Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

14
Mai 16

Sim ao Terrorismo Moderado!

 

“Kurds are Kufar (unbelievers) and killing Kurds, taking their women, plundering their property and destroying of their homes is just and fair.”

(declaração islâmica de um grupo terrorista – talvez moderado – atuando na Síria)

 

Mais uma vez atendendo ao pedido oriundo de Washington, as Nações Unidos voltaram a fazer o papel de meras marionetas, no estrito cumprimento da estratégia norte-americana de manutenção da supremacia global.

 

215308Image1.jpg

Treino de jovens terroristas moderados

 

Num pedido oriundo de Moscovo no sentido de incluir dois grupos de combatentes armados na lista negra das organizações terroristas atuando na Síria, a resposta da ONU foi negativa, invocando que estes grupos estariam incluídos nos grupos de negociações e que tal procedimento seria contraproducente.

 

Dando a entender que apesar destes dois grupos armados manterem estreitas ligações ideológicas e estratégicas com organizações terroristas como a Al-Qaeda e o Estado Islâmico (as duas incluídos na tal lista negra), seriam versões moderadas talvez aceitando no futuro conversações e negociações (a que até agora se têm recusado).

 

E assim mais uma vez (e pelos vistos as vezes que for preciso) os EUA tentam resolver à sua maneira um problema que eles mesmos criaram, contando para tal com o apoio dos paus mandados da Europa – a Grã-Bretanha e a França – e para compor o ramalhete de um verdadeiro exemplo político e moral como Estado Modelo Europeu: a Ucrânia.

 

Tentando deste modo e deliberadamente manter a instabilidade na região (com a prossecução da Guerra Civil na Síria e seu possível alastramento à Turquia), com o único objetivo de continuar a tentar isolar a Rússia do Ocidente (ao mesmo tempo culpando Putin pelas consequências) como se esta não tivesse diante de si a extensão imensa do Oriente.

 

Com a R. P. China a acenar com os seus montes de dólares, as suas grandes reservas de ouro e o seu enorme poderio económico (atualmente a maior potência económica global) – e agora blindada com a criação do novo Banco Mundial (AIIB), assente nas suas reservas de ouro e não em papel de impressora – a ser invadida por todo o mundo ocidental (económico e financeiro) de modo a acederem ao dinheiro.

 

Concluindo de mais esta obrigação contratual por parte da ONU (afinal de contas tendo os EUA como seu principal financiador), que esta organização de nada serve nas grandes decisões mundiais, que a opinião da Europa é um nado morto (asfixiada pelas obrigações da Alemanha para sobreviver e do FMI para dominar) e que para os EUA o futuro será inevitavelmente (com estes políticos ignorantes e só sabendo replicar) o regresso da Guerra Fria.

 

Acho que os Estados Unidos da América na sua estratégia de sucessiva confrontação contra os dois blocos que atualmente fazem perigar a continuação da sua supremacia global (já perdida no campo económico) – a China e a Rússia – quererá construir na região (do Oriente) e depois de tão extensa aplicação da sua teoria da Terra Queimada, um novo Estado seja ele qual for (do caos poderá surgir tudo) de modo a desempenhar no futuro um papel muito semelhante ao de Israel.

 

E assim se dá mais um tiro nas já tão reduzidas hipóteses de Paz (provocando russos, sírios e muitos outros mais habitando a região) recusando atacar mercenários e terroristas apenas porque são moderados. Definição de terrorista: “Todo ser humano que age para destruir outros e a si mesmo, por conta própria ou manipulado, seguindo razões políticas, religiosas, econômicas, sociais, particulares, psicológicas, psicopáticas, geralmente financiado por terceiros e preparado para seus crimes contra alvos específicos ou mesmo inocentes. Trata-se de uma arma perigosa ambulante humana pronta para matar e destruir.” (dicionarioinformal.com.br)

 

(imagem: AFP)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 19:09

US PRESIDENT 2016

 

O principal problema com que se debate os EUA (e todo o Mundo), é que já não dispomos de políticos com um mínimo de credibilidade e de poder, em quem possamos confiar: com o aparecimento das grandes Corporações (e a conquista por parte desta do poder anteriormente detido pelo Estado) os políticos desapareceram e chegaram as estruturas. Esmagando-nos, escravizando-nos, limitando-nos as escolhas – matando-nos e á Liberdade.

 

 

57337f94c36188382f8b45d7.jpg

Os debates promovidos na RT

 

Contribuindo para um mais amplo e democrático esclarecimento dos eleitores norte-americanos e tendo em vista as Presidenciais de 2016 (nas quais será escolhido o sucessor do atual presidente o Democrata BARACK OBAMA), a rede de televisão por satélite RT reconhecendo a impossibilidade de outras candidaturas se divulgarem e promoverem nos meios de comunicação (com a CNN a apoiar os Democratas e a FOX os Republicanos), decidiu promover dois debates entre candidatos do Terceiro Partido: tendo como convidados o Partido LIBERTÁRIO e o Partido VERDE. Debates que foram realizados respetivamente a 9 e 12 deste mês numa emissão do programa WATCHING THE HAWKS, inserido na grelha de emissão internacional da rede de televisão russa RT e pertencente à RÚSSIA de VLADIMIR PUTIN.

 

5735165dc461885c528b4569.jpg

57310c0ac36188047c8b4567.jpg

Candidatos do partido LIBERTÁRIO (o terceiro partido nos EUA) e do partido VERDE

 

Divulgando a nível global quais serão os próximos candidatos às eleições presidenciais norte-americanas (de Novembro de 2016) – e não se dirigindo mais uma vez aos candidatos dos dois partidos tradicionais e já bem estabelecidos, mas pelo contrário abrindo a porta a outros partidos concorrentes mas sem qualquer tipo de apoio publicitário ou monetário. E assim não se sujeitando à exclusividade bipartidária norte-americana – com TRUMP e CLINTON na cabeça do polvo bipolar – e apresentando a Democratas e Republicanas (via Rússia) as muitas outras criaturas (melhor que eles mas curiosamente passando despercebidas). Não sendo por acaso que esta estação de “propaganda de megafone” (como afirmou o secretário de estado dos EUA John Kerry) se tenha tornado numa estação de televisão internacional de grande impacto a nível mundial, aparecendo mesmo no ranking do YOUTUBE num prestigioso 5ºlugar – à frente de redes norte-americanas como a FOZ e a CNN.

 

(imagens: RT)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 00:37

Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

20
21

24
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO