Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

11
Ago 16

Enquanto os incêndios na ilha da Madeira parecem estar a perder força – com o maior incêndio a registar-se na extremidade oposta à cidade do Funchal – no Continente toda a zona interior/litoral norte parece estar a arder.

 

canvas madeira.jpg

Ilha da Madeira

(hoje)

 

Imagens registadas por satélite neste dia 11 de Agosto de 2016 (à porta de um novo, quente, seco e provavelmente ventoso fim-de-semana de Verão), que no caso da Madeira parecem significar os momentos finais de um incêndio significativo (com destruição e vítimas).

 

canvas continente.jpg

Portugal Continental

(hoje)

 

Já no caso de Portugal Continental e com as condições climatéricas a convidarem ao reacendimento e até ao aparecimento de novos incêndios, prevê-se mais uma noite duríssima de combate ao fogo para todas as corporações de bombeiros, voluntários e populares.

 

Última Hora:

“A aldeia de Vilarinho das Quartas, no Soajo, Arcos de Valdevez, situada na área do Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG) está a ser evacuada por causa dos fogos, disse à Lusa o presidente da Câmara local.” (24.sapo.pt)

 

(imagens: worldview.earthdata.nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:54

Trump successfully baits media into hysteria.

Again.

 

donald-trump-says-nobody-thought-he-was-suggesting

As Duas Faces da Mesma Moeda – o DÓLAR

Se a loucura de HC é bem visível – o BEM

Do que estavam à espera do seu adversário DT – o MAL

 

Um caso exemplar de manipulação da informação inicialmente recolhida no local do acontecimento – por desmontagem cronológica de todos os episódios decorrentes desse processo de construção original e posterior reconstrução/replicação dessa mesma informação – aqui e por encomenda (naturalmente pelo lado do Sistema, alérgico a qualquer tipo ou forma de novidade) transformado num equívoco extremamente importante e de elevado potencial (político-eleitoral e como tal de base demagógica).

 

Com os especialistas Democratas ainda convencidos de que a melhor estratégia para CLINTON ganhar será o de constantemente inferiorizar TRUMP (chamando-lhe e aos seus apoiantes ignorantes e irresponsáveis – tal como o poder Britânico tratou o seu povo no BREXIT e com os resultados que todos conhecemos), começa a tornar-se ridícula senão mesmo hipócrita e miserável a tentativa de persistência de uma campanha completamente oca (sem conteúdo) e baseada na estrita manipulação de qualquer tipo de frase proferida pelo candidato a abater.

 

Quando não existem argumentos a solução é atirar a matar

– E existem muitas armas (como o controlo total dos MEDIA) para o conseguir aplicar.

 

The anti-Trump media (another name for the mainstream media) have resumed their frenzied claims that Donald Trump is out to unleash indescribable horror in the American people.  The current version of doom is that he is calling for NRA assassins to kill either Hillary Clinton or her Supreme Court nominees, or both.  What he actually said was this:

 

By the way if she gets to pick her judges, nothing you can do, folks. Although the Second Amendment people, maybe there is, I don’t know.

 

Within thirty minutes, according to Rudy Giuliani, interviewed on Fox News this morning, the Clinton spin machine had shaped the media narrative.  Trump was not calling for electoral activism (at a rally of electoral activists!).  No, he was calling on “Second Amendment People” to use their evil guns to kill someone or other.

 

A ideia transmitida por DT seria a de que depois de HC controlar a Justiça (tornando-a em causa própria simplesmente ineficaz), só faltava mesmo proibir a posse de armas aos cidadãos norte-americanos para estes não se poderem de algum modo defender. Como que utilizando todos os tentáculos e ventosas de um grande Polvo, espalhando por todo o espaço comprado e mediático o resultado de mais uma violação em grupo levada a cabo pela subsídio-dependente comunicação social privada norte-americana e tal como Paulo Portas o fez, alterando radicalmente a orientação do significado ou sentido das palavras (uma palavra ou um conjunto delas): e assim o que DT queria dizer é que se a Justiça não cumprisse a sua função – levar HC a tribunal – então a única solução seria assassina-la. E ainda dizem que o louco é DT.

 

(texto/itálico/negrito: americanthinker.com – imagem: vortl.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:12

“A sombra está em oposição à luz, representando tudo que seja irreal, fugidio e sujeito à mudanças. Para muitos povos da África está associada à morte ou ao reino dos mortos e é considerada uma segunda natureza do ser. Entre vários povos indígenas da América do Sul, uma mesma palavra significa sombra, alma, imagem. No Islã, toda manifestação da realidade é considerada como a sombra de Deus. Na psicanálise, sombra representaria: as tendências incompatíveis ou traços inferiores do caráter, tudo aquilo que a pessoa recusa admitir ou reconhecer, porém sempre se impõe a ela.” (significadodossimbolos.com.br)

 

Uma sombra gigantesca provocada pelo segundo maior planeta do Sistema Solar (apresentando uma massa quase 100X superior à da Terra) encobrindo parcialmente uma zona dos conhecidos anéis rodeando esse mesmo planeta – SATURNO. Neste caso com a sombra a ultrapassar ligeiramente a Divisão CASSINI (referindo-nos a uma das zonas integrando a região dos anéis circundando o planeta) localizada a mais de 120.000Km da superfície de Saturno e sendo ainda visível no lado inferior esquerdo da imagem PIA 20494 (como um pequenino e quase impercetível ponto luminoso) a sua lua MIMAS (para os mais novos fazendo-lhes recardar a Estrela da Morte do filme A Guerra das Estrelas).

 

PIA20494.jpg

Saturno

21 Maio 2016

PIA 20494

 

Com a sombra de Saturno ao ser projetada sobre os seus próprios anéis a criar sombras de maior ou menor extensão, conforme a evolução das Estações deste segundo maior Gigante Gasoso (depois de JÚPITER) pertencente ao Sistema Solar: e com a aproximação do seu solstício diminuindo de tamanho. Como se pode constatar na imagem PIA 08362 com a sombra a encobrir todos os anéis de Saturno. Numa missão espacial integrando três diferentes agências internacionais – missão CASSINI-HUYGENS – trabalhando em cooperação num projeto de estudo do planeta Saturno e dos seus satélites naturais: a NASA (norte-americana), a ESA (europeia) e ASI (italiana). Um planeta com mais de 60 luas localizado a uma distância média aproximada de 9,5UA do Sol (a Terra dista apenas 1 UA). Uma sonda não tripulada e interplanetária lançada a 15 de Outubro de 1997 de Cabo Canaveral (localizado no já mítico e ainda ativo Centro Espacial Kennedy) e atingindo Júpiter a 1 de Julho de 2004 (já lá vão 12 anos de trabalho).

 

PIA08362.jpg

Saturno

19 Janeiro 2007

PIA 08362

 

“Num dos inúmeros pontos deste CONJUNTO onde atualmente todos sabem (ou julgam) EXISTIR, nada parecia indicar para um qualquer viajante acidental no seu trajeto intersetando esse mesmo conjunto, que inopinadamente se pudesse deparar com algo de extraordinário para as suas Teorias Existenciais e Concetuais: afinal de contas nenhum dos seus indicadores assinalava algo de importante para a Existência e Evolução da sua própria ESPÉCIE. Nem sequer se interessando por outras espécies possível e estrategicamente agrupadas e organizadas (podendo com as ações no seu subconjunto – a Terra – demonstrar um nível apreciável mesmo que primitivo de inteligência e de sobrevivência à ação dos elementos) por extrema diferenciação cognitiva nas estruturas de suporte, transformação e sobretudo expansão. Pensemos apenas que cada um de nós (mais de 7 biliões) é uma máquina dita basicamente orgânica (para o nosso guião simbolizando Movimento e Vida e incorporando o fator supremo ALMA, sobrepondo-nos à Morte) que inicialmente absorve e se adapta e posteriormente retransmite e se replica, algo que para outras espécies poderá ser completamente não significativo, desinteressante e mesmo invisível. Já imaginaram um Mundo Alternativo em que uma grande Inteligência e Civilização assentassem todo o seu Conhecimento e a sua Memória num Ser basicamente Mineral? Talvez lhe interessasse o Homem ou então preferisse mesmo os Calhaus.” (albufeira2011.blogs.sapo.pt)

 

(imagens: NASA)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:07

“No incêndio da Madeira com o seu responsável máximo a chegar a recusar inicialmente a oferta de ajuda exterior (afinal de contas já tinha 50 elementos no terreno) para no final e face às dimensões do desastre apresentar números verdadeiramente dramáticos e desde já expressos em milhões (para já 55 milhões de euros só no concelho do Funchal). Qual a participação/responsabilização do mesmo?”

 

Enquanto a esmagadora maioria dos portugueses felizardos (indivíduos com algum dinheiro no bolso mesmo que seja emprestado) está a banhos no Algarve – com a nossa E-LITTLE a invadir a sua capital Albufeira (e eu a pensar como plebe que era Faro) – o resto de Portugal parece ter sido de novo entregue nas mãos dos promotores móveis de incêndios: desde as zonas do interior/litoral norte do continente (entre outros Viana do Castelo, Águeda, Aveiro e Viseu) até às encostas sul da Madeira (logo do lado do Funchal e afetando toda a costa sul da ilha).

 

canvas.jpg

Ilha da Madeira – Imagem de satélite – 10 Agosto 2016

 

Uma tradição incendiária desde há muito implementada em Portugal (por vezes interrompida até ao crescimento duma renovada zona verde) e que cada vez nos aproxima mais das áreas secas e desérticas do norte do continente africano (tendo como exemplo próximo o reino de Marrocos). Numa responsabilização que nunca poderá ser exclusivamente remetida para loucos, alcoolizados e velhinhos dementes (e mesmo para aqueles todos que imitando o maior proprietário – o Estado – não fazem por mera e lucrativa imitação a manutenção dos seus terrenos), mas estendida àqueles que assumindo a responsabilidade pelo sector tentam atirar para cima das costas de outros (entenda-se os seus subordinados) todo o ónus do desastre. Fáceis de encontrar na estrutura política e na sua máquina administrativa – concessionada por períodos de tempo pelos eleitores (eleições) e eleitos (nomeações).

 

Com os incêndios a provocarem imensa destruição na fauna/flora local, a deslocação em fuga de mais de um milhar de pessoas, a destruição de várias instalações e casas de habitação que foi encontrando pelo caminho, o aparecimento no mínimo de 5 vítimas (3 mortos e 2 feridos) e até a chegada dos incêndios ao interior da cidade do Funchal. E com notícias negativas a começarem a chegar para o turismo da Madeira, como consequência das notícias divulgadas mundialmente sobre mais esta catástrofe registada na região: com turistas a tentarem anular a sua programada estadia na ilha.

 

(imagem: worldview.earthdata.nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 16:10

Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

16

22
27

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO