Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

13
Set 16

E lá se foi o planeta

 

Quando se aproximam as eleições presidenciais norte-americanas de 8 de Novembro de 2016 (com 4 candidatos prontos a assumirem o cargo – Clinton/Democratas, Trump/Republicanos, Johnson/Libertários e Stein/Verdes), é ainda uma grande incógnita quem será o vencedor e próximo Presidente dos EUA: CLINTON/DEM ou TRUMP/REP? (os outros dois foram desde logo descartados por não atingirem os 15% nas sondagens CNN ou FOX – e entre outros media privados).

 

CjY2aTdXEAE290u.jpg medium.jpg

Sandwich norte-americana

(tosta-mista)

 

No entanto com uma certeza cada vez mais consolidada no pensamento da generalidade dos cidadãos e eleitores norte-americanos de que, seja qual for o candidato vencedor nestas Presidenciais de 2016 (qual dos dois será o MENOS PERIGOSO?), o cenário posterior será de tal maneira terrível que configurará um grande EVENTO (apocalíptico).

 

Pelo que a recente afirmação de votantes nestas eleições presidenciais norte-americanas ainda INDECISOS sobre o que fazerem no dia 8 de NOVEMBRO (já a menos de 2 meses de distância) – por entenderem os dois candidatos como PÉSSIMOS – se torna em parte compreensível apesar das consequências potencialmente incomparáveis:

 

- Preferindo que a Terra fosse atingida por um impacto de um asteroide (só se fosse mesmo pequenino) em vez de ser atingida pelo impacto provocado por uma vitória eleitoral da Democrata (e Calhau) Clinton ou do Republicano (e Calhau) Trump! Uma ILUSÃO Irreversível e MORTAL dado o superior poder de extinção do ASTEROIDE sobre os CALHAUS.

 

2016QA2_28082016.jpg

Asteroide 2016 QA2

(ao centro/exposição 15’)

 

Numa informação que entretanto nos desperta a curiosidade e a atenção não só pelo novo satélite lançado pela NASA tendo como objetivo o estudo destes corpos viajantes e IMPREVISÍVEIS (no tempo e no espaço), como pelos recentes 6 asteroides que recentemente passaram muito próximos da Terra (a menos de 1 LD), alguns deles descobertos no momento e somente noticiados depois (que me lembre pelo menos 2): para já 2 em Julho, 1 em Agosto e 3 em Setembro.

 

Como se verifica pela tabela seguinte (de 6 asteroides tendo passado em JUL/AGO/SET de 2016 a menos de 1 LD da Terra):

 

Asteroide M apr

Dist

(Km)

Dim

(m)

Vel

(Km/s)

Observação

Observação

Descoberta

órbita

2016

NJ22

7

JUL
358000 7-14 7.00

9

JUL

11

JUL

12

JUL

2016

NK22

11

JUL
334000 3-10 7.12

9

JUL

11

JUL

19

JUL

2016

QA2

28

AGO
111000 14 10.27

27

AGO

29

AGO

30

AGO

2016

R1

7

SET
165000 10 7.22

4

SET

9

SET

12

SET

2016

RS1

7

SET
242000 8-15 7.11

4

SET

6

SET

6

SET

2016

RB1

11

SET
53000 7-14 8.13

5

SET

7

SET

9

SET

 (1 LD = 484.000Km)

 

image_gallery.gif

Asteroide 2016 RB1

(pequeno ponto/centro-esquerda

 

Constatando-se de imediato que se (como afirmam os especialistas) os asteroides QA2 e RB1 só foram detetados após a sua passagem pelo ponto de maior aproximação à Terra, então todos os outros 4 estariam aquando da sua respetiva passagem numa situação muito semelhante (e deveras perigosa) para a manutenção de vida à superfície do nosso planeta. Apesar de pela constituição, dimensão e velocidade dos asteroides as consequências para a Terra poderem ser apenas locais/regionais (com a dimensão destes asteroides a estar entre um médio e um grande autocarro). Sendo o único problema a equacionar (pelas consequências trágicas) um possível e súbito aumento das OCORRÊNCIAS e o aumento do DIÂMETRO dos objetos – naturalmente com tudo isto terminando num impacto (singular ou coletivo).

 

Com o asteroide 2016 RB1 a passar a cerca de 50 mil Km da Terra (não muito distante das órbitas de muitos dos satélites de comunicação terrestre), a uma V = 8Km/s e tendo a dimensão de um normal autocarro. Recordando-nos mais uma vez o meteoro de CHELYABINSK, a sua dimensão (17m), a sua entrada na atmosfera seguida de explosão (e desintegração), a forte onda luminosa e onda choque provocada (originando mais de 1000 feridos na região atingida) e finalmente o impacto em terra de vários fragmentos seus. E deixando-nos a noção de que se nem mesmo o meteoro russo teve assim tantas consequências negativas para o meio ambiente terrestre (“apenas” alguns feridos e alguma destruição), já se o mesmo tivesse uns 500m de dimensão poderíamos já ter entrado na Época da nossa própria Extinção – do HOMEM (em 15 de Fevereiro de 2013).

 

(imagens: scoopnest.com/astrogeo.va.it/esa.in)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:27

05
Set 16

New Horizons e Quaoar

 

A NASA surpreende-nos mais uma vez com a divulgação de mais uma imagem oriunda da sonda NEW HORIZONS, agora que ultrapassado o planeta-anão PLUTÃO (um dos objetivos da missão) a mesma se embrenha cada vez mais no interior da região do espaço onde se localiza o Cinturão de KUIPER (o outro objetivo da missão): estendendo-se este para lá do último planeta do Sistema Solar (NETUNO) numa região distando entre 30/50 UA de distância do SOL – e a caminho dos limites da NUVEM de OORT.

 

PIA21024.gif

Registo das câmaras da sonda New Horizons

Acompanhando a órbita de um planeta localizado no interior do Cinturão de Kuiper

O planeta Quaoar com metade do tamanho de Plutão

(assinalado com um círculo a vermelho)

PIA 21024

 

Dirigindo-se agora e após a passagem no seu ponto de maior aproximação ao planeta-anão PLUTÃO (verificada há mais de um ano) para um novo objeto integrando o CINTURÃO de KUIPER: o KBO denominado 2014 MU69. Encontrando desde já na vizinhança do seu caminho (em direção a este KBO/KUIPER BELT OBJECT) um outro planeta com aproximadamente metade do tamanho de Plutão e distando mais de 6 biliões de Km do SOL. De nome QUAOAR e na imagem circulando a mais de 2 biliões de Km da sonda NEW HORIZONS.

 

Mantendo-o o mistério destes corpos localizados bem para lá da órbita de NETUNO, uns mundos provavelmente frios e desérticos mas onde certamente existirá Água (talvez vida) – ao contrário dos mundos recentemente descobertos e ditos potencialmente habitáveis e que, entre condições ambientais incompatíveis como presenças de intensas forças eletromagnéticas e radiações exteriores extremas, não dará qualquer tipo de hipótese à sobrevivência do Homem. Só mesmo um louco pensaria o contrário, acreditando na ilusão.

 

Dawn e Ceres

 

Quanto à outra missão da NASA tendo agora como protagonista a sonda espacial DAWN (e cujo objetivo era o estudo dos protoplanetas VESTA/d = 500Km e CERES/d = 1.000Km) a imagem reporta-se à solitária montanha de AHUNA MONS localizada no planeta-anão Ceres numa perspetiva lateral simulada (ampliada 2X) de modo a se obter uma melhor noção da amplitude topográfica do seu relevo. Tendo como grande vantagem no estudo comparativo com o outro planeta-anão bastante conhecido (Plutão/d = 2.400Km mencionado anteriormente como sendo um dos objetivos da missão da sonda New Horizons) localizar-se muito mais perto da Terra em plena Cintura de Asteroides (a 2,5/3,0 UA do Sol numa região do Sistema Solar situada entre as órbitas de Marte e de Vénus).

 

PIA20915.jpg

Registo das câmaras da sonda Dawn

Numa imagem parcialmente simulada/ampliada de Ceres

A montanha gelada Athuna Mons em plena Cintura de Asteroides

(como que irrompendo pela superfície do planeta-anão)

PIA 20915

 

Um protótipo de planeta localizado a menos de 450 milhões de Km do SOL (mais de 1.000X a distância Terra/Lua), orbitando-o num período temporal muito próximo dos 4 anos e movimentando-se numa região do Espaço juncada por um número incontável de maiores ou menores objetos bem diferenciados e dispersos, talvez originados num passado já bastante longínquo num outro planeta entretanto destruído e desparecido (ordenando-o a partir do Sol o 5.ºplaneta do Sistema Solar).

 

Em mais esta imagem da NASA mostrando-os um corpo celeste que poderia muito bem passar por uma lua de um outro planeta qualquer (a nossa Lua tem um d = 2X d Ceres), mas que ao contrário de outras ainda apresenta vestígios de atividade geológica bastante intensa e recente, como o próprio monte Athuna Mons o comprova (ao mesmo tempo que nos surpreende e maravilha): com esta montanha certamente de origem vulcânica a expulsar para o exterior (e oriunda do interior do planeta-anão) grandes massas de material vulcânico não idênticas às da Terra (como por exemplo os silicatos) mas outros materiais em que o protagonista seria a ÁGUA. Sugerindo-nos uma outra imagem (no passado real) de um enorme volume de água sujeito no interior do planeta a elevadíssimas pressões (ao ser lançado para o meio ambiente exterior), atravessando o interior e a superfície de Ceres e aparecendo no final aos nossos olhos como um geiser gigante essencialmente constituído por água e outros materiais aglomerados – num espetáculo que deixaria qualquer terrestre de boca aberta e de olhos esbugalhados, não só por se encontrar num deserto (neste caso agora gelado) como pela enormíssima quantidade desse líquido disponível. Aqui (PIA 20915) talvez expressando a sua última erupção (de água) e o seu imediato congelamento – de momento numa fase de inatividade vulcânica nesta região de Ceres (e num resultado nunca visto no Sistema Solar).

 

Num mundo que poderá ainda possuir uma ténue atmosfera originada no passado (e ainda mantendo-se no presente) como natural consequência dos fenómenos de transferência de grandes volumes de água (H2O) a elevadíssimas pressões entre o seu interior e exterior: “While Ahuna Mons may have erupted liquid water in the past, Dawn has detected water in the present, Exposed water-ice is rare on Ceres, but the low density of Ceres, the impact-generated flows and the very existence of Ahuna Mons suggest that Ceres' crust does contain a significant component of water-ice.” (nasa.gov)

 

(imagens: nasa.gov)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 15:01

01
Set 16

(e criando uma precedência perigosa senão mesmo dramática de desrespeito total pelas Instituições do Estado criadas para servir não os políticos mas os Cidadãos que representam)

 

“A partir de 1 de Setembro de 2016 não será necessário ir a eleições e ganhar para Governar o Brasil – bastando apenas ser traidor, corrupto e saber mexer os cordelinhos.”

(nunca se esquecendo da presença obrigatória do insubstituível bode expiatório – neste caso Dilma – pelos outros cabras escolhido)

 

politica-dilma-pronunciamen correiodaamazonia.com.

Dilma Rousseff

Como seria de esperar nesta situação sozinha e abandonada

(ou de como uma resistente aos tempos da ditadura militar brasileira é expulsa do seu cargo de Presidente para o qual foi eleita por mais de 50 milhões de brasileiros e eleitores, tornando-se a primeira vítima Notável – na sua vida privada sendo até ao momento um dos poucos políticos de topo sem registo ou alguma mácula criminal – da vingança já há muito anunciada e pacientemente levada a cabo pelos defensores do regresso aos tempos do antigo regime)

 

Ontem dia 31 de Agosto de 2016 a Presidente eleita nas duas últimas eleições presidenciais realizadas no BRASIL (2010 e 2014) foi finalmente demitida do seu cargo e das suas funções após um longo e premeditado plano levado a cabo pelo seu vice-presidente MICHEL TEMER: num processo iniciado ainda no tempo de LULA DA SILVA como presidente do Brasil (2002 e 2006) e que acabou por apanhar e engolir Dilma nos ajustes de contas entre os vários partidos anteriormente apoiantes de Lula, posterior e progressivamente deslocando-se estrategicamente e como condição de sobrevivência para a órbita do seu descendente – neste caso uma mulher de nome DILMA ROUSSEFF lançada para a fogueira (que o mesmo foi construindo e alimentando) pelo seu braço-direito de nome MICHEL TEMER.

 

Sendo a justificação para a demissão forçada de Dilma e o esquema de escolha do seu sucessor (por acaso Temer) uma verdadeira vergonha (e hipocrisia) para todo o mundo dito civilizado, pois se as razões para a demissão do então presidente do Brasil fossem válidas e legais, provavelmente nenhum Governo no Mundo se manteria mais um só segundo no poder. Quem é que se lembraria de invocar as duas razões seguintes (aqui apresentadas) para exigir a demissão do líder de um dos mais poderosos países do mundo (apesar da crise económica global que também o tem afetado profundamente), reeleita para um segundo mandato como Presidente deste enorme país por quase 51 milhões de brasileiros (52%)? Pois acreditem (A e B):

 

temer-672x372.jpeg

Michel Temer

Como seria de esperar nesta situação com todo o grupinho à sua volta

(tomada de posse do novo Presidente do Brasil após a sua autopromoção de Vice-Rei a Rei e depois de ter tentado apunhalar por diversas vezes a sua Rainha a quem antes jurara fidelidade eterna – num golpe palaciano levado a cabo por subalternos ambiciosos e vingativos com muitos deles intensamente ligados ao mundo e aos meandros da corrupção, utilizando em interesse próprio e de outros toda a máquina do estado)

 

A – Uma das acusações (e para que todos compreendam mais facilmente) acusa Dilma de se ter excedido nas contas propostas e apresentadas para o ano de 2015, ultrapassando as verbas orçamentalmente previstas e legalmente autorizadas. O que é falso pois não se tratou de um reforço de verbas num determinado sector da economia brasileira (não autorizado logo ilegal), mas de um desvio de verbas entre setores ainda-por-cima do conhecimento e com autorização prévia do Tribunal de Contas do Brasil; o problema no Brasil e particularmente neste caso é que pelos vistos no que toca à Justiça e à Política (e à sua ligação indevida e imoral), neste país também se pode condenar publicamente alguém só depois lhe sendo permitida a sua defesa (aí já sendo tarde – como se vê pelas tentativas desesperadas por parte de Temer & Associados de impedir Dilma de concorrer às presidenciais de 2018);

 

B – A segunda acusação (e como nada mais encontraram nem mesmo investigando profundamente a vida privada de Dilma) como não poderia deixar de ser é muito parecida à primeira, assemelhando-se quase a um processo criminal em que se pretende objetivamente agravar ainda mais a pena por repetição de conduta ilegal e criminosa por parte do acusado – o que pelo que eu sei em Portugal mesmo em julgamento de crimes de pedofilia não acontece; com esta 2ªacusação a basear-se no facto de o Governo de Dilma em vez de pagar um empréstimo pedido ao Banco do Brasil e já em período de pagamento (devolução do empréstimo) ter utilizado essa mesma verba para outros pagamentos mais prioritários, atrasando o pagamento e alargando-o no tempo – para o Governo um atraso normal para os outros mais um empréstimo não autorizado (já que o Banco do Brasil foi assumindo os custos enquanto o empréstimo não era todo liquidado); sem comentários para quem não seja ingénuo e para quem perceba os verdadeiros mecanismos do poder (e de como por vias paralelas e muito mais seguras – não sendo eleito logo não sendo responsabilizado – facilmente se lá chega).

 

Num momento em que o Brasil bate brutalmente e como nunca no fundo (parecendo querer regressar aos tempos dos regimes militares), com toda a sua classe política corrupta ou em vias disso (quem não se juntar a eles está queimado), com o país todo paralisado ao mesmo tempo que se iniciaram as vagas de privatizações (saúde, educação, transportes) sem Governo legítimo eleito…e ainda com um Governo já nomeado sem uma única mulher nem um único negro e que no dia 31 de Agosto (data da queda de Dilma e da ascensão de Temer) deu origem a 3 Presidentes todos no mesmo dia (provavelmente um record mundial): a demitida (Dilma – que foi para casa), o nomeado (Temer – que foi à China) e o substituto (Maia – enquanto o presidente não regressa).

 

Pelo que olhar para o Brasil é olhar para o Mundo, é olhar para nós e perguntarmo-nos o que na realidade andamos aqui a fazer e questionarmo-nos de uma vez por todas, como tem sido possível (pelo menos neste mundo caótico e sem rumo do século XXI) uns milhões dominarem vários biliões. É que, nem sequer utilizando a Lei da Selva, se percebe este Fenómeno!

 

Infelizmente com a maioria (com medo e subjugada) a tomar sempre partido pelos Vencedores.

 

(imagens: elpais.com e culturaam960.com.br)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 22:10

Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
15
17

23

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO