Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

06
Mai 16

Um incêndio de grandes proporções consome há já mais de 5 dias a região de Alberta no Canadá. Uma região ligada à indústria petrolífera e a atravessar atualmente uma grave crise económica – agora também assolada por um dos fenómenos mais brutais da Natureza (e certamente contando com uma grande contribuição por parte do Homem) que poderá duplicar rapidamente a sua área se as condições meteorológicas não ajudarem.

 

fort_mcmurray_hi-res.jpg

 

Como se já não bastasse tudo o que de Mau se passa hoje em dia em todo o Mundo em acontecimentos artificiais exclusiva e deliberadamente criados pelo Homem,

 

Veja-se a característica que nos distingue das outras espécies, ao sermos capaz de matar e sem motivo visível, a nossa própria espécie

 

Eis que até a própria Natureza certamente revoltada contra todos os atos criminosos contra ela dirigidos e perpetrados (e com covardia e indiferença por todos nós aceites e absorvidos), se revolta e se exprime violentamente com todo o poderio brutal que detêm.

 

Ao Homem não chega auto exterminar-se, satisfazendo-se unicamente na sua plenitude existencial no momento que levar consigo Aquele que o recebeu e criou – a Natureza, a Vida e com ela a Terra e a Memória (de que alguma vez por aqui andamos).

 

1462518865_777.jpg

 

Mas será que isso importa?

 

Pela prática dos nossos Mestres, ou já nem sequer o são, ou certamente que dirão sim – para sua única segurança e pela sua prática quotidiana.

 

Como o sucedido no passado dia 1 de Maio (Domingo) com o deflagrar de um grande incêndio na região canadiana de Alberta, que dias depois de uma forma repentina e até agora considerada inexplicável, se tornou incontrolável alastrando por toda a região:

 

- Entrando no interior dos limites da cidade de Fort McMurray e estendendo-se rapidamente por outras localidades situadas em seu redor – inicialmente afetando uma área aproximada de 10.000 hectares e na passagem do dia 4 para o dia 5 disparando para mais de 80.000 hectares (e tendo já ultrapassado os 100.000 hectares).

 

900x500xfort-mcmurray-wildfire2.jpg.pagespeed.ic.v

 

Numa verdadeira tragédia natural,

 

Para já – pois em casos como este existe sempre uma componente humana atuando por via direta e/ou indireta

 

Que já levou à fuga de cerca de 80.000 pessoas e à destruição de mais de 1.500 casas (felizmente sem notícias de vítimas mortais):

 

- Colocando milhares de pessoas sem ter onde ficar nem saber quando regressar (se ainda tiverem algo de pé quando voltarem a casa),

 

- Perdidos no caos de fogo e sem qualquer instrumento básico de sobrevivência em casos tão graves como este (que muitos responsáveis afirmam não esperar e como tal não sendo necessário prevenir e assim podendo poupar)

 

- E simultaneamente destruindo todas as infraestruturas da região, agrícolas, indústrias, ou de outro tipo qualquer.

 

2016_125_00e13024-d9e7-4107-b14c-1f411468409b.jpg

 

Contando já com um verdadeiro contingente de socorro a caminho da região – mais de 1.000 bombeiros, mais de 100 helicópteros, mais de 300 máquinas pesadas, mais de 30 aviões; e ainda

 

Esperando que chova este fim-de-semana.

 

Numa zona já muito afetada social e economicamente pela queda do preço do petróleo e que agora se vê com um incêndio destas proporções capaz de pôr em fuga muitos milhares dos seus residentes.

 

(imagens: calgaryherald.com/jamaicaobserver.com/abruzzo.tv/989theanswer.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:50

Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

20
21

24
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO