Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

08
Jun 16

Com o espetáculo ainda a decorrer mas com os principais candidatos já praticamente decididos (faltam as respetivas Convenções para os confirmar), começam a aparecer as primeiras sondagens tão importantes para os favoritos como para aqueles que se lhes opõem (necessitando todos de 15% de intenções de voto nas sondagens para terem acesso aos importantes e talvez decisivos debates presidenciais).

 

 Candidato  Partido  Delegados
 Hillary Clinton  DEM  2765
 Bernie Sanders  DEM  1864
 Donald Trump  REP  1536
 (Desistentes)  REP  901

Delegados eleitos nas primárias pelos candidatos presidenciais DEM e REP

 

As primárias norte-americanas (DEM e REP) encontram-se perto do fim – no caso dos REP tendo já encerrado e no caso dos DEM faltando o distrito de Columbia (dia 14). Relativamente a candidatos de Terceiros Partidos apenas os LIB tem o seu candidato já confirmado (mas com os VER a caminho). Pelo que no dia 8 de Novembro de 2016 estarão na corrida à nomeação como 45º dos EUA no mínimo 4 candidatos.

 

 Candidato  Partido  Delegados
 Hillary Clinton  DEM  2765 (em 4629)
 Donald Trump  REP  1536 (em 2437)
 Gary Johnson  LIB  518 (em 721)
 Jill Stein  VER  (a decorrer)

Relação delegados eleitos/total para cada um dos 4 candidatos partidários escolhidos

 

Com as Eleições Presidenciais Norte-Americanas de 2016 marcadas para 8 de Novembro, três candidatos perfilham-se desde já no horizonte: Hillary Clinton pelos Democratas, Donald Trump pelos Republicanos e Gary Johnson pelos Libertários. Esperando-se que entretanto outros candidatos ainda apareçam na corrida, como o candidato Verde (4ºpartido nos EUA – provavelmente com Jill Stein) e outros partidos menores e/ou independentes.

 

635783896811646486454406255_hillary-clinton-2016-pdonaldtrump-a1.jpg

Hillary Clinton (Partido Democrata) e Donald Trump (Partido Republicano)

(theodysseyonline.com e peoplebranch.org)

 

E se no caso dos Libertários Gary Johnson se candidata de novo à cadeira Presidencial sem qualquer hipóteses de ganhar (nas eleições de 2012 e como candidato do terceiro maior partido dos EUA, andando próximo dos 1,3 milhões de votos), por outro lado a luta entre os novos candidatos DEM e REP prevê-se dura, terrível e levada até ao fim (nas eleições de 2012 atingindo respetivamente 66/61 milhões de votos).

 

 Candidato  Partido  Votos (milhões)
 Hillary Clinton  DEM  16
 Bernie Sanders  DEM  12
 Total  DEM  28
 Donald Trump  REP  13
 (Desistentes)  REP  17
 Total  REP  30
 Gary Johnson  LIB  0.003
 Jill Stein  VER  (a decorrer)
 Total  LIB/VER  0.007

Num total de quase 60 milhões de eleitores votantes nestas eleições primárias de 2016

(numas eleições presidenciais que em 2012 registaram uma votação muito perto dos 130 milhões)

 

Neste momento com cada um dos dois maiores candidatos (dos dois partidos esmagadoramente maioritários e dominando desde sempre o cenário do poder político nos EUA) a sucederem aos dois mandatos do presidente DEM Barack Obama, numa corrida bastante renhida e para já imprevisível – mesmo a nível de votações até ao momento registadas nas primárias realizadas.

 

2_1_2016_johnson8201_c0-0-746-434_s885x516.jpgJill_Stein_6905660.jpg

Gary Johnson (Partido Libertário) e Jill Stein (Partido Verde)

(washingtontimes.com e mintpressnews.com)

 

Num cenário por muitos previsto e que já na altura os mesmos apontavam como um dos prenúncios da contagem final para o Apocalipse da América (incluindo muitos dos atuais apoiantes Republicanos do candidato Donald Trump) – o duelo CLINTON vs. TRUMP – e que a partir do fim do mês de Julho (fim das Convenções) certamente que incendiará ainda mais a política norte-americana: durante e depois o Mundo que se cuide!

 

 Candidato  Partido  Sondagem
 Hillary Clinton  DEM  41%
 Donald Trump  REP  38%
 Gary Johnson  LIB  5%
 Jill Stein  VER  3%

Sondagem realizada já com os 4 candidatos presidenciais

 

Num cenário económico de prolongada crise a nível global e após oito anos de domínio Republicano (George Bush), seguidos de outros oito anos de domínio Democrata (Barack Obama): um período de 16 anos que nada de novo trouxe ao Mundo (a não ser conflitos e guerras) – e aos seus mais de 7.000.000.000 de habitantes (com constantes genocídios). Numa Terra onde há cerca de uma geração atrás e na concretização de todos os sonhos por nós idealizados e por eles prometidos, nunca passaria pelas nossas cabeças que em 2016 1% da sua população detivesse quase 50% da sua riqueza, oferecida como usufruto de todos pelo nosso próprio planeta.

 

(dados: foxnews.com/realclearpolitics.com/wikipedia.org – imagens: WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:42

Numa imagem registada pela sua câmara fotográfica no decurso das férias passadas na estância balnear de COCOA BEACH (localizada no estado norte-americano da FLORIDA), um turista aí presente foi surpreendido com a visão de um navio pairando no ar, como que se estivesse suspenso no horizonte sobre a superfície do mar. Colocando-a no YOUTUBE e divulgando-a ao Mundo.

 

MNM.jpg

Os problemas

REAIS ou VIRTUAIS

 Inerentes ao nosso conceito de Realidade

 

Logo despertando a curiosidade de mirones e conspiradores, catalogando o fenómeno como algo de extraordinário: “ Is it an alien craft, a hologram deliberately put in the sky or it is something that appears from a parallel universe?” (aqui nos conspiradores com a ufosightingshotspot.blogspot). Para qualquer um de nós uma distorção provocada pela conjugação de efeitos entre distância e calor, no fim originando MIRAGENS.

 

(dados e imagem: ufosightingshotspot.blogspot)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:51

 “Se por acaso 1% de nós não ganhasse 1.000 vezes mais do que os outros 99%, seria o CAOS na nossa Sociedade – com a perda de valores, não morais mas monetários. Ou seja a era da LIBERDADE e do fim da ESCRAVIDÃO.”

 

image.jpg

 

Na sua forma mais simples o que DIFERENCIA à escala MUNDIAL o 1% de RICOS dos 99% de POBRES é que, enquanto os primeiros têm sempre na sua carteira no mínimo 1.000 DÓLARES para GASTAR, os segundos por vezes nem uma moeda de 1 DÓLAR têm para COMER.

 

Sendo esta a única razão pela qual a nova elite aristocrata e decadente (herdeira da anterior Elite Oriunda da Industria e do Comércio) que ainda hoje e em agonia se agarra desesperadamente ao ESTADO – desprezando a dinâmica ECONÓMICA e privilegiando o estático sector FINANCEIRO – se agarra aos seus direitos como se fossem adquiridos.

 

Com a nossa Mãe-Alemã a desempenhar o papel por todos esperado, vivendo tranquilamente a reforma à conta dos seus rendimentos. Todos os dias à mesma hora recolhendo as suas rendas e mais tarde retirando-se para o conforto e segurança do lar. Equipado e protegido e até com mais do que um empregado.

 

Tirando em conclusão sobre o meu futuro há tanto aguardado, que de tanto se querer mais vale fazê-lo sentado. E já agora escondendo os valores debaixo do colchão, não vá aparecer um ladrão num ato de formação. Ou ainda não sentiram o poder dos vossos eleitos?

 

(imagem: irishtimes.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:05
tags: ,

Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18

19
20
21
22
23
25

26
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO