Um espelho que reflecte a vida, que passa por nós num segundo (espelho)

20
Mar 17

Nos próximos tempos deixaremos de vez de estar presentes, de olharmos e de investigarmos, um dos maiores e talvez mais fotogénicos (no sentido em que impressionam bem a nossa placa cerebral) – pelo uso constante dos seus magníficos anéis decorativos – planetas do Sistema Solar: com o fim da sonda Cassini em 15 de Setembro deste ano, deixando de aí estar presente e impedidos de ver o Mundo (mundos como os de Pã).

 

PIA21436.jpg

A lua Pã

(Sonda Cassini – PIA 21436 – 7 Março 2017)

 

Apresentando uma das luas do planeta Saturno (localizado a uma distância média de mais de 1400 milhões de Km do Sol), apresentando um diâmetro não atingindo os 29Km (mais do que 4200X menor que o diâmetro do planeta que orbita), girando à volta do mesmo a pouco mais de 133000Km de distância e levando pouco menos de 8 horas a dar-lhe uma volta completa: possível de ser detetada nos limites exteriores do anel A orbitando Saturno no espaço denominado por Divisão Encke.

 

Saturn's_Rings_PIA03550.jpg

Localização da lua Pã no interior da Divisão Encke

(limite externo do anel A)

 

À primeira vista com este satélite natural da Saturno a assemelhar-se à forma por nós idealizada para um disco-voador (um pires de uma chávena de chã), mas não sendo certamente de origem artificial (teria que ter uma criação alienígena), sendo efetivamente oriundo de um molde não muito comum de se ver (no nosso Sistema Solar) e deixando-nos ainda mais dúvidas no que toca à formação: talvez o resultado da acumulação e agregação de materiais dispersos em torno de um núcleo movimentando-se entre anéis.

 

PIA09868.jpg

A pequena lua Pã orbitando Saturno no interior da Divisão Encke

(Sonda Cassini – PIA 09868 – 12 Fevereiro 2008)

 

Aqui sendo-nos apresentada a partir das câmaras da sonda Cassini num registo já deste mês e capturado a 24600Km de distância da mais pequena (e uma das mais próximas) lua de Saturno, Pã: mostrando-nos os hemisférios norte e sul deste satélite natural (esquerdo e direito respetivamente – imagem inicial). Com os cientistas a afirmarem que Pã se terá formado num tempo em que os anéis circundando Saturno eram mais jovens e débeis, levando o seu núcleo central (constituído por material gelado e sendo mais denso que a sua parte exterior) ao passar entre os anéis a apanhar e a acumular material na sua trajetória, que no presente lhe dá esta forma deveras peculiar.

 

(imagens: nasa.gov e google.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 14:47

20 Março – 20 Junho

 

(e recordando que no próximo domingo dia 26 de Março quando forem 2h da manhã deverão atrasar o relógio 1hora e dormir um pouco mais – num período em que “a duração do dia face à noite” aumentará até ao Solstício de Verão)

 

O IPMA prevê para Albufeira que a partir de amanhã (e até ao próximo dia 29) regresse a chuva (fraca) e se dê uma ligeira queda nas temperaturas (mínima entre 4⁰C e 10⁰C; máxima entre 14⁰C e 20⁰C). Hoje com o céu a apresentar-se limpo e com a temperatura às 9h 30mn da manhã a indicarem 15⁰C.

 

201703200900_msg3_msg_ir_piber.jpeg

Céu limpo em Portugal pelas 09:00 da manhã

Imagem de satélite (infravermelho)

EUMETSAT/IPMA

 

Hoje pelas 10h 30mn da manhã ocorre o Equinócio da Primavera no Hemisfério Norte (Portugal encontra-se localizado entre os 37⁰/42⁰ de latitude norte), num dia que marca o início de uma nova estação do ano: a Primavera.

 

Um país localizado na região mais ocidental do continente europeu (a Península Ibérica), estendendo-se por um território muito aproximado a um retângulo tendo de comprimento cerca de 560Km (norte/sul) e de largura quase 220Km (este/oeste).

 

Uma estação que se inicia hoje dia 20 de Março e que se estenderá até ao dia 21 de Junho, data em que ocorrerá então no mesmo hemisfério o Solstício de Verão e se dará início a uma nova estação (o Verão 92.79 dias depois pelas 5h 24mn da manhã – dados do Observatório astronómico de Lisboa).

 

Com o IPMA (Instituto Português do Mar e da Atmosfera) a aproveitar a deixa lançada pelo OAL (Observatório Astronómico de Lisboa) e a prever para estes primeiros dias de Primavera o regresso da chuva e a descida nas temperaturas. Sentindo-se mais a norte mas posteriormente estendendo-se a todo o país e com a possibilidade de neve acima dos 1600m (podendo afetar a Serra da Estrela nos seus quase 2000m de altitude mas não se sentindo na Serra de Monchique com os seus 900m).

 

Ao mesmo tempo com o IPMA a avisar-nos de que os níveis de pólen no ar atingirão neste período inicial da Primavera valores muito elevados (especialmente até ao início do próximo fim-de-semana), num processo natural nesta época do ano afetando pessoas com problemas respiratórios (como a asma) e provocando alergias.

 

Não especificando especificamente para a região do Algarve mas destacando as espécies responsáveis pelo aparecimento da maioria das alergias, com o IPMA a destacar num total cinco: por ordem alfabética o carvalho, o cipreste, o pinheiro, o plátano e as ervas (urtiga e parietária).

 

(imagem: ipma.pt)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 09:57

No México trava-se uma luta de morte entre a população mexicana e os cartéis de droga que aí operam: e sendo um negócio extremamente lucrativo tendo a conivência do Estado. Mais tarde do que se pensa começando a fazer parte tal como a prostituição, de uma potencial e a curto-prazo receita extraordinária de Estado. Daí não ser de espantar o Muro de Donald Trump (que por acaso já existia).

 

Aproveitando um pequeno espaço de tempo disponibilizado para se poder dizer algo sobre alguns casos concretos (sobre um facto confirmado e com provas irrefutáveis da ocorrência do mesmo), observo aqui como exemplo de um evento criminoso ignorado pelas autoridades responsáveis (nunca tomando a iniciativa da investigação), a manifestação organizada por alguns cidadãos mexicanos do estado de Vera Cruz (pais das vítimas a seguir referenciadas), protestando contra a indiferença do seu governo face à descoberta num terreno dessa mesma região de várias sepulturas clandestinas contendo mais de 250 crânios humanos (quase todas vítimas inocentes da guerra de droga declarada e há muito instalada em Vera Cruz no México) – com conhecimento da polícia e sem uma única intervenção desta (muitos destes sob suspeita de integrarem esquadrões da morte).

 

s3.reutersmedia.net.jpg

Um dos locais onde foram encontrados os crânios humanos

(num total de 250)

 

Veracruz state says up to 2,600 people have disappeared under suspicious circumstances since 2010, at the start of Duarte's term. The Mexican government estimates some 27,000 people have gone missing nationwide since drug-related violence surged a decade ago.

 

Num estado mexicano onde há muitos anos quem verdadeiramente controla e dirige o dinheiro e o território são grupos armados trabalhando para o narcotráfico, contando não só com a participação de grupos fortemente armados e organizados (em cartéis), como com a colaboração da própria polícia e de dirigentes políticos altamente colocados, os primeiros integrando esquadrões da morte e os segundos encobrindo, recebendo e esquecendo. Com o Presidente do México Enrique Pena Nieto a poder vir a ser recordado como o recordista no falhanço na Luta pela Preservação dos Direitos Humanos no seu país (muito mais que as 300 até agora registadas), assim como já o é o seu ex-colega de partido (PRI), ex- Governador do estado de Vera Cruz e agora fugitivo procurado pela Justiça mexicana Javier Duarte de Ochoa (Governador de 2010 a 2016): como não poderia deixar de ser acusado de corrupção (o pagamento por não ver).

 

s4.reutersmedia.net.jpg

Mães dos desaparecidos

(serviço religioso celebrado em nome das vítimas)

 

Grieving relatives had been unsuccessful for years in getting local authorities to investigate drug war killings in Mexico. The 2014 disappearance of 43 student teachers in Guerrero state marked a turning point after impromptu search parties uncovered unrelated burial sites across the country.

 

Um período de tempo que coincide em grande parte com o mandato iniciado em 2012 pelo atual presidente mexicano Enrique Nieto, durante o qual o seu colega mais novo e também militante do eterno partido no poder (no México o PRI), se começou a fazer notar ao aparecer associado a muitos desses crimes, começando pela descoberta de 35 corpos (previamente torturados e atirados para camiões), passando pela descoberta de mais 250 crânios (de vítimas decapitadas) e acabando na morte daqueles que se atreviam a tentar descobrir a verdade e assim denunciá-los: com o Governador inicialmente a ameaçar os jornalistas quando os mesmos lhes colocavam questões pertinentes e ligados a esses casos criminosos envolvendo droga e morte (estranhamente sem solução à vista) e com o seu desejo (ou intenção de Javier Ochoa) a concretizar-se na perfeição com o assassinato de pelo menos 15. Pedindo de seguida a demissão (ao ser acusado) e desaparecendo de vista (para os que estiverem interessados com um prémio de mais de 700 mil euros para quem o capturar).

 

(texto/itálico e imagens: reuters.com)

publicado por Produções Anormais - Albufeira às 08:19

Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



26


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO