Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Autópsia de um Crime

Terça-feira, 15.11.16

Mad Man vs. Mad Woman

 

“O principal responsável pela vitória de um único candidato milionário chamado TRUMP nas Presidenciais dos EUA, foi o outro candidato também desejando (por sua vez) ser milionário conhecido como CLINTON, ao por ao seu serviço familiar e privado todo um coletivo (de várias dezenas de milhões de pessoas) como o partido Democrata – quando o Chefe de Orquestra (era uma evidência) deveria ter sido outro: SANDERS.”

 

3A3F7D5900000578-3925644-image-a-14_1478819688464.

Bill Clinton, Hillary Clinton e Tim Kaine

 

Enquanto os CLINTON se retiram para o seu necessário período de reflexão após a inesperada derrota de Hillary Clinton (DEM) face ao seu rival político Donald Trump (REP), talvez seja este o momento ideal para o partido Democrata analisar profundamente a sua campanha eleitoral e o candidato escolhido para ser o próximo Presidente dos EUA.

 

Aproveitando o evidente estado de choque em que se encontram todos os apoiantes Democratas nos EUA (e todos os Democratas espalhados por todo o Mundo) para os mesmos compreenderem e interiorizarem as causas dessa derrota (para não se voltarem a repetir) e as consequências de tais atos: previsivelmente trágicos e sentindo-se a nível global.

 

E com as Elites Democratas ainda estonteadas e paralisadas pelo medo do desconhecido (que aí vem) e que agora também os pode apanhar (já que irão sendo substituídos em lugares de chefia pelos Republicanos) – resultado do Status Quo que pretendiam manter optando pelo Sistema – podendo ser agora ultrapassadas relançando-se o partido (Democrata).

 

“Não se compreende o persistente desejo de diabolizar (nos EUA e nos seus países satélites) o candidato Republicano eleito como o 45º Presidente Norte-Americano, quando quem lá o colocou foram aqueles que ferozmente o atacaram, o promoveram e o transformaram num candidato antissistema (ainda por cima falso). Com gente desta a comandar o Mundo (REP ou DEM) vem que teremos de emigrar para Marte.”

 

38b6a_president-elect-donald-j-trump.jpg

Mike Pence e Donald Trump

 

Sendo absolutamente necessário que os CLINTON executem de vez a sua Autópsia Política e constatada pelos próprios a sua Morte de Estado, se retirem definitivamente do palco e permitam que o Sistema mude (como todo o norte-americano e o Mundo desejam). E que toda a estrutura reflita (com as bases que o criaram) sobre o fenómeno SANDERS (o proscrito).

 

Nunca esquecendo como um candidato Democrata foi afastado da vitória nas Primárias (sendo aparente e maioritariamente apoiada pelas suas bases), com a sua mensagem a ser desvalorizada e ignorada pelos MEDIA (esmagadoramente Democratas e apoiantes de Clinton), virando-se para a Ex-Secretária (e elevando-a) dado o outro ser Antissistema.

 

Com um mínimo de raciocínio e de modo a tentar compreender e confirmar o sucedido (observando apenas os resultados por Estado), relacionando a vitória eleitoral de Trump através da conquista da maioria no Colégio Eleitoral (sendo eleito Presidente), com a vitória de Hillary no voto popular mas sem nenhuma consequência (pratica e política): com o primeiro declarando-se Antissistema (utilizando como prova apenas uma etiqueta) e o segundo o seu último defensor (optando por nos continuar matar com o Sistema). E quem ganhou?

 

[como divertimento confirmativo confiram os Estados que nas primárias apoiaram Sanders, com os estados em que Trump ganhou e que claramente fugiram a Hillary (nas Presidenciais) – muitos desses estados apoiantes de Sanders posteriormente abandonados na campanha por Hillary; e como lamento para dores futuras caso a política protecionista de Trump se confirme, a Europa que se cuide ou se torne Independente]

 

(imagens: AFP/Getty Images e Reuters/Mike Segar)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 12:55