Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

13
Jun 16

Século XXI

 

Mal o primeiro NEGRO-OBJETO foi eleito Presidente dos EUA (Barack Obama) logo os 7 biliões de seres humanos vivendo neste planeta pensaram que o Novo Mundo estava finalmente aí a chegar: sendo então maior a queda (em mortos e feridos) do que a real desilusão (fim da esperança). Agora vêm (e logo os mesmos) com a MULHER-OBJETO – e logo com Hillary Clinton!

 

hillary-clinton-and-obama-obama-750x400.jpg

A Festa

Em mais das 50.000 páginas de trocas de correio eletrónico – a partir do servidor privado da Secretária de Estado Norte-Americano Hillary Clinton (num procedimento no mínimo imprevidente senão mesmo ilegal) – apenas se descobrindo 18 mencionando Barack Obama

 

Massacre em Orlando fez, pelo menos, 50 mortos e 53 feridos. Atirador foi abatido.” (rr.sapo.pt)

 

(1)

BEM

“Precisamos de coragem para mudar”

(Barack Obama/rr.sapo.pt)

(2)

MAL

“Já que temos a capacidade de matar”

(Anónimo/Produções Anormais)

 

Estes pensamentos extraordinários (1) são da autoria de um dos mais mundialmente famosos prémios Nobel da Paz (apenas por estar vivo e ainda no ativo), simultaneamente reconhecido como um dos maiores promotores de assassinatos à distância (indiscriminados e imparciais e utilizando simples artefactos inteligentes os DRONES) e sem culpa no cartório (registo criminal limpo). Apenas se podendo falar de vítimas colaterais. Opinião dos predadores que não será certamente o das presas.

 

Estes pensamentos não menos extraordinários (2) são provavelmente oriundos de uma alma já completamente perdida para o Mundo (por desintegração ou marginalização social) e simultaneamente incapaz de distinguir a diferença (fundamental para a nossa sobrevivência) entre matar ao Serviço da Comunidade ou matar ao Serviço do Mal. Um comportamento obrigatório e autoinduzido em todos os cidadãos deste nosso Mundo ainda só parcialmente sentido e percecionado (para já talvez reconhecido) – desse modo condicionando-os na tomada de decisões extremamente importantes se não mesmo decisivas para as suas vidas – nunca analisado pelas consequências gravíssimas que pudessem advir desses atos (mesmo a curto prazo), mas unicamente porque segundo os especialistas (ao serviço da Estrutura) se tratava na verdade de um processo natural de seleção e preservação da espécie: matar os mais fracos (como é o caso dos terroristas maus) para fortalecer os mais fortes (os chamados terroristas moderados).

 

2016-06-12t15-28-46-267z--1280x720.nbcnews-ux-1080

A Morte

Num massacre facilmente levado a cabo num país onde qualquer indivíduo possui uma arma, podendo o mesmo exercer definitiva e impunemente a sua vontade e preferência, na escolha daqueles que efetiva e ideologicamente o poderão acompanhar

 

Pelo que não só é culpado aquele que faz a apologia das Armas na resolução de todos os conflitos criados e desenvolvidos entre a Humanidade (criados artificial e estrategicamente e por interesse particular) – promovendo-as, vendendo-as e apresentando-as como a única e última decisão (como o fazem os Republicanos, promotores, angariadores e profissionais da venda de armas e umbilicalmente ligados ao sector – veja-se o que se passa na América e no Médio Oriente/Visão BUSH) – como também aquele que conscientemente o acompanha nesse crime ao longo de todo o seu percurso cronológico (e político), mesmo afirmando-se perentória, visceral e ideologicamente contra e no entanto servindo-se como os outros das mesmas Armas para matar e assim decidir e resolver (como o fazem os Democratas e como fez HC na altura como Secretária de Estado de BO, no despoletar da Guerra Civil na Líbia e na subsequente destruição do país e no genocídio das suas populações – Crime de Guerra ou próximo Nobel da Paz?).

 

NATO – unida contra o terrorismo. Organização reage ao ataque em Orlando que fez 50 mortos e mais de 50 feridos…O que a NATO pode fazer é focar-se nas causas de origem e trabalhar com outros aliados a estabilizar a vizinhança. A violência dos extremistas inspira ataques nas nossas ruas.” (rr.sapo.pt)

 

Assim inspirando os terroristas a atacarem o Mundo e a Rua, mas dividindo-os de facto (para manterem reservas) em bons, maus e talvez.

 

Mas nunca esquecendo a hipocrisia (já que para ganhar vale tudo) e a total falta de vergonha (tornando a mentira em verdade): não propriamente dos EUA (fazendo apenas o seu papel de potencia suprema global) mas da há muito moribunda EU (oferecendo os seus cidadãos em troca de bens e dinheiro). E refugiando-se nas suas (in)certezas para justificar o auxílio (des)interessado de outros.

 

(imagens: thelibertarianrepublic.com e nbcnews.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 23:16

12
Jun 16

“Se existe Água em Marte…onde…sob que forma…e estado?

Provavelmente…em todo o lado!”

 

Com alguma motivação proporcionada pela estéril monotonia quotidiana oficialmente construída sem causas e sem qualquer objetivo a alcançar (assim como pela necessidade fundamental de nos sentirmos ainda vivos, mesmo que parcialmente alienados), qualquer informação que nos chegue por mais dúbias que sejam as fontes e intrincados os seus canais, jamais será recusada sem ser estudada e questionada.

 

R0701100.gif

Polo Sul de Marte

Segundo alguns aparentemente apresentando-nos lagos de água congelada com algumas estruturas estranhas – qualquer tipo de organismo – amontoando-se em seu redor

(segundo a NASA com o terreno atravessando um período de descongelação)

 

Pelo que não será de espantar que depois de tantos anos de espera à procura de Vida noutros planetas, para qualquer lugar que olhemos estaremos sempre a ver a Terra. Neste caso projetada num outro lugar do Espaço localizado a mais de 70 milhões de quilómetros de nós, num cenário muito semelhante ao nosso mas certamente deslocado no tempo: podendo a Terra ser o Objeto ou não passar de mais uma Imagem – apenas mais um episódio de um extenso guião. Com a Terra no presente podendo ser o passado ou o futuro de Marte (ou vice-versa).

 

(imagem: MSSS – 20.04.2004 – ufosighthingsdaily.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:18
tags: , ,

Na imagem seguinte somos confrontados com um grupo de diversos indivíduos em claro movimento (semelhantes, organizados e deslocando-se numa determinada direção), sugeridos por uma ideia de integração de um subconjunto num sistema vivo, delimitado por um outro subconjunto maior e exterior – dando uma ideia de camadas de matéria e energia.

 

1P518889171EFFCQGJP2377R4M1.JPG

Marte

Seres vivos bio cristalinos deslocando-se à sua superfície – zona mais escura

SOL 4401

(ampliação parcial)

 

Enquanto o veículo motorizado da NASA continua a atravessar a superfície aparentemente árida e desértica da superfície do planeta Marte (localizado a cerca de 228 milhões de quilómetros do Sol ou seja a mais de 15 minutos de distância viajando à velocidade da luz), chegam-nos imagens inquietantes do que na realidade se vai passando neste vizinho da Terra pertencendo ao Sistema Solar.

 

Num mundo onde o veículo da NASA ainda não terá encontrado vida (para além de vestígios de água e de uma diminuta atmosfera), mas onde o seu passado poderá ter sido o presente da Terra: com atmosfera, um grande oceano e certamente alguma forma de vida. Com indícios que só não se tornam provas porque ninguém foi para tal nomeado: editando o objeto mas só nos oferecendo a imagem.

 

Pelo que a imagem que agora a NASA nos oferece a partir do veículo motorizado da sua sonda Opportunity (no seu 4401ºdia de permanência na superfície do planeta Marte), é mais uma prova de que apesar de todas as maquiagens e outras manipulações aplicadas às imagens daí oriundas, ainda somos capazes de através da espessa película entreposta entre a Terra e o Espaço vislumbrar (mesmo que ténues) sinais de vida. Na realidade porque não?

 

Mineral Kingdom Has Co-evolved With Life, Scientists Find

Date: November 14, 2008

Source: Carnegie Institution

 

081113181035_1_900x600.jpg

Terra

Espécie de trilobite do período Cambriano

Existente há cerca 550 milhões de anos

(descoberta numa formação de areia xistosa a sul da cidade de Salt Lake/EUA)

 

Summary:

 

“Evolution isn't just for living organisms. Scientists have found that the mineral kingdom co-evolved with life, and that up to two thirds of the more than 4,000 known types of minerals on Earth can be directly or indirectly linked to biological activity. The finding could aid scientists in the search for life on other planets.” (sciencedaily.com)

 

Num Universo criado à nossa imagem e perfeição (simbolizado pelo nosso Deus), onde a Realidade obedece a um conceito onde nós somos (sem justificação prática) o centro do mesmo (como a Igreja geocêntrica sempre o desejou) e onde é a nossa Imaginação (para já) o único elemento de Libertação (das amarras mentais que impedem a nossa evolução e transformação, para um nível superior de conhecimento e desenvolvimento não só físico como mental).

 

Isto se nós não quisermos ser vistos como uma espécie sem futuro unicamente capaz de copiar e replicar e que não tendo tido por qualquer motivo uma só hipótese de concretizar essa transformação para ela necessária (sobrevivência sem degeneração) e temporizada (tendo esta sido roubada ou fornecida), se deixou levar pela canção (de embalar e adormecer) e pelo sonho que transportava (o aspeto do embrulho) caindo sem retorno no Pesadelo Final – a sua própria extinção como raça dominante.

 

(imagens: NASA e iStockphoto/Russell Shively)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:42
tags: , ,

11
Jun 16

Um dos mais perigosos?

Por ser atual e subtil (assim como Nobel da Iaz) talvez escolhendo BO.

Pelos seus contingentes de MORTOS nunca reconhecidos pelos DRONES.

E pelos seus Descendentes!

 

hillary-finger reclaimourrepublic.wordpress.com.jp620f50642483e3ab8cb3959a0932e4ff www.thedp.com.jpgTrump-Pointing-Chipmunk-900-1 instinctmagazine.com

Hillary Clinton – Barack Obama – Donald Trump

Qual a diferença?

 

Com uma campanha eleitoral eminente e deliberadamente contaminada – em que os potenciais eleitores apoiam aqueles que aparentemente e no meio desta nuvem extremamente tóxica lhes parecem algo diferentes e a cheirar menos mal – discute-se agora qual dos dois candidatos do sistema teria mais competência e credibilidade no exercício final da utilização decisiva do DEDO NUCLEAR.

 

Como se o mais importante fosse estudar o indivíduo possuidor do DEDO NUCLEAR e não todos aqueles que lhe poderão proporcionar essa última ocasião de provar que no final sempre tinha razão. Bastando para tal compreender que quem hoje manda no Mundo, já não é o Estado mas as grandes Corporações – pagando diretamente ao poder político (e generosamente como se vê) de modo a impor a sua Lei.

 

NUCLEAR: Uma questão que paralelamente ao RACISMO e ao tema da MULHER poderá levar à derrota do candidato DONALD TRUMP (Republicano) e em consequência à vitória dessa iniquidade HILLARY CLINTON (Democrata). Curiosamente com o primeiro a ser considerado o candidato antissistema (acompanhado do lado DEM pelo candidato BS) e catalogando o segundo como o mais forte apoiando o sistema (c/estreitas ligações às empresas e aos interesses de Wall Street).

 

E se em termo de dedos só mesmo DT nos convence (solidamente reforçado pela sua expressão facial), já no caso de BO a sugestão prevalece (com o dedo intermédio enviando-nos sinais) – e com uma HC inocente (disfarçada de mulher) recordando a sua presença e impondo a sua vez (invocando paridade masculina). Assim a resposta de DT será SIM (na indecisão pela opção) e a de HC será NÃO (na indecisão em não carregar no botão) – já que a de BO foi com os DRONES e o seu prémio Nobel da Paz.

 

Uma campanha agora numa fase de indefinição teórica (já que HC só se livrará de BS em Convenção DEM e pelo seu lado DT tenta ainda apaziguar a elite antes da Convenção REP), mas que na prática colocará alguns candidatos à partida sem a mínima hipótese (sem o apoio dos média) contra dois monstros da comunicação social norte-americana: o milionário e excêntrico DT (para os seus inimigos antes rico e agora louco) apoiado pela FOX (que remédio) e um dos dinossauros mais bem instaladas na poltrona do poder dos EUA (seja pública ou seja privada) e apoiada pela CNN a DEM HC.

 

(imagens: reclaimourrepublic.wordpress.com – thedp.com – instinctmagazine.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:56

10
Jun 16

E Sem a presença do Guionista

 

A crise de crédito de alto risco (subprime crisis), que começou no setor de compra e venda de títulos hipotecários de imóveis residenciais nos EUA, acabou se transformando numa grave crise financeira de grande proporção para toda economia norte-americana. Ocorre que, devido os laços da economia norte-americana com o resto do mundo, a escalada da crise financeira ganhou uma dimensão mundial contaminando os países desenvolvidos e em desenvolvimento.” (David Terreira Carvalho – www.ppge.ufrgs.br)

 

Tuerkischer-Premier-Erdogan-mit-Assad.jpg

Erdogan e Assad

Para o Povo as duas faces da mesma Moeda

(à chegada ao aeroporto de Damascos em 17 Jan 2011)

 

No início do ano de 2011 o presidente da Síria BASHAR AL-ASSAD recebia no aeroporto da capital do seu país Damascos o então Primeiro-Ministro da Turquia RECEPT TAYYIP ERDOGAN. Num clima de aparente solidariedade e compreensão entre vizinhos e amigos.

 

Nessa altura já com a Síria em grande convulsão política interna (pelo menos desde 2009) e com a chegada das célebres Primaveras Árabes (em 2010), com o cenário socioeconómico degradando-se cada vez mais rapidamente e sem sinais visíveis de recuperação.

 

Uma onda revolucionária que atravessou toda a zona do Médio Oriente desde finais de 2010 e que se nalguns países deu apenas origem a manifestações, protestos e quedas de governo (na maioria temporários, regressando a vida quotidiana ao que já era antes), noutros lançou países no caos, na guerra civil e mesmo em cenários de genocídio.

 

Como são casos de destaque o regresso do regime militar e ditatorial instalado de novo no Egipto (através de um golpe militar derrubando o poder político eleito em eleições livres) e as Guerras Civis na Líbia, na Síria e no Iémen (provocando milhares de mortos e feridos, com outros milhares em fuga desesperada pela vida e sobretudo com muitas das suas infraestruturas básicas completamente destruídas).

 

Nesse ano de 2011 e provavelmente com a estratégia já completamente definida e em ampla concretização no terreno (com as ambições norte-americanas para a região já bem presentes em todas as ações de apoio ou rejeição local), com os dois políticos sírio e turco a manterem ainda as aparências de um bom relacionamento, apesar do problema dos CURDOS (inimigos de ERDOGAN) e da guerra interna na Síria (contra o regime de ASSAD).

 

O que só vem demonstrar (ainda mais uma vez) – aos que fazem da incredibilidade sobre factos reais e quotidianos uma forma de sobreviver não querendo saber – que o poder corrompe sempre, com sucesso e seja em que contexto for, quando o dinheiro e os interesses em comum são muito maiores que os valores que certos homens (sem memória, sem cultura, mas certificados) transportam.

 

Pelo que é sempre bom para aqueles que por qualquer motivo perderam a memória e/ou foram vítimas de lacunas culturais, que alguns atrasados mentais sem saberem o que fazerem e ainda com tempo para perderem (ou não fosse verdade que “tempo é dinheiro), se dediquem a recordar o passado para melhor se construir o futuro.

 

As pessoas só se têm de convencer que se ainda querem ter alguma esperança no futuro – respeitando a luta dos seus ascendentes e as aspirações dos seus descendentes – a única coisa que terão de fazer será pensar, dialogar e acordar (escolher) e em consenso com os seus valores e os da Natureza que os recebe e protege, querer viver e partilhar mas sem a presença de instrumentos de guerra, de doença e de morte.

 

Aproveitando Homens & Ideias incompreensivelmente perdidos no Tempo, mas felizmente não perdidos no Espaço Livre do Homem.

 

I have a dream that one day this nation will rise up and live out the true meaning of its creed: We hold these truths to be self-evident, that all men are created equal.”

(Martin Luther King, Jr.)

 

[discurso de 28.08.1963 – realizado no Lincoln Memorial em Washington, D.C.]

 

(imagem: al-monitor.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:04

08
Jun 16

Com o espetáculo ainda a decorrer mas com os principais candidatos já praticamente decididos (faltam as respetivas Convenções para os confirmar), começam a aparecer as primeiras sondagens tão importantes para os favoritos como para aqueles que se lhes opõem (necessitando todos de 15% de intenções de voto nas sondagens para terem acesso aos importantes e talvez decisivos debates presidenciais).

 

 Candidato  Partido  Delegados
 Hillary Clinton  DEM  2765
 Bernie Sanders  DEM  1864
 Donald Trump  REP  1536
 (Desistentes)  REP  901

Delegados eleitos nas primárias pelos candidatos presidenciais DEM e REP

 

As primárias norte-americanas (DEM e REP) encontram-se perto do fim – no caso dos REP tendo já encerrado e no caso dos DEM faltando o distrito de Columbia (dia 14). Relativamente a candidatos de Terceiros Partidos apenas os LIB tem o seu candidato já confirmado (mas com os VER a caminho). Pelo que no dia 8 de Novembro de 2016 estarão na corrida à nomeação como 45º dos EUA no mínimo 4 candidatos.

 

 Candidato  Partido  Delegados
 Hillary Clinton  DEM  2765 (em 4629)
 Donald Trump  REP  1536 (em 2437)
 Gary Johnson  LIB  518 (em 721)
 Jill Stein  VER  (a decorrer)

Relação delegados eleitos/total para cada um dos 4 candidatos partidários escolhidos

 

Com as Eleições Presidenciais Norte-Americanas de 2016 marcadas para 8 de Novembro, três candidatos perfilham-se desde já no horizonte: Hillary Clinton pelos Democratas, Donald Trump pelos Republicanos e Gary Johnson pelos Libertários. Esperando-se que entretanto outros candidatos ainda apareçam na corrida, como o candidato Verde (4ºpartido nos EUA – provavelmente com Jill Stein) e outros partidos menores e/ou independentes.

 

635783896811646486454406255_hillary-clinton-2016-pdonaldtrump-a1.jpg

Hillary Clinton (Partido Democrata) e Donald Trump (Partido Republicano)

(theodysseyonline.com e peoplebranch.org)

 

E se no caso dos Libertários Gary Johnson se candidata de novo à cadeira Presidencial sem qualquer hipóteses de ganhar (nas eleições de 2012 e como candidato do terceiro maior partido dos EUA, andando próximo dos 1,3 milhões de votos), por outro lado a luta entre os novos candidatos DEM e REP prevê-se dura, terrível e levada até ao fim (nas eleições de 2012 atingindo respetivamente 66/61 milhões de votos).

 

 Candidato  Partido  Votos (milhões)
 Hillary Clinton  DEM  16
 Bernie Sanders  DEM  12
 Total  DEM  28
 Donald Trump  REP  13
 (Desistentes)  REP  17
 Total  REP  30
 Gary Johnson  LIB  0.003
 Jill Stein  VER  (a decorrer)
 Total  LIB/VER  0.007

Num total de quase 60 milhões de eleitores votantes nestas eleições primárias de 2016

(numas eleições presidenciais que em 2012 registaram uma votação muito perto dos 130 milhões)

 

Neste momento com cada um dos dois maiores candidatos (dos dois partidos esmagadoramente maioritários e dominando desde sempre o cenário do poder político nos EUA) a sucederem aos dois mandatos do presidente DEM Barack Obama, numa corrida bastante renhida e para já imprevisível – mesmo a nível de votações até ao momento registadas nas primárias realizadas.

 

2_1_2016_johnson8201_c0-0-746-434_s885x516.jpgJill_Stein_6905660.jpg

Gary Johnson (Partido Libertário) e Jill Stein (Partido Verde)

(washingtontimes.com e mintpressnews.com)

 

Num cenário por muitos previsto e que já na altura os mesmos apontavam como um dos prenúncios da contagem final para o Apocalipse da América (incluindo muitos dos atuais apoiantes Republicanos do candidato Donald Trump) – o duelo CLINTON vs. TRUMP – e que a partir do fim do mês de Julho (fim das Convenções) certamente que incendiará ainda mais a política norte-americana: durante e depois o Mundo que se cuide!

 

 Candidato  Partido  Sondagem
 Hillary Clinton  DEM  41%
 Donald Trump  REP  38%
 Gary Johnson  LIB  5%
 Jill Stein  VER  3%

Sondagem realizada já com os 4 candidatos presidenciais

 

Num cenário económico de prolongada crise a nível global e após oito anos de domínio Republicano (George Bush), seguidos de outros oito anos de domínio Democrata (Barack Obama): um período de 16 anos que nada de novo trouxe ao Mundo (a não ser conflitos e guerras) – e aos seus mais de 7.000.000.000 de habitantes (com constantes genocídios). Numa Terra onde há cerca de uma geração atrás e na concretização de todos os sonhos por nós idealizados e por eles prometidos, nunca passaria pelas nossas cabeças que em 2016 1% da sua população detivesse quase 50% da sua riqueza, oferecida como usufruto de todos pelo nosso próprio planeta.

 

(dados: foxnews.com/realclearpolitics.com/wikipedia.org – imagens: WEB)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:42

Numa imagem registada pela sua câmara fotográfica no decurso das férias passadas na estância balnear de COCOA BEACH (localizada no estado norte-americano da FLORIDA), um turista aí presente foi surpreendido com a visão de um navio pairando no ar, como que se estivesse suspenso no horizonte sobre a superfície do mar. Colocando-a no YOUTUBE e divulgando-a ao Mundo.

 

MNM.jpg

Os problemas

REAIS ou VIRTUAIS

 Inerentes ao nosso conceito de Realidade

 

Logo despertando a curiosidade de mirones e conspiradores, catalogando o fenómeno como algo de extraordinário: “ Is it an alien craft, a hologram deliberately put in the sky or it is something that appears from a parallel universe?” (aqui nos conspiradores com a ufosightingshotspot.blogspot). Para qualquer um de nós uma distorção provocada pela conjugação de efeitos entre distância e calor, no fim originando MIRAGENS.

 

(dados e imagem: ufosightingshotspot.blogspot)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 18:51

 “Se por acaso 1% de nós não ganhasse 1.000 vezes mais do que os outros 99%, seria o CAOS na nossa Sociedade – com a perda de valores, não morais mas monetários. Ou seja a era da LIBERDADE e do fim da ESCRAVIDÃO.”

 

image.jpg

 

Na sua forma mais simples o que DIFERENCIA à escala MUNDIAL o 1% de RICOS dos 99% de POBRES é que, enquanto os primeiros têm sempre na sua carteira no mínimo 1.000 DÓLARES para GASTAR, os segundos por vezes nem uma moeda de 1 DÓLAR têm para COMER.

 

Sendo esta a única razão pela qual a nova elite aristocrata e decadente (herdeira da anterior Elite Oriunda da Industria e do Comércio) que ainda hoje e em agonia se agarra desesperadamente ao ESTADO – desprezando a dinâmica ECONÓMICA e privilegiando o estático sector FINANCEIRO – se agarra aos seus direitos como se fossem adquiridos.

 

Com a nossa Mãe-Alemã a desempenhar o papel por todos esperado, vivendo tranquilamente a reforma à conta dos seus rendimentos. Todos os dias à mesma hora recolhendo as suas rendas e mais tarde retirando-se para o conforto e segurança do lar. Equipado e protegido e até com mais do que um empregado.

 

Tirando em conclusão sobre o meu futuro há tanto aguardado, que de tanto se querer mais vale fazê-lo sentado. E já agora escondendo os valores debaixo do colchão, não vá aparecer um ladrão num ato de formação. Ou ainda não sentiram o poder dos vossos eleitos?

 

(imagem: irishtimes.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:05
tags: ,

07
Jun 16

“No dia 20 de Julho de 1969 a RTP transmitiu sob o comando de José Mensurado, durante cerca de três horas, a preto-e-branco e em direto,

a chegada do primeiro Homem à Lua.”

(nunca mais lá voltando depois de 1972)

 

Nesse dia o Homem olhou definitivamente para o Espaço como algo de Infinitamente Grande, em Oposição ao seu simétrico, como Complemento de um todo e constituindo um Conjunto multidirecional, replicando-se indefinidamente como as células de um Organismo (Vivo). Criando nessa altura uma imagem copiada a partir do objeto – e a partir do qual o sujeito reconstruiu a infraestrutura. Refletindo no Hardware (nele instalado) uma nova cópia de Software (talvez pirateado).

 

589552main_as11-40-5875_full.jpg

No exterior do módulo lunar Eagle/Apollo 11 com Buzz Aldrin e a bandeira dos EUA

(bandeira essa concluída com a colaboração de uma costureira portuguesa)

 

Vamos supor que sou uma velhinha nascida no século passado, com mais de oitenta anos de idade (digamos 87) e nascida por exemplo no dia 21 do mês de Maio: uma data encravada entre as comemorações do 13 de Maio (de 1917 em Fátima – Aparições de Fátima) e as do Golpe de Estado de 28 de Maio (de 1926 em Portugal – Constituição do Estado Novo).

 

Uma data estrategicamente colocada entre um Evento considerado por muitos Mágico mas Virtual (por Imaginário) e um outro Evento verdadeira e infelizmente Real e muitas vezes mortal (por muitos percecionado e sentido psíquica e fisicamente, em toda a extensão do seu corpo): talvez sugerindo-nos uma escapatória intermédia.

 

No dia 20 de Julho de 1969 essa velhinha que já teria na altura 40 anos estaria por exemplo há algum tempo divorciada (separada – caso raro na altura), viveria no estrangeiro (por exemplo em França onde existia uma grande comunidade emigrante) e teria quatro filhos (com um deles nascido por exemplo no ano de 1955). Fiquemos então com esse filho e dêmos algum descanso à velhinha.

 

O filho teria por essa altura 13 anos, mais um ingénuo-inocente filho da ditadura, nascido em 1955 poucos meses depois da morte de Albert Einstein (Teoria da Relatividade/Física Quântica) e seis anos antes da promessa feita pelo então presidente John Kennedy perante o Congresso dos EUA (e perante todo o Mundo): "Eu acredito que esta nação deve comprometer-se em alcançar a meta, antes do final desta década, de pousar um homem na Lua e trazê-lo de volta à Terra em segurança". (25 de Maio de 1961)

 

0a.jpg

A partir do módulo de comando Columbia/Apollo 11 em orbita da Lua

(e tendo a Terra e um objeto p/identificar surgindo sobre o fundo negro do espaço)

 

A velhinha ainda novinha (apenas 40 anos) ainda estava em Paris-França. O filho de 13 anos na altura vivendo em Espinho, previamente colocado frente-a-frente à TV e esperando a transmissão: usufruindo durante quase três horas seguidas das primeiras imagens oriundas de um Mundo onde o Homem em princípio nunca teria estado antes (um facto sempre questionável para alguém já na época leitor de SCI-FI), transmitida apenas a preto-e-branco, mas à passagem de cada segundo deixando-nos cada vez mais colados aquele ecrã – como numa aventura à procura e à descoberta.

 

E antes de tudo o mais e como era já hábito cultural e propagandístico do Antigo Regime (Salazar/Caetano) – que infelizmente já extravasou para o regime Democrático – nunca esquecendo a preciosa colaboração da elite científica e tecnológica portuguesa na concretização e sucesso desta grande missão levada a cabo pelo Homem na superfície do primeiro Mundo Alienígena: “Os remates, as bainhas e a costura para a haste da bandeira (norte-americana) foram cosidos por uma portuguesa de nome Maria Isilda Ribeiro.” (wikipedia.org)

 

1.jpg2.jpg

A partir do módulo de comando Columbia/Apollo 11 em orbita da Lua

(deparando-nos com dois fenómenos estranhos como focos de luz à superfície/à esquerda e dois objetos voadores/à direita)

 

Voltando ao presente agora com a velhinha com quase 90, o filho com mais de 60 e com os netos a caminho dos 30. Com os mais velhos sem grandes memórias além da sua cultura/arquivo mínimo/obrigatório (convém recordar que a emissão foi de madrugada a horas impróprias para a grande maioria dos portugueses), com os mais novos sem grandes ideias ou ligações privilegiadas associadas ao assunto (absorvidos como estão pelo sucessivo software disponibilizado, oferecido sem grandes custos pelo hardware reinante, dominante, intrusivo e deformador) e com alguns Intermédios ainda não definitivamente abatidos pela cada vez maior falta de Esperança (talvez o único fator que ainda nos mantem como uma espécie Não-Extinta – na sua luta pela sobrevivência) a ainda tentarem nadar no sentido contrário ao da corrente amalgamada, forçada e entubada, que ainda hoje os nossos líderes nos projetam como sendo o nosso único futuro e o da Estrutura Divina que nos suporta.

 

Uma velhinha testemunha das ideias e preconceitos do regime de então e que levaram à segregação da mulher (negação e perseguição das mulheres separadas), á emigração forçada para o estrangeiro (à procura de trabalho para sobreviverem), à fuga da Guerra Colonial (de onde os filhos saiam estropiados ou mortos) e terminando num pesadelo chamado PIDE/DGS (que não só nos censurava a mente como nos decapitava a cabeça).

 

Que teve filhos e netos que foram testemunhas do Evento (pelo menos durante três gerações), passando ao lado de um pouco, senão mesmo de quase tudo. Com um deles meio perdido a ver a emissão de TV:

 

3.jpg

 

A partir do módulo de comando Columbia/Apollo 11 em orbita da Lua

(observando-se lá ao longe nas proximidades da Terra mais um objeto estranho orbitando o planeta)

 

On July 20, Armstrong and Aldrin entered the LM again, made a final check, and the Eagle undocked and separated from Columbia for visual inspection. When the LM was behind the moon on its 13th orbit, the LM descent engine fired for 30 seconds to provide retrograde thrust and commence descent orbit insertion, changing to an orbit of 9 by 67 miles, on a trajectory that was virtually identical to that flown by Apollo 10. After Columbia and Eagle had reappeared from behind the moon and when the LM was about 300 miles uprange, powered descent initiation was performed with the descent engine firing for 756.3 seconds. After eight minutes, the LM was at "high gate" about 26,000 feet above the surface and about five miles from the landing site. The descent engine continued to provide braking thrust until about 102 hours, 45 minutes into the mission. Partially piloted manually by Armstrong, the Eagle landed in the Sea of Tranquility in Site 2 at 0 degrees, 41 minutes, 15 seconds north latitude and 23 degrees, 26 minutes east longitude. This was about four miles downrange from the predicted touchdown point and occurred almost one-and-a-half minutes earlier than scheduled. It included a powered descent that ran a mere nominal 40 seconds longer than preflight planning due to translation maneuvers to avoid a crater during the final phase of landing.” (Apollo 11 Mission Overview/nasa.gov)

 

Numa sequência impar de acontecimentos históricos e de impacto global, brutal e inexplicavelmente interrompida nos finais de 1972 – com a última missão a atingir a Lua e com os últimos homens a pisarem a sua superfície (missão APOLLO 17).

 

(imagens: NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:27

03
Jun 16

“The time-space age has begun.”

(Andrew D. Basiago)

 

Agora que os candidatos às Presidenciais Norte-Americanas de Novembro de 2016 – dos dois únicos partidos com acesso à hierarquia do poder político nos EUA – já estão praticamente definidos – a Democrata pró-sistema Hillary Clinton e o Republicano antissistema Donald Trump (na perspetiva de representarem de facto lados diferentes da mesma moeda) – atingiu-se o momento de nos debruçarmos um pouco mais sobre outros possíveis candidatos.

 

Andy-2016-Official-Campaign-Photograph.jpg

Andy 2016

Candidato independente às Eleições Presidenciais norte-americanas de Novembro de 2016

(pretensamente tendo já estado ao serviço do departamento de Defesa dos EUA em Marte)

 

Como é o caso do candidato Independente ANDREW D. BASIAGO – um reputado advogado norte-americano nascido a 18.09.1961 no estado de New Jersey – uma das figuras mais importantes do Movimento Verdade e o grande impulsionador do Projeto PEGASUS: tendo essas iniciativas em comum a tentativa de forçar os EUA a desclassificarem e divulgarem certas informações relacionadas c/ as Viagens no Tempo e c/ a existência de seres vivos em Marte.

 

"Imagine a world in which one could jump through Grand Central Teleport in New York City, travel through a tunnel in time-space, and emerge several seconds later at Union Teleport in Los Angeles. Such a world has been possible since 1967-68, when teleportation was first achieved by DARPA’s Project Pegasus, only to be suppressed ever since as a secret weapon. When my quest, Project Pegasus, succeeds, such a world will emerge, and human beings linked by teleportation around the globe will proclaim that the Time-Space Age has begun!" (Andrew D. Basiago)

 

Um indivíduo aparentemente com um passado propício à aceitação das suas razões e opiniões (mesmo que parecendo radicais), desde ter sido considerado uma criança com dotes especiais como o de fazer levitar objetos e ler a mente dos outros, apresentar um QI bem acima da média, ter sido utilizado em programas governamentais nos anos 60/70 tendo como tema as viagens no tempo e finalmente ter sido de novo convocado pelo seu Governo nos anos 80 efetuando diversas viagens a Marte.

 

M0400291.gif

Estruturas de tubos de vidro visíveis sobre a superfície de Marte onde circulariam criaturas com formas humanoides

(segundo Andrew D. Basiago)

 

"I am leading the campaign to achieve political recognition that Mars is inhabited – and that American chrononauts first visited Mars via jump room on behalf of the CIA over 30 years ago – because we must enact an international treaty to protect the ecology and civilization of Mars.  We must remember that Mars does not belong to us. Mars belongs to the Martians. If we fail to recognize this, then we will fail our first major test of cosmic citizenship. I believe that the people of the Earth are ready for cosmic citizenship and I believe that they are ready for the truth!" (Andrew D. Basiago)

 

Um candidato apresentando-se às Presidenciais norte-americanas sob o lema “Um Homem em nome da Verdade”. Prometendo se for eleito revelar toda a verdade sobre as Viagens no Tempo e as Visitas ao planeta Marte, ele que se reclama de já ter utilizado (a máquina do tempo) e feito (a viagem a Marte) – em duas operações levadas a cabo pelo Departamento de Defesa dos EUA e tendo como destino Marte.

 

Apresentando na sua candidatura nada mais, nada menos do que 100 propostas, sob a designação “Uma Nova Agenda para uma Nova América”. E das quais apresentamos apenas 6 e dedicadas unicamente a um dos contextos das várias propostas – nesta caso a procura da Verdade/TRUTH (consulta em andy2016.com/proposals):

 

Proposals The President should

Pardoning

Snowden

Pardon Edward Snowden and give him the Presidential Medal of Freedom

Extraterrestrial

Disclosure

End the ET cover-up in a live, televised address to the American people

Mars

Transparency
Disclose the existence of the secret US presence on the Red Planet

Space

Transparency

Declassify the secret space program and treaties with off-planet civilizations

Reinvestigating

9/11

Appoint a new 9/11 commission and release the 28 classified 9/11 report pages

Missing

Trillions
Search for the $2.3 trillion that went missing the day before 9/11

 

Uma candidatura que se for capaz de ser levada até ao fim, pelo menos terá a virtude de abrir mais um bocado os olhos daqueles que julgam que o mundo e a vida se resumem unicamente ao seu buraco – com um cantinho guardado para Deus – e que para além do mesmo nada mais existirá – pelo menos enquanto não vier uma ordem em contrário. Pelo menos para aqueles que ainda pensam que é o Sol que gira à volta do Homem.

 

(imagens: andy2016.com e mssss.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 21:42

Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18

19
20
21
22
23
25

26
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO