Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

07
Mar 20

 

Máquina do Tempo

EUA 2016

Arrumado Sanders sendo para Clinton

e no fim vencendo Trump.

EUA 2020

Arrumado Sanders sendo para Biden

e no fim vencendo Trump.

 

Resultados das eleições presidenciais de 2016 disputada entre 6 candidatos: com o bloco REP/DEM a representar 94% dos votos expressos pelos eleitores − autorizados e certificados oficial e superiormente pelas duas faces do DÓLAR,

 

− E com os restantes quatro formando um outro bloco (não tendo eco nos Média) representando uns insignificantes 5% (não tendo lugar na moeda, quanto muito agarrado às suas bordas).

 

220px-Donald_Trump_official_portrait.jpgHillary_Clinton_by_Gage_Skidmore_2.jpg

Trump e Clinton

(Republicano e Democrata)

 

Em cada 100 cidadãos eleitores em 2016 e nos EUA, 94 votando a FAVOR, 5 votando CONTRA e 1 outro indo para a ABSTENÇÃO (encontrando-se obrigatoriamente perdido).

 

Presidente

(VP)

Partido

Votação

 

Percentagem

 

CE

Trump

(Pence)

Republicano

62.984.828

46.09%

304

Clinton

(Kaine)

Democrático

65.853.514

48.18%

227

Johnson

(Weld)

Libertário

4.489.341

3.28%

0

Stein

(Baraka)

Verde

1.457.218

1.07%

0

McMullin

(Finn)

Independente

731.991

0.54%

0

Castle

(Bradley)

Constitucionalista

203.090

0.15%

0

Eleições Presidenciais EUA 2016

Colégio Eleitoral (CE): 538 com maioria a 270

(7 não apoiando nenhum destes candidatos)

 

Com os únicos partidos para além dos REP e dos DEM com alguma expressão política a serem o partido LIBERTÁRIO (de Gary Johnson) e os VERDE (de Jill Stein) − nunca conseguindo, no entanto, fazer frente ao duo oficial (REP/DEM) − dada a quantidade de dinheiro necessário e envolvido para se ter sucesso, em qualquer tipo de campanha eleitoral disputada nos EUA.

 

220px-Gary_Johnson_campaign_portrait.jpg220px-Jill_Stein_by_Gage_Skidmore.jpg

Johnson e Stein

(Libertário e Verde)

 

Por vezes aparecendo um ou outro Independente (nestas eleições Evan McMullin) mas não se identificando com a “Moeda Oficial (tal como num BI, não se vendo lá refletida a sua face) não tendo qualquer hipótese.

 

Algo que Bernie Sanders previu antes (no tempo e no seu espaço) aderindo aos Democratas, mas como Independente:

 

Independente no decurso da sua carreira política (iniciada nos anos setenta), Democrata a partir de 2015 e candidato à nomeação DEM logo em 2016, só não vencendo porque à sua frente (mexendo os cordelinhos) estava Hillary Clinton.

 

220px-Evan_McMullin_2016-10-21_headshot.jpgDarrell_Castle.jpg

McMullin e Castle

(Independente e Constitucional)

 

E neste longo período (de tempo) decorrido entre a eleição de Trump e a sua possível reeleição (concorrendo este a um segundo mandato e tendo boas hipóteses, se fosse hoje, vencendo) − quatro anos, quase 1.500 dias, mais de 35.000 horas, mais de 2 milhões de minutos, sendo martelados com TRUMP –

 

Devido ao extremar de posições e ao exercício de violência como efeito e com consequências (abandonado o diálogo) − ou se sendo contra ou se sendo a favor não havendo meio termo – ainda sendo mais difícil ou mesmo impossível (correndo-se mesmo um grande risco de perigo de morte) não se acompanhar a corrente sendo-se REP/DEM e ao invés deixando-se levar pelos LIB, VER, IND ou COM.

 

(dados e imagens: wikipedia.org)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:46

Março 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO