Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

22
Fev 16

Fenómenos Naturais
Sismos, Inundações e Neve

 

timthumb.php.jpg

Mar de Alboran

 

Num período em que o norte de Marrocos tem estado bastante ativo a nível sismológico (ainda hoje/dia 22 com um sismo de magnitude 4,8 no mar de Alboran/Mediterrâneo a NE de Al Hoceima), é de outras regiões do seu território que surgem novas e preocupantes notícias mas agora sobre grandes inundações (como as registadas na cordilheira do Atlas e mais a norte nas montanhas do Rift).

 

Tetouane-flood4.jpg

Tetouan

 

No caso de Tetouan (situada na margem noroeste das montanhas do Rift à entrada de Marrocos para quem vem de Ceuta) com a localidade a ficar praticamente intransitável e inacessível, não só devido à inundação das suas ruas localizadas na parte baixa da cidade como também por estas serem ligações a vias principais de acesso ao exterior – numa chuva intensa e prolongada e acompanhada por relâmpagos e trovões (sábado/dia 20).

 

snapshot 2.jpg

Ifrane

 

Más notícias que no entanto podem ser positiva e parcialmente contrabalançadas (usufruindo de algo apesar do frio intenso e da neve), pelas belas imagens da estância de Inverno de Ifrane (altitude: 1700m). Localidade por onde passei há muitos anos atrás e na altura conhecida por nela se situar um dos palácios da família real marroquina. Fazendo-nos lembrar a Serra da Estrela (altitude: 1993m) e a flora portuguesa (cedros, carvalhos, azinheiras e pinheiros).

 

(imagens: moroccoworldnews.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:06

21
Fev 16

USA
Eleições Presidenciais de 2016

 

Concluída a terceira primária (Democrata e Republicana), o cenário que apontava Hillary Clinton (pelos DEM) e Donald Trump (pelos REP) como favoritos para a nomeação em Convenção, parece mesmo confirmar-se: HC acaba de ganhar no Nevada (mantendo-se os dois candidatos na corrida) e DT na Carolina do Sul (apenas com cinco candidatos dada a desistência de Jeb Bush).

 

Candidato DEM Total
(19.02)
D
(NEV)
SD
(NEV)
Total
(21.02)
Caminho percorrido
(100% p/ser nomeado)

hillary-clinton.png

HC
44 19 3 66 2,77%
BS 36 15 1 52 2,18%

Por atribui no Nevada: 1
(Maioria: 2382)

 

Candidato
REP
Total
(19.02)
D
(CS)
Total
(21.02)
Caminho percorrido
(100% p/ser nomeado)

donald-trump.png

DT
17 50 67 5,42%
TC 11 0 11 0,89%
MR 10 0 10 0,81%
JK 5 0 5 0,40%
BC 3 0 3 0,24%

(Maioria: 1237)

 

Aguardam-se agora os resultados das próximas primárias norte-americanas:
(23 Fevereiro/REP, 27 de Fevereiro/DEM e 1 de Março/DEM/REP)

 

- Com a Califórnia do Sul a ser o Estado que se segue na disputa dos dois candidatos Democratas (dia 27 – com 57 candidatos em disputa); seguindo-se a Super Terça-Feira de 1 de Março com 967 delegados em disputa (13 Estados/Territórios); num Total de 1024/DEM e aí com cerca de 1/4 do escrutínio já realizado (e sem delegados de candidatos desistentes);

 

- E com os candidatos Republicanos a terem a seguir o Estado do Nevada (dia 23 – com 30 delegados em disputa); seguindo-se a Super Terça-Feira de 1 de Março com 689 delegados em disputa (14 Estados/Territórios); num Total de 719/REP e aí com cerca de 1/3 do escrutínio já realizado (e com sete delegados de quatro candidatos desistentes – Fiorina/1, Paul/1, Huckabee/1 e Bush/4).

 

(imagens: foxnews.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:22
tags: , ,

20
Fev 16

Este Sábado decorrem as terceiras primárias:
- Democratas (Estado do Nevada);
- Republicanas (Estado da Califórnia do Sul).

 

Nevada (DEM)

 

694940094001_4748437384001_95379e63-a2b9-4e4d-b6ed

Hillary Clinton e Bernie Sanders

 

Um Estado (do Nevada) que será um dos primeiros testes (decisivos) à capacidade de Bernie Sanders (com os seus Delegados) vencer Hillary Clinton (e os seus Super Delegados). Para tal acontecer BS necessita (no mínimo) de uma vitória muito semelhante à de New Hampshire (próxima dos 60%) para assim manter de pé o seu sonho de vencer HC.

 

Candidato DEM D
(OH+NH)
SD
(OH+NH)
Total
(D+SD)
D
(NEV/35)
SD
(NEV/4)
Sondagem
(18.02)
TOTAL
(após 20.02)
HC (32) (12) 44   3 49%  
BS (36) (0) 36   1 46%  

(Nevada: distribuição delegados proporcional à votação de cada candidato)

 

Califórnia do Sul (REP)

 

static2.politico.com.jpg

John Kasich, Jeb Bush, Ted Cruz, Donald Trump, Marco Rubio e Ben Carson

 

Um Estado (da Califórnia do Sul) onde as hipóteses de alguns dos candidatos atualmente em pior posição poderão ficar definitivamente esclarecidas: como são os casos de John Kasich, Jef Bush e Ben Carson (ou se aproximam do trio de frente ou arriscam-se a ficar definitivamente perdidos). E onde Ted Cruz e Marco Rubio poderão travar uma batalha decisiva na sua corrida à nomeação como candidato REP (para tal tendo que vencer este oponente, de preferência superando igualmente Donald Trump) se quiserem ganhar mesmo ao milionário.

 

Candidato
REP
D
(OH+NH)
Total
(D)
D
(CS/50)
Sondagem
(19.02)
TOTAL
(após 20.02)

DT

(17) 17   32%  
TC (11) 11   19%  
MR (10) 10   19%  
JK (5) 5   9%  
JB (4) 4   11%  
BC (3) 3   7%  

(Califórnia do Sul: todos os delegados atribuídos ao candidato mais votado)

 

Duas votações a realizarem-se neste sábado 20 de Fevereiro e que provavelmente nada esclarecerão (tanto para os candidatos DEM como REP) mas que darão início a um período bastante intenso de sondagens, primárias e votações que se prolongarão durante todo o mês de Março e que poderão ser decisivas como indicação (no campo DEM) e até podendo mesmo contar com possíveis eliminações (desistência no campo REP). Para já ficaremos a ver o que fazem os líderes atuais (em delegados para as respetivas Convenções), Hillary Clinton pelos DEM e Donald Trump pelos REP.

 

(imagens: politified.com e politico.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:31

19
Fev 16

“Ao lado do Sol um outro objeto – original ou duplicado?”

 

Na sua Saga sem fim na busca da sua Verdade (talvez estando escondida no meio da ordem e do caos que o Universo nos oferece) o Homem mantem a esperança de que um dia encontrará algo de diferente que finalmente lhe abrirá a mente e o esclarecerá sobre tudo. Uma espécie de Deus talvez sobrenatural (manifestando-se pessoalmente ou através de um objeto evidentemente fenomenal). E como acreditar não custa nada (pior é viver no Inferno) todos os dias os nossos órgãos dos sentidos (os tais que infelizmente nos induzem sistematicamente em erro mas que levaram o Homem ao ser extraordinário que é hoje – estranho não é?) nos apresentam novos factos que obviamente queremos compreender: como é o caso de mais este registo apresentado pelo site UFO Sightings Hotspots, onde um objeto de origem desconhecida é temporariamente observado nas imagens da SOHO muito próximo do Sol.

 

20160214_0142_c3_512.jpg

SOHO – LASCO C3
14.02.2016 – 01:42
Ampliação

 

Um registo que facilmente e de uma forma responsável e científica será certamente esclarecido o mais rapidamente possível pelas entidades competentes, com uma simples não resposta ou seja sem um único comentário (uma manifestação de superioridade dos eruditos face à persistente ignorância dos leigos). Para estes eruditos e seja qual for a sensação que esta máquina biológica percecione através dos seus mecanismos vitais de sobrevivência (claramente os nossos órgãos dos sentidos, aqueles que nos colocam e equilibram no meio ambiente onde vivemos) tendo sempre um problema de erro (induzido) pelo uso desta máquina limitativa (por interligada a outras dependendo delas – como se não fosse assim que tudo se transformasse e evolui-se). Como se as deles fossem diferentes (por serem suas criações mais perfeitas) e não meros agentes intermédios (objetos criados pelo Homem) – máquinas unicamente utilizadas para confirmar ou não as nossas perceções e não para nos impor outras realidades com o pretexto de que não as compreendemos: o que vemos (Homem) passa a ilusão e o que é visto (Máquina) é a realidade.

 

Só falta dar um tiro na cabeça e acabar com o problema.

 

(imagem: SOHO)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:23

Os pais de uma criança resolveram ir dar uma rapidinha ao Casino de Lisboa (mais uma montra objetiva do poder do dinheiro) confiando nas condições de segurança do prédio de renome onde atualmente moravam (um produto em todos os aspetos de excelente qualidade) – deixando-a sozinha em casa. Só que a criança ainda não devidamente esclarecida sobre todas as virtudes e defeitos do sistema onde estava inserida (afinal de contas só tinha cinco anos, ainda não tinha ido à escola e os pais esqueceram-se desse ponto fulcral para a sua formação) não respeitou os preceitos de segurança – e sem se saber bem como, nem porquê, caiu do 21º andar e morreu.

 

parque_das_nacoes_foto_lusa757053f7.jpg

Lisboa – Parque das Nações

 

O Problema da Humanidade não reside no que o Homem é no presente, mas no limitado e inaplicável sistema Económico-Financeiro em que foi criado e nos conceitos contraditórios em que foi cuidadosa e deliberadamente elaborado: privilegiando o objeto (visto como o maior e mais eficaz produtor de mais-valia) e desvalorizando o sujeito (visto como um produto de curta duração e de desgaste rápido – e só permitido no comércio de certos objetos) – enquanto nos vai prometendo indefinidamente um futuro de esperança num ambiente prometedor (para tal efeito servindo-se dos média), ao mesmo tempo que nos vai mantendo estrategicamente num mundo de ilusão e num estado de indiferença profundo (como se tivéssemos sido colocados em coma à espera do respetivo milagre).

 

Ou não será verdade que se pegarmos num nosso semelhante animal interagindo em liberdade (vivendo no nosso planeta, demonstrando algumas das nossas capacidades cognitivas, capaz de se organizar e de com os seus atos quotidianos assinalar a sua presença, no fundo interagindo com o resto da Natureza que o rodeia e de que faz parte) e o remetermos para um outro ambiente mesmo que pretensamente mais seguro mas para sua proteção sendo fechado (nenhuma jaula é aceitável sob o pretexto da nossa irresponsabilidade), o seu comportamento será inevitavelmente alterado transformando-os em meras réplicas (bonecos sem vontade própria e telecomandados) e destruindo os moldes originais (sempre com algum defeito inicial de fabrico necessário de correção)?

 

E para completar o ramalhete de acusações dirigidas ao Homem Imperfeito (a ele remetidas pelo Homem que Procurou e Encontrou a Perfeição, apenas pretendendo graciosamente com a sua emanação brilhante, mostrar o seu poder exclusivamente fornecido pelo poderoso objeto), só faltava mesmo demonstrar como este produto em declínio e necessitando de evidentes melhorias (de funcionamento), ao ser posto diante de melhores condições de vida como nunca tinha visto ou pensado alguma vez vir a usufruir, não as reconhece e valoriza (como um doente) acabando por se exceder (como um toxicodependente). Mas se alguém compra droga quem será que a vende (e sobretudo quem a fabrica e sob ordens de quem)? Se a culpa é dos drogados que se acabe com eles, se a culpa é da família que se acabe com ela, se a culpa é do Estado entreguem-no às Corporações. Mas conservem-se as escolas, as fábricas e os Velhos Senhores (neste último caso parentes do Homem Perfeito).

 

Entretanto encontrada a criança pelos pais no regresso do Casino (por volta das três da manhã), ouvida a Polícia Judiciária, constituídos os pais como arguidos e posteriormente detidos (para já), vejamos o que acontece e qual é o papel (pedagógico) do Estado.

 

(imagem: LUSA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 13:25

18
Fev 16

Presidenciais EUA 2016
A Mensagem de quem manda é bastante clara e dirigida (para os Republicanos):
“Arrumem Trump já que Hillary arrumará Sanders.”

 

 

Candidato DEM

% Candidato REP %
HC 44 DT 43
HC 43 TC 46
HC 41 MR 48
HC 39 JK 47
HC 43 JB 44
BS 48 DT 42
BS 49 TC 39
BS 47 MR 41
BS 45 JK 41
BS 49 JB 39

 

153856867.jpg

Michael Bloomberg
(o Protetor do Sistema DEM/REP)

 

Cenários (4):

 

1. Se Donald Trump for o nomeado na Convenção Republicana (neste momento e segundo as sondagens atuais com grandes hipóteses de o conseguir), os Democratas seja com Hillary Clinton ou Bernie Sanders ganharão as presidências de Novembro; DEM

 

2. Caso Donald Trump não seja o nomeado (deixando a nomeação para outro dos candidatos, certamente Ted Cruz ou Marco Rubio) e se confirme a nomeação Democrata de Hillary Clinton (o mais provável de acontecer dados os milhões de dólares introduzidos na sua campanha e a ajuda dos Super Delegados), então seja qual for o candidato nomeado na respetiva Convenção os Republicanos ganharão sempre; REP

 

3. Por outro lado se o candidato Democrata nomeado na sua Convenção for Bernie Sanders (um cenário praticamente impossível de atingir já que obrigaria o mesmo candidato a ganhar quase todas as primárias com percentagens próximas dos 60%), então a vitória nas presidenciais de 2016 será sempre Democrata (com uma margem confortável sobre os Republicanos); DEM

 

4. Caso fosse o terceiro cenário aquele a ter mais probabilidades de ocorrer (o outro mas muito menos provável poderia ser a hipótese apresentada no cenário um, opondo Donald Trump a uma enfraquecida Hillary Clinton), então poderia existir uma outra hipótese de disputa presidencial, introduzindo um candidato Independente tal como já o sugeriu (fez) Michael Bloomberg (outro milionário e norte-americano); aí ele ajudaria Hillary Clinton e a manutenção do próprio Sistema (por coincidência o dele); DEM

 

barack-obama-birthday-lead.jpg

Barack Obama
(o Protetor do Subsistema DEM/HILLARY)

 

O que nos conduz (acreditando nesta montagem) a uma conclusão imediata:

 

1. Ou os Republicanos arrumam de vez e o mais rapidamente possível o candidato Donald Trump da corrida à nomeação na sua Convenção (se o fizerem em Convenção arriscam-se ao que possa acontecer até lá) ou a vitória dos Democratas nas presidenciais estará desde logo garantida; DEM

 

2. Ou os Democratas mudam drasticamente a campanha do seu candidato preferido Hillary Clinton (preferido da sua elite, dos tais Super Delegados e onde por acaso está o marido Bill Clinton) – alterando a maneira de ser e de estar da candidata na sua campanha eleitoral – ou então mesmo vencendo (a nomeação) será sempre derrotada ganhando os Republicanos (sabe-se lá até Donald Trump); REP

 

3. E a uma outra (conclusão) mais que instantânea (superior a imediata) – ou a verdadeira mensagem de toda esta montagem: o eleitorado é informado pelas Entidades competentes (os órgãos de informação privados) de que se pretende manter o sistema onde tem vivido ultimamente terá que escolher Hillary Clinton ou um descendente da escola de anti Castros cubanos (Ted Cruz ou Marco Rubio); DEM/REP

 

Veremos se a mensagem passa. Entretanto Bernie Sanders e Donald Trump que se cuidem: com surpresa ou sem ela ganham sempre os EUA.

 

(imagens: observer.com e birthday1702.tk)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:17

17
Fev 16

Enquanto a guerra do Médio Oriente se aproxima cada vez mais da Europa (agora com a Turquia a reacender o rastilho e com ele podendo explodir toda esta região e zonas adjacentes) nos EUA os norte-americanos continuam cada vez entretidos com o seu espetáculo excecional (tal e qual como diria Barack Obama). Só que não é bem assim e a Europa que se cuide (já temos os mortos-vivos misturados entre nós).

 

new-changes-in-the-race-to-chair-The-Presidents-of

Trump e Clinton

 

Com o acelerar dos processos eleitorais para a nomeação dos seus respetivos candidatos à Presidência dos EUA (pelo partido Democrata e pelo partido Republicano) as campanhas de cada um dos oito candidatos (2 Democratas e 6 Republicanos) que ainda sobrevivem a essa nomeação, atinge no decorrer dos meses de Fevereiro/Março um dos seus expoentes máximos – podendo desde já indicar-nos com uma grande probabilidade de êxito quais os candidatos com mais hipóteses de conseguirem esse objetivo.

 

DEM Delegados Super Delegado Total Nevada
(35 Delegados)
Sondagem anterior às duas primeiras primárias
Nevada
(35 Delegados)
Sondagem posterior às duas primeiras primárias
HC 32 12 44 45% 47%
BS 36 0 36 45% 46%

 Nevada
35 Delegados + 4 Super Delegados (HC/3+BS/1)

 

Para já e do lado Democrata, face à esmagadora maioria de delegados não eleitos apoiando Hillary Clinton, para já com mais de 350 delegados garantidos a apoiá-la e contando com quase outros tantos ainda indecisos mas certamente seguindo o mesmo caminho (os tais Super Delegados), tudo parece apontar para a nomeação da candidata Hillary Clinton com maior ou menor dificuldade (para o contrário acontecer cada nova primária teria que ser uma nova New Hampshire – ou seja mais de 60% para Bernie Sanders – e mesmo assim nada estaria garantido para este candidato).

 

REP Delegados Carolina Sul
(50 Delegados)
Sondagem anterior às duas primeiras primárias
Carolina Sul
(50 Delegados)
Sondagem posterior às duas primeiras primárias
DT 17 36% 35%
TC 11 20% 18%
MR 10 15% 16%
JK 5 9% 9%
JB 4 11% 10%
BC 3 5% 6%

Califórnia do Sul
50 Delegados (Vencedor leva tudo)

 

Do lado Republicano todas as sondagens (sem exceção) continuam a apontar para a nomeação do candidato Donald Trump – sendo o resultado das primárias da Carolina do Sul bastante importante para um melhor esclarecimento das hipóteses futuras de cada um dos seis candidatos em disputa, não só pelo milionário de Nova Iorque ser posto à prova num estado apoiando aparentemente Jeb Bush (o clã Bush e as suas ligações aos militares), mas também porque todos os delegados em disputa serão arrebatados pelo candidato vencedor, com isso colocando o candidato vitorioso bem à frente dos restantes e os outros sob grande pressão. Com John Kasich e Jeb Bush a lutarem pela sobrevivência e Ben Carson mantendo-se ainda expectante (e acreditando num milagre), talvez que a partir de 20 de Fevereiro tudo se clarifique um pouco mais: mas sempre com Donald Trump bem à frente nas sondagens.

 

Próximo round no próximo Sábado (dia 20).

 

(imagem: todaynews24h.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:50

UFO crashed into a crater on Mars?
(ufosightingshotspot.blogspot.pt)

 

Ao contrário do que acontece na Terra com todas as suas regras e condicionantes (e na qual repetimos gestos como se esse fosse o destino), no Espaço exterior à mesma e talvez por não sermos centrais, muitos incidentes acontecem e muitas dúvidas ficam no ar. Incidentes esses posteriormente analisados e resolvidos (pelos mesmos que inadvertida ou conscientemente o suscitaram) e esmagadoramente justificados devido a erro humano. Um erro humano introduzido por órgãos que nos conduziram até o que hoje é o Homem (vivendo numa sociedade organizada em torno da inteligência do Homem e do seu crescente conhecimento científico e tecnológico – que o transforma numa espécie de referência) salvaguardando desde logo um dos seus subprodutos e nunca invocando um erro técnico: talvez mais um erro de interpretação visual (paralaxe) por má utilização do periférico intermédio. A imagem está lá, o cenário é conhecido e tudo o que o ultrapasse só pode ser imaginação. Como assim se os peritos nos quisessem enganar (manipular) limpariam a nódoa não a deixando passar.

 

ESP_044388_2160.jpg

Marte – HIRISE
(ESP_044388_2160)
Canto superior direito

 

Agora foi o telescópio de alta resolução da NASA instalado a bordo da sonda de reconhecimento orbital MRO (orbitando o planeta Marte há quase dez anos), a presentear-nos com uma imagem de uma zona aluvial marciana (formações geológicas tendo origem no desgaste dos terrenos e em reações químicas associadas) localizada nas proximidades dos limites da cratera Deuteronilus. Num cenário muito parecido (até no processo) a outros encontrados na Terra (devido a fenómenos semelhantes de erosão): Fan-shaped lobes likes these are also in the desert southwest of the United States, and are called “alluvial fans.” They are caused when streams that carry sediment in a confined channel open up onto a plain or wide area, and deposit their sediment just outside of the channel mouth (NASA). Só que desta vez com a referida imagem a ser acompanhada por um pequeno (mas claro) detalhe, destacando-se da globalidade mais ou menos normal apresentada pela totalidade do registo fotográfico: um objeto desconhecido semelhante a um disco-voador (pelo menos para quem os viu) a que costumamos chamar quando observados na Terra OVNI ou UFO.

 

PIA20463-1.jpg

Marte – UFO
(ESP_044388_2160)
Ampliação

 

Em mais este extraordinário acontecimento fotográfico (e alienígena) proporcionado pelos técnicos especializados (em multimédia) da NASA, que mais uma vez apanhados desprevenidos e sem noção do material (estranho) que nos estavam a fornecer, nos presentearam com mais uma imagem sugestiva e provavelmente deliberada (sugestiva por nos lançar mais uma vez nos velhos caminhos alternativos/entre outros temas afirmando a existência de outras civilizações extraterrestres, deliberada por provavelmente de nada se tratar além de uma simples ilusão de ótica/propositadamente editada para lançar a confusão e daí a conspiração). Mas que pode ser o que é ou até mesmo o que nós pensamos ser. Como por exemplo o que noticiam muitos sites ligados à investigação e estudo destes temas insólitos (e fora da nossa normalidade funcional e quotidiana) afirmando perentoriamente tratar-se de um caso de presença alienígena e de um objeto voador que aí se terá despenhado. Á primeira vista até parece (um disco com janelinhas) mas muitas vezes o que parece não é. Pelo menos a NASA e como sempre (ou quase) face a nada não comenta (no caso do Nono Planeta custando-lhe a engolir e ainda mais a falar – provavelmente aceitando-o mas nunca como o Décimo Planeta = Planeta X).

 

(imagem: NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:17

13
Fev 16

“Musk Says Hyperloop Could Work On Mars…Maybe Even Better!”
(Matt Williams/universetoday.com)

 

W3.jpg

Hyperloop

 

Enquanto por cá nos vamos entretendo e passando o nosso tempo bem sentados no sofá a assistir tranquilamente à destruição do nosso único planeta a Terra – numa TV último modelo a 3D e Hi-Fi – existem outros que tendo muitas mais condições e muitos mais aparelhos ainda conseguem pensar e ver para além do ecrã.

 

Nesses casos o dinheiro (atualmente o único valor seguro), a saúde (que nos permite pensar sem condicionantes físicos), assim como o desespero (a morte está logo ali à nossa espera, sem exceções e ao dobrar da esquina), fazem com que o Homem responda e assuma o que é: um corpo dinâmico, sujeito a forças e reagindo ao mundo (ação/reação).

 

Caso do milionário sul-africano Elon Musk (atingindo esse estatuto aos 28 anos quando já na Califórnia) que pretende investir parte do dinheiro ganho com as suas empresas durante estes últimos anos (Hyperloop, PayPall, Space X, Tesla Motors) na Conquista do Espaço, mais precisamente na chegada do Homem a Marte e na colonização do respetivo planeta.

 

Um projeto segundo Elon Musk com duas componentes extremamente importantes (senão mesmo decisivas) para a sobrevivência futura da própria Humanidade – sabendo-se de antemão que os recursos da Terra não são ilimitados e que o nosso planeta não durará para sempre (nas mesmas condições ambientais que lhe permitem a existência de vida).

 

V3.jpg

Space-X

 

Sendo esses dois componentes fulcrais à nossa sobrevivência, a criação de um outro lugar que possa ser alternativo ao da Terra (colonizando-o e transformando-o) e posteriormente convertendo-o numa nova plataforma de partida para outras Terras em paralelo (numa nova aventura do Homem em direção ao desconhecido).

 

Numa sequência há muito projetada e já iniciada pelas empresas de Elon Musk, como o provam os ensaios levados a cabo com êxito pela sua nave Space-X e a sua conceção futurística na área dos transportes tendo como modelo o seu comboio de alta-velocidade o Hyperloop (muito mais eficiente na quase inexistente atmosfera marciana por diminuição de atrito).

 

Num sonho muito provável de se tornar realidade a muito curto-prazo e envolvendo uma colónia composta por vários milhares de pessoas (uns 80) e até com toda a colónia ligada à internet. Nem que para tal tivesse que terraplanar Marte à custa de bombas termonucleares (lançando-as sobre as superfícies geladas e nos polos de Marte).

 

E tudo de forma a tentar criar com a libertação de gases, um efeito de estufa, aquecendo o planeta e alterando de uma forma localizada, progressiva e fechada, o ambiente marciano. E então com o crescimento de CO₂ abrindo à porta à introdução de H₂O e (sabe-se lá) ao aparecimento de uma atmosfera Fazendo-nos lembrar a da Terra).

 

(dados: universetoday.com – imagens: youtube.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:30

“In Historic First, Einstein's Gravitational Waves Detected Directly”
(Calla Cofield – livescience.com)

 

A melhor forma de compreendermos o Espaço onde estamos integrados, é olharmos atentamente à nossa volta e começarmos por compreender as coisas mais simples. A partir daí é interiorizar e ir adicionando mais coisas, sejam grandes ou pequenas, sejam cheias ou vazias, tal como acontece no Espaço. E isso é o Universo e Um dos parâmetros a Gravidade.

 

water-drop.jpg

Blue water drop background
(psdgraphics.com)

 

Depois de muito conhecerem, observarem, experimentarem e praticarem (mas tudo teoricamente como é evidente), as cabeças extraordinárias que nas últimas décadas têm definido os limites do nosso mundo (certificando-os segundo critérios iluminados), chegaram por observação direta a uma notável confirmação.

 

“In a highly anticipated announcement today (Feb. 11), researchers affiliated with the Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory (LIGO) reported the detection of gravitational waves. The signal picked up by LIGO came from the collision of two black holes and was detected on Sept. 14, 2015 by LIGO's twin detectors in Livingston, Louisiana and Hanford, Washington, scientists said.” (Calla Cofield – livescience.com)

 

Quando era jovem e me iniciei no Universo da Leitura, dos primeiros livros que me chegaram às mãos e que li com imensa curiosidade (e talvez espanto dadas as leituras convencionais), um deles recordo-me bem (como se fosse hoje e pela capa apresentada) foi o livro Universo Vivo da autoria de Jimmy Guieu (Nº5/Coleção Argonauta/Livros do Brasil/1950).

 

“Não são poucos os que pensam ser a Terra, como todos os planetas, uma molécula que faz parte de um grande corpo – o Universo. Essa teoria (que como todas as teorias, só é aceitável até prova em contrário) desenvolve-se neste romance de uma forma que ultrapassa os limites do conhecimento humano, entrando no campo aberto da Ficção Científica.” (skoob.com.br)

 

Já nessa altura achava a teoria apresentada como verdadeiramente fascinante (confirmando o que anteriormente estudara na área das ciências da matemática), com a introdução do símbolo e da noção de infinito e com a sua extensão sem origem nem fim ao espaço infinitamente pequeno e ao espaço infinitamente grande – enquanto já se falava de outros mundos paralelos (alargando com isso o nosso espectro de compreensão e de identificação).

 

dnews-files-2016-02-gravitational-waves2-670x440-1

Computer simulation of the gravitational waves generated by 2 closely-orbiting black holes
(NASA/livescience.com)

 

“This cosmic crash sent gravitational waves streaming outward at the speed of light, causing ripples in the fabric of space-time, similar to how a dropped pebble disturbs a still pond. Researchers said the collision occurred 1.3 billion years ago between black holes that were about 29 and 36 times more massive than the sun, respectively.” (Calla Cofield – livescience.com)

 

No fundo o Espaço era um e existira desde sempre, replicando-se em todas as direções e provido de movimento, alterando a energia e a sua forma visível – a matéria. E a Alma dessa matéria era o seu eletromagnetismo: de uma forma visível ou invisível lá estava ele sempre presente. Dessa forma comunicando, interagindo e dando evolução à Grande Coisa (uma espécie de Big Bang ou algo também de estrondoso) – única, infinita e auto consciente.

 

“Unlike light waves, gravitational waves don't get distorted or altered by interactions with matter as they race through space; they therefore carry "pure" information about the objects and events that created them, according to LIGO researchers.” (Calla Cofield – livescience.com)

 

Não sendo pois de admirar que tudo se mexa por interação infinita de pontos criando um grande corpo, manifestando-se de seguida como construção e expressão desse conjunto e sucessivamente renovando-se como por ondas e propagando-se sem fim numa projeção – de um centro de outros corpos para um centro corporal, estendendo-se por transferência em todas as direções (como se fosse um buraco negro).

 

“Como quando atirava uma pequena pedra para o meio de um lago e inesperadamente, face à pequenez desta e ao seu desaparecimento imediato, me via perante um cenário maravilhoso por misterioso onde toda a superfície do corpo líquido se contorcia tal e qual como se tivesse prazer, atingindo no fim o orgasmo e assinalando a sua presença (da energia que a pedra tinha e de como a transmitia).”

 

Com as ondas de gravidade a serem agora finalmente detetadas e como tal, tendo nalgum tipo de origem, um ponto-focal por nós definido (de forma a ser possível a nossa compreensão) e claramente dinâmico. E interagindo com outros como variável, logo dependente.

 

“Na fluida dinâmica, ondas de gravidade são ondas geradas em um meio fluido, ou na interface entre dois meios (por exemplo, entre a atmosfera e o oceano), que ocorrem devido entre à interação de duas forças: o princípio de Arquimedes (que tende a fazer com que matéria no meio flutue) e a gravidade (que puxa a matéria em direção à superfície).” (wikipedia.org)

 

FRATERLUZ - Lei de Causa e Efeito vs Lei de Ação

Carma – Ação e Reação – Causa e Efeito
(fraterluz.blogspot.pt)

 

Sejam gravíticas ou gravitacionais, todas estas forças cósmicas (movimentando-se por ondas e assim atravessando espaços) estão interligadas entre si respondendo a uma só relação e à construção de um conjunto bem definido (o que não significa limitado – para tal contando ainda com os buracos negros, de modo a estabelecer canais alternativos e instantâneos de comunicação): e face a todas as forças da Natureza em presença, na realidade apenas um simples fenómeno facilmente compreensível e até por nós diariamente praticado (por isso estarmos vivos) de ação-reação. Numa estrutura aleatória mas conforme o caos e a ordem (talvez por acaso e/ou necessidade).

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:45

Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

14
15
16




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO