).

 

(imagem: ipma.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:55

“Como até hoje ainda não compreendemos a nossa posição no Universo,
Tememos a morte e até ela chegar procuramos o desconhecido.”

 

cdn1.uvnimg.com.jpg

Após o último impacto recomeça a contagem para o impacto seguinte

 

No próximo dia 31 de Outubro um asteroide com quase 500 metros de diâmetro passará a cerca de 540.000km da Terra. Um corpo celeste viajando a uma velocidade superior ao que é considerado habitual nestes objetos (mais de 125.000km/h) e em termos da dimensão do Sistema Solar, fazendo uma clara tangente ao planeta onde ainda hoje habitamos (um pouco mais do que a distância Terra/Lua).

 

Neste contexto recrudescem de novo e de uma força como sempre vigorosa as teorias conspirativas apontando para uma potencial catástrofe (em perspetiva) envolvendo o nosso querido e insubstituível planeta Terra, apontando para o possível risco de impacto do asteroide com o nosso planeta dada a sua relativa proximidade, tamanho e velocidade. O asteroide denominado 2015 TB145 encontra-se atualmente numa rota de aproximação à Terra (ainda a mais de 32 milhões de quilómetros) e a caminho do seu periélio (a concretizar-se lá para 10 de Dezembro e tendo o Sol como referência).

 

Mas como acontece na esmagadora maioria dos casos (voluntaria ou involuntariamente), quando algo de inesperado acontece, em geral ninguém avisou.

 

Um dia algo virá e prosseguirá a evolução.

 

(imagem: WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:30

50,75 É Maior Que 38,46
(e a hora muda a 25)

 

Enquanto a contínua barragem de fogo ANTI-COSTA se expande para além das nossas fronteiras (até com o célebre semanário parisiense Charlie Hebdo aparentemente como contra barragem a juntar-se à festa e a atirar para a ribalta o nunca declarado monhé português), Portugal treme de angústia e de medo face à tão propalada e cada vez mais próxima invasão ALIENÍGENA.

 

pt04_01c.jpg

O Homem que Evitará a Invasão
(Inoculando os Invasores com o vírus PÀF e digerindo-os de seguida)

 

Como é possível um Presidente ignorar que apenas 38,46% dos cidadãos da sua Republica votaram no seu partido para Governar (nomeando de imediato o seu atual líder partidário para Primeiro-Ministro), pondo de lado como se fosse um ceguinho a opinião contrária visualizada por 50,75% dos seus cidadãos? Até por que é esmagadora a diferença entre as duas coligações, cifrando-se em 658.392 votos (ou 12,29%). Como cidadão privilegio a opinião coletiva do meu grupo (os cidadãos) e nunca a opinião individual de terceiros (os partidos).

 

Coligações/Partidos PSD+CDS PS+BE+CDU PAN
Votos 2.086.165 2.744.557 75.140
Percentagem 38,46 50,75 1,39
Deputados 107 122 1

 (Coligações ou Partidos com representação parlamentar)

 

E enquanto este filme se continua a desenrolar diante dos nossos olhos com o guião do mesmo a poder seguir trajetos bem diferentes e até mesmos opostos em simetria (até hoje invariável e infelizmente com o mesmo destino), sem nada fazermos e prosseguindo pacientemente o nosso quotidiano protegido, monótono e essencialmente de miséria (privilegiando o parâmetro segurança face à secundária liberdade), esperamos que a alternativa mais realista predomine e que alguém (ou algo) então nos venha salvar.

 

Com Cavaco a apresentar a solução à hora habitual do jantar. Depois é só ir dormir e de manhã trabalhar.

 

(imagem: WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 17:54

Outubro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

18
19

25
26
27
28
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO